Arquivo para 29 de setembro de 2008

dcpv – trufas, trufas e trufas !

trufado                                                                           16/09/08

                            Trufas, trufas e trufas !

Através de um post do excelente blog Bistrô Pimenta, escrito pela Luciana Lancelotti, descobri sobre um festival que iria acontecer no restaurante Ravioli Cucina Casalinga, do chef Roberto Ravioli ( também com este nome só poderia ser italiano e bom! ).

E o jantar seria totalmente sobre trufas. O chefe e proprietário da vinícola toscana que leva o seu sobrenome, Claúdio Savitar veio ao Brasil pra divulgar os seus produtos ( trufas, manteigas trufadas, azeites trufados, vinhos que não são trufados, etc) e pra cozinhar à 4 mãos (junto com o Ravioli), um menu todinho calcado no Tarfufo Nero de Nórcia. 

                    
                        Ele, o Tartufo

Imagine ver uma travessinha igual à acima, ao seu lado, pegar uma delas ( do tamanho de uma batata!) e fatiá-la sobre um risotto quentinho ! Se isso não é comfort food, então eu não sei o que é !!

Pois bem, vamos ao jantar :

Per cominciare
Crostini Toscani al Burro Tartufato.

Este burro vale à pena comer! Uma bela manteiga trufada faz toda a diferença numa torradinha desta. É quase igual a comer um perfume “diferentão”. Uma delícia !

Antipasto
Baccalá Mantecato com Polenta Tartuffata alla Griglia

Traduzindo : Bacalhau amanteigado delicioso com uma polenta grelhada deliciosa e deliciosamente trufada! Tá bom assim !

          

Pedi ( e agradeço respeitosamente à Lei Seca), 1/2 garrafa de um Cabernet Sauvignon  Montes Alpha Chile que se comportou à altura da trufa.

Primo
Gnocchi con Zabaglione di Bottarga al Profumo di Tartuffo

Pela foto dá pra perceber o que foi este gnocchi. Brilhoso, derretendo na boca e com aquele sabor terroso da trufa. A Bottarga só deu uma bela personalizada. Segundo a Dé, o ponto alto da noite ! Pra mim, todos os pontos foram altíssimos.

Secondo
Noce di Vitello Uruguaio con Risottino al Tartuffo e Velutata di Porcini

                       

Outra tradução livre: Nossa (!) de vitela uruguaia ( e por isto pedi o vinho chileno) com risotinho trufado e molho de funghi aveludado. A única observação : chamar este “risotaço” de “risotinho” foi uma grande sacanagem. E outra observação : foi neste prato que as trufas foram fatiadas ao vivo e em cores, quer dizer em preto, sobre os nossos pratos.  Vero espetacolare !


     A Dé tirou uma foto de nu explícito pra PlayBoy gastronômica

Dessert
Formaggio com Miele Tartufado

Mais uma maravilha da natureza. Queijos (natureza) com mel (natureza) trufado (natureza). A natureza é realmente sábia e gostosa !

Já chegávamos ao fim ( só faltava pagar a conta e ir embora) e devo confessar uma coisa : nunca fui um adorador de trufas. Achava até meio esquisito as pessoas gostarem tanto. Mas e ainda bem, a minha opinião mudou radicalmente ( a da Dé não muito pois ela já gostava mais do que eu) e hoje, saio dum jantar destes agradecendo a existência dela, a trufa, e dos cachorrinhos treinados que as encontram.

                   

Como a própria Luciana escreveu lá no Bistrô Pimenta, “não há muito o que comparar quando a missão é descrever o sabor particular que as trufas conferem aos pratos. Elas brindam o olfato com um aroma envolvente e arrebatam o paladar com um sabor raro e singular ”  

Bravíssimo !!

 

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 663 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.413.325 hits
setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios