dcpv – jamie, o seboso.

número 257
15/06/10

Jamie, o Seboso. 

Se tem um cara que eu considero controverso no meio gastronômico, este cara é o Jamie Oliver.

Eu já tive uma fase de deslumbramento quando há muito tempo o achei muito interessante e com grandes idéias (foi nessa época que comprei o livro dele).

Também passei pela fase onde o achava mais “porquinho” que qualquer outra coisa. Se sujava todo pra cozinhar; usava as mãos imundas pra cortar coisas; experimentava a comida com a mesma colher; fazia churrasco em lata de tinta ou seja, era uma pessoa , digamos, não muita higiênica!

Um tempo depois, voltei a fase da admiração (mesmo ainda o achando seboso) quando ele começou a mostrar como é o projeto dele pra se plantar tudo o que é tipo de ervas/legumes  em casa. Este programa é um dos que ainda passam no GNT. E gerou um livro muito bacana que só não comprei porque ainda não moro na Inglaterra já que ele dá dicas levando em consideração o complicado clima da terra de Sua Majestade.

Fora os outros projetos marqueteiros quase malucos (o Fifteen,  a melhora da merenda escolar inglesa, a tentativa patética de cozinhar pros italianos na Itália) ainda sobraram algumas receitas que eu gosatria de fazer.

E este é o motivo desta noite. Receitas do Jamie Oliver, o chefe sem segredos. Vamos ver se eu consigo reproduzí-las a altura.

Se bem que com óbvias restrições: não conseguirei ficar sem tomar banho. E nem vou fazer aquela boquinha-mole que ele faz!! 🙂

Bebidinhas – Purê de morangos com espumante.

Gostoso. Tomamos mais uma garrafa de Salton (e foi a última do lote).

Entrada – O meu ministrone (na verdade, o dele!)

Eu e o Mingão fizemos este inteirinho. Tivemos esta oportunidade após assistir aquele espetáculo de futebol (Brasil 2×1 Coréia do Sul).

É um tremendo minestrone e que pode e deve ser feito com as quantidades que mais lhe agradarem  dos ingredientes.

Pique tomates, cenouras, alhos porós, salsões, cebolas roxas e repolhos.

Numa panela de fundo grosso, ponha azeite e refogue a cenoura, o alho-poró, a cebola, o salsão, alho e alecrim em fogo médio por 15 minutos.

Junte os tomates, adicione  o caldo (o real, por favor) e deixe cozinhar em fogo baixo por mais 15 minutos.

Acrescente os repolhos e cozinhe por mais 10 minutos.

Adicionee manjericão e cozinhe a massa (a Dé fez a nossa)  na sopa.

Tempere e sirva com azeite e parmesão. Uma sopona reconfortante e que tem um peso inimaginável. Não precisa nem dizer que a Dé adorou.

Como o próprio Jamie diz, há vários minestrones em toda a Itália. Os ingrediente mudam conforme a estação do ano. Se faz até com hortelã e manjericão no verão. Ou seja, se você quiser fazer o seu, escolha os seus ingredientes e vá fundo.

Continuamos com o Salton purezado e nos permitimos emitir uma opinião sobre a combinação: bom, salbom, verão no outono.

Principal – Taglietelle com abobrinha, limão e manjericão.

Este prato é leve e aromático, segundo o Jamie.

Este prato é leve e aromático, segundo nós mesmos.

Frite um pouco de alho em azeite sem deixar dourar. Adicione abobrinha fatiada finamente e mexa suavemente por 2 minutos.

Borrife suco de limão, junte manjericão e cozinhe por um pouco mais de tempo.

Enquanto isso, cozinhe o tagliatelle al dente em água fervente com sal, escorra e junte a abobrinha. Tempere (sal e pimenta) e acrescente o parmesão ralado.

Ah! Aproveitei que a Re tinha feito um franguinho (receita do Jamie tambem) no final de semana e dei uma incrementada no penoso.

E como ela, a Re, estava por aqui e precisava comer antes, fiz um pratinho pra ela.

Já o nosso, servi salpicando com um pouco de manjericão e parmesão.

Taí um prato simples e mediterrâneo. Pra fazer naquelas noite em que se está com larica e sem muita vontade de cozinhar coisas complicadas.

Tomamos um tinto Cavas de Perdriel Syrah Malbec 2006 Mendoza que foi “reconfortante, reforcontante, cortante“.

Sobremesa – Frutas assadas

Não subestime a simplicidade das frutas da estação frescas e maduras. Experimente assá-las – elas assumem um carater totalmente diferente.

É isto mesmo.
Peguei morangos, figos,  e coloquei no meu grill George Foreman.

Servi com um sorvete de limão siciliano (aquele) e não deu nem tempo de olhar direito pra tudo.

Desceu redondo! De primeira, como citou o próprio Jamie.

Eis a opinião dos dois mosqueteiros (é, mais um cano do Déo):

Jantar sobre medida e uno spetaccollo! Tudo perfeito do primo piatto a sobremesa! E limpinho. (Edu)
Grandissíssimo Jamie (um legitimo oriundi). (Mingão)

-“Um dos melhores chefs jovens da Inglaterra”
– “Eu amo a comida do Jamie. Tão simples e despretenciosa, mas absolutamente deliciosa” |
– “Adquira o livro: é irresistível”
– “O chefe mais quente do pedaço”
– “Simplesmente delicioso”.
Tudo isto é o mínimo que se fala por aí sobre a comida e sobre o próprio Jamie!!

Imagine se ele tomasse um banhozinho e lavasse as mãos!! rs

Bye.

.

22 Responses to “dcpv – jamie, o seboso.”


  1. 1 Isabela julho 20, 2010 às 8:01 am

    Morri de rir do título: Jamie, o Seboso! Também acho ele bem porquinho (lambe os dedos, apoia as coisas na barriga, dentre outras que você citou, rsrsrsrs) mas adoro os programas e as receitas dele e, principalmente, o jeito dele de fazer tudo parecer simples.
    Eu ganhei de presente o livro Jamie em casa, ainda não plantei nada, mas minha mãe está seguindo algumas dicas.
    Abs,
    Isabela

  2. 2 Mari Campos julho 20, 2010 às 8:17 am

    Grande noite, hein! Eu sou fa do Jamie tambem ha tempos, e tambem com as mesmas ressalvas de vcs. Mas também ja reproduzi varias receitas deles que tiveram um resultado bem saboroso e nada seboso :mrgreen:

  3. 3 Patricia Scarpin julho 20, 2010 às 8:22 am

    Hahaha, morri de rir com este post, Edu! Também acho que ele poderia ser um pouco mais limpinho, mas sou fã dele mesmo assim. Fui uma vez ao Fifteen e foi maravilhoso. Também estive no Jamie’s Italian e é muito bom (mas inferior ao Fifteen).

    Nesse friozinho fiquei com vontade de fazer esse minestrone!

    Beijo!

  4. 4 Ameixinha julho 20, 2010 às 1:28 pm

    Houve uma altura que o programa dele passou aqui na Tv, há muitos anos atrás, era eu adolescente 🙂 Há algum tempo comprei o primeiro livro dele e fiquei um pouco desiludida, não há muitas receitas que posso fazer por causa dos ingredientes que pedem, mas fiz algumas e gostei bastante 🙂 Ele tem mesmo cara de ser inglês mas até que é simpático 🙂

  5. 5 Sueli OVB julho 20, 2010 às 1:44 pm

    Edu, querido,
    Quanta saudade!
    O que mais me chama atenção no Oliver, depois da porcalhice, claro! é o “pêndulo”. Costumo dizer que ele parece elefante, está sempre se balançando. É rápido também, muito rápido. E falastrão. Ele desestrutura…
    Contorvércias à parte, ele cumpre seu papel e parece que os homens o admiram mais que as mulheres. Com todo o respeito ao sexo masculino. É que meu marido o admira mais que eu mesma e o acha ótimo, era o único programa culinário que ele se dignava a ver . Não será exatamente por ele ser meio porcão? Os homens costumam ser meio porcões na cozinha. Vide Olivier Anquier, Claude Troisgros e um inglês ou americano, não sei bem, bem antigo (um verdadeiro suino), todos bem porquinhos.
    A temperatura e a ansiedade estão crescendo. Assim como a responsabilidade.
    Até!
    Beijos
    Sueli

  6. 6 Cláudia julho 20, 2010 às 2:47 pm

    Rrss!Morri de rir, mas em matéria de sebo, vários chefs franceses (famosos) não ficam atrás. Nos programas de culinária que vejo na TV5 também tem muita falta de higiene. Se sabendo que estão sendo filmados, eles fazem tudo aquilo, fico imaginando na intimidade da cozinha do restaurante… Um horror!
    Abraços.

  7. 7 karie julho 20, 2010 às 4:14 pm

    rs, tbm acho o Jamie Oliver meio porquinho, já recebi um email sobre como os restaurantes e seus grandes chefs atuam, colocando a mão no pano de prato, na comida, na boca além de suas colherezinhas….enfim… acho nojo e graça ao mesmo tempo…
    Parabéns pelo site.
    bjinhos

  8. 8 Sueli OVB julho 20, 2010 às 5:17 pm

    CLAUDIA

    Ontem, vendo o programa Les escapades de Petitrenaud,na TV5, tive vontade de nunca mais entrar num restaurante.
    Foi brabo!

  9. 9 Fabi Artmann julho 21, 2010 às 2:55 pm

    Assisto os programas e aproveito dicas e receitas, mas confesso que ler o post me deixou com algumas ressalvas sobre itens que antes passavam batido…

    Muito original o Blog, gostei do tom de humor inteligente, realmente tem identidade própria, foi para minha lista de favoritos.

    Abraços;

    Fabi Artmann

  10. 10 eymard julho 21, 2010 às 4:23 pm

    Tudo um espetáculo! Eu gosto do prato bonito colocado na minha frente. Para ver, sentir e comer…ou seria sentir, ver e comer? Primeiro o olfato, depois os olhos? Ah, acho que porisso alguns restaurantes trazem os pratos fechados….para o sabor encontrar o olhar no mesmo tempo! E essa mania de cozinha aberta? Ou de se comer “na cozinha”? Ou de ficar no balcao ao alcance do chefe?
    Enfim, admito que aquela certa “displicencia” do Jamie, como se tudo fosse muito facil de ser feito e que voce nao precisa tanto capricho (ser um ourives na cozinha) exerce fascinio pois aproxima da maioria das pessoas. Pessoas como eu que nao poem a mao na massa….mas adoram levar a massa `a boca!!

  11. 11 eduluz julho 21, 2010 às 6:03 pm

    Isabela, também acho os programas dele muito legais. O problema é a sujeira e às vezes, a bocozice dele.

    Mari, concordo que as receitas são boas. São muitas vezes redundantes.
    Agora, o estilo rebelde-que-não-toma-banho não me agrada!! rs

    Patricia, quer dizer que o Fifteen é bom? A impressão que me deu ao ver o programa é que aqueles moleques não cozinham nada!rs
    O minestrone é pra ser feito!

    Ameixa, a mulherada está apoiando o figura. Quer dizer que inglês normalmente não é bonito?

    Sueli, é mesmo. Esqueci de como ele fica balançando de um lado pro outro.
    Parece criança querendo fazer xixi!! rs
    E também esqueci de como aquele Antonio que ele ama tanto é tão chato!
    Quanto a ser porcão, alguns homens não são. eu, por exemplo (pode perguntar pra Dé).

    Claudia, dá pra imaginar a quantidade de porcalhice pela qual pagamos fortunas. Agora, o Jamie, por ser um pospstar deveria caprichar um pouco mais. Pelo menos um banhozinho por dia já estava bom!

    Karie, na verdade eu não tenho nojo. Só acho estranho demais ele fazer tanto sucesso (até estrela de rock ele é, se bem que toca bateria . É meio Ringo, né Eymard?)

    Sueli, desista. O negócio é pedir sempre pratos bem quentes. Pelo menos eles estão desinfetados!!

    Fabi, legal que gostou. Vou linkar o seu também.
    Quanto ao Jamie, ainda bem que você vai prestar mais atenção aos “deslizes” dele!

    Eymard, acho que é tudo junto mesmo. Ou separado. Tanto faz já que a comida é toda sensorial, né não?
    Veremos brevemente esta coisa de comer na cozinha.

    Abs esterelizados a todos.

  12. 12 Ameixinha julho 21, 2010 às 6:18 pm

    Edu, é cara pálida he he Já a Nigella diz que também é meio porquinha na cozinha 🙂
    Os ingleses não são o povo mais bonito da Europa, é um facto!

  13. 13 Liliane julho 21, 2010 às 8:18 pm

    Sabe que ainda não vi a sujeira dele. Acho que o clima na Inglaterra não pede tanto banho como aqui(risos). Vc com seus textos deliciosos e as fotos da De, maravilhosas.

  14. 14 Joaquim julho 21, 2010 às 10:47 pm

    Edu ,Jamie é o máximo ,fui ao seu restaurante em Londres com minha filha ,não vale nada ,mas o cara é demais ,é um astro,não perco um programa.Minha filha teve uma página na internet intitulada “Quero casar com Jamie Oliver”,imgine a quantidade de meninas adolecentes que acessavem a página,aí ele casou e o projeto naufragou. Tenho todos os seus livros e gosto de suas receitas ,mas duvido que ele as faça tão bem como vc.Vc é um craque e estou com saudade daquela noite maravilhosa.Beijos em todos.Joaquim

  15. 15 Patricia Scarpin julho 22, 2010 às 9:40 am

    O Fifteen é excelente, Edu! Tivemos um five course dinner lá que foi fantástico. Além da comida divina, o atendimento era algo.
    Sinceramente, duvido que ele deixe tudo nas mãos daquela molecada – ele não é bobo, não. 🙂

  16. 16 Fabi Artmann julho 23, 2010 às 5:22 pm

    Boa tarde Edu

    Muito obrigada, já coloquei o banner do Blog “Da cachaça pro vinho” lá no Frigideiras.com.

    Abraços;

    Fabi Artmann

  17. 17 Luciana Betenson julho 24, 2010 às 11:19 am

    Adorei Edu 🙂 Este Quinta do Seival Castas Portuguesas foi o melhor vinho tinto brasileiro que eu já tomei! Bjs,

  18. 18 eduluz julho 28, 2010 às 12:44 pm

    Ameixa, concordo. A Nigella é meio-porquinha, mas pior, é muito fominha!!

    Liliane, você precisa prestar mais atenção no jeito que ele faz as comidas!! E grato!

    Joaquim, onde você está? Nós também estamos com saudades. Avise quando estiver por aqui.
    E ainda bem que a tua filha não casou com aquele porquinho!! rsrs

    Patricia, é claro que isto tudo é uma brincadeira (se bem que eu ainda o acho porquinho). E mais claro ainda que ele é um tremendo empresário!!

    Fabi, e eu também já coloquei o do seu.

    Luciana, este vinho foi enviado pela Sociedade da Mesa. Achamos muito bom!

    Abs limpinhos a todos.

  19. 19 Ka julho 29, 2010 às 9:00 am

    Inveja! Inveja! Inveja

  20. 20 eduluz agosto 8, 2010 às 8:43 am

    Ka, não tenha! rs

    Abs.

  21. 21 Lara setembro 17, 2010 às 6:52 pm

    Oi Edu!
    Meu marido adora seu blog!
    Acha vc o máximo e tal… (sem rasgação de seda)… rsrsrs.
    Viajamos para Paris em Julho e seguimos muitas das suas dicas! Foi maravilhoso…
    O que que é aquele Leon de Bruxelas??? Apaixonei…

    Hoje ele me enviou alguns links de posts seus… este foi um deles.
    Show! Fiquei com água na boca…
    Concordo com vc… o Jaime é meio “pig” mesmo! Além de ser muito bagunceiro e pilhado!
    Me fala uma coisa… o que acha do Claude Toisgros? (nem sei se já postou algo dele…)

    Abraços,
    Lara

  22. 22 eduluz setembro 23, 2010 às 1:22 pm

    Lara, parabéns pro teu marido. Ele sabe tudo! 🙂
    Quanto ao Claude, ele é excelente e o menu-degustação do Olympe é incrível. Só não gosto do programa atual dele que é bem chatinho (não dá pra contar a mesma piada o tempo todo).

    Abs


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 628 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,313,394 hits
julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: