Arquivo para 9 de abril de 2009

dcpv – fazendo (muitas) coisas com a pimenta biquinho

nº 209                                                                                              25/03/09

       Fazendo (muitas) coisas com a pimenta biquinho        

“A nova queridinha das mesas gourmet não arde, é incrivelmente aromática e revela uma doçura instigante”.

dsc06904-21

É assim que começa uma (excelente) matéria que a Luciana Lancelotti ( Bistro Pimenta) escreveu pra não menos excelente revista Prazeres da Mesa (edição fev/09) sobre a pimenta biquinho.

“Pode comer que essa é diferente, não arde não!” Certamente essa será uma frase que você ouvirá quando alguém lhe oferecer a tal. E acredite, ela é diferente mesmo !

dsc06906-2

Como a própria Luciana diz na Prazeres, ” e ainda, sobre algum resquício de desconfiança, descobre-se que a tal pimenta, de fato, não é ardida. Melhor: aos poucos, ela revela ao paladar uma doçura intrigante, que desperta a vontade de degustá-la em porções. Pronto. Quando você se dá conta, a biquinho já lhe conquistou.”

E é isto mesmo que acontece. A paixão pela biquinho é fulminante. Além dela ser plasticamente perfeita com o seu formato de balãozinho.

dsc06929-2

Fãs confessos da biquinho, Pascal Bardot, Volmar Zocche, o grande Rodrigo Oliveira ( Mocotó), Mauricio Ganzarolli ( que bolou todas as receitas da matéria); todos eles são apaixonados pela “pimenta que não é pimenta “.  Inclusive, um dos maiores sucessos de público do Mocotó, a carne-de-sol na brasa, assada e finalizada na manteiga de garrafa, alho assado e chips de mandioca é acompanhado pela biquinho.

“Como ela é conservada em vinagre, faz um bom contraponto à untuosidade da carne, conferida pela manteiga” , diz o Rodrigo.

dsc06925-2

Taí! Com todos este motivos ( depoimentos de grandes chefs, excelentes texto/pesquisa  da Luciana editados pela Prazeres) estava mais do que definida mais uma noite do DCPV : Receitas com a Pimenta Biquinho. Vamos lá !

Bebidinha Caipirinha de Tangerina com Pimenta Biquinho

A princípio estranha, esta caipirinha ( com cachaça ,viu, Gisela e Confraria) se mostrou surpeendente.

dsc06916-2

Pimenta biquinho, tangerina e açúcar são levemente amassados e misturados. Coloque um pouco de xarope de banana, sal, a cachaça e gelo.

dsc06914-2

Adicione a biquinho pra decorar e beba ! Bom !

Entrada Pirão de camarão com pimenta biquinho

Um pirão muito bem feito e com a preponderância do avinagrado adocicado da pimenta biquinho .
O pirão é composto de camarão, tomates sem pele e sem sementes, farinha de copioba, caldo de peixe ( feito com as cabeças do camarão, por favor!), cebola e alho picados, azeite, sal, pimenta e a biquinho, a estrela da noite.

dsc06900-2

Todo mundo reclamou (até a Dé) pois não fiz o suficiente pro repeteco.

dsc06926-2

Acompanhamos com uma saladinha da casa e a novidade teconológica ( valeu, Leo ) : manga “caviarizada” feita aqui mesmo no DCPV. A primeira vez ( e a gente nunca esquece!) que foi feita uma verdadeira esferificação ao vivo e em cores. Te cuida, Adriá !!

dsc06909-2

Tomamos um belo branco brasileiro (ôpa!), o DA’divas Chardonnay 2008 duma vinícola que somos fãs, a Lidio Carraro. Este foi “bico” de opinar : “divino, dadivoso, das divas, delicioso” . Este vinho vai dar o que falar !!  

dsc06933-2

PrincipalBorogodó

Não sei quem falava que tal coisa era o “ó do borogodó!”. Só sei que era uma expressão não muito favorável! Certamente, este Borogodó não é o “ó”!
Na verdade, ele é um baião-de-dois feito com  cebola dourada na manteiga de garrafa e adicionando pimenta biquinho, arroz pronto, feijão de corda cozido e queijo de coalho em cubos. Bonito e delicioso.

dsc06899-2

Acompanhado por uma carne-seca ( de primeira by Sex Shop) que foi ligeiramente frita junto com cebola dourada na manteiga de garrafa e finalizada com cebolinha verde cortada fininha.

dsc06908-2

Um prato bonito, saboroso e que fez a moçada ( Déo e Mingão) repetí-lo e detalhe, com o segundo prato muito maior do que o primeiro.

dsc06946-2

 São uns fominhas !

dsc06949-2

Acompanhamos com outro Lidio Carraro, desta vez um tinto e top de linha, o Tannat 2006 que nos bicou e disse : tânico, cacazesco, irresistible, le vin est très agreable.

dsc06942-2

SobremesaSorvete de Caju

Não constava nenhuma sobremesa na matéria da Prazeres. E como o Rodrigo Mocotó participou da mesma com as suas opiniões, aproveitei uma receita que ele mesmo me passou por e-mail e adaptei pra dar um tom “biquinhesco”. Esta receita era de um Sorvete de Caju com Paçoca de Castanha.

dsc06934-2

Uma mistura de melado de cana, mel, suco de caju, sorvete de creme e creme de leite fresco.

dsc06950-2

E a paçoca é feita de rapadura, castanhas de caju e farinha de rosca.Uma biquinho pra decorar e pronto …

dsc06952-2

Veja a opinião dos “acacás” :

dsc06930-2

Espetacular! Uno de los mejores !! (Edu)
Je t’aime mon noi plus. (Mingão, Jane Birkin e Serge Gaisnbourg)
Bão demais da “conte”. (Déo)

Grato ao pessoal da Prazeres da Mesa ( a Marta, ao Ricardo Castilho) por liberar e a Luciana pela excelente matéria sobre a nossa querida pimenta biquinho que já é, há muito tempo, a preferida por aqui. (É o DCPV antecipando a  moda!)

dsc06923-2

Esperamos que outras grandes matérias sejam usadas em  mais noites Prazeirosas! Que tal receitas simples de cozinha molecular? 

Abs acacazianos.

Até!

 

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 655 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.430.113 hits
abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Atualizações Twitter