Arquivo para 24 de julho de 2010

dia dos namorados no marcel

nosso amor é lindo! tão lindo!
12/06/10

Dia dos Namorados no Marcel.

Nós não podemos reclamar de 2010. Comemoramos dois dias dos Namorados. Um em pleno Marais e no restaurante Vins des Pyrenées.

O outro foi na praia e no Marcel, aquele em que brilha o chef Raphael D’Espirite.
Todo mundo sabe que o Marcel é famoso pela sua comida de primeira e especialmente pelos souflês que são feitos por lá.

E estranhamente nunca tínhamos ido. É verdade que já ameaçamos um montão de vezes (todo mundo diz que o menu-degustação dele é disparado o melhor custoxbenefício da cidade!!), mas desta vez não nos escaparia já que li que eles estavam fazendo reservas pro dia dos Namorados. Tudo bem que elas só eram feitas pras 20:00hs.

20:00 hs? É cedo, né? Mas é melhor ter a certeza deste horário do que a total incerteza que esta data proporciona.
Chegamos no horário e fomos encaminhados à nossa mesa. Estava bem iluminada, mas a luz amarelada não permitiu fotos muito boas.
O couvert era composto de pães fresquinhos e potinhos de vidro com saborosos geléia de tomate, patê de figado e manteiga . Ah! Também tinha um outro bom patê de presunto e batata.

O menu era especial e com algumas escolhas. Como as entradas eram duas e nós um casalzinho bonitinho e democrático, cada um escolheu uma.
A Dé foi de Creme de cogumelos e palmito pupunha. Suave, quentinho, muito bem temperado. Do jeito que a Dé gosta.

Eu escolhi uma salada de tomates confitados, pignolis, folhas de manjericão e pó de queijo branco. Um prato extremamente simples e saboroso. Como o amor!

Pra dar um pouco mais de romantismo, tomamos um Chablis 2006. Como todo bom vinho branco francês, este tinha um odor concentrado e amadeirado aém do perfume intenso.. Enfim, era bom pra namorar.

Seriam 4 as opções dos principais: duas de  frutos do mar (camarão e bacalhau), uma de  carne e um souflê, a tal especialidade da casa.
Não precisa nem dizer que a Dé escolheu o suflê de queijo brie e aspargos . E que se deu bem já que ele representava e muito bem a fama do Marcel/Raphael.
Dá pra falar que a “criança” topetuda, quase um Elvis gastronômico é mesmo um espetáculo!!

Eu, o Mr Frutos do Mar, escolhi os camarões ao creme de açafrão e alho porró com tagliatelle de cenouras.  O molho estava super cremoso e a flor de capuchinha junto com as folhas amargas dela deram uma pegada a mais aos camarões carnudos e ao ponto..

Como o próprio dia pedia, tudo teria que terminar com açúcar e com afeto. Um trio de mini-sobremesas foi servido : creme-brulée, mousse de chocolate e tortinha de maçãs.
Faltou o docinho de coco, mas eu nem senti a sua ausência  já que estava com o meu: a Dé!!

Prontíssimo. Restaurante devidamente conhecido (voltaremos brevemente) e com a fama confirmada. A comida do Raphael é muito boa e fica melhor ainda quando experimentada com romantismo.

Abs e bjs para todos.  O amor é lindo!

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 661 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.418.225 hits
julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios