paris – eu sou pobre, pobre, pobre. De marais, marais, marais…

Paris
04/02/2010

Eu sou pobre, pobre, pobre. De Marais, Marais, Marais.

Este é o primeiro capítulo da nossa viagem pra ir buscar a Re que estava fazendo um curso de francês em plena “Parrri”.

E cá pra nós, uma das desculpas mais esfarrapadas pra viajar que demos até hoje, se bem que estávamos, realmente, morrendo de saudades dela.

Como grande novidade, o aluguel dum apartamento em pleno coração do Marais, o bairro judeu/gay (não necessariamante neste ordem e muito menos com esta associação) e chique, chiquésimo.

E olha: a experiência do aluguel é sensacional. Tudo te faz se sentir como um local pois até as aparentes dificuldades/dúvidas (será que é como na Internet?; será que alguém nos esperará na porta ?; será que não dei mancada?) são uma atração a mais.

Fizemos um voo Air France tranquilíssimo (o que é aquele serviço?) e chegamos no horário.

O nosso transfer estava nos aguardando e chegamos novamente no horário (10:00 hs) com a perspectiva de esperarmos um pouco pois o checkin seria somente as 16:00 hs. Ledo engano. Entramos direto na maravilha de apartamento com uma vista espetacular da esquina da Rue des Rosiers com a Pavée .

Tudo acertado e mostrado; fomos andar um pouco pra reconhecer a vizinhança e fazermos a nossa primeira refeição parisiense.

E seguimos uma dica da Maria Lina, do blog Conexão Paris.

Fomos ao Le  Loir dans la Théiére, um bistrozinho com tortas salgadas e doces espetaculares (a Dé foi na de Ementhal e pinolis) e…

… pratos do dia saborosíssimos. Eu comi um belo porco com purê de batatas.

Coincidência, o Le Loir além de ser vizinho do apê (conseguimos ver a fachada pela nossa janela) ainda tem a cozinha instalada no mesmo área comum do nosso prédio. Dava pra vê-la pela janela do quarto da Re!
Este é certo que retornaremos pois o brunch de domingo é superfamoso por aqui.

Fomos encontrar com a Re  na “pocilguinha” onde ela estava e matamos as saudades além de providenciarmos a mudança dela pro quarto que parece que foi feito sobre medida pra ela.

Como o apê tem uma cozinha completa com tudo o que possa imaginar (e de primeira), aproveitamos pra ir fazer umas comprinhas básicas: queijos, frios, frutas, vinhos ou seja, tudo aquilo que um bom mortal não sobrevive, estando em Paris.

Passeamos pela redondeza. Demos uma bela sapeada na Place des Vogues,…

… pelo Hotel de Ville e na volta pro apê, comemos aquele que seria o primeiro de uma série de doces do Lenôtre.

Resolvemos não jantar (não dá pra voar mais de 10 hs sem sequelas) e fazer uma refeição frugal em casa: uma tábua de frios, …

… uma de frutas …

… e um Saint Emilion.

Pra primeiro dia de viagem, onde normalmente não se consegue fazer quase nada, até que tá bom demais.

É, acho que nós teremos que nos render a nossa cidade!

E ainda comemos Clementinas. como bonus.  Ó querida, ó querida, ó querida, …

Au revoir.

.  

Anúncios

44 Responses to “paris – eu sou pobre, pobre, pobre. De marais, marais, marais…”


  1. 1 Marcie fevereiro 25, 2010 às 7:54 am

    Que super título bem bolado, amei!! :mrgreen:

  2. 2 ☆☆ Martinha ☆☆ fevereiro 25, 2010 às 8:09 am

    Não so’ o titulo.. o texto tb està perfeito..
    =)

    • 3 Amélia março 1, 2010 às 4:11 pm

      Martinha, Marcie e Patricia como foi a mini ConVenção?Estamos curiosos!!!!

      • 4 Marcie março 1, 2010 às 4:28 pm

        Amélia, foi uma delícia! Almoçamos, passeamos, e, finalmente, sentamos num banco no Jardin de Luxembourg, e ficamos jogando conversa fora durante hooooras. Muito bom, mesmo! A Patrícia vai postar as fotos, eu acho. :mrgreen:

      • 5 Amélia março 1, 2010 às 4:46 pm

        Meninas que inveja …. inveja daquelas bem boas!!!!Que 10!!!!

  3. 6 Ameixinha fevereiro 25, 2010 às 8:19 am

    Que casa de banho é essa toda vermelhona? Que lúxúria! Adorei… só mesmo em Paris 🙂
    Fruta e queijo para mim está super bom!
    Quem me der ser tão pobre que nem vocês he he

  4. 8 Luciana Betenson fevereiro 25, 2010 às 9:06 am

    Nossa… quando eu crescer, quero ser igual a vocês e alugar este apê, e comer no Le Loir, e fazer comprinhas no Monoprix como a Marcie (porém sem correr o risco/orgulho de ser confundida com uma parisiense)e comer estes doces e tudo, tudo isto. Maravilha de post!!

  5. 9 Tânia Godoi fevereiro 25, 2010 às 9:34 am

    Edu,

    Tem meses que encanto com o DCPV.Em cada postagem o meu coração se enche da alegria.Deve ser a mesma sensação que você,sua linda família e os outros confrades sentem quando estão reunidos.Essa sobre Paris é uma das mais encantadores!Ótimos dias em Paris para você e sua família!!!

  6. 10 Priscila (Inquietos) fevereiro 25, 2010 às 9:38 am

    Fiquei com fome (e não são nem 10 horas da manhã).

    A propósito, tb gosto muito do serviço da Air France. E que tal os picolés da Haagen Dazs que eles servem durante o voo inteiro? Delícia!

  7. 11 Marcie fevereiro 25, 2010 às 11:07 am

    ai…minhas almas…ninguém nunca me falou desse picolé Haagen Dazs da Air France!!! :mrgreen:

  8. 12 Anna Francisca fevereiro 25, 2010 às 6:17 pm

    Tres chic!

  9. 13 Paula* fevereiro 26, 2010 às 10:57 am

    Ai…ai…tô morrendo de pena dos pobres de Marias…:-)
    O título está ótimo! O post uma delícia! Tb adorei o serviço da Air France! Aproveitem! 😉

  10. 14 Paula* fevereiro 26, 2010 às 10:58 am

    Ai…ai…tô morrendo de pena dos pobres de Marais…:-)
    O título está ótimo! O post uma delícia! Tb adorei o serviço da Air France! Aproveitem! 😉

  11. 15 Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens fevereiro 26, 2010 às 11:54 am

    Esse begócio de esticar os pézinhos no avião é bom demais, mas assim pro alto só de executiva mesmo. O grande problema de viajarmos de executiva é o quanto a classe decepcionante passa a ser ainda mais decepcionante…(fica duro voltar à realidade, né não?).

    Bem, de tudo tudo tudo o que mais gostei nesse post (pode incluir na lista o ap., a vista, a cidade, a comida, as frutas cortadinhas (que luxo comer em casa!) e o banheito vermelho), foram os pézinhos entrelaçados…

    Como eu fiquei com “inveja”, fiz uma igualzinha!

    Grande abraço, até a próxima em SP.

  12. 16 Emília fevereiro 26, 2010 às 5:50 pm

    Eu estou com saudades da viagem de vocês, pode isso? Rss…
    Post redondo e delicioso!

  13. 17 Eymard fevereiro 27, 2010 às 12:10 pm

    cheguei aqui pela “conexao paris”. Parabens pelo blog; viagem; fotos; jeito de escrever e viver a vida com familia e amigos.
    So nao consegui descobrir de onde voces sao. Litoral paulista?
    A viagem fica mais perfeita, como disse o Arnaldo, se for em classe executiva. Porisso a Marcie nao encontrou o picole Hagen Dasz nas asas da airfrance.
    Quem sabe um dia nao fazemos uma conexao gastronomica na capital federal?

  14. 18 Eymard fevereiro 27, 2010 às 1:02 pm

    Agora que explorei um pouco mais o seu blog, vendo alguns posts mais antigos, vi que, na verdade, a praia de voces ‘e S. Paulo/capital. E as fotos sao muito bem tiradas. Nao vi os creditos sobre as fotos (que maquina e lentes voces usam?)

  15. 19 Adriana Pessoa fevereiro 27, 2010 às 5:09 pm

    Olá Eduardo!
    assim como “meu companheiro” Eymard, cheguei aqui pelo Conexão.
    Adorei seu blog. Gostaria de saber mais sobre este apartamento.
    Teria como vc deixar as coordenadas?
    Abraços e parabéns.

  16. 20 jorge fortunato fevereiro 27, 2010 às 7:41 pm

    Olá,
    O Marais é um bairro super bacana, só pela Place des Vosges já valeria a pena ficar lá, mais tem muito mais.
    Vi teu post no blog da lina e vim aqui conferir o dcpv e gostei muito.
    Abraço

  17. 21 claudia fevereiro 27, 2010 às 8:07 pm

    Oi,
    Tambem te encontrei atraves do Conexao Paris. Esta de parabens!!!
    ja adicionei nos meus favoritos, pra chegar todos os dias..
    queria saber mais sobre o ap. Qual o site e o imovel propriamente dito. Aluguei um para o proximo mes de maio, na rua Ferdinand Duval, Marais, e estou um pouco insegura..
    ja imaginei a cena de chegar no local e nao `existir local`…receosa de ter caido no conto do vigario. Mas agora e tarde.. o maximo que perco e 100 euros do deposito e ter que ir para um hotel na ultima hora. Aluguei pelo http://www.homelidays.com.
    []

  18. 23 claudia fevereiro 27, 2010 às 8:55 pm

    Localizei o apartamento que voces alugaram. De fato, um espetaculo. nao vi nenhum site com apartamentos desta qualidade.
    caros, mas sensacionais.
    http://www.haveninparis.com/

  19. 24 Arthur fevereiro 28, 2010 às 10:59 am

    Qualquer desculpa é válida para ir a Paris, Edu. Não se avexe.

    Abraços e sucesso à filhota!

  20. 25 eduluz fevereiro 28, 2010 às 11:29 am

    Marcie, eu ia colocar o “eu sou rico, rico, rico”… rsrs

    Martinha, gratíssimo.

    Ameixa, eu costumava chamar o lugar de “inferninho”. rsrs
    E achei muito interessante esta característica: a dos banheiros serem divididos entre a parte äquática” e a “sala de leituras”.

    Luciana, você está certa quanto a tudo, menos a sermos confundidos (só se for a Marcie!!), ainda mais com o nosso parquíssimo francês. rsrs

    Tania, ficamos muito felizes ao ler comentários como o teu. Continue por aqui e volte sempre
    Ah! Tivemos dias muito felizes por lá pois já voltamos.
    E aguarde poi ainda publicarei mais um montão de posts sobre Paris.

    Priscila, estamos como a Marcie: “passados” pois não comemos nenhum picolezinho. Mas não há de ser nada. Em julho, bateremos ponto novamente por lá!

    Anna, e trés divertido!!

    Paula, e não é que o Marais era ido como um bairro de pobres, mesmo? Quem diria, né não?

    Grande Arnaldo, é como se diz por aí: acostumar com coisa boa, é muito fácil.
    Quanto aos pezinhos, tiro esta foto em todas as viagens. Especialmente no princípio, quando els não estão tão machucados!! rsrs
    Até já, já e aqui na praia.

    Pequena Emília (pra combinar com o grande Arnaldo), também estamos com o mesmo sentimento quanto a viagem de vocês.
    E quanto ao redondo, também estou!! rsrs

    Eymard, na verdade, o DCPV tem duas sedes: a principal na grande Ferraz de Vasconcelos (grande SP) e a da praia, no Brooklin em SP.
    E os créditos das fotos são divididos: normalmente as internas e de comidas são da fotógrafa oficial, a minha esposa, a Dé e as dos out doors são minhas. Usamos uma DSCH-9 da Sony que já está quase sendo aposentada de tanto uso!!
    Quanto a conexão gastronômica, é só marcar !

    Adriana, a Claudia foi mais rápida do que eu!! rsrs
    É isto mesmo, cheguei a este apartamento através do Santo Google. E a Haven in Paris é simplesmente sensacional.
    Ainda vou abordar muito todo o formato aluguel/Paris nos próximos posts.

    Jorge, é isto mesmo. E como fizemos uma slow travel, descobrimos um montão de coisas do Marais que postarei brevemente.

    Claudia, dizem que este negócio de alugar apartamento é assim mesmo.
    Eu achei o site da Haven in Paris muito bom e tudo o que eu perguntei, eles responderam prontamente além de tudo funcionar perfeitamente. Inclusive, o serviço de concierge além do Mac que estava a disposição.
    Neste caso específico, o apartamento não era tão procurado pois não tem elevador. Se bem que ele fica no primeiro andar! rsrs
    Qualquer dúvida, estou a disposição.

    Abs a todos.

  21. 26 Sueli Villas Boas fevereiro 28, 2010 às 12:41 pm

    Olá, Eduardo!

    Acho que os frequentadores do Conexão Paris resolveram bater ponto por aqui.
    Parabéns pelo blog!
    Também adoro a sua prai. Aliás essa é a minha praia preferida, ainda não encontrei mesas mais fartas, requintadas e que caibam no meu bolso, melhores do que aí.
    O refrão que abre o seu post está dando o que falar no Conexão.
    Abraços

  22. 27 Eymard fevereiro 28, 2010 às 1:57 pm

    Sueli,
    sabia que voce nao ia resistir e ia dar uma “passadinha” por aqui. O Blog do eduardo ‘e muito interessante! Mas, a cumprir rigorosamente a sua “dieta” gastronomica, nao sei aonde eu chegaria….(risos)

  23. 28 Eymard fevereiro 28, 2010 às 1:58 pm

    ah, pobre eduardo, resolvemos “invadir” a sua praia!!!

  24. 29 Catiane Maçaira de Lemos fevereiro 28, 2010 às 8:17 pm

    Eduardo, vimos seu post sobre o restaurante de vidro em cima do Palais de Tokyo em Paris no Conexão Paris.
    Irei para Paris em setembro deste ano e gostaria de saber como conseguiu fazer a sua reserva. Consigo fazer aqui antes de ir viajar?
    Muuuuuito obrigada e aguardo ansiosamente a sua resposta!!!
    Ah, e peguei as dicas postadas aqui também!!!

  25. 30 Majô março 1, 2010 às 10:23 am

    Edu, que apê bacana, imagino as saudades da filhota e o reencontro em Parrrrriiiii. Anotadíssimo o Le Loir ! Doces do Lenôtre, isso é covardia 😉

  26. 31 Amélia março 1, 2010 às 4:07 pm

    Edu, como boa seguidora de Riq e Maria Lina, vou ser boa seguidora sua e de suas andanças também!Delicioso o seu post, queremos mais!!!Pobre, pobre, de São Paulo (sem o charme de ser pobre de Marais), por enquanto!Paris que me aguarde!
    Um abraço.

  27. 32 Eduardo Luz março 2, 2010 às 3:29 pm

    Sueli, grato pela visita e pessoas que adoram Paris e o Conexão são muito bem vindas por aqui.
    Pesquisei um pouco sobre a musiquinha e descobri que na verdade não tem nada a ver com o Marais!

    Eymard, o negócio é comer com parcimônia. Se bem que nesta viagem eu dei uma exagerada!! Mas fui perdoado mesmo porque estava em Paris! rsrs

    Catiane, o negócio é o seguinte: as reservas abrem exatamente
    30 dias antes da data. Por exemplo, a do dia 03/04 abrirá amanhã, 03/03.
    E sempre no site da Art Home e as 10:00hs de Paris.
    O resto é pura tentativa. Boa sorte!!

    Majô, deste prédio eu queria ser o síndico!! Ia tomar o teu lugar!! rsrs
    Quanto ao Lenôtre, comemos 4 Millefoglies (cada um!!).

    Amélia, gratíssimo.
    Paris que nos aguarde!! rsrs

    Abs a todos.

  28. 33 Mari Campos março 12, 2010 às 5:45 pm

    Alugar apartamento numa cidade que se ama eh a melhor experiencia possivel. Amo os mimos de um bom hotel, mas nada parece tao autentico quanto ficar “na sua casa” numa cidade em outro pais. Sou fa de carteirinha.
    P.S.: Amei o quartinho e, meu, o que eh aquele banheiro vermelho??? luxo.

  29. 34 Sylvia março 13, 2010 às 10:41 am

    Hummmm.. que delicia hem ?
    Tb somos hiper fãs de apês e de fingir que somos locais :))

  30. 35 Carmen março 15, 2010 às 5:24 am

    Acho que alugar um apartamento é uma boa idéia. Você é mais independente!!! A localização do seu apartamento é ideal!!!

  31. 36 eleonora março 15, 2010 às 3:39 pm

    Achei o maximo!!
    Poderia dar a dica do AP??
    Abço
    Eleonora

  32. 37 Mary março 15, 2010 às 4:30 pm

    Edu,
    Que delícia q é ler os textos q vc nos manda (ilustrados pelas fotos da Débora, claro)! Parabéns!
    Ah, e qdo sair aquela “ConVnV a Paris” avise pra eu fazer minha reserva logo…mas quero programa completo, do jeito q a Majô tá fazendo por aqui rsrs

  33. 38 eduluz março 16, 2010 às 8:35 am

    Mari, o banheiro é um charme, mas eu o chamava de “inferno” pois tenho o costume de usá-los (os banheiros) como escritório. rsrs
    Quanto a alugar apês, não precisa nem dizer que aderiamos a seita!!

    Sylvia, ali não precisava fingir muito pois até escutávamos o que os nossos vizinhos falavam.

    Carmem, também acho. E bota localização boa nisso!!

    Eleonora, encontrei o apê no http://wwww.haveinparis.com.

    Mary, gratíssimo e vamos rascunhar o programa lá na RioVnV. Certo?

    Abs a todos.

  34. 39 Malu março 16, 2010 às 1:17 pm

    Edu, cheguei atrasada aqui mas a tempo de ler sobre essa delícia de viagem. Vou acompanhar todos os posts para viajar com vcs nas fotos e relatos. Beijos para os 3.

  35. 40 apaulete março 18, 2010 às 12:46 am

    Estudo francês faz algum tempo já, e precisava dar um upgrade na parte oral, para isso o ideal seria passar um mêsinho na França e esse post foi inspirador!!!

  36. 41 eduluz março 19, 2010 às 3:59 pm

    Malu, não chegou, não! Ainda tenho um montão de posts sobre a cidade Luz.

    apaulete, passe um mês por lá e além do teu francês, todo o resto também melhorará.
    A Re ficou craque em “je t’aime!!”.

    Au revoir.

  37. 42 Danielle Antunes novembro 6, 2014 às 10:51 am

    oi, podes dar a dica deste apartamento? como faço para alugar?

  38. 43 eduluz novembro 19, 2014 às 5:40 pm

    Danielle, dá uma olhada nos comentários acima que ali está o site onde aluguei o apê. E tomara que dê certo.

    Abs saudosos pra você.


  1. 1 gouté + piselli = trufa + piemonte « Da cachaça pro vinho Trackback em maio 17, 2010 às 8:08 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,339,648 hits
fevereiro 2010
S T Q Q S S D
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: