Arquivo para 1 de junho de 2010

dcpv – mamma, io sono felice!

número 252
27/04/10

Mamma, io sono felice!

Semana cansativa, fim de semana na praia também. Consequência? Falta de inspiração.
Sabe aquela hora em que o prazer parece obrigação? Pois foi realmente o que aconteceu.

Acordei na segunda-feira dizendo pra Dé: acho que vou passar a reunião da confraria desta semana. Não estou com saco de cozinhar e na semana que vem tem o IB da Nana do Manga com Pimenta, o das comidas das vovós. Preciso caprichar!

Continuei pensando da mesma forma até à noite.
Só que não avisei o Mingão e o Déo que não teríamos a nossa dose semanal de bom-humor, altos papos descartáveis (nada de filosofias e pseudoteorias) e o melhor de tudo, certeza de que você sempre sairá mais leve do que entrou. Claro que emocionalmente, pois fisicamente o negócio é bravo! 🙂

Acabei de fazer o nosso lanche noturno (algumas bruschettas) e foi então que olhei pra minha estante: lá estava e “olhando” pra mim o livro Culinária Italiana, receitas especiais fáceis de fazer (PubliFolha).
Pronto! Uma centelha passou pela minha cabeça : receita fácil+culinária italiana+bons ingredientes+bons vinhos = reunião do DCPV.

Vamos lá! Mais uma noite italiana por aqui.
Deste jeito vou abrir a porta e a orquestra do Zaccaro entrará e começará a tocar!!

Bebidinha

Vinho. Claro que foi vinho. Aproveitei pra fazer a sessão reciclagem da adega e tomamos um brasileiro.

Comentário em uníssono: bem ruinzinho! Tão ruim que nem foto tiramos. E também me recuso a dizer o nome do fabricante. Ou melhor, não me lembro!!rs

Antepasto – Polenta Frita

“A polenta fina, crocante e fresquinha também é muito popular e é servida como acompanhamento de carnes e peixes grelhados ou mesmo como petisco”.

Eu tinha na despensa uma polenta com funghi de procedência (data boa, viu Márcia!).

Foi só fazer, espalhar numa forma, esperar esfriar, cortar em palitos e fritar.

Sopa – Risi i Bisi

“Esta receita está entre uma sopa encorpada e um risoto. Um risoto de “peguiçoso”, já que não é preciso mexer o tempo todo” .

Risi e Bisi é uma sopona veneziana de arroz com ervilhas (Óhhhh!)
E é mesmo um risoto de preguiçoso pois você mexe bem pouco, mas o resultado final é uma sopa bastante cremosa, quase um risoto líquido.

O método de execução é quase o mesmo: aqueça caldo de frango numa panela. Numa outra, refogue cebola picada em azeite, acrescente toucinho em cubos e adicione arroz arbóreo, mexendo bem.

Adicione o caldo quente e cozinhe por cerca de 10 minutos.

Acrescente ervilhas tortas, deixe cozinhar mais um pouco e finalize com manteiga, hortelã e parmesão.

Salada – Siciliana (Insalata Siciliana)

“Se preferir, esta salada cítrica pode ser feita com antecedência, mas o pignoli só devem ser acrescentados na hora de servir”. 

Simples. Descasque as  laranjas  em gomos e retire a pele.

Junte erva-doce em fatias finas e um pouco das suas folhas.

Regue com azeite e vinagre de vinho branco misturando bem. Reserve até a hora de servir . Adicione os pinolis.

Juntei as 3 receitas para fazer a entrada ideal (continuo com a idéia fixa de montar um restaurante  com um cardápio somente com entradas. Seria um sucesso!)

Polenta frita com salada Siciliana e uma sopinha Risi e Bisi. Perfeito!

Ainda mais acompanhado do belíssimo  Prosecco Linda Donna (grato, D. Vera, minha querida sogrinha). O achamos “italiano, pretty woman, julia roberts, belíssimo”  e, realmente, foi uma das melhores harmonizações que fizemos até hoje.

Principal – Espaguete com camarão.

Prato mais italiano, impossível. Como diz o livro, “esse macarrão simples mas elegante fica pronto num instante e é muito saboroso”
Pronto num instante? Saboroso? Só pode ser italiano!

Aqueça azeite e manteiga numa panela grande. Adicione cebola e refogue por 5 minutos, até que fique macia. Junte camarões frescos sem a casca e cozinhe até ficarem rosados.

Acrescente tomates em cubos, vinho branco e tempere (sal e pimenta do reino).

Incorpore o espaguette  cozido ao molho e adicione manjericão fresco.

Uau!  Italianíssimo.

Ainda mais após beber vinho tinto (fraquinho, quase um branco) Villa Borghetti Valpolicella 2008 Pasqua que disse, io sono “vegetal, bella babá, sidekicky, pianíssimo“.

Sobremesa – Sorvete de limão Siciliano com pistache e cantuccini

Esta sobremesa já estava pronta há um tempão.

Era o sorvete que a  Verena do Mangia che te fa bene me mandou a receita (e feita de acordo!)

E cantuccini que a Dé fez.

Perfectto!

Eis a opinião dos bellos ragazzi:

Spetácollo! Uma verdadeira viagem pela simplicidade e pela Botta! (Edu)
Italianíssimo (como diria maetsro Zaccaro). (Mingão)
Perfeita noite! Buona sera! (Deo).

“A cozinha italiana em geral é muito simples e essa simplicidade deve-se principalmente aos ingredientes de excepcional qualidade. Ao visitar qualquer cidade italiana, grande ou pequena, encotram-se feiras repletas de frutas, legumes e verduras cultivados localmente onde berinjelas lustrosas disputam a atenção ao lado de irresistíveis pimentões vermelhos e flores de abobrinha de um amarelo intenso, enquanto o ar é tomado pelo aroma marcante do manjericão fresco. A cor, o aroma e a  descontração rotineiros na Itália são contagiantes!”

É vero!!

Arriverdeci.

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.423.171 hits
junho 2010
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios