dcpv – da cachaça pro vinho – gastro pop chinês

Uma “loucula”!
16/04/09

Gastro Pop
Stúdio 768 e Carla Pernambuco
Etapa I – 2009
Cozinha Chinesa
16 de Abril
Chef convidado – Thompson Lee

E voltamos aos Gastro Pop, agora com o início da edição 2009.
Pra quem não sabe, é uma iniciativa das Carla Pernambuco/Carolina Brandão (by Carlota) onde grandes chefs são convidados pra executar um menu típico de alguma cozinha/país/região.

dsc07403-2

Desta vez, o escolhido foi o prof/chef Thompson Lee, especializado na culinária do país que mais cresce no mundo, a China.

dsc07389-2

Estes eventos são realizados no Studio 768, um espaço bem em frente ao Carlota (rua Sergipe, 768 – Higienópolis) e sua característica principal é ter a cozinha sempre aberta pra interações com os chefs.

dsc07478-21

Uma beleza, especialmente pra mim que sou curioso e gosto de “fuçar” bastante no trabalho de pessoas altamente especializadas.

dsc07440-21

E tem mais. O Thompson Lee (como todos os chefs convidados até agora) é extremamente solícito e está sempre pronto a responder qualquer pergunta! Até receitas ele deixou à disposição.

dsc07395-2

Só a apresentação do menu já valeria a noite. Tem explicações sobre as origens da culinária chinesa: “Na China, cozinhar é considerado uma arte e os grandes chefs são admirados por suas habilidades. Registros históricos relatam que durante a Dinastia Chou (1122-255 AC), os chefs de cozinha eram tão importantes que recebiam o título de oficiais da Corte Real”.

Exemplificando mais ainda,ficamos sabendo que os utensílios mais importantes da cozinha chinesa  são o cutelo oriental, o hock ( a concha), o vok-chan ( a espátula), o so-hok  (a peneira) e o khuai-chi (os palitos de bambu).

dsc07388-2

Além, é claro, da Wok que é “provavelmente o utensílio de cozinha mais conhecido e utilizado em toda a Ásia. A palavra wok (viu, Michel) do dialeto cantonês significa “recipiente para cozinhar”. Teve sua origem a partir do princípio que seria necessário cozinhar rapidamente e eficientemente os alimentos numa época de difícil obtenção de energia combustível”.

dsc07390-2

Portanto, vamos dar início ao nosso tour pela maravilhosa culinária chinesa!

Iniciamos pelos famosos Dim Sum

dsc07387-2

… que foram servidos em 3 tipos e recheios diferentes: frango, frango/camarão e veggie.

dsc07383-2

Deliciosos e extremamente reconfortantes. Continuamos com uma bela sopa, a Wonton. Um caldo extremamente leve e quente, com agrião fresquíssimo no fundo do prato e raviolis com recheio de camarões in-natura muito bem temperados que simplesmente explodiam na boca à cada mordida. Sensacional.

dsc07393-2

Pronto, estávamos aquecidos e aptos a iniciar o passeio gastronômico pelas regiões da China.
Começamos por “Beijing, ao Norte da China, foi o centro cultural, comercial e político por vários anos. Era também residência do Império Chinês. Para lá foram levados os melhores chefs de toda a China. Pratos clássicos como o pato de Pequim tiveram sua origem nesta região. Trigo e soja são os principais grãos consumidos, principalmente sobre a forma de pães, macarrão e dumplings”.
Esta região foi representada pelo Pato Laqueado à moda de Pequim.

dsc07428-2

O Thompson trouxe vários deles onde só os magrets foram utilizados!

dsc07421-2dsc07434-2

Continuamos passeando até chegar a “Shanghai, que se encontra no litoral da China com o rio Yangtze. É a maior cidade da China e também o principal representante da culinária desta região. Seus principais pratos são à base de peixes e frutos do mar, em que apresentações refinadas e molhos a base de shoyu adocicado, são as características da culinária de lá. Arroz e chá são presenças constantes nas refeições, assim como sopas , guisados e ensopados”.
Um exemplo da comida de Shanghai é um Robalo ao Molho de Feijão Preto.

dsc07400-21

O molho tinha um gostinho de gengibre, pimenta dedo-de-moça, conhaque, molho de soja, glutamato e alho. Inebriante!
Seguindo o tour, chegamos a Canton, ao sul, possui o mais variado cardápio da cozinha chinesa. Isto se deve a abundância de riquezas naturais, bem como à queda da Dinastia Ming em 1644, quando muitos cozinheiros-chefs da casa Imperial refugiaram-se no sul levando suas principais receitas. Hoje, Canton produz os mais ricos, famosos e apreciados pratos da culinária chinesa.”
Como comida cantonesa, um Ninho de Frutos do Mar.

dsc07412-2

Camarão, lula, vieira, kani num ninho de batata frita. Meu Deus! A Re só comeu o ninho; já eu e a Dé, tudinho!

dsc07410-2

Terminamos o giro pela região por “Sichuan, província do interior da China. Possui um clima montanhoso. Tem como principal característica a combinação explosiva de sabores doce, salgado,azedo e apimentado em um único prato. Aqui, a pimenta vermelha é largamente utilizada, pois além de prevenir certas doenças, ajuda a suportar o clima severo”.
Como legítimo representante desta culinária, um Sichuan Beef.

dsc07456-21

Uma mistura de vários legumes (cebola, cenoura, pimentões verde e vermelho, mini-milho e brócolis) acompanhava a carne. Delicioso!

dsc07458-21

Finalizamos o “legabofes” com Bananas Carameladas. Uma sobremesa “manjada”, você diria!
Pois, estas bananas não!

dsc07469-2

Pareciam bolas envernizadas!

dsc07466-2

Crocantes, lindas e acompanhadas de sorvete de creme e um enfeite de caramelo, resultaram mais perfeitas ainda.

dsc07471-2

Resumo da ópera: uma noite excelente onde o prof/chef Thompson Lee mostrou toda a sua técnica/simpatia e deixou aberta a possibilidade de visitar o restaurante dele lá em São Francisco Xavier, o Yoshi.
E mais uma vez o Gastro Pop cumpriu a sua missão.

dsc07479-2

Ainda mais com uma bela banana caramelada como a distinta acima! 

Até a “plóxima” .

.

 

9 Responses to “dcpv – da cachaça pro vinho – gastro pop chinês”


  1. 1 Ameixa seca 25 de abril de 2009 às 09:03

    Eu adoro comida chinesa mas não como fora de casa. O agridoce é algo que me faz explodir o palato 🙂 Como tudo menos os patinhos, em homenagem ao meu Luísinho he he
    Os pratos ficaram lindíssimos 🙂

  2. 2 Joaquim 25 de abril de 2009 às 22:17

    Edu ,adoro a comida chinesa ,é de uma riquesa estonteante ,mas para conhecê-la a fundo é necessário mais do que um tour pela China,tem-se que ir várias vezes,até porque ,como no Brasil, a China tem várias regiões gastronômicas,conhecemos mais a cantonesa, principalmente em razão dos imigrantes.Estou marcando uma viagem a China para o próximo ano ,quero passar no mínimo 60 dias ,conhecendo os mercados ,a comida de rua e os restaurantes.Tenho um amigo do Piauí que mora lá ,especialista em viagens de empresários,se um dia vc. prescisar…Um abraço.

  3. 3 Joaquim 25 de abril de 2009 às 22:19

    Edu, é riqueza.

  4. 4 Liliane 26 de abril de 2009 às 08:12

    Que delícia! A história das origens e as fotos. Banana caramelada? Hummm! O que é veggie?
    Liliane

  5. 5 Liliane 26 de abril de 2009 às 08:12

    Que delícia! A história das origens e as fotos. Banana caramelada? Hummm! O que é veggie?
    Liliane

  6. 6 Fer Guimaraes Rosa 27 de abril de 2009 às 00:09

    Hahaha! Edu, sei que vou assinar um atestado de tonterices, mas nao consigo parar de rir lendo a primeira frase desse post—Uma “loucula” ! Ha ha ha!

    Por aqui a culinaria chinesa eh tao vulgarizada, que eu praticamente perdi o interesse. Preciso ir a um gastlo-pop cinês!

    abracao,

  7. 7 Alessander Guerra 27 de abril de 2009 às 17:47

    Edu eu queria muito ter ido, mas a correria do livro…

    Bom ver o resultado por aqui.

    abs
    Alessander Guerra
    http://www.cuecasnacozinha.com

  8. 8 Odete 27 de abril de 2009 às 18:04

    O melhor de tudo foi fazer o delicioso roteiro todo sem vestigios de jet lag.
    Gosto muito de comida chinesa (e asiaticas em geral) Foi em Shanghai que comi a melhor beringela da minha vida.

    Abs

  9. 9 eduluz 28 de abril de 2009 às 11:41

    Ameixa, o Luisinho está ficando famoso. Deste jeito vou acabar pedindo uma foto dele pra colocar no post do teu Inter Blogs.
    E os pratos além de líndíssimos eram deliciosos !!

    Joaquim, o mestre, a China está na minha wish list há um tempão. Bom saber que você conhece um especialista pois assim quando planejar ir pra lá, já tenho um ponto de partida.
    E vou acompanhar esta tua viagem com bastante atenção.

    Liliane, a banana estava tão caramelada que realmente parecia envernizada.
    E veggie é vegetariano !!

    Fer, não é tonteirice, não ! Eu,particularmente, também gostei bastante do “loucula” !! rsrs

    Alessander, quando tiver a data me avise pois assim darei uma divulgada por aqui !

    Odete, é mesmo. Só de pensar no jet lag já dá uma tonteirinha !
    São Paulo ainda precisa de restaurantes chineses de qualidade!!

    Abs e vamos até ali em Miami, e voltamos em uma semana !!


Deixe uma resposta para Alessander Guerra Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se aos outros seguidores de 654

Comentários

Blog Stats

  • 1.449.053 hits
abril 2009
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: