dcpv – y5 : o dia da liberdade

domingão                                                                                     15/03/09

                                Y5 – O dia da Liberdade !

E chegamos à 5ºedição do Projeto Y. Desta vez, quem indicou o menu ou melhor, o “cardápio” foi o LPontes do blog Outras Comidas.

Esta é a segunda vez que ele indica, além da 2º em outubro ( as outras pontas do Y ou seja,a Marizé fez a 3º em dezembro e eu, a 1º em julho  e a 4º em fevereiro).

 dsc06714-2

O Luís radicalizou e assumiu o seguinte princípio : neste menu a liberdade não terá de ser conquistada, ela é assumida desde logo como tempero essencial deste cardápio temático e de simples orientação, o ponto de união, o denominador comum dos três braços do Y, agora adulto e plenamente livre”.

Resumindo : Ôba !! Vou poder improvisar e adaptar as indicações ( sim, as “receitas” tem somente indicações de como executá-las) de acordo com o gosto dos comensais, ou seja, eu e a Dé !

dsc06698-2

Vamos então ao 5º Projeto Y, denominado “Quem vai ao mar, avia-se em terra!”.

Começamos os trabalhos com um belo Portônica ( gelo, vinho do porto branco e água tônica). É viciante !

dsc06681-2

Y1 – Amuse Bouche : Carpaccio de Vitela Marinado
         Amuse Bouche executado :  Carpaccio de Salmão Pancettado

dsc06703-2

O LPontes queria oferecer originalmente um amuse que deveria ser comido numa bocada só. Uma fatia finíssima de vitela servida sobre gelo moído apimentado, com aioli anchovado e passado rapidamente num molho de ostra quente.

dsc06695-2 dsc06686-2 dsc06701-2

Minha adaptação : como a Dé não gosta de carne, inverti o sentido mar/terra e fiz um carpaccio de  haddock ( o mar) com a mesma cama de gelo apimentado e utilizei um aioli pancettado ( a terra) repetindo o molho de ostra.

dsc06721-2

Ficou um espetáculo e pena não ter feito muito mais.

Y2 – Entrada – Sopa de Inhame, Mascarpone e Camarão.
          Entrada executada - A mesma

dsc06708-21

Indicação aceita na sua totalidade. Camarão representando o mar, inhame a terra e o mascarpone, bem, mascarpone é mascarpone.

dsc06672-2 dsc06694-2 dsc06676-2

Sopa cremosa, deliciosa, sedosa e gostosa de comer.

dsc06718-2

Ainda mais acompanhada pelo nosso querido Clarete Tremendus Rioja que é Y desde pequenininho !

dsc06712-2

Y3 – Prato de Peixe – Atum ao Foie Gras de Pato
          Prato executado – Linguado com Manteiga Trufada

dsc06724-2

A idéia do Luís era misturar a untuosidade do foie com a aspereza da fibra do atum fresco. Neste caso, a  nossa incompatibilidade era total  pois nem foie gras e muito menos o atum figuram entre os ingredientes preferidos da família Luz. Inclusive, a Dé considera o atum como a “carne” dos peixes !

Acabei optando pela untuosidade da manteiga trufada acompanhado pelo queridinho da Dé ( além de mim, é claro), o linguado.

dsc06728-2

Insuperável todo o conjunto. É a simplicidade em pessoa com um resultado maximizado. (ê, trufas !).

dsc06727-21

Portanto, desta vez, usei uma das máximas do LPontes : “é um cardápio estranho em que as “receitas” são idéias para gente que sabe cozinhar, imaginar e fruir, ingredientes-base, intenção gustativa final e quanto ao resto … arte, criação, liberdade !”

dsc06730-2

Segui o mestre !!  

Y4 – Prato de carne – Magret Tonnato
          Prato executado - Peito de Frango Tonnato

dsc06710-2

O Luís indicou peito de pato regado com um molho de posta de atum em conserva e vinagre balsâmico.

dsc06699-21 dsc06685-2

Adaptado ao nosso gosto pessoal, utilizei peito de frango com a sua pele ( e virou um torresminho!) e continuei com a idéia do molho utilizando uma bela lata italiana de atum ( o tonnato) e um vinagre balsâmico série prata !

dsc06733-2 dsc06738-2

Ou seja, um frango trajado de smoking e se encerrando na idéia da mistura ar/mar ( se é que frango e pato realmente voam !).

dsc06741-2

Acompanhei com um pesto simples de manjericão e tomates secos confitados. Excelente !

Y5 - Sobremesa – Ovos Celestes Montado em Agar de 3 Portos
          Sobremesa executada – a mesma

dsc06706-2

Esta foi seguida à risca, mesmo porque é um doce. Esquenta-se 125g de açúcar em 120ºC, deixe esfriar e junte 12 gemas. Volte ao fogo até fazer com que a massa desprenda do fundo. Depois de esfriar, adicione metade do peso da massa em amêndoas e nozes picadas muito finas, mas não farinhadas e algum fruto seco a gosto ( eu coloquei mini-figos iranianos).

dsc06682-2 dsc06747-2

Daí é só moldar no formato que lhe convier, espetar em um palito, passar em gema de ovo e queimar rapidamente com maçarico.

dsc06750-2

Pra melhorar o conjunto, formatei gelatinas de vinhos do Porto (Ruby e Branco). Gostamos dos dois formatos. Deste :

dsc06756-2

E deste :

dsc06758-2

Como o próprio Luís escreveu : “Um novo desafio, um novo patamar, vai ser este Y5″. E foi mesmo. Pensando bem, tem sempre um novo ângulo pra ver as coisas muito bonitas !

                       torre_eiffel_jpg-2

Que venha o 6º Y com a  indicação da Marizé !!

Até o próximo !!

 

.

About these ads

5 Responses to “dcpv – y5 : o dia da liberdade”


  1. 1 Luís Pontes março 31, 2009 às 11:40 am

    Lindo! Lindo!

    Agora percebo porque querias tanto publicar! É que tinhas aí guardado esse tesouro criativo que, claro, queria ver a luz da ribalta.
    Se eu tivesse alguma dúvida quanto ao acerto da proposta, hoje ela ter-se-ia dissipado por completo: é mesmo bem melhor criar que seguir e o mais engraçado é que, mesmo na aparente diversidade, a grande mesa Y continua bem junta.

    Mal posso esperar a proposta Y6 da Marizé…

    Abraço Y

  2. 2 Leo março 31, 2009 às 11:50 am

    Lindo menu, originalmente (parabéns pro Luís) e criativamente adaptado (parabéns pro Edu).

    Descobri hoje que a Dé não gosta de carne e de atum. Bom saber. Agora, que eu ia adorar o atum com foie, ia.

    abraço

    Leo

  3. 3 cupido março 31, 2009 às 12:54 pm

    Bem, bela subversão (é mais irreverência, presumo).
    Grandes preparações, belo projecto, parabéns ao três.

  4. 4 Ameixa seca março 31, 2009 às 5:53 pm

    Gostei das tuas adaptações, na verdade prefiro as tuas adaptações, principalmente pelo foie gras que nunca provei mas, por principios, não comeria :)
    Gostei da arrumação do resultado nos pratos e do aspecto geral da mesa ;)

  5. 5 eduluz abril 1, 2009 às 7:45 pm

    Luís, grande maestro, só fiz seguir as tuas partituras e de vez em quando me dei ao direito de fazer alguns solos. Foi, mais uma vez, um prazer participar do nosso Y. Ao 6 !!

    Leo, grato e gostei bastante de saber que você já está pesquisando. Já temos encontro marcado e ao vivo em Janeiro, certo !!

    Cupido, como eu disse acima, só solei porque o maestro permitiu. Grato pela visita.

    Ameixa, grato pelos elogios e pela escolha ainda que não fosse um concurso! E um comentário sem piadas ?? rsrs

    Abs a todos !


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 404 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,026,981 hits
março 2009
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Atualizações Twitter


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 404 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: