Arquivo para 18 de setembro de 2008

Chicago – MOTO, uma grande experiência

Chicago                                                                            25/07/08

                  MOTO – Uma grande experiência  !

Passando por Chicago nos 2 últimos dias da viagem ao Canadá, eu teria que escolher um bom restaurante. Afinal de contas, a cidade é considerada a meca da gastronomia mundial com restôs como o Alínea e o Charlie Trotter’s.

Já tinha pesquisado ( e continuei a escolha com indicações da Ale Forbes) sobre o MOTO, um restaurante modernoso que tem o chef Homaru Cantu como o responsável pelas panelas ( se é que um restaurante como este tem panelas !)

Reservei pelo OT, daqui mesmo e pra variar deu tudo certo. Fomos de carro ( lá, naquele país, os USA, a Lei Seca é mais justa!) e chegamos ao local um tanto quanto desconfiados pois a localização é bem estranha num bairro, digamos, não muito usual para este tipo de negócio!

Entramos e surpresa! Estávamos no restaurante errado: aquele era o OTOM, uma nova proposta do Homaru que quer oferecer uma comida mais despojada num ambiente de lounge com coquetéis inovadores. Uma pena não termos tempo para verificar se esta proposta deu certo. Fica pra próxima ! De qualquer maneira, andamos uns 5 metros ( é, eles são um ao lado do outro!) e chegamos ao….

…  MOTO. Eu e a Dé ( pois a Re tinha ido assistir pela enésima vez o musical Wicked,rs) fomos instalados na nossa mesa e aí começou a viagem gastronômica !

A explicação sobre o menu já é um city-tour especial. Você tem 3 tipos de escolha a fazer : o five, onde a degustação é de cinco pratos; o ten, onde o total é de dez e o gtm (grand tour moto) onde a “farra” será com 20 pratos !!!!

            

Após uma pequena reunião ( a Dé queria o five, eu o gtm) optamos pelo ten (nada como o bom e velho consenso!).

O mesmo processo aconteceu nos vinhos : five pra 5 vinhos, ten para 7 e gtm para 14. Escolhemos o five (eu estava dirigindo!) mas a quantidade de pessoas que optaram pelo gtm era demonstrada pelo altura do som da sala.

O primeiro prato ( e que não conta na degustação) foi justamente o menu: isto mesmo, você come o menu ! O Homaru patenteou um processo em que ele dá sabor e formato de papel a uma espécie de pão. Então, após escolher o que vai comer, você come literalmente o menu ( que por sinal é muito gostoso!) e parte pra degustação.

A sequência de 10 pratos foi a seguinte : (mais uma vez a iluminação não ajudou nas fotos mas, de qualquer maneira, vale pelo registro! Até pra celular eu apelei e dá pra perceber. Tem  um monte de fotos azuladas !)

1 – GREEK Salads

Uma saladinha de polvo com emulsão de salsinha e blue cheese com um torresmo bem frito e um squeeze com uma mistura de azeite e alguma coisa parecida com água do mar. Você coloca a salada na boca, pega o squeeze e aperta dentro da boca. Bom mesmo ! 

2 – NITRO Pineapple

Um peixe  ( black cod) espetacular. Mas o mais interessante são os cubos de abacaxi que ficam com o terço de baixo congelados e que tem um gosto defumado bastante forte. Muito curioso e o resultado é imperdível.

3 – HOUSE-made pequim  chile quail

 

Uma perdiz com repolho e cenoura ( cole slow) acompanhado de  um molho de pimenta concentrado e um papel comestível apimentado. Mais um “treco” surpreendente e saboroso !

4 – WATERMELON & aloe  

Melancia em 3 estágios : cubo congelado, caramelizada e líquida com gás. Fantástico !

5 – EGGPLANT parmigiano

Um tomate recheado com creme de beringela. A idéia é comer de uma vez só pois o tomate explode na boca. Isso é o que podemos chamar de “explosão de sabores” ! Ainda acompanhava aceto balsâmico reduzido e um palito de parmesão.

6 – BBQ beef & slaw    

       

Uma carne muito bem cozida por doze horas com purê de feijão e polenta acompanhada de um pote de espaguete de cenoura congelado. Uma delícia ! Detalhe: estava tão bem cozida ( a carne)  que até a Dé comeu !!

7 – BRAISED duck

Pato desfiado ( fazendo uma analogia com a “carne louca” era um  “pato louco”) e muito bem temperado com molho de beterraba, pimentão amarelo, um purê de marshmellow e sal marinho preto. Sensacional e a Dé comeu também !

8 – GRAPEFRUIT

Um prato maluco! Também pra comer de uma vez só. Chama-se chuveirada de grapefruit com espumex de cõco, raspa de limão e película de grapefruit. Na colher, temos uma grapefruit desconstruída pois ao mordê-la, a película se rompe e a sensação é que se está bebendo uma grapefruit. E depois é só misturar com os “grãos ” da grapefruit e o marshmellow dentro da boca . A foto não ajuda muito mas, a grapefruit tem aparência de uma jelly fish.

9 – POPCORN ball

Esta  é fantástica! Parecem aqueles docinhos inocentes de aniversário de criança. Mas, eles são de chocolate branco e ao mordê-los, sai um líquido doce gostoso e as pequenas partes crocantes ficam explodindo na garganta durante um bom tempo. Sabe aquelas balas que explodem na boca ? É a mesma experiência. Na verdade tem gosto de pipoca doce e retrogosto de explosão ( existe isso ?).

10 – S’MORES

 

Um doce sensacional. Como o prato tem dois andares, o bombom que está na parte de cima estoura e o recheio cai, se juntando ao marshmellow que está na parte de baixo. Demais !

Como demais, espetacular, sensacional, extravagante e surpreendente foi toda esta experiência no MOTO.

Eu acho que o nome do restaurante é bastante apropriado(pelo menos pra nós que falamos português) pois a refeição toda tem similaridade com andar de motocicleta numa praia num belo dia de verão !

E tudo isto numa cidade em que num mesmo parque convivem a genialidade do Frank Gehry….

…com a genialidade do Anish…

… Kapur.

 

Bye, bye !!

 

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 663 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.413.213 hits
setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios