histórias e comidas eróticas no dcpv !

ui! ui!                                                                                      18/09/08

                  Histórias e Comidas Eróticas no DCPV !

Legenda pra facilitar a leitura , a censura e o entendimento das histórias eróticas :

xo—- = orgão genital feminino
pi— = orgão genital masculino
sa– = testículos

Obs – Todas as histórias foram escritas baseadas nas minhas anotações e lembranças. É claro que ao vivo, com o Ilan contando e as comidinhas da Carole Crema (da La Vie en Douce) e da Joana além do vinho Periquita ( nenhuma conotação com o tema da noite !), o pacote ( também sem conotação) é muito melhor !

            

1º História

Dois peladões ( um homem e uma mulher) estão passeando. O homem olhou a mulher e achou muito estranho ela ter uma ‘fenda’, uma xo—-  .  Ele resolver passar ‘unguento’ pra ver se a mulher teria um pi— . Passou um montão de vezes, a mulher gostou muito mais nada de aparecer alguma coisa na ‘fenda’. Ele resolveu deixar a mulher descansar.


             O Ilan contando as histórias. E tinha até sonoplastia !

De repente, ele olhou os macacos namorando e aí ele percebeu tudo. A partir daí, os índios brasileiros dizem até hoje que o homem nasceu ‘dos macacos’.

         E terminou a história !

Esta foi a primeira história da Noite Erótica do Projeto degustação de Histórias do Ilan Brenman e da Carole Crema. A idéia  (e a concepção) são geniais: o Ilan conta histórias sobre um tema (Gregas, Italianas, Indianas, Judaicas, 1001 Noites, Africanas, etc) e a Carole e a Joana servem pratos com receitas referentes ao próprio tema !

            

Desta vez a Noite aconteceu na Livraria da Vila do Shopping Cidade Jardim que por sinal, é belíssima!

                   

Como primeiro prato, foi servida uma sopa de pera com alho poró ! Excitante ! 

E, com o patrocínio muito bem escolhido ( não vou falar que foi à dedo porque …), taças de vinho tinto Periquita acompanharam a sopa.

                  

2º História

Dizem que no Tibet, as lanças silvestres ( os pi—- ) viviam pendurados em árvores. Era proibido que as mulheres as pegassem.

Duas irmãs estavam passeando quando uma das lanças caiu da árvore. A irmã mais velha pegou e a lança, que estava murcha e começou a renascer depois de ser alisada. A irmã mais nova resolveu levá-la pra casa e a utilizava pra ‘brincadeiras’. Ela usava a lança e escondia.

                 

A avó delas estava passando pelo quarto, viu a lança escondida e jogou-a na lareira. A irmã mais nova viu a lança queimando e desesperada, percebeu que só tinha sobrado um pedacinho. Começou a alisar, alisar, alisar e … logo depois, além do crescimento da lança, ela sentiu um imenso prazer.

Desde esta época, as lanças silvestres sumiram completamente das árvores do Tibet.

               E terminou a história !

Pra acompanhar, legumes crudités com dip de manjericão, chimichurri defumado e curry. Sexies  !

3º História

Esta é uma história ganesa . Iam andando o pi— , a xo—- e o sa– . O pi— daquele jeitão : ágil e rápído. O sa– já com aquele andar meio um pra lá, um pra cá. E a xo—- , bem a xo—- , devagarzinha, devagarzinha.

Todos viram uma árvore cheia de frutas. O pi— ágil, subiu rapidinho. O sa– , foi atrás do pi— , mais lento mas subiu e a xo—- nem subiu. Ficou lá embaixo pedindo as frutas :
O pi— , joga frutas pra mim ?” E ele jogou ! E pediu também pro sa– .
O sa– , joga frutas pra mim ?” E o sa– , egoísta, não jogou !

                  

De repente, uma tremenda chuva. Relâmpagos, trovões! O pi— desceu correndo. A xo—- abriu e ele entrou. O sa– desceu mais devagar. A xo—- falou :
Não me deu frutas ! Não vai entrar!”

Desde este dia, os ganeses dizem que, faça chuva ou faça sol, o sa– sempre fica de fora !

            E terminou a história !

E pra ‘apimentar a relação’ foi servido um risotto espetacular (al dente, sem conotações) com especiarias (anis estrelado, pimentas) e champanhe !

4º História

Personagens – rei Aqbar, conselheiro Amichi e o advogado Binbar.

O conselheiro Amichi tinha uma fixação: queria lamber os seios da Rainha. Ele falou com Bimbar e este disse que  realizaria o desejo de Amichi. Bastava ele lhe dar 1000 moedas de ouro. Tudo certo !

Certo dia, a Rainha foi tomar banho, Bimbar pegou o sutiã da Rainha e colocou um líquido que causava uma tremenda coceira. Assim que a Rainha o colocou, começou a se coçar. O advogado apareceu e com a lábia dos advogados, disse que era uma epidemia e convenceu o rei Aqbar que somente a saliva de Amichi a curaria. O rei mandou chamá-lo: Amichi !! 

                  
                         A Carole dá informações sobre os pratos

A Rainha exigiu que Amichi lambesse os seus seios e ele realizou o seu desejo.  Como o plano deu certo, Bimbar foi cobrar as moedas mas Amichi se recusou a pagar.

Bimbar pensou: Ele me paga ! E foi rápido: o rei Aqbar foi tomar banho e Bimbar colocou o pó na cueca dele. O rei começou a se coçar demais e gritou : Amichi !!!

Moral da história : deva a qualquer um. Menos prum advogado !

          E terminou a história !

Segundo a Carole, a comida que acompanharia esta história seria a mais excitante da noite.  O marido dela usou o baru e foi tiro e queda ou melhor, tiro e subida ! Pra quem não sabe, baru é uma castanha proveniente do cerrado e tem um gosto, quando torrada, semelhante ao amendoim ( entendi!) e a castanha de caju.

Portanto, a Carole e a Joana, prepararam um Peixe com Molho de Baru e Cogumelos ! Super excitante (pro estômago também !).

5º História

Um bispo convidou um grão rabino pra jantar. Pegou um pedaço de presunto e ofereceu. O grão rabino recusou e disse :
Minha religião não permite!”
E foi assim a noite toda com uma série de alimentos derivados do porco.
Na despedida, o bispo disse ao rabino:
Que religião extravagante, esta sua ! Não se pode comer carne de porco. Carne de porco é muito bom !”


 A Carole, o Ilan, a Joana e o sonoplasta, o Lula

O rabino respondeu :
Um abraço na sua esposa, bispo !”.
No que o bispo respondeu :
Mas eu não tenho esposa !”.
E o rabino emendou :
Que religião extravagante, esta sua, bispo. Mulher é muito bom !”

          E terminou a história !

Pra terminar a nossa noite, serviram uma musse de chocolate com calda de maple e chocolate branco. Mais uma delícia afrodisíaca !

Bela noite ! E a sensação que a junção histórias/gastronomia faz é inebriante !
Entre no site do Ilan,  cadastre-se e você receberá e-mails com os próximos eventos ! E vá ! É imperdível !

E terminou (mesmo) a história !

Bye !

 

.

Anúncios

13 Responses to “histórias e comidas eróticas no dcpv !”


  1. 1 Ameixa seca outubro 20, 2008 às 5:26 pm

    Aiii… adorei 🙂 Já ri muito!!!
    Deve ser um serão muito bem passado… o problema seria eu não conseguir comer de tanto rir 🙂

  2. 2 Agda outubro 20, 2008 às 9:10 pm

    Mas vcs inventam é coisa…

  3. 3 Aline Neme outubro 21, 2008 às 7:26 am

    As histórias são ótimas… mas parece noite de humor… hehehehe

    Bjundas

  4. 4 Fabrícia outubro 21, 2008 às 2:24 pm

    Confrades … vocês descobrem cada uma. Taí…uma idéia genial.
    Sobre a Madame Pic na verdade é o sobrinho dela que mora no Brasil. O filho dela ainda é bebê …. Sabia onde ele trabalhava mas esqueci o nome…vou perguntar para minha prima pois o Gillaume é casado com uma amiga dela.
    Abraços saudosos aos confrades….

    ps: cada idéia boa para a soirée québécoise … aiaia..nem te conto.

  5. 5 Emília outubro 21, 2008 às 6:39 pm

    Gente, é só ficar um tempo fora e esse blog toma uma direção erótica! 😆
    A idéia é ótima e a comida me parece muito saborosa… E eu já tinha ouvido falar do Ilan Brenman como contador de histórias infantis, mas o cara é totalmente versátil, hehe…
    Viajamos, voltamos e continuamos a salivar aqui no DCPV…

  6. 6 Michel outubro 21, 2008 às 6:50 pm

    Maravilha Edu.
    Essa noite deve ter sido du ca– comendo e ouvindo histórias filha da pu– de boas.

    Abs.
    Vou lá no site do Ilan me cadastrar agora.

  7. 7 Márcia Lefouet outubro 21, 2008 às 9:23 pm

    Nuóóóssa!!!
    Guigão pode ver isso ainda não, rapaz…
    🙂
    Mas deve ter sido realmente uma maravilha de noite, pq comer bem se divertindo tanto nào tem como ser ruim, né?
    Abraços pra vcs!

  8. 8 Luís Pontes outubro 22, 2008 às 9:55 am

    Muito, mesmo muito divertido!

    Ainda me estou a rir com essa história do Amichi e do advogado! rsrsrsr

    Grande abraço para ti

    Luís Pontes

  9. 9 Aline Neme outubro 22, 2008 às 3:40 pm

    Edu e Dé,

    Recebi ontem o livro e o cd com as fostos do Inter Blog… até me emocionei… tudo tão lindo e caprichado!!!!
    Obra de grandes mestres!

    Muito obrigada pelo carinho!!!
    Contem comigo sempre!!!

    Bjundas
    Aline

  10. 10 eduluz outubro 23, 2008 às 12:25 pm

    Ameixa, dá pra fazer as duas coisas tranquilamente já que o Ilan conta as histórias e depois, a Carole e a Joana servem as comidinhas !!

    Agdá, bem que eu gostaria de ter inventado isto pois a idéia é sensacional. Mas, pensando bem, colocar comida misturada com erotismo num post é uma invenção mesmo… Ainda mais comprando todos os ingredientes no sex shop !!

    Aline, ainda bem que eram mais humorísticas do que eróticas … rsrs

    Fabrícia, concordo sobre a idéia deles. E todas as outras noites também são excelentes !
    Quanto ao filho da Pic, eu confundi. Mas bem que ele poderia ter puxado a mamãe e criar uma série de papinhas gourmands pra, por exemplo, a Márcia usar com o Guigão !!
    E que venham as québécoises !!

    Emília, bom retorno do giro França/Grécia/Turquia. A direção erótica na verdade é sempre no sentido da Lorena!! E você está certa sobre o talento do Ilan. Ele conta todo tipo de histórias muito bem além de que a Carole e a Joana cozinham na mesma proporção.

    Prof Michel, esta pu– resposta foi simplesmente genial ! Parabéns. rsrs

    Márcia, o Guigão não pode ver agora. Mas daqui a um tempinho não vai ter jeito …. rsrs´
    E juntar comida com diversão e boa companhia é uma boa receita de felicidade !

    Luís, estou com você! Achei esta história muito boa e melhor ainda, pois não sou advogado! rsrs

    Aline, não preciso nem falar que o prazer foi todo nosso ! E o próximo passo será o ‘nosso’ livro !!

    Abs a todos !!

  11. 11 margot outubro 25, 2008 às 9:45 am

    Bella storia la di la Toscana,
    Si mangia molto bene, mi fai un apuntamento? ajajaj.
    Edu, no me llego tu foto, pero yo te puesto un enlace con tu foto, puedes pasar y mirarlo.
    Besos
    Margot

  12. 12 eduluz outubro 25, 2008 às 6:26 pm

    Margot, o jantar toscanordestino foi demais. Uma pena vocês não terem queijo de coalho aí na Espanha ! E passei lá e vi a foto! Ficou excelente !!!

    Abs.


  1. 1 histórias budistas no dcpv « Da cachaça pro vinho Trackback em fevereiro 20, 2009 às 10:08 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.425.478 hits
outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: