3º Encontro Inter-Blogs – Marizé & Tachos de Ensaio

Número 169                                                 13/02/08 

Gastronomia é comer olhando pro céu. (Millor Fernandes)

Pelo luar, a noite prometia :
dsc05840.jpg

É ! Estamos no terceiro encontro inter-blogs que por enquanto e resumindo, nada mais é do que os nossos ilustres amigos portugueses indicando receitas do outro lado do Oceano e nós, os fominhas do lado de cá, fazendo-as e, principalmente, comendo-as. Foi assim com a Lídia (Cozinha Turca) , com a Migas (Migas com Gindungo) e  será hoje (13/02/08), véspera do dia dos Namorados em lugares fora da nossa querida terrinha, o Brasil,  com a famosa blogueira Marizé do não menos famoso blog Tachos de Ensaio.

Leia o que falamos através de e-mails para que esta noite ocorresse da melhor maneira possível   :

 Marizé – “ Pois pode ser que algo tenha que ser excluído por algum motivo do tipo falta  de ingredientes, intolerância, alergia, sei lá…”,

Eduardo : “… somos verdadeiros avestruzes e gostamos de tudo “.

E como o princípio da brincadeira é justamente interferir o mínimo possível para que o menu seja representativo do perfil do blogueiro, ela sugeriu um menu tipicamente português! Ôoobaa ! Vamos lá !

Deus quer, o homem sonha e a obra nasce.(Fernando Pessoa )

1 – Entradas – Ovos Verdes e Caldo de Coentros

dsc05819.jpg

Após tomar uns belos goles do Cadão Moscatel D’Ouro  com um “dash” de limão e gelo que o grande Scalabis do blog Os Amigos do Balde nos indicou e nos copos novíssimos que a Re trouxe pra mim de NY, começamos o nosso menu Português com os Ovos Verdes que são ovos cozidos cortados ao meio sem a gema, recheados com a própria, margarina, salsa picada, sal, pimenta e empanados em farinha e ovos (nesta ordem) e fritos em óleo quente. Extremamente sutil , diferente e saboroso !

dsc05826.jpg

E  ainda fizemos  um Caldo de Coentros (escolha influenciada pela grande paixão que a Débora tem por coentros mas , menor  que a que  tem por mim, é claro!) que consiste de alho, cebola e alho francês (um nome muito bonito dado ao alho porró!) refogados em azeite e juntados a batatas, sal, água e um maço de coentro picados. Depois de cozinhar tudo é só juntar, triturar e ferver novamente, corrigindo os temperos e…. goela abaixo. É bom, mas muito bom mesmo !

dsc05828.jpg

Ainda mais acompanhados pelo belíssimo Angelus Rosé Bairrada 2006 que segundo os luso-brasileiros , nós, mostrou-se “refrescante, sublime, celestial, perfeito” e que segundo o Scalabis, nosso consultor-enólogo d’além-mar , é “ bastante aromático com um final de boca fresco, longo e persistente que harmoniza com o doce do coentro “. Veja a coincidência de opinião entre os “enólogos” do DCPV e o nosso grande Luis. E ponto pra Marizé na indicação das entradas Portuguesas, com certeza!

dsc05821.jpg

Para viajar basta existir. (Fernando Pessoa )

2 – Principais – Pataniscas e Massas de Peixe.

Já tínhamos feitos Pataniscas no Menu Turco. Mas estas são de bacalhau (que não poderia faltar num autêntico menu Luso). Corte o bacalhau em lascas e marine-o por 2 horas em leite e limão. Separadamente misture farinha de trigo, ovos, sal, pimenta, cebola e salsa picadas, leite e água formando uma massa. Aí é só jogar as lascas nesta massa e fritá-las às colheradas em óleo bem quente.  E já que a Marizé pediu pra polvilhá-las com sal fino, aproveitei e num arroubo, utilizei a minha Flor de Sal de Guerande. Uma belezura e segundo o Mingão, “o melhor bacalhau que ele comeu na vida dele!”.

dsc05836.jpg

Continuando o nosso banquete fizemos uma Massa de Peixe ( o prato preferido da Marizé) uma quase muqueca bem light  com peixe, mariscos e vieiras ( usei no lugar de amêijoas que infelizmente não encontrei nem no sex-shop), pimentão vermelho, tomate, coentro, cebola, alho, azeite, piripiri ( a pimenta), vinho branco,  pimenta preta moída e massa de cotovelos (esta deu trabalho pra achar e até e-mail eu mandei pra descobrir exatamente o que era ). Puxa, consistência de uma sopa de primeira com um sabor e texturas inesquecíveis. Puro frutos do mar (Hummmm!) e autêntico sabor português. Mais um ponto pra Marizé !

dsc05866.jpg

Como novidade ( por sinal agradabilíssima) o nosso consultor indicou o Quinta do Alqueve 2001 Ribatejano ( como ele mesmo disse “ pra puxar brasa à nossa sardinha, minha e da Marizé” ), exclusivo para harmonização com as Pataniscas. Repare que é um vinho tinto harmonizando com bacalhau (ainda que frito) e se mostrou “ espetacular, pimenta-rosa, skylabis, soberbo” segundo os grandes bebedores do DCPV e que foi decantado conforme a indicação do nosso enólogo e a foto abaixo comprova.

dsc05831.jpg

E ainda tínhamos mais um vinho pra acompanhar a Massa, o Periquita 2005 Terras do Sado, um branco “frutado e fresco e que tem moscatel na sua composição” segundo o Scalabis e  que pra nós foi “ apaga o fogo, noooossssa, a melhor periquita que eu já tomei na minha vida, organisítico”. Resumindo : vinhos e pratos perfeitos numa noite perfeita ! E recorde batido pois tomamos quatro garrafas de vinho !!!

dsc05863.jpg

Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade. (Carlos Drummond de Andrade)

3 – Sobremesa – Sericá.

Este é um tradicional doce português da região de Elvas. E é curioso por apresentar fendas profundas no seu formato original.
No meu caso, a curiosidade foi que elas  (as fendas) simplesmente não apareceram mas mesmo assim o sabor e a aparência ficaram muito bons.

dsc05873.jpg

Uma mistura de leite, farinha de trigo, ovos, açúcar, cascas de limão, canela em pau e pó e sal.  Ainda acompanhamos com o restante ( e olha que não sobrou muita coisa!) do Cadão Moscatel D’Ouro que realmente é um vinho de sobremesa bem “diferentão” ! Nós achamos o vinho “ scalabiano e marizetano, te invoco cadão, skylabão” !

dsc05875.jpg

E o Sericá realmente encerrou a noite de uma maneira espetacular. E que noite : pratos saborosíssimos com os vinhos acompanhando-os em todos os momentos. Leia o que os confrades acharam :

- Verdadeira redescoberta do Brasil. Marizé é o Pedro Alvares Cabral do nosso tempos ! (Eduardo)

- Pero Vaz de Caminha disse em sua carta : Obrigado, Marizé!!! Que redescobrimento !!! (Mingão)

- Te beijo, Marizé ! Soberba! E os vinhos do nosso amigo Scalabis, majestosos ! Perfeita noite portuguesa com certeza! (Déo)

E a Débora não escreveu nenhuma frase mas só o fato dela ficar acordada até as 23:30 hs já demonstra o quanto ela achou a comida sensacional. (Frize-se que normalmente ela vai dormir as 22:00 hs)

Bom, só nos resta agradecer ( e muito) a colaboração e o tempo despendido pela nossa querida Marizé que nos proporcionou, através da belíssima culinária Portuguesa, um grande viagem e um prazer maior ainda .( Que o Mingão e o Scalabis não falem em orgasmo gastronômico senão, já viu ….)

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis. (Fernando Pessoa)

Segue o nosso já famoso presente virtual a Marizé  que são ervas e flores colhidas por aqui mesmo com os votos de que ela continue a ser simpática, participativa e que continue divulgando cada vez mais as grandes receitas Portuguesas.

dsc05886.jpg

Até o próximo encontro que será em março com o nosso amigo, o Scalabis  e quem sabe não teremos um novo blog,  os Amigos da  Cachaça pro Balde de Vinho!  

.

About these ads

24 Responses to “3º Encontro Inter-Blogs – Marizé & Tachos de Ensaio”


  1. 1 Lídia fevereiro 18, 2008 às 7:57 am

    Olá Eduardo,

    Que prazer entrar aqui e ver o menu fantástico aconselhado pela Marizé. Estive a ler atentamente, e parece que sinto por aqui todos esses aromas e sabores. O menu é realmente divino. A Marizé é uma pessoa muito querida e sente-se que preparou este menu com muito carinho. Depois, foi posto em prática com imenso bom gosto, como sempre! Parabéns! As vossas reuniões gastronómicas são mesmo muito interessantes!
    Vim aqui também para agradecer o convite para mais uma noite turca. Será sempre um prazer e uma honra!

  2. 2 Michel fevereiro 18, 2008 às 9:45 am

    Essa refeição está “du Algarve” meu caro.
    Parabéns, tenho certeza que foram momentos inesquecíveis.

    Abraço

  3. 3 Nina fevereiro 18, 2008 às 11:51 am

    HUM! Estou de olho no Sericá faz tempo!
    bjo.

  4. 4 Marizé fevereiro 18, 2008 às 12:28 pm

    Caro amigo Eduardo e restantes confrades.

    Foi um imenso prazer interagir convosco, vocês são pessoas fantásticas.

    A apresentação dos pratos está o máximo, muitos parabéns. Enaltece qualquer comida, até mesmo umas simples pataniscas.
    Fiquei apaixonada pelos teus copos Eduardo, são lindos!
    Obrigada pelo presente virtual, vou lembrar para sempre com alegria este momento. E continuar a seguir o DCPV com muito prazer e entusiasmo.

    Beijocas grandes desta para sempre amiga.

  5. 5 Fer Guimaraes Rosa fevereiro 18, 2008 às 2:11 pm

    Que menu MARAVILHOSO! Parabens a Marizé! E que sortudo voces, como sempre, tudo lindo delicioso, quero entrar nessa confraria. :-)

    abracao, Edu!

  6. 6 pipoka fevereiro 18, 2008 às 3:50 pm

    O Scalabis e a Marizé são mesmo grandes especialistas e divulgadores da gastronomia portuguesa. São também duas pessoas espectaculares e é com muita honra que com eles partilho uma boa amizade, ainda que, por enquanto virtual.

    Estava tudo maravilhoso, inclusivamente o seu texto descrevendo a ocasião.

    bjs

  7. 7 Nani fevereiro 18, 2008 às 3:52 pm

    Escolheu um ótimo blog, a Marizé tem receitas maravilhosas e pelas fotos, essa não ficou por menos.
    Abraços!

  8. 8 Eduardo Luz fevereiro 18, 2008 às 4:35 pm

    Lídia, bom que você gostou e melhor ainda que topou (deve ser em agosto/08).

    Michel, o mestre. Estava mesmo “du Algarve” !

    Nina, o Sericá é uma delícia apesar de, aparentemente, não tê-lo feito como devia!

    Marizé, nossa convidada de honra. Você deu um up-grade no Da Cachaça pro Vinho. Estamos torcendo pra que os próximos encontros sejam pelo menos iguais a este. Já está bom demais !

    Fer, você entrará brevemente na confraria já que em abril é a sua vez . E Viva a Califórnia !

    Pipoka e Nani, grato pela passagem e por serem amigas da Marizé e do Scalabis, certamente são também do mesmo tipo que nós: adoradores da boa mesa. Se permitirem, colocarei os blogs de vocês aqui no nosso blogroll.

  9. 9 pipoka fevereiro 18, 2008 às 6:08 pm

    Será um prazer Eduardo. Eu tb vou linkar o Cachaça. Assim, partilharemos mais facilmente a nossa paixão por gastronomia.

    bj

  10. 10 scalabis fevereiro 18, 2008 às 7:53 pm

    Mais um momento de rara beleza, caro amigo!
    Nota-se o carinho, a sensibilidade e o bom gosto com que tudo foi preparado.
    Como na orquestra em que a Marizé orgulhosamente brilha, o talento e simpatia dela foram potenciados ao máximo. O post está delicioso e o jantar não deve ter ficado atrás!
    Já o tinha dito e repito que esta tua ideia do menu inter-blogs é magnífica.
    Tenho o privilégio de ter estado por dentro dos últimos com os meus humildes conhecimentos de “Amigo do Balde”, e acredita que o faço com imensa amizade dentro da minha disponibilidade.
    Quem sabe um dia fazemos todos um encontro inter-blogs ao vivo. Até lá vamos trocando experiências, cores, aromas e sabores.
    Um beijo de parabéns à Marizé, e um abraço para todos aí. Maravilha!

    “…Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça
    E a gente vai tomando que, também, sem a cachaça
    Ninguém segura esse rojão”

    PS: A minha mulher adora essa do “consultor”! Soa melhor! :)

  11. 11 scalabis fevereiro 18, 2008 às 7:54 pm

    Mais um momento de rara beleza, caro amigo!
    Nota-se o carinho, a sensibilidade e o bom gosto com que tudo foi preparado.
    Como na orquestra em que a Marizé orgulhosamente brilha, o talento e simpatia dela foram potenciados ao máximo. O post está delicioso e o jantar não deve ter ficado atrás!
    Já o tinha dito e repito que esta tua ideia do menu inter-blogs é magnífica.
    Tenho o privilégio de ter estado por dentro dos últimos com os meus humildes conhecimentos de “Amigo do Balde”, e acredita que o faço com imensa amizade dentro da minha disponibilidade.
    Quem sabe um dia fazemos todos um encontro inter-blogs ao vivo. Até lá vamos trocando experiências, cores, aromas e sabores.
    Um beijo de parabéns à Marizé, e um abraço para todos aí. Maravilha!

    “…Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça
    E a gente vai tomando que, também, sem a cachaça
    Ninguém segura esse rojão”

    PS: A minha mulher adora essa do “consultor”! Soa melhor! :)

  12. 12 Riq fevereiro 18, 2008 às 8:19 pm

    Edu, o blog estará fora do ar nas próximas horas (que podem se arrastar por um ou dois dias) porque o pessoal da Abril vai implementar algumas melhorazinhas na ferramenta. Caso você não tenha visto a minha resposta antes disso, aí vai — há vôos praticamente diários de SAntiago à Ilha da Páscoa pela LAN. Só se você quiser continuar a Papeete é que vai precisar passar três noites na ilha; se fizer só Santiago-ilha da Páscoa-Santiago você pode passar menos ou mais que isso. Achei um ótimo guia em inglês na rede, o Island Heritage http://www.islandheritage.org/vg/visitorguide.html . Querendo esmerilhar, dá pra ficar no “lodge” que o Explora abriu por lá, a Posada de Mike Rapu . http://www.explora.com/rapa-nui_thehotel.php A alta temporada vai de dezembro a março. A época das chuvas piores é entre abril e julho.

  13. 13 Elvira fevereiro 19, 2008 às 6:36 am

    Acho muito bonita essa sua ideia de testar menus feitos por blogueiros. Um destes dias, tenho de lhe submeter um menu francês… :-)

    Beijos.

  14. 14 EDUARDO fevereiro 19, 2008 às 9:26 am

    RECEITA COMO FACER LOS ESCONS , E MUYTO AGRADABLE LA HORA DE TOMAR UM CHA PRETO DA INDIA LA HORA INDICADA SE FACE EN EL FORNO E MISMO O FOGON EM PLACA! OS INGLESES O AMERICANOS Y MUITO ACOSTUMBRADO A ISTO!! OBRIGADO A VOCES!! EDUARDON!!

  15. 15 Nanda Vale fevereiro 19, 2008 às 12:42 pm

    Que maravilhosa apresentação!Fiquei encantada da maneira como enaltece a cozinha portuguesa, o cuidado , o carinho exposto nessa mesa maravilhosa,e tudo com um aspecto delicioso fantástico!
    Gostei muito dessa partilha. Bjs

  16. 16 migas fevereiro 19, 2008 às 12:48 pm

    Estou encantada! São as descrições, os pratos, os vinhos, a apresentação. Tudo ficou perfeito! Dou os meus parabéns à Marizé que tão bem elaborou o menu, ao Scalabis que (meu deus) propôs estes vinhos magníficos e aos membros da confraria que tornaram tudo tão bonito e delicioso! :o)

    Depoisde ler o post, lembrei-me que no passado Domingo, bem que podia ter sido o dia do jantar. Senti que “jantei convosco”… Lol. Não é que comi uma massa de cherne e gambas ao almoço e, umas pataniscas (que na minha terra também se chamam iscas) de bacalhau? Faltou portanto as restantes entradas e a sericá. :o)

    Beijos a todos os participantes e aguardo com curiosidade os próximos encontros.

  17. 17 Agda fevereiro 19, 2008 às 12:52 pm

    “… e nós, os fominhas do lado de cá …”

    Fominhas que nada. Vcs são é muito chiques.

  18. 18 Eduardo Luz fevereiro 19, 2008 às 1:12 pm

    Pipoka, estás linkada !( que palavra estranha, não !)

    Luis, esta resposta é praticamente um post ( e dos bons!). Já que a tua mulher adora a do “consultor” estamos aguardando o que o nosso consultor indicará pro nosso 4º Inter-Blogs ( e contando com mais 4 garrafas de bom vinho Português).E pra nossas mulneres soa melhor também.
    Quanto ao encontro inter-blogs, estamos dentro, seja em Portugal, seja no Brasil.
    Agora, você gostou tanto do post que chegou a mandar duas vezes a mesma resposta ! (rs, rs, rs). Abs a todos !!

    Riq, consulta personalizada! Só no VnV mesmo ! Vou dar uma bela olhada no Explora ! E logo, logo postarei sobr o The Stinking Rose, o restaurante especializado em … alhos.

    Elvira, negócio fechado ! Noite francesa em setembro/08. (entro em contato brevemente)

    Xará, não tenho a mínima idéia sobre o que você está falando. (Escons ? Chá preto da Índia?? Ingleses e americanos ? ) Socorro !! Se alguém souber de alguma coisa, me ajude !

    Nanda, a comida portuguesa estava tão deliciosa e saborosa que queremos repetir esta experiência muitas mais vezes. Quem estiver com vontade é só se habilitar ! E grato pela passagem por aqui ( vou linká-la também, ok?)

    Migas, a do nossa inter-blogs 2, o de Comida Angolana (Humm!). Boa a coincidência das comidas. A sorte nossa foi que além das entradas e da sobremesa, ainda tínhamos todos os vinhos à disposição ( Ah! O Cadão!!!). E também aguardamos com curiosidade e ansiedade os próximos encontros !

    Abs e beijos a todos !

  19. 20 Eduardo Luz fevereiro 19, 2008 às 7:03 pm

    Agdá ( a que vai indicar o menu de julho/08). Fominhas-chiques, tá bom ???

    Michel, gratíssimo. E o discurso ?

  20. 21 Márcia fevereiro 20, 2008 às 6:48 pm

    kkkkkkkkkkkkk
    Edu, adorei o relato – vcs estão ficando craaaaques nisso!
    Eu morro de vontade de comer pataniscas, pois Mainha já foi 3 vezes a Portugal e vive elogiando – só que Marido odeia bacalhau, então nunca fiz aqui em casa…
    E a sobremesa eu conhecia como Siricaia, pois consta de um livro que eu tenho só de receitas com leite Moça, na parte de “doces à base de ovos”.
    Outro comentário: engraçado a Dé gostar de coentro, pois vcs do sudeste normalmente odeiam, enqto para nós, paus-de-arara, é o básico do básico no dia-a-dia…
    Por fim, estou com medo do q vc vai transcrever qdo for fazer o menu de Pernambuco!!!! Vou ser mais sintética nos e-mails…
    kkkkkkkkkk
    Abraços para todos!

  21. 22 Eduardo Luz fevereiro 21, 2008 às 12:23 pm

    Márcia , você está cada vez mais craque nas respostas e a Dé não é nordestina mas que adora coentros, ah!, adora mesmo.
    Quanto ao teu post vou ter que manter o bom humor pra continuar com uma caracteristica dominante tua ! Não se preocupe, já tenho material suficiente nos e-mails pra que ele seja bem divertido.

    E pra todo mundo, vou atualizar a escala dos próximos Inter-blogs :
    março – Scalabis do Amigos do Balde
    abril – Fer do Chucrute com Salsicha
    maio – Márcia do Fouet, Roux et Demi Glace
    junho – Luna do Quiche com Macaxeira
    julho – Agdá do Agdah
    agosto – Lidia do Cozinha Turca
    setembro – Elvira do Elvira Bistrot

    Até.


  1. 1 4º encontro inter-blogs - comidas caseiras no DCPV « Da cachaça pro vinho Trackback em março 31, 2008 às 11:58 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 443 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,082,324 hits
fevereiro 2008
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

Atualizações Twitter


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 443 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: