Arquivo de maio \29\UTC 2009

Edinho Engel x dcpv – a escolha do chef !

número 216                                                                                       20/05/09

                 Edinho Engel x DCPV A escolha do Chef !

Tudo começou com uma simples avaliação!
Estávamos ( eu, a Dé e a Re) em Bertioga, na Riviera.

DSC00542-2

 Programa legal quando estamos por lá, ou é fazer e “bater” uma boa carangueijada …

DSC00510-2

… ou é ir comer ( e muito bem) no Manacá,  em Camburizinho.

DSC00516-2

Pra quem não conhece, o Manacá é um restaurante excelente onde a viagem começa já na chegada ao estacionamento ( até jaca tem por lá).

DSC00541-2

Você é obrigado a pegar uma van e, transportado por ela , vai até o restaurante onde  se admirará com a beleza do lugar. Parece que está na Tailândia ( nunca fui pra lá, mas imagino que deve ser igualzinho!).

DSC00540-2

Pois bem! Neste dia, esqueci de levar a máquina fotográfica e tiramos algumas fotos com o celular ( e até que ficaram boas. Parece que a Re puxou a mamãe pois foi ela que fotografou).

DSC00529-2

O almoço foi excelente como sempre. Camarões, peixes, belas sobremesas.
 E como sempre, preenchi a ficha de avaliação do restaurante (esta é uma outra mania que eu tenho).

DSC00535-2

E não é que já no outro dia, recebi um e-mail me agradecendo pela avaliação. Aproveitei desta resposta tão imediata e mandei um e-mail pro Edinho ( chef e dono tanto do Manacá como do Amado, lá em Salvador) explicando sobre o projeto DCPV x Chef onde grandes chefs da nossa preferência ( Carla Pernambuco, Bel Coelho, Tatiana Szeles, Claude Troisgros, Emanuel Bassoleil, Rodrigo Oliveira, Ana Bueno já participaram) escolhe um menu com receitas deles mesmos pra serem reproduzidas ( e devidamente comidas) aqui no DCPV.

DSC00521-2

O Edinho respondeu prontamente : Posso sim, com o maior prazer, indicar um menu e mandar receitas para que vocês façam em casa. Mando um Menu do Mar?

DSC08605-2

Ô, pode mandar!!  disse, eu.
Conversamos mais algumas vezes e não demorou nadinha (ô eficiência!) prêle me mandar o menu completo : um petisco, uma entrada, um prato principal e uma sobremesa.

Vamos então ao DCPV x Chef ou melhor, ao DCPV degustando as delícias do chef Edinho Engel.

Começamos tomando umas “batizadinhas“.
Sabe o que é isto? São cachaças misturadas a
alguma coisa ( o Déo estava gripado e não podia tomar nada gelado).

DSC08565-2

Neste caso, os ingredientes misturados eram : limão, canela e amendocrem (separadamente!). Confortantes.

Comecinho : Mexilhões ao Vinho Branco

Caso você consiga achar mariscos frescos, faça o que o Edinho pede : lave com escova, coloque numa panela com água, cebola, cenoura e salsão. Como não achei e já tinha uns congelados ( com e sem casca), aproveitei o mesmo princípio e cozinhei-os um pouquinho com vinho branco e os ingredientes acima.

DSC08541-2

Acrescentei manteiga, salpiquei salsinha e servi-os com pão italiano. 

DSC08577-2

Só dá pra dizer que todos adoramos ( Dé inclusive) não só a simplicidade da receita, mas, principalmente, o sabor que resultou. Parecia que estávamos comendo/bebendo o mar!! E temperado!

DSC08572-2

Entradinha : Salada de Polvo, Aspargos e Favas 

Polvo! Delicioso, mas pra mim, difícil de acertar. E neste caso, eu tinha que seguir a receita do Edinho ao pé-da-letra. Não poderia arriscar.

Segui e ficou demais.

DSC08552-2

Cozinhei 600 g de polvo fresco em água abundante ( e sem sal) por~ 1 hora. Cortei em cubos pequenos e reservei. Branqueei 4 aspargos frescos passando-os por água fervente por um minuto e depois esfriando-os em água gelada. Cortei-os também em pedaços de 1 cm. Cozinhei as 150g de favas em água com pouco sal. 

DSC08576-2

Esperei esfriar e misturei tudo (polvo, aspargos e favas)  a cebolinha e manjericão picados. Temperei com azeite, vinagre de vinho branco, sal e pimenta do reino. 

Pronto! Deixei pelo menos uma hora na geladeira e servi.

DSC08573-2

Rapaz! Foi, certamente  na opinião de todos os presentes ( eu, a Dé, o Mingão e o Déo) o melhor conjunto de entradas ( o polvo mais o mexilhão) que comemos até hoje!

Acompanhamos com um vinho branco, o Chateau Los Boldos Chardonnay 2008 que se mostrou “leve, timoneiro, softpluma,trivial”  segundo os fãs do Edinho, nós mesmos.

DSC08586-2

Prato – Papillote de Pescada em Folha de Bananeira com Farofa de Camarão, Banana e Alcaparrras.

Adoro receitas com nome auto-explicativo. E esta é uma delas.

DSC08535-2

Faça uma farofa, dourando 1/2 alho porró cortado bem fino e uma cebola ralada. Acrescente 2 tomates descascados e cortados em cubos, 1 folha de louro e pimenta do reino. Cozinhe por 5 min e coloque 4 camarões rosa cortados. Espere mais 2 min e adicione salsinha e cebolinha. Finalmente, acrescente a farinha de mandioca até obter uma farofa bem úmida. Corte, então, 1 banana nanica em rodelas e acrescente à farofa. 

DSC08543-2

 Aí é só temperar os filés com sal e pimenta, recheá-los com a farofa e fazer um papillote com as folhas da bananeira ( a Flora descolou com os meus vizinhos)

DSC08553-2 DSC08548-2

Embrulhei!

DSC08569-2

Grelhei!

DSC08555-2

Fiz um arroz Basmati com salsinha e cebolinha e o acompanhamento estava pronto.

DSC08588-2

E nós estávamos prontos pra comer esta beleza !

DSC08607-2

Espetacular ! Bastante úmido e com a farofa praticamente se fundindo ao peixe. Salve, Edinho!

DSC08604-2

Um rosé ( o tinto dos brancos ou o branco dos tintos, segundo o Riq), o Monsaraz Alentejo 2006 escoltou este prato tão formidável. O achamos “delicado, margozinho, kissucoso, bom”.

DSC08594-2

Docinho – Mousse de Coco com Baba de Moça

Parece redundância, mas é mais uma daquelas  receitas inesquecíveis.
A mousse é um merengão de coco, clara de ovo e açúcar, estabilizado com gelatina sem sabor. É quase uma maria-mole bem light.

DSC08615-2

A baba ( de moça !) é uma calda de açúcar, água e leite de coco misturada à gemas batidas na batedeira e cozinhadas em banho-maria até engrossar.

                                    DSC08546-2

Já como enfeite ( e na verdade, é uma delícia!) os chips de coco fresco cortado em fitas, misturados com açúcar e levados ao forno ( 160ºC) até que dourem. É um quebra-queixos light!

DSC08618-2

Tudo junto, foi uma covardia! Absolutamente delicioso!

DSC08612-2

 Eis a opinião dos 3 marujos :

Edinho é o cara! Viva o Amado Manacá! (Edu)
Espetáculo multi-colorido. (Mingão)
Maravilhoso, frutos bons nos dá e quando manipulados com maestria, resultam em êxtase! (Déo).

DSC08610-2

Resumão da noite : o tal do Menu do Mar do Edinho foi uma das melhores experiências que nós tivemos até hoje no DCPV.

DSC08601-2

O que dá pra imaginar ( e nós, particularmente, já sabemos) o que é comer no Manacá ( e com sorte, no Amado). Se tiver esta chance, não a desperdice ! 

DSC08611-2

Grato, Edinho,  pela participação, pela simpatia,  pela simplicidade  e pela genialidade, é claro!!

Até!

.

dcpv – scrap-almoço no Beco do Bartô

scrap??                                                                                               18/04/09

                              Scrap-almoço no Beco do Bartô

Não sei se todo mundo sabe, mas a Dé é uma aficcionada por scrapbook.

DSC08678-2

Eis o depoimento dela sobre o que é scrap ( vamos chamar assim ) :

Já fazia um tempo que eu andava a procura de um hobby. Minha família sempre foi muito esportista, mas definitivamente eu não nasci pro esporte. Sempre me machuco!
O Edu sempre foi muito ligado à leitura de jornais, revistas, listas telefônicas e afins. Um dia ele veio com uma reportagem sobre scrapbooking e observou como tudo parecia com os nossos hábitos de trazer coisas de viagens (tickets, folhas, chaves de hotel, etc).
Comecei a pesquisar sobre o assunto e descobri a 
Pedaços. Fiz uma aula e pronto! Encontrei um hobby onde eu poderia organizar as fotos e acessórios de viagem, usar e abusar de materiais e colocar o meu lado artístico pra trabalhar. Sempre com um resultado encantador, diferente e divertido.
A cada trabalho feito, e deve-se registrar que não é somente em álbuns de viagem que se utiliza esta técnica, a sensação é que se constrói um livro de memórias onde cada vez que se lê/vê, tem-se uma visão diferente e todos podem participar da viagem conosco.
O mais interessante é que você pode montar as suas páginas com um estilo pessoal e não existe o certo ou errado.
Depois de olhar pras fotos; fatos e acontecimentos mudam o jeito de ver. Na montagem das coisas mais simples do dia-a-dia e até na harmonização das cores das roupas na hora de se vestir, o formato é de uma composição de scrap.
Agora, o scrapbooking já é, pra mim, um estilo de vida !”

dsc07484-2

Pois pra mim o scrap é simplesmente a melhor maneira de juntar todas as coisas que você faz numa viagem : lembranças, mancadas, boas comidas, ótimos passeios, experiências de todas os níveis, grandes refeições, etc. Enfim, é tudo aquilo que você necessita pra eternizar aqueles momentos já que além de ser uma tremenda releitura, também é uma bela forma de mostrar a viagem pra outras pessoas sem que elas durmam/finjam que gostaram !

DSC08646-2  

Eis alguns exemplos de  páginas que compõe os álbuns de scrap que a Dé fez sobre as nossas viagens ( já são 8):

DSC08626-2
Esta é sobre o Caminito. Não é o próprio??

DSC08628-2
Esta é sobre o Toronto Music Garden. Lá tem cada flor !! 

 DSC08645-2
Já esta é sobre o passeio no deserto em Dubai. Dá pra sentir a areia?
DSC08651-2
O Tesouro em Petra, Jordânia.  Nos sentimos os próprios Indiana Jones .  DSC08667-2
Recordação da viagem mais bizarra/interessante de avião que fizemos: St Martin/St Barth .

DSC08672-2
É claro que não poderia faltar a italiana Fontana di Trevi!!  Prego!!

 Pelo menos uma vez a cada dois meses, a Dé vai a loja de scrap, a Pedaços Scrapbook onde a Taís e a Flávia mostram todas as novidades que chegaram. Ela aproveita pra comprar os materiais e assim, fazer o planejamento das páginas da viagem em questão. (Ela agora está começando a da Toscana). 

dsc07502-2

Normalmente, vou junto, deixo a Dé lá e me aboleto na FNAC.
Desta vez, dei uma passada rápida na livraria junto com a Re e resolvemos almoçar no Beco do Bartô (estávamos adiando há um tempão), um bistrozinho que fica no mesmo beco da Pedaços .

dsc07507-2

Olha ! Certamente, torcerei pra que a Dé faça este scrap bem rapidinho pois assim, voltaremos  e  aproveitarei pra tomar um vinhozinho e comer alguma coisa enquanto ela escolhe  tudo.

dsc07485-2

Veja se é ou não de se impressionar o estilo bistronomique do lugar!

dsc07491-2

Começamos pedindo bolinhos de arroz ao perfume de pimenta rosa.

dsc07489-2

A Re foi de peito de frango ao vinagrete de framboesa e risoto de parmesão.

dsc07494-2

Já a Dé, de tagliatelle com salteado de alcachofrinha, tomate concassé e salame especial. 

dsc07495-2

E eu, de costela laqueada com polenta cremosa e agrião.

dsc07498-2

Tudo muito bom e saboroso.

Uma 1/2 garrafa de Finca La Linda Malbec 2007 e as páginas do scrap-almoço estavam definidas.

dsc07487-2

De sobremesa, um crepinho de Nutella com vinagrete de hortelã. A Re não ia deixar escapar a oportunidade !! 

dsc07506-2

E a certeza de que fazer scrap além de ser uma bela recordação da viagem, também é uma boa oportunidade de viajar na gastronomia. Pelo menos com a  dupla Pedaços/Beco do Bartô ( Rua  Dr Sampaio Vidal, 216- Paraíso- SP . Eu juro que não é jabá. Pelo menos por enquanto !! rsrs)

dsc07486-2

PS – Este negócio de scrap vicia ! Que o diga a Marcie  pois acabamos nos encontrando no Rubayat ( no sábado anterior a este)  justamente por conta dos tais álbuns.

DSC08660-2
Não dá pre sentir o cheiro das especiarias e das frutas do la Boqueria em Barcelona?

E ali mesmo foi fundada a diretoria de Scrap das Organizações da Bóia, um conglomerado em que a empresa master é o VnV do grande Ricardo Freire. 

Até a próxima página !

PS – Quer saber melhor o que é e como funciona? Mande um e-mail para debora@veran.com.br. Ela adorará dividir informações e experiências com pessoas  que estejam a fim de, no mínimo, ter uma ótima recordação da sua viagem.

Ah! Tem mais uma coisinha: a pérola que veio na porção de ostras que pedimos na África do Sul está muito bem guardada!
DSC08657-2

Miami – US-1 até Key West

stunning                                                                                            29/04/09

                            Miami – US-1 até Key West

Voo tranquilo, o da TAM pra Miami. Chegamos cedinho (6:00hs), pegamos o carro na Hertz e rumamos pra Key West.

DSC07622-2

Logo de cara, uma surpresa. Mudaram a voz do GPS. Aquele charmoso sotaque português da Maria ( vire a segúnda na rotúnda!) foi substituído por um sotaque brasileiro avacalhado ( vire “no” curva!). Tudo bem, downgradeamos a Maria pra Maria Aparecida, a Cidinha.

DSC08162-2

E com a Cidinha nos indicando o caminho, seguimos pra descompressão miamística: o Prime Outlets em Florida City. Olhada geral nas lojas ( bem fraquinhas, por sinal!), café no Starbucks e definitivamente começamos a nossa viagem.

DSC07623-2

Porque entrar na US-1 South ou melhor na Overseas Highway  já em Key Largo é uma verdadeira viagem.

DSC07625-2

E nunca uma denominação foi tão bem dada como Overseas Highway.
São 160 km de paisagem estonteantes com o verdinho do mar como astro principal ( as vezes temos somente ele entre as pistas!) e de obras de engenharia ( olha o corporativismo!) tão estonteantes quanto. E não é que a “bichinha”  é realmente uma estrada sobre o mar!!

DSC07634-2

Nossa efetiva primeira parada foi em Colony City onde praticamos o esporte ideal desta viagem: explorar !

DSC07628-2

Faça isso!  Quando achar que o lugar tem cara de bacana, entre. Você não vai se arrepender. No caso de Colony, descobrimos um povoado lindo, com muita água, belas casas ( vide acima) e barcos. Barcos aos borbotões como veríamos em toda a viagem.

DSC07629-2

Também aproveitamos pra abastecer os nossos estômagos na  Donarchi  Delicatessen onde nos sentimos como aqueles personagens de filme americano já que o nosso pedido foi feito ao lado de um baixinho com uma estrela no peito, o xerife da cidade.

DSC07632-2

A comida? Uma tremenda Ceaser’s Salad e um Sanduba de Carangueijo. Deliciosos!

DSC07633-2

Continuamos e um pouco mais à frente vimos uma placa : Sorria, você está na Bahia !

DSC07639-2

Mentirinha, mas estávamos no Bahia! No Bahia Honda State Park, um parque estadual super bem cuidado e com a melhor praia de todas as Key (misteriosamente, são poucas as praias com areia por lá).

DSC07643-2

DSC07644-2

Andamos, conhecemos os lugares, nos sentimos dentro de paisagens de cartão postal.

DSC07647-2

E vejam a organização dos americanos. Até os pássaros pousam pras fotos por lá.

DSC07648-2

Também, com a Honda patrocinando, até o Turcão aqui de Ferraz de Vasconcelos! rs

DSC07661-2

DSC07663-2

Mais alguns km ( são 260 desde Miami)  e chegamos ao hotel Casa Marina em Key West.

DSC07716-2

Muito bem posicionado ( a 3 quarteirões da Duval St) e de frente pra única praia com areia , a Smather`s Beach por sinal, muito bem equipada  com piers e calçadões.

DSC07674-2
Esta foto é da sacada do quarto do hotel !!

Checamos o hotel e “simbora” pro restaurante  cubano El Siboney (curiosidade : Key West é o ponto dos USA  mais próximo de Cuba com 90 milhas de distância).

DSC07692-2

Antes de chegar ao restaurante, aproveitamos pra ter a nossa primeira experiência com o por do sol. E foi linda!

DSC07680-2

Voltando ao cubano, começamos com um pão com manteiga na chapa.

DSC07694-2

A Dé pediu um peixe frito acampanhado de batata frita e salada.

DSC07702-2

Eu fui de carangueijo recheado (quase uma casquinha), banana frita, arroz amarelo e feijão preto.

DSC07698-2

Muito bons, mas nada que justificasse a fama do restaurante. É, na verdade, um “sujinho” cubano “zagateado¨ que deu certo e que poderia se chamar Muecotó devido ao excelente preço, pois gastamos U$ 30 com direito a uma sangria de Chateau Duvalier. Uma pechincha !

DSC07696-2

Noite terminada, 2 tacinhas de vinho no bar do hotel e a certeza de que nos divertiremos com os wreckers, a Conch Republic e os caminhos (tortuosos, devido a manguaça) do Hemingway.

DSC07706-2

Até !

.

Pra acompanhar o restante da viagem, veja também:

Key West, a ex-Conch Republic –  https://eduluz.wordpress.com/2009/06/02/key-west-a-ex-conch-republic/

De Key West a Miami Beach – https://eduluz.wordpress.com/2009/06/08/de-key-west-a-miami-beach/

Miami – Baseball e Ola, comida new cubana – https://eduluz.wordpress.com/2009/06/15/miami-baseball-e-ola-comida-new-cubana/

Deco District, Miami Beach – https://eduluz.wordpress.com/2009/06/19/deco-district-miami-beach/

Miami Beach – Mi casa, Casa Tua – https://eduluz.wordpress.com/2009/06/29/miami-beach-mi-casa-casa-tua/

16º inter blogs – a escolinha do prof michel

número 215                                                                                                14/05/09

                      16º Inter Blogs – A escolinha do prof Michel

Esta história é muito boa. Conheci o Michel Khodair através do seu homônimo blog, o Khodair. Sempre com informações antenadas e ” tiradas” de primeira.

DSC08317-2
Edu, Déo, Prof Michel e Mingão: estudando! 

Daí foi um pulo pra convidá-lo a participar dos Inter Blogs (quer saber o que é?). Resposta pronta e afirmativa : ” Puxa! Que honra. É claro que topo.”

O tempo passou (rápido, como sempre) e no intervalo, o prof Michel abriu o CEG (Centro Educacional de Gastronomia), uma bela escola na Av dos Eucaliptos, 618, Moema, Ibirapuera (depois deste jabá, esperamos uma nova aula com o mesmo preço! rsrs). Aproveitei e nos  inscrevi, eu e a Dé, pra fazer um curso de uma tarde sobre Wok. Inscrição aceita, perguntei como pagar o tal curso.

DSC08328-2
A Dé caprichou na produção da sala de aula !

Prof Michel me respondeu : “No momento estamos com muita procura por cursos longos. Retiramos quase todos os cursos curtos”.
Eu retruquei : “Quer dizer que você não está dando bola pros pequenos clientes!” rsrs

DSC08333-2

No que ele desafiou : ” Pra não deixar o amigo a ver navios, irei na sua casa e darei uma aulinha básica sobre Wok e de tabela nos esbaldamos com comidinhas “wokianas”. E eu não descarto a minoria. Eu trato com carinho e atenção redobrada, tão redobrada que vou até a minoria ensinar em vez  da minoria vir até mim !”  rsrs

DSC08443-2

Resultado disso tudo: o dia chegou e o Prof Michel se aboletou pra Ferraz de Vasconcelos pra ministrar a tal aula sobre Wok ( e gastronomia) pros seus alunos aplicados, nós mesmos.

DSC08418-2

Acompanhe, portanto, a 1º Aula Básica de Culinária ao Vivo e em Cores do DCPV, a Escolinha do Prof Michel.

Começamos com caipiroskas e saquerinhas. Caipiroskas de Mandarina com  Absoluts Vanilia e Mango.

DSC08312-2

E Saquerinhas de Blueberry.

                                          DSC08323-2

Competentes e aquecedoras. E com os motores aquecidos, começamos efetivamente a aula.

Prof Michel nos saudou com as seguintes entradas :

I – Camarões de tamanho impressionante com legumes e pão tostado ( servidos num copo bacana) **

DSC08309-2

É claro que já tinha feito o mis-en-place, pois o Michel veio do Ibirapuera até a nossa grande megalópolis em pleno horário de rush e chegou após as 20:00hs. Os legumes da salada já estavam cortadinhos: pepino japonês, tomates e salsão.

DSC08306-2

O molho também já estava pronto. Azeite, gergelim (branco e preto), sal, pimenta do reino e shoyu.

DSC08342-2

Os camarões impressionantes foram “wokados” e “shoyados”.

DSC08384-2

Tudo isto num copo bacana .

DSC08393-2

Didático, não ? E deliciosos !

II – Cubos de frango ao curry, abacaxi no pão de uvas e queijo suiço gratinado**

Refogamos cebola em brunoise ( ah! esses professores!). Juntamos peito de frango e abacaxi em cubos. Adicionamos creme de leite fresco e curry. Ajustamos o sal.

DSC08373-2

Cortamos o pão de uvas do Olivier Anquier (aqui, em vez dos alunos presentearem o professor, aconteceu o contrário. O Michel nos trouxe o pão. Além de muitos outros presentinhos).

DSC08338-2

Arrumamos o frango por cima do pão, ralamos o queijo Ementhal e levamos ao forno pra gratinar.

DSC08389-2

                                                         DSC08391-2

Pronto! Um espetáculo e tiramos nota 10 com louvor! ( também com esse professor!).

DSC08414-2

Era hora do intervalo. Conversamos um pouco, jogamos ( ou melhor, assistimos) futebol e voltamos pra aula.

Prof Michel nos ensinaria a fazer o prato principal: Linguado com Coco, Gengibre e Caril **

Começou salteando cebolinha verde e gengibre ralado numa Wok. Adicionou a pasta de caril vermelha, o leite de coco, o caldo de peixes, as folhas de kaffir e o talo de capim limão. Finalizou com nam pla e shoyu. Estava pronto o molho.

DSC08429-2

Salteou o linguado em cubos, os camarões e as lulas em anéis num pouco de azeite.

DSC08297-2

Finalmente, misturou o molho ao salteado de frutos do mar.

DSC08435-2

Estávamos prontos pra prova final no CEG. Só faltava mostrar o resultado, o prato montado.
Como acompanhamento, um arroz jasmim com leite de coco e um caril de batatas e pimentão ( onde o professor mais uma vez mostrou os seus conhecimentos ao nos ensinar o que é uma batata Pont Neuf!!).

DSC08449-2

Cheiroso, saboroso e só ouvíamos “hummms” na sala-de-aula.

E não é que a diversão estava chegando ao fim. Mas antes, uma adoçada (mais ainda)  na nossa vida.

DSC08461-2

Prof Michel trouxe as tortinhas de casa e comprou o chocolate belga .

DSC08327-2 DSC08304-2

E nós não precisamos fazer nada nas Tortinhas de Patê Sucrèe com Chocolate Europeu, Bananas Derretidas, Calda de Caramelo e Macadâmias**. Só comer!

DSC08351-2 DSC08453-2

Cumprimos a missão ! Comemos bastante.

DSC08472-2

Ué? Este blog não se chama Da Cachaça pro Vinho ? Cadê os próprios ?

Calma ! O professor não proibiu bebidas alcoólicas. Pelo contrário, ele nos acompanhou,  inclusive, nas opiniões um tanto quanto inusuais.

DSC08424-2

1 – Vinho branco DA’divas Lidio Carraro Brasil 2008 = perfumado, michelado, impressionante, khodairesco.

DSC08412-2

2 – Vinho branco Jacobs Creek Chardonnay Austrália 2008 = perfeito, apimentado, nicolekkidmanesco, competente, honesto.

DSC08439-2

Olha, certamente foi a melhor ( e mais prazeirosa) aula que tivemos até hoje ( como disse o grande Mingão).

DSC08386-2
Fica aqui o nosso eterno agradecimento ao Prof Michel ( ele foi eleito por unanimidade o professor honorário do DCPV) por esta participação ao vivo pois além da quantidade de ensinamentos que ele nos proporcionou, ele demonstrou ser um tremendo boa-praça!  Esperamos que a partir de agora, ele pense seriamente em abrir uma filial do CEG aqui em Ferraz !

Leia a opinião do professor Michel sobre a classe : ” Irresistivelmente marcante. Adorei porque vocês adoraram”!

DSC08451-2

E leia a opinião dos alunos :

DSC08427-2

Grande menu! Viva o Michel! Quando é a próxima ? (Edu)
Adoramos porque você cozinhou. (Mingão)
Perfeito congraçamento e adequação; interação deliciosa! Noite perfeita! (Déo)

DSC08416-2

É isto mesmo! Como disse o Déo, noite perfeita e parodiando o início do nosso contato, ” a honra foi nossa”! Não é qualquer um que toma o anisete da D. Anina !!

DSC08477-2

Até o próximo IB que será em junho onde teremos a comida do Minho, indicada pela intrépida e popularíssima Ameixinha do blog Canela Moída. Como diria o grande Sílvio Santos, aguardemmmmmmmmm!

.

PS – Todas as receitas com ** são do Prof Michel. Ou seja, todas as que foram feitas ( e devidamente comidas) nesta noite .

.

Hakkasan no Fontainebleau – Miami Beach

terriffic                                                                                                   02/05/09

                     Hakkasan no Fontainebleau – Miami Beach

 O chefe Alan Yau é poderoso! Ele emplacou o restaurante chinês dele, o “michelado”  Hakkasan como um dos 50 melhores do mundo ( o 36º) segundo a revista Restaurant.   Esta lista  é questionável, eu sei, mas os bambambans ( Ferran Adriá, a esquadra espanhola, o Alex Atala, etc)  estão todos lá!

DSC07915-2

E ele acabou de abrir uma filial do Hakkasan no hotel Fontainebleau ( ex-Hilton) em plena Miami Beach.

Coincidência!  Nós íamos pra Miami, a Ale Forbes, da LBV,  nos deu a dica, reservei pelo telefone ( sábado, 02/05 as 19:30 hs. Só tinha este horário!) e … fomos.

DSC07978-2

Chegamos e constatamos o óbvio. O restaurante é lindo com uma ambientação que te transporta diretamente prum ambiente chinês .
Todo modernoso com iluminações indiretas, um bar de trasnformar abstêmio em “bebum” e frequentadores da mais bela fauna. Ou seja, pura badalação !!

DSC07923-2

Como se não bastasse, a comida é espetacular. Fomos atendidos pelo Ricardo Mendes, um brasileiro que é o gerente do Hakkasan e ele foi extremamente simpático, tendo, inclusive,  nos auxiliado quanto as informações sobre alguns dos  pratos ( se quiser ser bem atendido por lá, mande um e-mail pra ele – ricardomendes.hakkasan@fontainebleau.com ).

Começamos pelos tradicionais Dim Sum (Dim Sum Platter). De camarão, veggie ( a Dé adorou!) e com cobertura de ovas de salmão. Deliciosos e os molhinhos de pimenta estavam “quentes”  !

DSC07929-2

Acompanhado de um vinho branco, pedi  Camarões Laqueados (Soya Prawn) com legumes crocantes  que estavam fantásticos …

DSC07936-2

… e um Silver Cod Marinado com Mel Chinês e Champagne Moet Chandon pra Dé, que estava dos deuses. Mais parecia uma mousse de peixe, tamanha a maciez com que se desprendia da pele. Fora o charme dos aspargos extramente verdes e da raiz de lotus crocante como umverdadeiro tempurá deve ser . 

DSC07940-2

Perguntamos pro Ricardo sobre as sobremesas e ele nos indicou  uma White Chocolate Mousse com Sorvete  de Maracujá e outra, um Chocolate Banana Fondant com Sorvete de Banana. Simples e saborosas!

DSC07946-2 DSC07951-2

Ainda conseguimos fazer  uma cerimônia do chá pra terminar a noite de uma maneira que ela merecia: quente, cheirosa e reconfortante.  Nada mais tranquilizador do que uma bela xícara de chá!! 

DSC07955-2

Pronto! Conta paga ( é, não foi barato!!);   passeio pela China  finalizado; nos restou vagar pelo lobby/bar do Fontainebleau e constatar que o dinheiro foi muito  bem gasto na reforma . Bonito, né?

DSC08007-2

Resuma da ópera Madame Butterfly :   se o Hakkasan  estivesse aqui em São Paulo, fatalmente seria o melhor lugar pra degustar a inebrieante comida chinesa.
Dois clientes cativos e paulistas (como nós!)  já seriam “hakkasanianos” desde criancinha !

Bye!

.

dcpv – nem suína, nem gripe. viva México !

sombrero                                                                                                   06/05/09

                     Nem suína, nem gripe. Viva México!

Dia de retorno de Miami. 8 hs de voo cansam qualquer um, mas como era quarta-feira, fizemos um “sacrifício” e partimos pra mais uma noite de amigos !

DSC08089-2

O que fazer ? Pensei no momento de baixo astral que “nuestros hermanos” mexicanos estão vivendo com essa história de gripe suína.

DSC08260-2

E pensei também no que eles já nos deram de prazer gastronômico : tortillas, burritos, guacamole, tamales ( quem se lembra do Seinfeld?), chilles, moles, frijoles.  Sem  contar a comida maravilhosa da Lourdes Hernandez, na Casa dos Cariris ( aguardem pois ela topou participar do DCPV x Chef ).

Portanto e utilizando o critério da predileção, fiz algumas comidinhas mexicanas ” manjadas”, mas que são extremamente reconfortantes.

DSC08254-2

Vamos lá a noite do desagravo mexicano, a noite Viva o México no DCPV. Adelante !!

Começamos os trabalhos com umas Margaritas.

Umas de limão siciliano. Outras de limão tahiti. E ambas com muito gelo, Cointreau, tequila e sal na borda do copo. Como manda o figurino!

DSC08255-2 DSC08262-2

Como entrada, Guacamole com Doritos ( sim, os de pacote!) .

Um abacate amassado, cebola picada bem fina, pimenta dedo-de-moça em rodelas , tomate maduro cortado em cubos, suco de limão, coentro e sal. Tudo misturado e formando uma pasta.

DSC08249-2

Nós usamos Doritos mas pode-se acompanhar com qualquer coisa : hortaliças, torradas, biscoitos, etc.

DSC08266-2

Um vinho branco, o Chardonnay Jacobs Creek 2008 Aústrália nos disse, sou “azedo, cabeçudo, chardoniesco, competente” durante a noite toda como se fosse uma daquelas bandinhas tocando “ai, ai, aiai, tá chegando a hora “.

DSC08276-2

Continuamos vendo o show do Ronaldo ( Timão, êô!) e comendo uns tacos daqueles que vem em kits.

Uma tremenda carne moída apimentada …

DSC08251-2

… com alface, cebola e tomate cortados …

DSC08269-2

… queijo prato ralado ..

DSC08273-2

… e  um belo molho apimentado.Tudo quentinho e “quentinho” !! Reconfortante.

DSC08272-2

Terminanos ( enquanto o Ronaldo terminava com o Atlético. Não é possível! O homem fez um golaço de penalti!!) com uma sobremesa simples e diferentona. Uma gelatina de amêndoas que é quase um pudim.

DSC08285-2

Uma junção  de gelatina sem sabor, ovos, leite frio, gemas, amêndoas sem pele e açúcar.  Escoltada por uma calda de açúcar.

DSC08288-2

Perfeita ! Como perfeito foi o nosso retorno.

Leia a opinião dos muchachos :

DSC08280-2

Arriba Méjico! Arriba Timón! (Edu)
O México é bom mas o Ronaldo é the best! (Mingão)
Muy delicioso, muy saboroso! (Déo)

DSC08292-2

Bom, fica aqui o nosso protesto pelo pré-julgamento idiota de uma população toda  ( mais de 100 milhões) por causa de mais uma gripe ( que deve ser pior do que as outras, mas é uma gripe !) que ocasionalmente caiu sobre o povo mexicano.
Nada melhor do que apresentar esta bela culinária pra exorcizar qualquer falta de informaçã0.

Até!

PS – O Alessander Guerra do excelente  blog Cuecas na Cozinha vai lançar um livro. Portanto quem estiver em São Paulo nos dias  27 (quarta) ou no dia 30/05 (sábado) é só dar uma passada lá no Cuecas, ver os endereços,  ir  conhecer o Alessander em pessoa e dar uma força pra mais um foodie que transformou o seu  sonho em realidade. Nós (eu e a Dé) vamos !!

dcpv – dançando um tango em orongo

Iorana                                                                                                   

                          Dançando um Tango em Orongo

Hoje é dia de Orongo. Segundo todos os que conversamos, o passeio mais bacana da Ilha de Páscoa (basta dar uma olhadinha no novo template do DCPV, by Renata !)

dsc00645-2

Mais uma caminhada longa pela costa sudoeste Rapa Nui, com uma bela subida e com direito a suadores em geral.

dsc05964-2

E após 2 horas, chegamos a belísssima cratera do vulcão Rano Kau.

dsc06021-21

Um “buracaço” de 1,6 km de diâmetro com uma visão do seu interior que mais parecia um mapa-mundi formado de água e rochas.

dsc06022-2

Espetacular!
Achamos, inclusive, uma homenagem a uma equipe de cientistas brasileiros que descobriram uma erva nativa que auxiliava a recuperação de pacientes transplantados. Tudo bem que bandeira nacional estava de ponta-cabeça…

dsc05989-2

Ainda andamos em volta da borda da cratera com direiro a fotos de todos os ângulos possíveis e imagináveis e chegamos a aldeia do Homem- Pássaro !

 dsc06046-2

Quem assistiu ao filme Rapa Nui sabe o que estou falando. Nele, os homens ( Keanu “Matrix” Reeves, incluído) saltam de penhascos pra participar de uma disputa.

dsc06051-21 

Na verdade, os homens-pássaros não saltavam do penhasco senão morreriam! ( o penhasco é altíssimo e chapado de pedras). Eles participavam de uma competição de natação entre a Ilha e o Motu Nui e cada um deles representava um chefe de tribo. O competidor que nadasse mais rápido, conseguisse pegar um ovo de uma ave no Motu e voltasse ao continente, dava o título de rei ao seu patrocinador e ganharia o título de homem-pássaro por um ano ou seja, até a próxima competição.

dsc06033-2

Tudo isso está no Parque National Rapa Nui onde estão preservadas as instalações onde os homens-pássaros se concentravam (alguma coisa como uma Vila Olímpica )….

dsc06036-2

 … e com vários petroglifos ainda não decifrados.

dsc06043-2

Muito interessante.
Voltamos ao explora pro almoço frugal e…

dsc06073-2 

dsc06087-2

… como o cansaço da família Luz era generalizado, modificamos o passeio da tarde pra irmos direto a Ahu Tongariki ( de van, please!), o mais famoso de todos.

dsc06120-2

E tiramos as melhores fotos com a melhor iluminação que tivemos em toda a viagem.

dsc06115-2

Os moais relamente pareciam ter vida!

dsc06109-21

A vida de Rapa Nui não é facil !

dsc06060-2

Nos despedimos da Ilha com um belo jantar e a certeza de que a viagem pra lá é muito mais do que uma viagem.

dsc06139-21 dsc06143-2

         dsc06065-2

É praticamente um teletransporte no tempo onde você  sente o mesmo passando lentamente e dando um grande prazer ao ter esta sensação.

dsc00615-2

Será que é a falta de televisão, som, computador, celular, twitter, etc !! rsrs Ou será o nascer do sol ?

dsc06160-2

Maururuu!

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,332,302 hits
maio 2009
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Atualizações Twitter