jour huit – champs elysées ou melhor, campos elísios

avenidaça
11/02/10

Jour Huit – Champs Elysées ou melhor, Campos Elísios.

Elísios lembra alísios.

Alísios = Diz-se dos ventos regulares que sopram constantemente sobre quase uma terça parte da superfície do globo, das altas pressões subtropicais para as baixas pressões equatoriais: o alísio do hemisfério Norte sopra do nordeste para o sudoeste, o alísio do hemisfério Sul, do sudeste para o noroeste.

Ou seja, juntando-se a definição acima com o frio (cite-se, muito frio) que estávamos passando nesta manhã na Champs Elysées, você teria a exata sensação que tivemos: parecia que estávamos numa geleira. E com vento.

E por incrível que pareça, tudo era muito divertido. Veja só o tamanho da nossa turma!

Chegamos de metrô e fomos direto pra saída da estação Charles de Gaulle-Etoille. Saímos na cara do Arco do Triunfo  e com um frio de fazer japonês não tirar fotos.

Descemos pelo lado esquerdo da Champs Elysées onde encontramos de tudo um pouco: lojas de automóveis espetaculares tais como a Peugeot,…

… Toyota, …

…. Mercedes, …

…  Renault, …

… e Citroen com o seu prédio de arquiteturas externa …

… e interna marcantes.

Além dum Bar à Éclairs da Fauchon no último andar! É claro que comemos uma.

Pode? Ainda fiz uma brincadeirinha e recebi esta maravilha de foto por e-mail. Fotogênica, não?

Ah! Vimos também a casa onde habitou o nossso Pai da Aviação .

Marcamos presença em vários sex shops como o dos cosméticos (Sephora) e os dos eletro-eletrônicos/cds e afins (Virgin e fnac)…

… além dos de alimentação.
Pausa pra explicação: há uns 10 anos, estivemos em Paris e eu vi um restaurante que oferecia somente  Moulles (mariscos)  et Frites.Por a;guma razão, acabamos não comendo lá e isto ficou na  história  da nossa família ( e principalmente, do meu estômago).

Pois bem: desta vez topei com o restaurante Leon de Bruxelles e esta refeição se transformou em realidade. E isto em plena Champs.

A Dé pediu risolis de batata e queijo e uma salada de queijo de cabra e verdes. Ela adorou mesmo porque era uma das poucas coisas do cardápio que não continham mariscos.

Eu, realizando o meu  sonho dourado, uma panelinha (800g) de Mariscos ao modo Leon e fritas à vontade …

… além duma cerveja preta belga Chimay espetacular.

Olha, foi tão bom  que eu fiz a Dé me prometer que retornaríamos .

Resumindo: desejo realizado e melhor,  resgatando o sabor que eu imaginava deste simples prato.
Só Paris pra te proporcionar este prazer.

Ainda demos uma passada no Ladurée onde descobrimos um bar lindíssimo atrás da loja …

… e aproveitamos pra tomar  chá e café bem quentes além de comermos dois bons (achamos um pouco pesados) doces ( uma millefoglie de caramelo e um St Honoré).

E não é a toa que o consumo aumenta muito no frio já que pra se proteger dele, você é obrigado a entrar em cada uma destas tentadoras lojas.

Ainda tivemos tempo de passar na Printemps pra comprar (mais uma) mala e fomos jantar em mais um restaurante pequeno e aconchegante no Marais.
Ele é italiano e se chama Caffé Boboli. Aproveitamos o frio pra pedir uma garrafa dum Chianti Banfi 2007 e duas belas pastas.

Um rigatoni ao sugo pra Dé e…

… uma lasagna a bolognese pra mim.

Pronto! Comidinha confortável, ambiente mais ainda e um tremendo upgrade. Estávamos ao lado ao apê.

À demain.

 .

Anúncios

12 Responses to “jour huit – champs elysées ou melhor, campos elísios”


  1. 1 madalena maya março 26, 2010 às 7:15 pm

    Eduardo!
    Estou indo para Paris e gostaría desaber como fazer para conseguir uma reserva no restaurante do Palais de Tokyo ou na Torre Eifel e mais alguns detalhes, tambem sobre preços.
    Obrigada
    Abs Madalena

  2. 2 jorge fortunato março 26, 2010 às 10:10 pm

    Ótimas fotos do Champs Elysées. Gosto de perambular por essa venida. Na última viagem entrei na loja da Renault e não resisti… entrei num daqueles carros..rs meio micado né, mas nãod eixei passar em branco.
    Léon de Bruxelles é um restaurante que frequento desde a primeira vez que fui a Paris. Descobri por acaso e fiqei fã das cocottes de moules, aquele aroma incrível et frites à volonté…c’est Paris

  3. 3 Vera março 27, 2010 às 12:02 am

    Que lindo e gostoso é navegar pelo seu site! Fique encantada com este post e também os anteriores,que quando começei a ler não tive vontade de parar. Estar em Paris foi especial e relembrar lugares, pelas suas fotos,incrivel. Parabéns.

  4. 4 Beth março 27, 2010 às 4:15 pm

    Edu
    Sou a maior fã dos Champs Elysées e sempre me hospedo por alí. Quanto aos ventos, risos, eles congelam…
    Gostei muito de almoçar na varanda do Flora Danica, com direito a aqucedor a gas e cobertor.
    Abs.

  5. 5 Thiago Parente março 29, 2010 às 4:47 pm

    Tb gosto muito do Penfolds Shiraz.

  6. 6 Cláudia O. março 29, 2010 às 10:53 pm

    Edu, o bar do Ladurée é realmente lindo e as pâtisseries merecem toda a fama que tem. Agora, jantar no restaurante do 1º andar é uma roubada. Passei por essa experiência.Comida péssima!!!

  7. 7 eduluz março 31, 2010 às 8:00 am

    Madalena, já te mandei um e-mail, mas nos dois casos, a reserva é feita através dos sites dos locais. A do Palais de Tokyo (com o horário de verão parisiense) deve ser tentada as 5:00 hs daqui.
    Preços? Em torno de 120 Euros na Torre (por pessoa) e 60 Euros no Palais.

    Jorge, mico em viagem?? 🙂 Costumo dizer que uma viagem não é boa sem o acontecimento de alguns bons micos. Mesmo porque,dificilmente alguém irá te ver de novo !!
    Quanto aos Leon e as Cocottes, já estão devidamente acrescentados à agenda familiar.

    Vera, obrigado e sabe que também voltamos a viajar através dos comentários de vocês. Ou seja, é uma viagem sem fim!! 🙂

    Beth, é isto mesmo. A junção frio+vento é congelante. Mas você citou uma característica muito boa: todos os lugares tem aquecedores e mantas pra você se sentir confortável.
    É tão charmoso que tomamos vários cafés da manhã ao ar livre!!

    Thiago, ainda acho que os vinhos australianos são subvalorizados por aqui!!

    Claudia O., o bar é bem bonito. Mas achamos os doces grandes e pesados. Sem aquela leveza que se espera encontrar numa doceria de grife em Paris.
    Aconselharia a visita pela arquitetura e talvez pra tomar uma bela xícara de chá!

    Abs a todos.

  8. 8 aturistaacidental abril 6, 2010 às 1:09 pm

    Edu, eu sou super fã de moules et frites, é um dos meus pratos básicos, sempre peço para testar, hehe…Um dos mais inesquecíveis que comi foi no Mont St Michel, acompanhados de uma cidra deliciosa (a normanda, verdadeira!). Mas aqui em Sampa você não passa vontade comendo a do Astor, um aroma fabuloso. Os do Le Vin são gostosos também.
    PS: Champs Elysées é brincadeira, difícil resistir ao lambe-vitrine! Mas eu me restrinjo à Sephora (claaaro…) e a muitos Cds na Fnac.

  9. 9 eduluz abril 7, 2010 às 2:09 pm

    Emília, moulles et frites, no Mont St Michel e cidra (nós tomamos em Paris!!)? É covardia.
    Sabe que até hoje não experimentei as do Astor. Taí, mais um belo programa pra jogarmos conversa fora. O Arnaldo gosta?
    Quanto a Sephora, olhei toda a Fnac e a Virgin e a Dé continuava lá!! 🙂

    Abs

  10. 10 Rinaldo Garcia abril 15, 2010 às 12:22 pm

    Edu, bom dia!
    Cheguei até o seu blog pela Sueli OVB através do blog ConexãoParis da Lina. Tudo de bom!
    Gosto da diagramação do seu espaço aqui.
    Ficarei uma semana em Paris e 5 dias em Barcelona. Irei até Nancy (1 dia) por trem TGV e reservei uma mesa no restaurante Le Train Bleu – conhece e pode falar algo a respeito?
    Parabéns pelo seu blog!
    Abraço.

    Rinaldo/Campo Grande-MS

    • 11 eduluz abril 15, 2010 às 1:12 pm

      Oi, Rinaldo. Tudo bom?

      Grato pela passagem e elogios.

      Conheço o Le Train Bleu só de ouvir falar. Dizem que é extremamente bonito!!

      Quanto a Barcelona, posso te dar duas dicas: uma é o passeio gourmet que é feito pela própria Secretaria de Turismo de lá onde você percorre uma série de estabelecimentos ( Barcelona Walking Tours Gourmet ). A outra é ir ao restaurante Espai Sucre pois todo o menu é feito como se os pratos fossem sobremesas (Espai Sucre.).

      Além de se perder no la Boqueria, claro!

      Abs e boa viagem.

      Volte sempre e qualquer dúvida, estou a disposição.

      Edu


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 639 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,344,091 hits
março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: