Arquivo para 27 de fevereiro de 2008

da cachaça pro vinho – venenosa, eeeeê, erva gastronômica…

 dsc05225.jpg

número 89                                                     21/09/05

                 Venenosa, eeeeê, erva gastronômica…

Introdução –  After “these”, um “report” like as “day after” só pra dizer que é melhor não dizer nada, haja vista que já “cumemo”, “bebemu” e seria realmente uma falsidade escrever que vamos etc, etc, etc. Chega !

Bebida

Caucasiano (strong)- vodka, cointreau e traços de menta + gelo – a bebida “pega”

Vinhos

Casa Valduga 2000 Cabernet Franc

Norton Colheita Tardia

MENU

Entrada – Omelete plate com cogumelos e tomates queimados (Gula  155 – pag 104)

Principal – Risoto de Ervas e Thai Snapper ( JT)

Sobremesa – Creme de manga e côco

Observações finais

Tudo bom! Principalmente o risoto com ervas e os tomates queimados ! (Eduardo)  

Faço minhas as suas palavras ! (Mingão)

Refeição soberba ! (Déo)

dsc05219.jpg

Fotos do Monastério em Petra. A primeira é aquela “manjadíssima” e turística mas que,  todo mundo faz : (eu não resisti…) O Monastério nas suas mãos (ou melhor, nas mãos da Dé!). E pra chegar lá não é fácil ! São 800 degraus bastante espaçados e numa  subida bem íngreme. Pra você ter uma idéia, o nosso “rotundo” guia, o Omar ( segundo ele, como o Shariff!) tentou várias vezes nos demover da idéia de subir até lá. ” É só pra quem gosta de exercício!” ou “Vocês não verão nenhuma novidade por lá !” nos dizia o “roliço” Omar. Ainda bem que somos teimosos e não seguimos as suas orientações! É uma subida cansativa ( vimos um monte de japoneses “abrindo o bico” no meio do caminho)  mas pelas fotos dá pra perceber que a grande roubada seria não ter subido. O caminho é muito interessante, cheio de desfiladeiros e com a mudança da posição do sol, você consegue ver ( e fotografar) claramente as diferentes tonalidades das rochas areníticas de Petra.  
Um deslumbre total e nesta trilha você vê os beduinos, as beduinas, os beduininhos  saindo do nada pra tentar te vender sempre as mesmas coisas : pedras , pulseirinhas, moedas “raras” e antigas(eu comprei uma por 10 Jordans o que dá quase R$ 25.00. Acho que cai no ” conto” das moedas ) . Guardadas as devidas proporções, é como ver a molecada que vende as mesmas balas nas filas dos semáforos por aqui !

Explicação – Dia de novas experiências. Utilizar tomates queimados  (mas queimados mesmo!!) e cogumelos  com risoto de ervas foi muito diferente. E não me pergunte o que é Thai Snapper porque não tenho a mínima idéia! Ah! Foi a primeira (e última) tentativa que fizemos de fumar charutos! Não combinou nada e casa ficou infestada de fumaça !!

A HORA DO VINHO (by Luis Scalabis )

dsc05875.jpg

Vinhos Moscatel – Existem duas regiões em Portugal nas quais se destacam os vinhos Moscatel: a região de Setúbal ou Terras do Sado e o Douro, sendo a região de Favaios, com seu micro-clima e terroir específico a mais conhecida. Os vinhos produzidos a partir da uva Moscatel têm sempre uma característica adoçicada. Em geral, acompanham muito bem sobremesas e, quando gelados, são refrescantes e servem como aperitivo.
É, até hoje estamos suspirando pelo Cadão ! ( o vinho !)  

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 644 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,353,790 hits
fevereiro 2008
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

Arquivos

Atualizações Twitter