Arquivo para maio \30\UTC 2008

da cachaça pro vinho – massa com 1 molho é bom! imagine com 3 !

número 103                                                                                   22/02/06

                     Massa com 1 Molho é Bom ! Imagine com 3 !

Introdução – Criar “oásis” de felicidade, prazer, bem-estar, é por vezes necessário pra se resguardar e preservar o estímulo, a gana de ser feliz, estar bem !
Quartas “oásicas” pra todos; que se entenda a idéia (rsrs) !

Bebidas

Absolut Vanilia Julep
Vanilia Pineaple Fusion

Vinhos

Tinto Valontano  

Branco Santa Julia

MENU

Entrada – Gaspacho com camarões e legumes

Principal – Macarrão com 3 molhos ( Pesto, Parmesão e ervas, Matriciana) ( Molhos com azeite – pags 28, 53 e 125)

Sobremesa – Maçãs condimentadas com aniz ( Boticário)

Observações finais

O gaspacho estava espanhol. E as massas, italianas. Só faltava o Timão ser sul-americano. (Eduardo)

Fresh in summer; up gelado com um mix de massa soberbo. (Déo)

Dio, como ti ammo ! (Mingão)

Fotos de ruínas da cidade de Jerash na Jordânia, uma das decapolis do Império Romano. Recomendo muito pra quem gosta do tema pois estão muito bem conservadas com a possibilidade de entender como era o dia-a-dia naquela época.
E de por-do-sol ( mais um !) do Mar Morto onde novamente o dia estava nublado mas … na hora H, veio uma ajudinha do além e aproveitamos o máximo possível a happy hour ( literalmente) no hotel Kiempinski.  

Explicação – Massa ou melhor, molhos em profusão . E todos retirados do livro Molhos com Azeite que é muito bom. Não sei se existe isso ainda mas eu ganhei este livro numa promoção  no site da Casa do Azeite Espanhol (na verdade, ganhei outros também). E quando você precisa de uma receita quebra-galho, lá está ele “olhando” pra voce ! Espetáculo !

A HORA DA ERVA GASTRONÔMICA

Manjerona – Quando fresca tem sabor mais suave e deve ser usada no final do cozimento, podendo, em alguns casos, substituir o tomilho e o orégano. Símbolo de felicidade para os antigos gregos ( por isto que eu plantei aqui em casa !), ela estimula o apetite e deve ser usada emcarnes em geral, bovinas e suínas, além de aves, peixes , feijões e embutidos. Experimente também em omeletes, pizzas, molhos de tomate, recheios de pastéis, com batatas cozidas e para condimentar manteiga, sopas e sorvetes.

 

.

Anúncios

dcpv – decápodes

número 177                                                                                 23/04/08

                                                 Decápodes  

Já faz um tempão que eu estava a fim de fazer um menu só com decápodes. Afinal de contas, somos adoradores de frutos do mar e os decápodes se encontram entre as melhores opções da categoria.

 

Fazendo uma análise morfológica ( não se esqueça, DCPV também é cultura !) chegamos a seguinte conclusão : deca = 10 ; podes=pés; portanto, decápodes = 10 pés = crustáceo = caranguejo = siri. Portanto, vamos a noite dos crustáceos onde comeremos as galinhas do mangue, os uçais, os aratus, os guaiamuns, as sapateiras, os siris. Acompanhe !!

Atlântico – Entradas

Patinhas de caranguejo à milanesa com molhos golf, aioli e vinagrete de salmão.
Patas de caranguejo ao natural ( cozidas em água e sal)
Salada Waldorf com siri

Boas novas ! O Mingão fez um exame no vestiário e foi liberado pelos médicos pra beber um pouquinho de vinho !

Pra comemorar, o Déo fez uma caipiroska de amoras com Absolut 100 que ficou um primor. ( É claro que o Mingão não pode beber. Ele estava se guardando pros vinhos )

 

As entradas estavam  simples. E gostosas. Patinhas de caranguejo empanadas em farinhas de trigo e de rosca com o belo acompanhamento de 3 molhos : golf ( ketchup, creme de leite, conhaque, tabasco, molho ingles e sal), aioli ( manjadaça maionese de alho) e um vinagrete de salsão ( um talo do mesmo em cubinhos e temperado com azeite, limão, sal e pimenta do reino). Decapodiano !

E uma saladinha Waldorf (maçã verde, salsão, nozes, siri) com um molho de limão, mostarda e creme de leite. Muito bom e crocante !

Ah! Esqueci de citar a “pataça” de caranguejo ( o decápode) que foi cozinhada com água e sal no melhor estilo caiçara !!

E com o êxtase do Mingão, tomamos um vinho Branco Chardonnay Yering Station 2004 Austrália que segundo os siris-patolas, nós mesmos, foi “vegetal, herbáceo, come back, competente”.

Pacífico – Principal

Moqueca de Siri e Arroz Basmati com Ervas.

Moqueca básica ( foi tudo básico hoje!). Siri, azeite, cebola, alho picado, tomate sem pele e sementes, leite de coco, azeite de dendê e coentro ( do Pará. A muda que a Neide (Come-se) me mandou já está produzindo!).  E juntei um  Basmati basiquinho com ervas gastronômicas ( quase todas). Um espetáculo !

   

Que foi coadjuvado por um vinho tinto Cabernet Sauvignon Aresti 2006 Chile que disse, em linguagem decapodial, que era ” amora+thinner, patchouli, domingos travolta, arnoldiano”. E viva o mangue !!

Índico – Sobremesa

Taça de Peras com Farofa Crocante

Autoria de nossa “velha” conhecida, a Carole Crema. E uma delícia pois são peras cortadas em cubos grandes e colocadas numa frigideira com manteiga até começarem a dourar e aí, adicionamos o açúcar.
E tem a farofa . Sabe aquela farofinha do América ? Pois bem, esta é mais gostosa. E é por isso que eu vou dar a receita completa :

Leve 1 xícara de chá de açúcar ao fogo numa panelinha e cozinhe-o até que vire um caramelo escuro. Adicione 1/2 colher de café de bicarbonato de sódio e 1/2 xícara de castanhas-do-Pará picadas. Mexa um pouco, desligue o fogo e derrame este caramelo numa superfície fria untada com um pouco de manteiga, espalhando com cuidado. Espere esfriar.
Remova a placa açucarada, quebrando-a em pedaços. Coloque no processador e bata até virar esta maravilha de farofa. Transfira pra um recipiente e coloque 1/2 colher de sopa de sal
. Sim , senhores! Sal pois a idéia é deixar a farofa com um sabor salgado/doce. Dá vontade de ser um decápode só pra chegar mais rápido à farofa e degustá-la !!

   

Pra montar, coloque a pera no fundo de uma taça, bolas de sorvete de creme sobre ela e no top ( que é o lugar que ela merece estar!) a farofa. Não é um decápode mas pode considerá-la o caranguejo das sobremesas.
Devido ao gradual retorno alcoólico do Mingão, continuamos tomando o que sobrou do vinho tinto.

E vejam o que sobrou das nossas queridas galinhas do mangue :

Bom, é isso aí ! Até a próxima !

 

.

6º encontro inter-blogs : Márcia, Fouet et DCPV

número 179                                                                              14/05/08

                    6º Encontro Inter-Blogs : Márcia, Fouet et DCPV

Ser Pernambucano é : considerar Reginaldo Rossi um rei.

Guardadas as devidas proporções, realizar um inter-blogs é semelhante a planejar (e ter) um filho !
E não é que a Márcia , a blogueira famosa e super-bem-humorada ( é dela a maior densidade de KKKKKKs da comunidade gastronômica) conseguiu o feito de fazer as duas coisas simultaneamente ?

Ela está grávida e ao mesmo tempo se viu com a missão de indicar um menu completo pros bebês-chorões, nós mesmos!

Tudo começou com a possível indicação de um jantar tipicamente pernambucano (ela mora no “Ricifi” !): buchada de bode, sarapatel, sangue de porco, etc. Tava na cara que não ia dar muito certo e que nós aumentaríamos a nossa “imensa” lista ( dobradinha e arraia) de ingredientes não aceitáveis na nossa mesa.
Liberei a Márcia da obrigação totalmente pernambucana e daí surgiu o que eu chamei de um menu pernambuco/fusion com frutos do mar, tapiocas, arroz basmati, molho cítrico e cartola. Ou seja, com a cara da Márcia, a nova mamãe do “pedaço” !
Como ela mesmo escreveu : ” o menu é : Meio Nordestino, meio litorâneo, absolutamente Márcia Mariano“.

E assim chegamos ao resultado final após vários e-mails trocados com muitas frases engraçadas e muitos KKKKKKKKs e rsrsrsrsr.

Enfim, o menu nasceu ! Bastaria fazê-lo e degustá-lo ! Vamos lá !

Ser Pernambucano é gostar de comer caranguejo.

K – Entradas

Uma caipiroskinha de graviola com Absolut 100 pra começar os trabalhos ( estava frio !!!)

KK – Tapioca com creme de Abóbora e Carne de Sol

Fazer tapiocas redondas em panela antiaderente. Passar um creme de jerimum nelas. Este creme é formado pela abóbora, creme de leite, requeijão e manteiga de garrafa. Já a carne de charque, dessalgada e desfiada, é colocada numa base de cebola frita na manteiga de garrafa. Já no apagar das luzes, jogue o cheiro verde bem picadinho!” A descrição é da Márcia.

Pra montar é só passar o creme na tapioca, colocar a carne e aí é a gosto do freguês. Arretado !

  

KKK – Casquinho de siri

Equação da felicidade : siri + limão + cebola + pimentões verde e vermelho + alho + coentro + azeite + extrato de tomate + azeite de dendê + farofinha de manteiga de garrafa polvilhada por cima = huuuummm! Belo casquinho ! Supra sumo !

Tomamos um belo Rosé Rio Sol 2007 que disse ó xente pra nós e, nós respondemos que ele era ” ácido, abre-alas, solar, cobreado”.

Apesar de (ainda) não sermos patrocinados, a idéia foi ter vinhos que fossem produzidos o mais próximo possível da casa da Márcia : os Rio Sol que são feitos no Vale do São Francisco !

Ser Pernambucano é : tomar água de côco na praia .

KKKK – Principal

KKKKK – Camarão empanado com Pistache ao Molho de Graviola e Arroz Basmati com Pimenta Rosa

Modus Operandi ( é isto mesmo ! A Dra Márcia colocou em cada receita o “modus operandi” dela. Data venia !): empanar os camarões rosa VG marinados em limão, sal e lemmon pepper numa sequencia de farinha, ovos batidos e crosta formada por pistache, nozes e biscoito cream cracker. Frite ! E aproveite a crocância do camarão que é muuuito bom !

Ela indicou dois molhos e eu fiz os dois. O primeiro com shoyu, mel e suco de laranja. Salgado e bom! O segundo com polpa de graviola, mel, sal e creme de leite. Adocicado e bom ! E um belíssimo arroz Basmati com pimenta rosa pra acompanhar. Aromático e bom !

E com o vinho branco Rio Sol 2007, um vinho ” delicado, Richarlyson, sunflower, só faltou as buinhas” segundo os leoninos, nós mesmos, tudo ficou perfeito ! É o cão chupando manga !

Ser Pernambucano é : preferir boteco a fast food !

KKKKKK – Sobremesas

KKKKKKKK – Cartola e Bolo de Rolo com Sorvete

Pra fazer a Cartola é só fritar a banana cortada longitudinalmente em manteiga de garrafa abundante. ( A Márcia escreveu: não vá me usar óleo, heim! E continuando o parêntesis, as receitas dela são muito engraçadas pois quando você está fazendo parece que ela está do seu lado dizendo : “olha a manteiga”, ” não use isso “, “faça assim “. Parodiando a Márcia, KKKKKKKK !). Bom, voltando a receita, frite uma fatia de queijo de coalho. Aí é : banana por baixo, queijo de coalho por cima e acabamento com açucar ( eu usei o meu açucar com fava de baunilha). Ficou demais !

Ainda comemos sorvete com uma fatia de bolo de Rolo ( não é rocambole e muito menos, “recambole”!) que a Márcia gentilmente nos mandou .

Acompanhamos cor um espumante Rio Sol Demi-Sec 2007 que fez todo mundo se sentir “os tampas de Crush” !

Ainda terminamos o banquete comendo bolinhos de goma (deliciosos e entendemos o porque do vício da Márcia) e Nego Bom, ambos …

 

… enviados por ela no que chamamos de kit KKKKKKK.

Quanto ao famoso presente virtual, fica a foto de uma bela ….

 

… praia, onde normalmente, todos nós sentimos  bastante o alto astral que a Márcia comumente demonstra ter.

Bom, a farra está acabando !

Mais uma vez o nosso muito obrigado à Márcia pela simpatia, pela comunicabilidade, pelo acerto na indicação deste maravilhoso regabofes ou seja, por tudo !

Ser Pernambucano é : ser rubro-negro até morrer !

E com a frase acima que é do marido da Márcia, o Marco Aurélio que é fanático pelo Sport Recife, encerramos o ciclo do que é ser Pernambucano. Pensando bem, nós seríamos facilmente Pernambucanos e só trocaríamos o rubro pelo alvi (Timão, ê, ô !). No restante, concordamos com tudo !

Ah! Agradecemos (especialmente a Dé) a Mainha Rita por ter nos mandado os porta-guardanapos tão lindos e que serão guardados ( e usados) com bastante carinho. Estamos até pensando em lançá-lo como o primeiro produto da grife DCPV de artigos finos para a sua cozinha !!!

 

Até o próximo Inter-Blogs que será em junho com a Luna do Quiche de Macaxeira.

E que tudo dê certo para todos nós !

PS – Você quer saber o que significa afolosado, alcatifa, arengar, biliro, gabiru, gréia, malamanhado, marretar, munganga, pantim, peitica, tabelier, xêxo, arretado, supra sumo, tampa de crush, cão chupando manga, etc ? Peça pra Márcia te enviar (ou melhor, postar no Fuet) o dicionário Pernambuquês pra Turista Entender. É muito engraçado !

 

.     

  

    

   

dcpv – inter blogs : o que é ? como funciona ? pra que serve ?

sem  número                                                                                        12/05/08

Inter Blogs : O que é ?  Como funciona ? Pra que serve ?

Vou facilitar a minha vida e explicar como funcionava o Inter Blogs.
Portanto, este post será atualizado a cada realização e assim não precisarei dar detalhes (e nem perder espaço! ) em cada uma das edições. Cada vez que este encontro for citado, encaminharei pra este post. Vamos lá !

O Inter Blogs nada mais é do que o encontro entre a sugestão de menus completos (de blogueiros interessados em gastronomia que são contactados por mim ou que se entusiasmam pela idéia) com a devida execução e degustação da nossa parte .

Que fique bem claro:  só participam deste evento os blogs que tenham afinidade com este que vos escreve (“euzinho”) pois pra fazer uma coisa tão íntima (rsrsrs), tem que rolar uma química (e física e biologia e gastronomia …)

A idéia principal é criar uma iteração maior entre a blogosfera culinária e, principalmente, transformar este meio tão etéreo numa coisa mais palpável e pessoal. Tanto que, se o blogueiro quiser dar um pulinho aqui pra degustar o seu menu, é só avisar. (Até serviço de motorista nós temos, né Alecsander,  Diogão , MichelDébora e Fernando ?)

Já fizemos os seguintes encontros :

experimental – No último dia de outubro de 2007 com a exuberante culinária Turca da portuguesa Lídia que mora na Turquia e do blog Cozinha Turca .

1º – Em dezembro de 2007 com a comida Angolana (quase baiana) da Migas, uma portuguesa (engenheira civil, ó o corporativismo !) que trabalha em Angola e que é a residente do blog Migas com Gindungo

2º – Em fevereiro de 2008 com a comida portuguesa da Portuguesa Marizé, uma gourmetahoolic (existe esta palavra ?) e maestrina do Tachos de Ensaio. ( quer ver?)

3º – Em março de 2008 com a comida Portuguesa tradicional do LPontes, um terapeuta português preocupado em resgatar as comidas tradicionais no blog Comidas Caseiras .

4º – Em abril de 2008 com a comida natural, simples e chic da Brasileira que mora na Califórnia, a Fer do excelente blog Chucrute com Salsicha.

5º – Em 14/05 com a arretada Márcia do Le Fouet, Roux et Demi Glace indicando um menu pernambucano/fusion/aquático/eclético.

6º – Em 04/06 com a Brasileira Luna do fotogênico Quiche de Macaxeira indicando um menu quase veggie e saborosíssimo.

7º – No dia 09/07 com hindu/brasileira Agdá que mora nos Estados Unidos do maravilhoso blog Agdah com a mais maravilhosa comida indiana. Foi uma festa de Onam com direito a comer com as mãos e tudo o mais.

DSC09217-2

8º – Em  13 de agosto com a Portuguesa Elvira do gastronômico Elviras Bistrot indicando um genuíno menu francês. E de frutos do mar, o que nos deixou mais felizes ainda ! Uh, la, la !!

9° – Em 10/09 com a Tunìsio/Brasileira/Canadense Fabrícia  e seu maridoco, o Mohamed,  que moram no Canadá, do lírico Sopa Vermelha que nos trouxe a cultura, o mistério e a maravilhosa comida tunisiana, além dos incensos, do narguillé, dos temperos e das tâmaras ….

10º – Em  07/10, a  Brasileira/Capixaba  Aline do descontraído Moqueca com Pimenta com moquecas de fazer parar qualquer trânsito além da torta capixaba, do sururu, das ostras….  Uma beleza !!!

11º – Em  20/12, o primeiro bis com a Portuguesa, quase diretora do DCPV, a  Marizé do laboratório de cheiros e sabores, o  Tachos de Ensaio com um  menu Natalino, onde só faltou o próprio Papai Noel sentar-se à nossa mesa. O polvo estava um espetáculo!!

12º –  Em 19/01/09 , com a Portuguesa Pipoka do  simpaticíssimo Three Fat Ladies que indicou um legítimo menu tailandês. Foi uma festa regada a nam pla.

13º – Em fevereiro de 2009 com a Portuguesa Mariana do classudo  Caos na Cozinha com um menu fusion e “marianesco” .

dsc07095-2

14º – No final de março de 2009 com a Brasileira Márcia do  Ideias a la Carte com um legítimo menu mineiro, sô ! E daqueles de dar saudade de BH e da própria Márcia, uai!

15º – Em 16/04/09 com a paulistana Patrícia Scarpin do coloridíssimo Technicolor Kitchen que nos apresentou uma cozinha ítalo/mediterrânea através das cenas de um filme de excelente qualidade.

16º – Em  14/maio de 2009 com o professor Michel do Khodair que mostrou ao vivo e em cores, como fazer verdadeiros milagres com uma Wok.

DSC09248-2

17º – Em 17/ junho /09 , a Portuguesa  Ameixa do popular blog Canela Moida mostrou pra nós os requebros e a malemolência da famosa comida Minhota. Além de todo o bom humor que lhe é peculiar!

18° – Em julho/09, com a Brasileira Odete (e a consultoria exclusiva do esposo húngaro dela, o George) do Magyar blog Páprika na Feijoada nos mostrando a legítima cozinha húngara da gema e da páprika.

DSC00100-2

19º – Em agosto/09, novamente com a Tunísio/Canadense/Brasileira Fabrícia (outro bis)  do Sopa Vermelha que nos apresentou a legítima cozinha Québécoise com suas infinitas e deliciosas possibilidades de juntar carne/batata/queijo além do maple, off course!!

DSC09228-2

20° – Em setembro/09 com a Brasileira Lud,  ex-residente do Canadá e atual Salvador da Bahia, do blog The Inner Life of Food que por gostar e entender muito,  nos mostrou uma  culinária chinesa rica e interessantíssima.

21º – Em outubro/09, na verdade, comecinho de novembro com a brasileira que estava na Espanha (já voltou ao Brasil), a  Dadivosa do lírico blog Dadivosa  que não só nos disse como é a comida espanhola com  tapas, pintxos e tudo o mais e ainda nos mandou um tremendo apagão !rsrs

22º – Em novembro/09 com os Brasileiros Nina e Marcel do dinâmico blog Gourmandise Brasil que nos apresentaram um fantástico menu ovo-lácteo-vegetariano com todas as receitas contendo algum tipo de chá ou infusão.

23º – Em dezembro/09 com a Brasileira Cris do From Our Home To Yours com um legítimo e delicioso  Thanksgiving (tá bom,  foi Thanksgiving light, mas mesmo assim  um verdadeiro espetáculo!)  .

DSC09043-2

24º – Em janeiro/10 com o brasileiro  Leo do Trivial ou nem Tanto  e amigo dos velhos tempos que, já resolveu que fará um menu fusion e todo invocado. Até espumas teremos. (Na verdade, este foi adiado, mas o “executaremos”  no dia 22/06/10).

25º – Em fevereiro/10 ou melhor, no começo de março com a Brasileira Ana do La Cucinetta que nos mostrou o que que a Itália tem de autêntico com receitas saborosíssimas!!

DSC09036-2

26º – Em 06/04/10 com a Brasileira  Luciana do Cafezinho das Cinco que nos mandou um outro autêntico menu italiano da “chema”. Foi um espetáculo

DSC08962-2

27 º – Em abril/10 com a brasileira Nana do trendy Manga com Pimenta que  nos mostrou a cozinha charmosa das vovós. É, aquela que nos traz muitas e gratas recordações. Foi divertidíssimo.

28º – Em maio/10 com os brasileiros Débora e Fernando do excelente blog Brincando de Chef  que além de amantes de restaurantes, também são bons foodies !! Eles vieram até aqui e ficamos conversando até altas horas.

29º – Em julho/10 com a Verena do excelente Mangia che te fa benne. Comemos e  muito uma comida emocional e espetacular. Além do esperado belo sorvete, claro!

30º – Em agosto/10 com o brasileiro Alessander do famoso blog Cuecas na Cozinha  (este foi executado na praia no dia 28/08). Fizemos receitas do livro dele e escolhidas pelo autor. Foi praticamente uma noite de autógrafos com a presença do Michel Khodair e esposa, a Débora e o Fernando do Brincando de Chef  além do Mingão e da Regina!!

DSC08948-2

31º –  Em setembro/10 com a espanhola/catalã Margot do  Margot – Cosas de la Vida que nos mostrou tapas e pintxos de fazer qualquer pessoa se apaixonar. Tudo pareceu uma exposição num museu de Arte Moderna! E em Barcelona!

32º – Em setembro/10 com a Luciana Bettenson do estiloso Rosmarino e Prezzemolo (hoje, Rosmarino e Outros Temperos ) que nos propôs um menu praiano mundial. E ela veio aqui no DCPV com o esposo Mike!! A Marcie e o Ciro também vieram, além do Mingão e da Regina. Foi um verdadeiro happening.

DSC09283-2

33º- No meio de novembro/10 com Isabela do belo Isabela Tibo  que indicou um menu contemporâneo e  saborosíssimo!!  Foi um verdadeiro espetáculo.

34º – Em novembro/10 com a Dani do excelente blog Café da Sereia que nos indicou um legístimo british menu. Quem disse que a comida britânica não é boa?

35º – Em dezembro/10 com a Carol do divertido blog Bouquet Garni que simplesmente disse que o menu seria de comidas caseiras familiares e natalinas. Foi perfeito.

36º – Em janeiro/11, com a Re e a Fran Gallo do majestoso Frango com Banana com a indicação dum legítimo menu tatuiense com direito a petit gateau de milho verde e outros bichos. Uma beleza!

37º – Em fevereiro/11 (na verdade, dia 01/03) com o cientista/foodie Vitor Hugo do instigante blog Prato Fundo. Ele só não fez chover aqui no dcpv!

39º – Em abril/11 com a Carla do blog Entre Panelas que nos mostrou a interessante cultural culinária holandesa.

40º – Em maio/11 com a Patrícia e a Letícia do blog Memórias Gastronômicas que nos indicaram um menu contemporâneo e excelente. 🙂

41º – Em junho/11, com a chef Debora Cordeiro do blog Mirepoix nos mostrando um menu intitulado “Recebendo quem a gente gosta”. Recebemos e gostamos.

42º – Em julho/11, com a Sabrina do blog Menu à trois que nos indicou um menu personalíssimo e super italiano.

43º – Em agosto/11 com a Clau Alaminos do blog  Tributos Culinários , que nos mostrou uma culinária de primeiríssima linha.

44º – Em novembro/outubro/11 com o Rogério do Amuse Bouche que indicou um fantástico e genuíno menu chinês. Melhor, diretamente da China!

45º – Em dezembro/11 com a Carla Soar do blog Arroz de Minhoca que nos mostrou receitas lusas da gema e sem qualquer artifício mecânico!

46º –  Em 28/maio/12 com a Bruna do Gourmandisme que nos enviou um menu de comida francesa com toques brasileiros. Foi espetacular.

47º – Em julho/12 com a Soraya do Tomate Confit que na verdade indicou um Tomate com Filhoainda, já que o pequeno Lucas foi decisivo pra formatção deste ótimo menu.

DSC09951

48º – Em agosto/12 com a Marina do Marina Mott que nos mandou um menu familiar, simpático e delicioso.

49º – Em novembrojulho/12 com a Paula Labaki do blog Cozinha da Lena, com um menu espetacular cheios de coisas crus, ceviches e quetais, além do destaque da melancia grelhada como sobremesa.

DSC09982

50º – Em dezembro/12 com o Gabriel Rogerio do blog homônimo que indicou um menu brasileiríssimo, quase que do Cerrado.

O próximo passo será editar um livro (ou um cyber) com todas estas 50 experiências. Aguardem a festa de lançamento.

Até !

.

mais do que extra – a casa dos cariris.

mais do que extra                                                                    10/05/2008

                                              A Casa dos Cariris

Corre por aí, de boca-em-boca, que existe um lugar em Pinheiros ( bairro de SP) onde se come a melhor ( e mais tradicional… e mais acolhedora … e mais espetacular …) comida mexicana de toda a Paulicéia !

E é verdade ! O negócio funciona da seguinte maneira :

Passo nº 1 – Você tem que conhecer alguém que já foi lá .
Passo nº 2 – Esse alguém tem que passar o e-mail da Lourdes ( a maestra da cozinha mexicana)
Passo n° 3 – Você tem que mandar um e-mail pra ela dizendo que está interessado em ir a casa dela ( e foi o que a Débora fez!)
Passo nº 4 – A Lourdes manda um e-mail pra você dizendo quando e sobre o que será a festa (porque todos os eventos na casa dela são verdadeiramente uma festa!).
Passo nº 5 – Você confirma ( com muita alegria!) que vai .
Passo nº 6 – É só ir pro abraço ! (fraterno, mexicano e delicioso!).

Pronto ! Você (assim como nós) estará no seleto grupo que esperará e-mails te convidando pra ir comer lá na Casa dos Cariris.
(Obs – Eu não estou autorizado a dar o e-mail dela pra ninguém portanto, não adianta me pedir ! rsrsrsrs!.
Pelo menos, por enquanto !)
 

Nós fomos lá no sábado passado ( 10/05) . O tema era uma Noite de Tostadas. O e-mail que ela mandou continha um belíssimo texto sobre a morte ; a morte dos amigos. Segundo a Lourdes, um amigo dizia que  ”  um morto a quem ninguém oferece nada, está  condenado a fome perpétua “. Lindo, né ? E a partir daí, ela resolveu fazer esta noite em homenagem a este amigo com uma trilha musical incrível que continha músicas que o amigo dela gostava tais como boleros e muita música latina ! Enfim, um bom ambiente pra “festejar” a morte !

Portanto, vamos as tostadas que são “tortillas torradas no forno. Redondas, crocantes, só de milho” e deliciosas !

Começamos bebendo uma batidinha Villa (frutas con limon y chile) e uma margarita, é claro ! E comendo  quesadillas de masa de maíz azul, con queso Oaxaca, acompaña guacamole ( son poquitas) e a primeira Tostada de mole con relleno de  carnes, nueces e frutas. Espetáculo !

E aí chegou La sopa de nada … uma delicia calentita ( que segundo a nossa especialista em sopas, a Dé, deveria se chamar “Tudo em Sopas” de tão boa que era !

Mais uma Tostada de Longaniza de pollo con papas y chile guajillo

… e mais uma de tinga ( não sei o que é mas foi muito bom !).

Pra arrematar, uma água de jamaica ( muito diferente, interessante e com um tanino bem definido) e uma margarita de tamarindo, pois ninguém é de ferro! (rsrsrs).

E como  surpresa, uma sobremesa surpresa que foi uma gelatina de vinho tinto com um caldinho de coco que estava muito mas, muito boa !

Como estava frio, ainda tomamos um belo chocolate quente feito com água e saborizado com canela e um refresco de mezcal.

E aqui está a Lourdes, a mulher que é capaz de fazer você sonhar que realmente está no México pois a comida, o ambiente e a ambientação da casa deles ( dela e do Felipe)  são capazes de fazer o teletransporte imediato ! E Viva  México !

Bom, esperamos a próxima oportunidade de degustar estas delícias mexicanas  e aguardamos também o desfecho da história da galinha que o Felipe tinha e que chocou ovos de pintinho, perus, patos, etc já que a da sopa de pedra ele nos contou até o final.

Espero que você consiga entrar nesta lista e tenha o prazer de compartilhar sabores e companhias tão agradáveis !

Até !

PS – Desta vez eu não tomei o Mezcal com o verme ( tinha acabado!) mas prometemos tomar na próxima oportunidade ! Agora, a frase do menu sobre o Mezcal é um espetáculo à parte : Para todo mal, Mezcal, para todo bien, también ! 

 

 

      

 

 

 

da cachaça pro vinho – a (o) tailândia é aqui !

número 102                                                                                15/02/06

                                          A (o) Tailândia é aqui !

Introdução Pensemos : as verdadeiras riquezas não são visíveis, tocáveis, percebidas ! Como a ponta de um iceberg, o que pouco parece ser, é em verdade o que conta, o que permanece, o que garante a continuidade da viagem ( sabe-se lá pra onde), quando abandonamos os  “ditos veículos percebíveis” por aqui !
Boas, inesquecíveis, formidáveis, essas quartas-feiras !

Bebida

Cuba a la Mingão – refrescante !

Vinhos

Prossecco NF Nino Franco

Viogner Altas Cumebres 2005

MENU

Entrada – Sopa de bolinhas de frango em aspargos frescos

Principal – Mee krop crisp de macarrão em molho picante

Sobremesa – Pudim de banana ( Larousse da Cozinha – pag 119)

Observações finais

Entrada maravilhosa. O zest ajudou o prato principal. Sobremesa simples e boa ! (Eduardo) 

Entrada perfeita! Graças ao zest   tudo correu bem no prato principal!!! A sobremesa, a Flora não comeu ! (Mingão)

Bão demais ! ( não escrevo mais. Tô molinho!!)  (Déo)

Fotos de um prato simplíssimo de fatias de laranjas ( na verdade lima, lima da Pérsia e Grapefruit) mas que no contexto se tranformou numa belíssimo trio cítrico (rsrsrs) pois foi degustado em pleno Mar Morto num restaurante que parecia que o nosso amigo Starck tinha decorado!
E de salada total de nacionalidades:  jordanianos – os tocadores dos instrumentos; escocesa – gaita de fole  ( sim, eles tocam gaita de fole com ritmo árabe e o resultado é  muito bom) ; italiana – o local, um anfiteatro da época do Imperio Romano com uma acústica perfeita em Jerash na Jordânia,  japoneses (na verdade um monte deles) – invisíveis  na platéia dançando e dando risadas e nós, os brasileiros, tirando as fotos, dançando e também dando risadas. Ah! Faltou uma; israelense – nosso guia, o Omar.  

Explicação – Comida thai ( uma das nossas preferidas, fora todas as outras, rsrsrs) de primeira. O tal zest dos comentários é porque a receita pedia (praticamente obrigava!) que fosse dada uma espremida na casca do limão pra que o resultado fosse saboroso! Foi tão valorizado que sem o zest, o prato não existiria !

A HORA DA ERVA GASTRONÔMICA

Manjericão Roxo – Suas folhas têm as mesmas propriedades do manjericão comum. Mas a cor roxa lhe garante destaque na finalização dos pratos. São também os mais difíceis de manter na horta. Este aqui abaixo, costuma “bater com as dez” quando menos se espera !  

 

.

DCPV…estemperados !

número 178                                                                                 07/05/08

                                        DCPV…estemperados.

Sabe aqueles filmes em que o personagem sai da tela e vem conversar com você  ? (Vide “Rosa Púrpura do Cairo”). Pois bem, aconteceu por aqui ! Como ?

É o seguinte : todo mundo que acompanha o DCPV sabe que o Diogo dos Destemperados é um ativo ( nada a ver com o Ronaldinho Dentuço ,rsrsrs)  participante com os seus comentários hilários e interessantes. Pois bem , sempre trocamos mensagens com aquelas frases que todo mundo diz : ” qualquer dia, eu passo aí !”; ” é só avisar“; “olha que eu vou mesmo“; “opa, tá tudo acertado !” e assim por diante.

Há duas semanas o Diogo deixou o seguinte comentário :

“Eduzão, te prepara que estamos indo pra Sampa …”

Foi isso o que aconteceu: o Destemperado Diogo (o Diego veio a SP mas tinha um compromisso por lá !) se materializou e chegou aqui em casa pra realizarmos o que eu considero o 1º Inter-Blogs ao vivo e em cores ( com transmissão digital!).

E com direito a seção de autógrafos dos Guias Destemperados de Punta del’Este e da Serra Gaúcha. Podemos considerar este evento como o lançamento oficial dos Guias Destemperados em SP ou melhor, em Ferraz de Vasconcelos, cidade paradisíaca da Zona Leste paulistana .

O resultado foi o seguinte : muitos guias autografados, muita conversa jogada fora ( as famosas abobrinhas agora em versão gaúcha!) e uma noite pra lá de gostosa.

Unindo o útil ao agradável ( já que, como nós, ele disse que come tudo também e que repete !) aproveitei que tinha planejado uma noite sobre a comida brasileira da chef Morena Leite do rest Capim Santo ( SP e Trancoso-BA) pois tinha acabado  de comprar o belíssimo livro dela, o Brasil Ritmos e Receitas que além de ter um projeto gráfico espetacular ainda traz um CD especialmente gravado pela Mariana Aydar. Ah! Também fizemos ( eu e Dé) um work-shop ( chique, não ?) com ela, na Spicy ,chamado Sarau Gastronômico onde ela executava um menu ao som de musicas brasileiras que tinham comida como tema. Muito bonito ( e gostoso!).

Portanto, receitas na mão + jogo de futebol na TV + conversa rolando + degustação + visita ilustre = Sarau Gastronômico DCPV…estemperados. Vamos lá :

Pro aquecimento ( se bem que  parecia que todos já nos  conhecíamos há muito tempo, tamanha a descontração), uma boa dose da nossa queridinha Absolut Vanilia com um zest de capim santo. O Diogo disse que era bom mas que ” essa vodka é pra mulher” !  Perdoai-o , Senhor! Ele não sabe o que fala ! (rsrsrs).

 

Bah ! Entradas

Tortilla desconstruida ( Ferran Adriá)
Vatapá de siri com caranguejo embrulhado.

O Diogo me desafiou no post sobre o jantar Atala/Bottura : Qual será o próximo feito ? Pois bem, resolvi fazer a minha primeira experiência com cozinha molecular , uma Tortilla que  é basicamente echalote frita e deglaçada, um zabaione e uma espuma de purê de batata. Pra montar é só colocar uma colher da echalote, cubrir com o zabaione, terminar com a espuma quente de batata e um fio de azeite. Levíssima, molecularíssima e temperada !

Entrando no tema da noite, fiz um vatapá de siri ( não vou explicar a receita porque vai uma montanha de ingredientes)  com umas patinhas de caranguejo no cartoccio que é o seguinte : faça um pesto com xerem de castanhas de caju, azeite, suco de limão, folhas de capim santo e pimenta do reino. Deixe as patinhas marinando neste pesto por 30 min. Faça envelopes de papel alumínio e coloque o caranguejo junto com o pesto. Leve ao forno por 10 minutos  e …. é só comer !! Muito refrescante e saboroso.

Tudo isto acompanhado de duas garrafas (!!) do vinho Branco Torrontes Finca Los Lirios 2007 Mendoza que foi “erva, albino, vestido de noiva, diogosco, tenro”  segundo os azeitados, nós e o Destemperado, o Diogo.

Tchê ! Principal

Carre de Cordeiro com Molho de Café e Rosti de Aipim.

Um belo carre temperado com sal, pimenta, alecrim, frito nos dois lados ( seriam quatro?) e levado ao forno pra descansar . Acompanhado de um molho de café ( caldo de carne, café fraco, mel , sal e pimenta) com alguma personalidade pois o café estava bem fraquinho mesmo !
E um rosti de aipim que se diferenciava por ter queijo meia cura entre os seus ingredientes e por ter sido assado no forno.

O vinho ? Um belo tinto Trincadeira Adega dos Pegões 2005 que disse que era ” apimentado, jurubeba, sintético, trincou-me, charutesco” segundo os, a esta hora, destemperados, nós e o , também a esta hora, temperado Diogo!


Foto tirada pela Debora na quinta, pois esquecemos de fotografá-lo.

Bah! Tchê ! Sobremesa

Creme Brulée de Capim Santo

Como o próprio nome do restaurante diz, vamos usar o capim santo ! Resumindo : uma sobremesa temperada e que tem um frescor e uma frescura tão grande que fiquei gratificado por sermos todos gaúchos (da gema!) neste momento ! (rsrsrs)

Ainda abrimos um Late Harvest Riesling Eiswein 2002 Alemanha que era intensamente colorido e com um sabor de tirar o fôlego. Opinião dos 5 integrantes do DCPV (Diogo incluso, é claro ) : Demais !!

E vamos aos comentários dos convivas :

Comida, companhia e papo de primeira. Temperada e destemperada ! (Eduardo)
Grande recepção !!! Bah !!! (Mingão)
Bah! Tri-legal! Capaz que não fosse bom ! (Deo)
Agora fudeu… quarta que vem eu tô de volta ! (Diogo) 

Bom só nos resta agradecer a presença do Diogo por aqui já que, pela primeira vez tivemos um Inter-Blogs ao Vivo e a iniciativa foi espetacular porque a noite foi agradabilíssima além do Diogo ser um “moleque” super simpático, bem humorado,  bem educado( até presente ele trouxe) e extremamente divertido .

As portas do DCPV estarão sempre abertas pra ele e cheguei até a pensar em trocar o nome pra DDCPV (rsrsrs).   Pena não ter dado tempo de negociar com a revista Caras a cobertura de tão espetacular encontro se bem que o pessoal do CQC estava aqui na porta de casa mas, proibimos a participação deles por considerar uma invasão da nossa privacidade ! Fica pra próxima !

 Até  !

PS – Imagine o quanto não vão valer estes guias Destemperados autografados quando os meninos alcançarem o estrelato ? 

 

.  


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,347,138 hits
maio 2008
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter