Noite cinquentenária, hindu e histórica !

dsc01651.jpg

Não, o título da noite não está errado. Fizemos uma noite especial do Da Cachaça pro Vinho devido ao meu 50º aniversário. E foi uma noite de danças, histórias e comidas indianas. Daí o “cinquentenária, hindú e histórica” !

Vamos começar do princípio : eu não sou muito afeito a comemorar aniversários com festas mas desta vez a Dé me convenceu que deveríamos fazer alguma coisa interessante. Afinal de contas não é todo dia que se faz 50 anos. Como eu e ela somos macacos de auditório do projeto “Degustação de Histórias”  do Ilan Brenman e da Carole Crema, conversamos com eles que toparam e assim nasceu a idéia : faríamos uma  noite verdadeiramente indiana.

dsc01699.jpg                                                                                                                                                                                                                          Da esquerda pra direita : Déo, Carole Crema, Joana, Eduardo e Mingão.

A Carole (por sinal co-autora do livro 400g que é um verdadeiro Caminho Suave da Culinária. Compre e se esbalde !) nos mandou opções de escolha pro menu e nós só tivemos o trabalho de escolher o que melhor representasse a fabulosa comida indiana : lassi, pão chapati, arroz basmati, lentilha, curry e assim por diante.

Quanto ao Ilan, não teríamos problema pois o repertório dele é vastíssimo e se deixássemos, ele contaria histórias indianas a noite inteira ( o que seria excelente). Além de tudo, ele indicou a Deborah, uma dançarina que acrescentou muito do clima indiano à nossa noite.

dsc01708.jpg                                                                      O Ilan e a Deborah .

Tudo pronto, vamos a descrição dos pratos, estórias e … vinhos. Puxa, deixa eu dizer o que aconteceu na harmonização dos vinhos : eu consultei o Luiz Horta ( ver o blog-roll) sobre quais vinhos casariam com a comida indiana e ele foi bastante simpático ( e coincidência, tinha acabado de  fazer 50 anos também) e respondeu indicando além dos manjados espumantes (que ele disse que se ficássemos somente neles a noite inteira, ficaríamos “empapuçados”), um riesling alemão  e até algum shiraz jovem australiano. Só não servi o shiraz que eu substituí por conta própria por rosés (os famosos tintos do verão ou brancos do inverno). E ficou bom, bem bom !

dsc01821.jpg

dsc01822.jpg

A sequencia da noite foi a seguinte : a Deborah dançava ( é claro que esta Deborah não é a minha Dé !), o Ilan contava uma ( ou mais de uma) história e a Carole e a Joana totalmente paramentadas serviam  um prato indiano com as devidas explicações sobre a origem, a formatação e os ingredientes.

dsc01726.jpg

O resumo das histórias contadas ( pelo menos as lembradas) foram as seguintes :

A Rã – Assim são os homens, pensam que aquilo que não vêem não existe.

Buda e Deus – Podemos chegar a Deus por 3 vias : pela negação, pela afirmação e pela dúvida.

Uma Lenda Indiana – A alma de cada ser humano é uma bailarina que não vê a hora de se libertar do corpo físico e voar livremente pelo universo.

A Verdade é a História – A verdade vestida de histórias se aproximou dos homens.

Foram servidos :

Lassi de água de rosas (foto abaixo)

dsc01727.jpg

Chutney de mamão com maracujá e pão chapati  (foto abaixo)

dsc01734.jpg

Sopa fria com pepinos e tomates ( adivinhe onde está a foto !))

dsc01761.jpg 

Frango ao curry com coco e castanha de caju (foto abaixo, é claro !)

dsc01770.jpg

Arroz doce com frutas secas ( olhe pra baixo !)

dsc01788.jpg

Ufa ! E pra acabar, um docinho extra que a Carole fez e que a receita segue abaixo ( a foto vai abaixo da receita !) .

Gulab Jamon

Ingredientes

2 xícaras de leite em pó, 1 xícara de farinha de trigo, 10 g de manteiga sem sal derretida, 1/2 colher de sopa de iogurte, 2 colheres de chá de fermento em pó e 1 xícara de leite.

Preparo : Misture todos os ingredientes da massa até ficar homogêneo. Faça pequenas bolinhas e frite em óleo abundante. Seque em papel toalha.

Calda 

 4 xícaras de água, 6 xícaras de açucar, 6 bagas de cardamomo, uma pitada de açafrão e gotas de água de rosas.

Preparo : Junte todos os ingredientes e leve ao fogo até o ponto de fio fino. Coloque as bolinhas na calda e …. delícia !!!

dsc01796.jpg

Opinião de todos os presentes a festa ( minha mamãe Anina, a do macarrão ralado, a minha sogra Vera e o meu sogro Antonio (eu gosto da minha sogra …), a minha irmã Ana, o meu cunhado José Mauro, o meu sobrinho Maurinho, a minha cunhada Kátia, o meu cunhado Luiz, as filhas deles, a Luma e a Bia, os meus sobrinhos Marcelo, Giggio e o Franco, as minhas tias Maria e Lourdes, o Domingos , a Regina, o corintiano Lucas ( tadinho!) , o Edwin, a Ângela, eu, a Dé a a Renata ( a esta hora, trabalhando na Disney em Orlando) além das nossas colaboradoras, a Flora e a Cleide)  :  HUUUUUMMMMMMMMMMMMMMMMM!   

 dsc01810.jpg                                                Ilan, Carole, Joana e Deborah

Resumindo, foi tudo muito, muito bom e destaque-se a simpatia da Carole Crema, da Joana, do Ilan e da Deborah que transformaram esta festa numa experiência inesquecível. Se estiver interessado em participar de alguma Degustação de Histórias, cadastre-se no site do Ilan ( http://www.ilan.com.br)  e ele te mandará um email assim que houver alguma ( Judaica, Grega, Indiana, Erótica,etc). Normalmente, elas acontecem em uma das Livrarias da Vila . 

dsc01813.jpg                                          Débora, Renata e Eduardo ( o que fez meio século!)

Bom, espero encontrar todos os que estiveram aqui na minha festa de 100 anos quando faremos uma Noite Indiana II, a vingança do curry !

Até lá! Namasté !

.

Anúncios

24 Responses to “Noite cinquentenária, hindu e histórica !”


  1. 1 Fer Guimaraes Rosa dezembro 4, 2007 às 2:33 pm

    Eduardo, primeiro PARABENS! Muitas felicidades! 🙂
    Segundo, gostei muito de conhece-lo. A festa estava LINDA. Que capricho. Nunca fui de fazer festa de aniversario pra mim mesma, mas sempre penso que deveria fazer uma quando chegar aos 50 [estou com 46, tah chegando os temidos entas! ;-)]. Acho que eh uma data que merece uma comemoracao a altura, nao? E voce fez com perfeicao. Parabens e super abraco,

  2. 2 migas dezembro 4, 2007 às 6:15 pm

    Parabéns, Eduardo! E que festa!!! Também não costumo comemorar o meu aniversário mas com uma festa assim, acho que não me importava nada de o comemorar! Que show! E prazer em conhecê-lo! Ah, e agora percebo, porque chamam Mingão, ao outro provador de serviço! Lol

    Beijo

    P.S. Já vi o seu comentário quanto ao menu Angolano. Fico então a aguardar por esse repasto à moda de Angola! O suspense aumenta….

  3. 3 Lunalestrie dezembro 4, 2007 às 7:04 pm

    Nossa, fiquei encantada com tudo! Um aniversário assim vale a pena! Fiquei com uma vontade desse Gulab Jamon, acho que vou fazer por aqui. Feliz Aniversário e parabéns pelas postagens sempre belas! 🙂

  4. 4 Vera dezembro 4, 2007 às 10:28 pm

    Oi Eduardo, primeiro parabéns pelo seus 50 anos e pela festa linda que fez para comemorar, uma idéia muito diferente e interessante.
    Obrigada pelo seu comentário no Seduzidos, que anda meio abandonado, estou trabalhando muito e com isso atrasada com os posts, mas logo coloco os comentários dos roses e tb sobre nosso encontro de Chardonnay.

    Até mais..

  5. 5 Eduardo Luz dezembro 5, 2007 às 6:27 am

    Fer, obrigado pelos parabéns e pelos elogios a toda a organização do regabofes. Realmente foi muito bom e até que é legal fazer uma festa de vez em quando ( ainda mais aos 50 anos !). E continue com o Chucrute com Salsicha no mesmo nível pois é uma das melhores leituras gastronômicas da Internet.

    Migas, você já é da casa. Grato também e adiar o Menu pra daqui a 14 dias só aumentou a nossa expectativa! Imagine o que aumentou a do Mingão que é óbvio que se chama Domingos,é meu compadre e é bom de garfo como todos nós ( só a Débora que não consegue acompanhar o ritmo da tropa!). O outro participante,o Déo, chama-se Edwin que era o nome do meu pai e é meu irmão.

    Luna, obrigado pelos parabéns e faça sim o Gulab pois é fácil, extremamente saboroso e tem um quê de Índia. E também gosto bastante do estilo do Quiche de Macaxeira ( que nome bacana!) e sempre que posso dou uma olhada lá!

    Vera, obrigado também e a idéia básica é não deixar que confrarias deixem de existir. Vamos nos unir e fazer um sindicato das Confrarias ! Viva o vinho ! E faça os posts sobre os vinhos porque é bom ver opiniões diferentes das suas.

  6. 6 Nina Moori dezembro 5, 2007 às 10:19 am

    Eduardo, parabéns, que bela comemoração! Tbm não curto muito comemorar os meus aniversários, mas nestas datas redondas vale uma boa festinha!

    bjocas.

  7. 7 Márcia dezembro 5, 2007 às 4:49 pm

    Oi, Edu!
    Voltei ao mundo dos blogs, e vejo q seu aniversário foi há poucos dias. PARABÉNS!!!
    Acho q aniversário tem mesmo q ser comemorado, é um dia especial, e como tal deve ser muito festejado!!!
    Desejo tudo de bom para vc e “os seus”, muita saúde, paz, e o velho blá-blá-blá de sempre…
    Adeorei a idéia da festa indiana, ficou super criativo! Sem contar q com esse cardápio maravilhoso, nem tinha como não ser…
    Ah, e parabéns pela Débora (a sua) – toda bonitona, viu! Tem q paparicar muito, para ela continuar fazendo aquelas maravilhas nos encontros da confraria!!!
    rs.
    Abs.

  8. 8 Eduardo Luz dezembro 6, 2007 às 6:45 am

    Nina ,grato pela passagem e viva as festinhas !

    Márcia, bom retorno e tá na cara que você já é uma festa. É, os meus cinquenta anos foram há duas semanas. E quanto a Débora (a minha), pode deixar comigo !

  9. 9 Marizé dezembro 6, 2007 às 7:35 am

    Muitos, muitos, muitos parabéns, Eduardo!!!

    Que festa maravilhosa, e a comida, hum…! Fiquei a salivar com o caril e com o arroz doce!

    Beijocas

  10. 10 scalabis dezembro 6, 2007 às 11:19 am

    Grande Eduardo! Os meus sinceros parabéns!
    Voçê é a prova de que comer e beber bem só dá saúde e jovialidade!!! Adorei conhecer -te e aos confrades e família.
    Que grande festança deve ter sido! Que contes muitos anos de vida com saúde e junto dos que amas!

    P.S.: Reconheci aí um rosé alentejano! Que tal?? Foi aprovado?

  11. 11 Eduardo Luz dezembro 6, 2007 às 3:25 pm

    Que prazer, Marizé e Luis, nosso próximos “convidados” !

    Marizé, o caril é realmente muito bom e o arroz doce,então nem se fale !( se precisar da receita é só avisar ). O vosso menu ficou pra janeiro mas continuaremos aguardando ansiosamente. E obrigado pelos parabéns !

    Scalabis, grande Scalabis! Nós sabemos que comer e beber bem realmente traz saúde e felicidade ( a jovialidade ficou por sua conta!). E o olho do enófilo apareceu! Só você pra captar o Monsaraz Rosé Alentejano que por sinal foi um espetáculo (jovial, groselhal e diria até indiano tal a harmonização com os pratos ).Ou seja, mais do que aprovado !

  12. 12 Diogo dezembro 6, 2007 às 3:35 pm

    Xovê se entendi bem: foi a noite que tu apagou 50 velinhas (velinhas, não velhinhas pq tu não é homicida)??

    Caraca Eduzão, parabéns meu. Muito sucesso, saúde, amor, comida boa, chachaças e vinhos!!

    Um fortíssimo abraço.

  13. 13 Eduardo Luz dezembro 6, 2007 às 4:13 pm

    É Diogão, são cinquenta velinhas ( mesmo !) e muitas e muitas garrafas de vinho e comidas das “boas” como nós todos estamos acostumados a comer. E que venham mais 50 anos para todos ( e as garrafas/comidas também!).

    E para a Witchie ( e para quem se interessar) a receita dos Bhajis de Cebola.

    Esta receita foi tirada do livro do Chefes- Segredos e Receitas. Existem outras versões mas a que eu mais gostei foi esta :

    3 cebolas picadas grosseiramente
    óleo para fritar

    Para a massa :

    100 g de farinha de grão de bico ( ou 100 de fubá ou 50 de farinha de arroz)
    1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
    1/2 colher de chá de açafrão ( cúrcuma)
    1 pimenta verde, picada
    1/2 colher de chá de sal
    água o quanto baste ( + ou – 8 colheres de sopa)

    Modo de fazer : misture todos os ingredientes da massa e bata bem. A quantidade de água deverá ser a suficiente pra que a massa escorra da colher (ou seja, um pouco pegajosa).
    Misture a cebola picada na massa.
    Aqueça o óleo a 170ºC.
    Trabalhe com duas colheres, despeje pequenas porções de massa no óleo quente e achate-as ligeiramente. Escorra no papel toalha e pronto.
    Se quiser melhorar, sirva com raita. E bom apetite !

  14. 14 Katia dezembro 6, 2007 às 6:22 pm

    Olá, Eduardo.
    Seu irmão me falou do site e eu resolvi dar uma passada pra ver como ficou.
    Está maravilhoso, com fotos incríveis e receitas espetaculares!
    Ah, parabéns atrasado pelo aniversário.

    Beijão, e mais uma vez, meus parabéns!!!

    PS:Beijos pro irmão Déo. rs

  15. 15 Diogo dezembro 10, 2007 às 1:01 pm

    Como voltei aqui e o post continua o mesmo, renovo os votos de antes então. Hehehehehehehe!!!

    Novo abraço, Eduzão.

  16. 16 Marizé dezembro 11, 2007 às 12:29 pm

    Vim até aqui para ver se já havia comidinha Angolana, fiquei contente com a resposta ao meu comentário. È claro que eu quero a receita!
    Rectifico: As receitas!
    Beijocas

  17. 17 Lídia dezembro 15, 2007 às 3:30 pm

    Eduardo,

    Muitos parabéns! A festa foi linda, deliciosa e muito original.

    Abraço

    P.S. Espero poder finalmente publicar o comentário 🙂

  18. 18 EduardoLuz dezembro 17, 2007 às 1:39 pm

    Voltei! Estávamos em viagem de “negócios” ( brincadeira, pois fomos ver a minha filha que está trabalhando na Disney como Pluto, veja só!) e completamente desplugado.
    Vamos as respostas e se tudo der certo, a alguns posts também. Ah! A Noite Angolana continua de pé e deve ser feita na próxima quarta-feira.

    Diogo : grato pela visita de novo e mais ainda pelos parabéns.

    Marizé : vou separar as receitas e te mando por email. E devo postar a noite angolana até o fim de semana.

    Lídia : e não é que o comentário apareceu mesmo. Obrigado pelos parabéns e a segunda Noite Turca está reservada. Já vi pelo RSS uma rabanada turca que interessou bastante !

  19. 19 Marcio dezembro 18, 2007 às 10:56 am

    Parabéns!!! Muito sucesso!!!

    E que comemoração hein!!!!

    Show de bola!!

  20. 20 EduardoLuz dezembro 18, 2007 às 1:18 pm

    Márcio, grande fotógrafo! Quem quizer ver grandes fotos, dê uma passada lá no A Janela Laranja que vale a pena !
    Grato pelos parabéns e influenciado pelas tuas fotos, fizemos uma noite grega ( com vinho e tudo!) que foi excelente. Devo postá-la logo.

  21. 21 Marccia Romão novembro 10, 2008 às 10:57 pm

    Olá Edu,
    Parabens!
    A festa indiana ficou ótima me deu várias idéias e resolvi fazer uma festa indiana aqui em casa também. Visite meu blog: http://www.marciaromao.blogger.com.br
    Namastê!!

  22. 22 eduluz novembro 12, 2008 às 6:33 pm

    Márcia, comida indiana em qualquer festa é sinal de alegria e muitos temperos. Vou visitar o teu blog ! Namastê e ooooooooommmmmmmm!!

    Abs.

  23. 23 Francisco Evangelista abril 24, 2009 às 9:51 am

    Sou Devoto de Sri Krishna e Sathya Sai Baba e Sou Membro da Escola de Filosofia à Maneira Clássica Nova Acrópole, onde amanhã teremos nossa “Uma Noite na Índia”. Farei chapatis e Curry de berinjelas à moda do Sri Lanka.

    Estava procurando maiores informações (históricas) dos chapatis quando encontreiesse site, o qual me deu boas idéias.

    Obrigado e parabéns pela festa.

    Francis Evans

  24. 24 eduluz abril 24, 2009 às 2:34 pm

    Francis, muito legal que você gostou do blog. E mais legal ainda, saber que de alguma maneira colaborei pra que a sua “Uma Noite na Índia” seja mais informativa e saborosa.

    Da próxima vez, nos convide. Chapati e curry é conosco mesmo !!

    Abs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 643 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,350,251 hits
dezembro 2007
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: