Gastro Pop – Mari Hirata e a verdadeira culinária japonesa

lá vamos nós de novo                                                 20/08/08 

Gastro Pop
Etapa 6
Cozinha Japonesa
Stúdio 768 e Carla Pernambuco
20 de agosto de 2008
Chef convidado – Mari Hirata

Devo admitir ! Não somos ( eu e a Dé) grandes admiradores da comida japonesa. Já tentamos algumas vezes incorporar estes sabores aos nosso hábitos mas empacamos no que chamamos de simplificação : sushis e sashimis. Sempre pensamos : é claro que não pode ser só isso ? 

E foi com um prazer incontido que soubemos que o Gastro Pop, o projeto da Carla Pernambuco e da Carolina Brandão, traria a grand chef Mari Hirata pra preparar pratos da mais legítima cozinha japonesa.

                      

Pensamos : puxa, é uma grande oportunidade pra mudar definitivamente este conceito ! Mari Hirata ….

Vamos aos fatos : chegamos um pouco atrasados ( coisa rara !) e pela primeira vez, não tivemos tempo de conversar com a chef convidada.

                     
                               A irmã dela e a Mari

Mas deu pra perceber claramente que esta noite nos marcaria pela diversidade e pelos princípios que norteiam a comida nipônica :

– Montagens feitas a partir de conceitos de ikebana e assimetria 
– Arroz, peixes e frutos do mar
– Estética

– Comida feita com a alma
– Qualidade dos ingredientes
– Cozinha sem excessos

– Bem além do sushi e sashimi
– Harmonia
– Perfeição no tempo de cocção
– Preparação minuciosa

                                                      

– Cozinha espelhada no comportamento
– Perfeição em cada corte
– Ingrediente sazonal
– Saudável

E não é que tudo isto estava lá ? Vejam o que nos foi servido :

Petiscos

Chips de legumes japoneses (raiz de lotus, batata doce e abóbora)

Todos deliciosos com um destaque especial pro belo design natural da raiz de lotus.

Inago – pequenos gafanhotos que só comem arroz ( do jeito que eu gosto de arroz, logo, logo, me transformarei num inago!), caramelizados e apimentados.

Os gafanhotos são parecidos com salgadinhos (Elma Chips) . E a pimenta tem a particularidade de amortecer a boca ( parece um pouco o jambu!). Descobri depois com a colaboração do Marcelo Katsuki que esta pimenta se chama Hichimi ( 7 especiarias).   Veja o detalhe das perninhas deles, abaixo. A Dé experimentou mas não achou muito bom, não !

Gomadoufu (tofu de gergelim)

Um tofuzinho com um belo molho de sakê, shoyo e dashi. Belo prato com um gosto bem  bem acentuado.

 

Entrada 

Flan no vapor com creme de cogumelo shitake

 

Uma delícia. Uma mistura de creme de ovos com caldo de galinha. Como disse a Dé : Esse eu comia todo dia !

Principais

Prato 1 – Tataki de atum, molho ponzu em gelée e salada japonesa

Pedaços de  atum levemente grelhados e que se desmanchavam na boca. E uma salada japonesa ( mizuna, shisô, negi) que estava crocante e muito bem temperada por um molho ponzo que é feito pelo próprio, vinagre de arroz, shoyo, mirim, suco de limão, alga e lascas de bonito. Detalhe : tem muito ingrediente que eu não tenho a mínima idéia do que é! Mas que é muito bom, ah, isso é !

                  

E ainda bebemos um belo vinho branco  Paço de Teixeiró Minho 2006  Portugal que se “acoplou” muito bem ao atum! 

Prato 2 – Costela de porco caramelizada coberta com gergelim e pimenta de sancho japonês com  legumes japoneses (beringela, raiz de lotus e kabu)

Este prato, se é que existe isso, é o que podemos chamar de um experimento da culinária nipo-mineira. Uma costela com a carne soltando do osso (hummm!) e com um molho adocicado que deixava tudo muito gostoso. A Dé ( por motivos óbvios) não comeu a costela mas adorous os legumes com destaque mais uma vez, pra beleza da raiz de lotus. O mais engraçado foi ver todo mundo comendo com as mãos pois a costela parecia um brontossauro !

Continuamos, em tempos de Lei Seca, com o vinho branco. Uma pena, fois um “tintinho” cairia muito bem ( é ou não é, Neide!)

Sobremesas

Cítricos japoneses(decopon, ponjan, kinkan,zabon) com gelatina de agar-agar e creme de anin (amêndoas amargas).

Colorido, citriquíssimo, refrescante e com uma laranjinha cristalizada que era um nectar dos deuses.

E Chiffon Cake de Matcha, certamente o bolo mais macio, leve e flexível que nós já comemos na nossa vida. Pra quem não sabe, Matcha é chá verde !

Ainda tomamos um chazinho verde digestivo pois ninguém é de ferro !

Pra variar, tudo muito bom e se o objetivo era nos transformar em fãs da comida japonesa : objetivo totalmente alcançado ! Vimos (e sentimos) nessa refeição todos os princípios citados lá em cima. E palmas pra Mari ( e pra Carla e pra Carolina e pro Carlos Siffert) pelo tour gastronômico que nos proporcionou.

Pra não perder o costume, vou encerrar com um trechinho do texto que o Eduardo Logullo escreveu no folheto da noite :

 

Claro que o conhecimento culinário no Japão é resultado de um processo lento de aprimoramento técnico e da adição de infinitos detalhes. Tudo isso resultou em uma espécie de “design alimentar”. Sem nunca se julgar uma cozinha absoluta, ao longo do tempo o país moldou a sua cozinha até chegar a forma como agora é universalmente conhecida. Mais ainda: os japoneses fizeram da sua culinária uma linguagem cultural, que praticada de forma harmoniosa, traduz os comportamentos, formas de pensar a vida, interpretação dos alimentos. ”

Gochisosama !

PS – E como que por encanto, as pessoas que estavam lá também criaram um ambiente e uma harmonização impressionantes. E olhe como tinha craques por lá : Mara Salles, Ana Soares, Nina Horta, Josimar Mello e os que sentaram conosco, Marcelo Katsuki ( do Comes e Bebes), a Andréa Rizler (sócia da Nina), o Paulo Miranda que trocou informações sobre viagens e afins e que me prometeu dicas sobre a Toscana. Ah! A Neide do Come-se também foi  ( um prazer encontrá-la novamente) e ainda nos presenteou com a foto abaixo. Pra variar, a Dé estava tirando fotos e eu, olhando pra comida !

 

E até o próximo que será no dia 27 de setembro, Peruano, a cozinha da onda e feito pelo trio CCC ( Carla, Carolina e Carlos).

 

.

Anúncios

15 Responses to “Gastro Pop – Mari Hirata e a verdadeira culinária japonesa”


  1. 1 Fer Guimaraes Rosa agosto 25, 2008 às 2:07 pm

    Edu, eu quero muito poder morar pelo menos uns 6 meses no Japao, so pra poder dissecar a fabulosa culinaria daquele pais. Quem sabe o Uriel nao faz um sabatical la.

    Outro evento super batuta! 🙂 Tirando os gafanhotos fritos…

    abracao!

  2. 2 Nina agosto 25, 2008 às 3:03 pm

    O que mais chamou a minha atenção foram os gafanhotos e o chiffon cake! Pelo menos o bolo posso tentar repetir aqui…
    bjo

  3. 3 Barbara Jambwisch agosto 25, 2008 às 4:33 pm

    Olá Edu,

    Realmente essa entrada, Flan no vapor com creme de cogumelo shitake, parece deliciosa, agora o gafanhoto eu também passo.
    Adoro comida japonesa e eu particularmente demorei bastante pra começar aprecia-la. Estou ensaiando uma visita ao Jun Sakamoto ja faz tempo, no balcão é claro.

    Eu fiquei curiosa com aquela foto p&b da vocês, estou tentando descobrir qual a camera que a Débora está usando. Fotografia é o meu fraco e qualquer coisa relacionada sempre me chama atenção.

    Abs, Barbara.

  4. 4 Ameixa seca agosto 25, 2008 às 5:27 pm

    Nunca provei japônes. Mas se tem gafanhoto eu estou fora… O meu irmão mais velho corria atrás de mim com gafanhotos nas mãos, daí resultou uma certa fobia ao bichinho. Nem que esteja morto… não chego perto dele 😉
    O resto eu comia na boa… pricipalmente o bolo chiffon 😉

  5. 5 Fabrícia agosto 25, 2008 às 5:34 pm

    Um verdeiro banquete … arruma um lugarzinho aí para nós ….
    Bjcas.

  6. 6 Debora agosto 25, 2008 às 8:42 pm

    Edu, os gafanhotos eu não encaro de jeito nenhum!!!
    Mas os legumes japoneses fritos e o Chiffon Cake tinham aparência lindíssima!
    Bjs.

  7. 7 Luís Pontes agosto 26, 2008 às 6:36 am

    OLá Eduardo,

    Podes descansar que o Outras não ficou Pop, não!
    A referência foi apenas porque foi assim que a dita panqueca foi apresentada pela (esquecida) autora do post.
    E se a “banana pancake” (música) é a xaropada que se sabe, já a panqueca de banana, quentinha, a escorrer manteiga derretida, é de chorar por mais!

    Abraço

  8. 8 Aline Neme agosto 26, 2008 às 8:31 am

    Eu também reduzia a culinária japonesa em sushi e sashimi… depois de muito tempo que descobri como é rica a culinária, principalmente em textura.

    Lendo o seu post lembrei de um programa que está passando no canal sony chamado Iron Chef… vc já viu??
    O formato o programa é um horror, dois chefs geralmente um especializado na culinária chinesa, e outra na japonesa, mas tambpém rola culinparia italiana e francesa, disputando quem faz os melhores pratos utilizando como ingrediente principal o que a direção escolher… geralmente é um peixe ou frutos do mar… mas não ´e que os caras tem altas idéias psicodélicos… já vi até sorvete de peixe… hehehehe… Dá para perceber que são bem criativos!

    Bjundas

  9. 9 Aline Neme agosto 26, 2008 às 8:32 am

    Ah…. outubro tá chegando!

  10. 10 eduluz agosto 26, 2008 às 1:39 pm

    Fer, viver no Japão deve ser uma barra. Mas ao mesmo tempo deve ser muito interessante. Dizem que até pra achar endereço de alguma coisa por lá é complicado pra chuchu !! Quanto aos gafanhotos, você só percebe que são porque te disseram ! Ah! E pelas perninhas também que parecem um pouco com as das baratas !

    Nina, dá pra repetir os gafanhotos também. É só planejar uma plantação de arroz e colocar os bichinhos pra se alimentarem nela !

    Babi, incrível como as mulheres detestaram os gafanhotos sem ao menos experimentá-los. A Dé detestou mas pelo menos experimentou ! rsrs. E a nossa máquina fotográfica é uma DSCH9 da Sony. Quanto ao Jun, eu nunca fui mas acho que ele deve ser um “malaço”!

    Ameixa, comparar aquele bolo chiffon macio com um gafanhoto é covardia ! Pelo visto não teremos gafanhotos nas indicações do Minho, né ?

    Fabrícia, o nosso próximo Inter-Blogs Tunisiano, o lugar está garantido. É só avisar quando vocês estarão por aqui. E o Mohamed comeria aqueles gafanhotos ( assim como eu comi) fácil, fácil…

    Débora, você não é a primeira Débora a não encarar os gafanhotos. E eles não eram tão ruins assim. Mas é claro
    que a restante da comida foi muito mais gostoso !

    LPontes, aquele pop foi no sentido de popular e muito bom. Eu gosto muito de coisas pop, inclusive do nota única Jack Johnson. E que venham mais bananas pancakes.

    Aline, eu já vi o Iron Chef de passagem mas agora que você falou vou dar uma olhada mais firme! Quem sabe não saia um
    belo menu de lá ! Sorvete de peixe ? Só se for com gafanhotos crocantes !! E, Outubro está aí mesmo! Já bolou o nosso menu ?

    Abs gafanhotais a todos.

  11. 11 Liliane de Paula Martins agosto 26, 2008 às 6:22 pm

    Vc tem noção de como são feitos esses chips de batata doce e abóbora?
    Oriente-me.
    Liliane

  12. 12 Michel agosto 26, 2008 às 7:35 pm

    Mari Hirata é um gênio.

    Quero ela dando aulas lá na escola.

  13. 13 eduluz agosto 28, 2008 às 10:48 am

    Liliane, não só tenho noção como já te mandei por e-mail. São muito fáceis de fazer !

    Prof Michel, e eu quero ter aulas com ela na sua escola. Quando inaugurar, avise pois faremos um belo jabá por aqui.

    Abs a todos !

  14. 14 Debora koso janeiro 15, 2009 às 8:28 am

    Ola Mary san,hajime mashite!
    Bom,vi uma reportagem na IPC TV ,sobre seus trabalhos achei demais gostei muito mais quase nao tem muita informacao,as vezestenho duvidas p/fazer alguma comida japonesa,moro na terrinha ha 20anos,passei agostar de culinaria a pouco tempo estou engatinhando,espero poder contar c/algumas dicas,yoroshiku anegaishimasu!!!!!

  15. 15 eduluz janeiro 16, 2009 às 1:34 pm

    Oi, Débora. Bem que eu gostaria de cozinhar igual a Mari, mas infelizmente ainda não cheguei lá ( estou treinando bastante !).
    Na verdade, este post é sobre um evento que fomos e que a Mari cozinhou ! Espero que a própria esteja nos lendo e responda pra você !

    Abs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 643 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,350,362 hits
agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: