Arquivo para 18 de novembro de 2010

piemonte – secondo giorno – andando muito em turim

Piemonte –  Secondo Giorno – Andando muito em Turim

Chegamos tarde demais ontem.
Tres horas da manhã não é um bom horário pra se ir dormir justamente no primeiro dia de viagem e logo após 11 hs de vôo.

Consequencia? Acordar tarde e ter que correr bastante pra conseguir sair às 10:30hs.

A Lourdes e o Eymard já estavam prontos. Tomamos um café rapidinho no Eataly (é claro que aproveitamos pra marcar uma visita nesta noite mesmo e de gala, pois iríamos jantar por lá além de fazermos algumas comprinhas ) .

Vale até um breve fotoblog pra mostrar a capacidade do lugar:

Dali fomos pro centro de Turim. E vou logo dizendo o que já desconfiávamos: a cidade é uma beleza e tem um charme único.

Várias edificações com uma arquitetura marcante e…

… demonstrando o porque dela ser conhecida como a Cidade dor Reis.

Aproveitamos o embalo e visitamos o Museu Egípcio.

É um dos melhores museus sobre o assunto no mundo e tem um trajeto fixo que te faz conhecer como era o (interessante) dia-a-dia dos faraós (e dos “fariseus” também).

Almoçamos no Caffè Torino, um estabelecimento tradicional da capital do Piemonte.

Capreses pras senhoras,…

vitelos tonatos pro senhores, …

…. macarrão com camarão e abobrinha pra Lourdes, …

…  e penne ao molho de ragu de lingüiça pra Dé.

Agnolotti ao ragu de vitela pro Eymard…

… além de maltagliati mar e monti pro Jacques Cousteau, euzinho.

Tomamos um tremendo Barbera  d’ Asti Renato Ratti 2009 e voltamos ao frio e pra chuva.

Ainda bem que Turim (assim como Bologna) é tida como uma das cidades  com a maior quantidade de calçadas protegidas da Itália.

São kms e mais kms de vitrines cobertas e seguras contra qualquer acidente geográfico.

Ainda conseguimos passar num supermercado e num shopping que são contíguos ao hotel e que ficam no Parco Lingotto.

Tomamos uma Viuvinha pra não perder o clima da viagem e nos prepararmos pra mais uma visita (conforme o prometido) ao verdadeiro sex shop.

Impressionante como o Eataly é tudo aquilo o que qualquer gastrônomo sonha.

Ótimos ingredientes com uma variedade infinita  e um visual que te deixa com vontade de consumir tudo o que vê. Sabe aquela propaganda da Heineken em que os homens entram num closet, se deparam com um montão de cerveja gelada e urram. Pois é isso! 🙂

Resolvemos jantar por lá mesmo. E o que parecia fácil, ou seja, comer uns fromaggi e uns salumi, se transformou num pesadelo já que o atendente do balcão nos avisou que a partir daquele horário, “solamente pani  e acqua“.
Demos um pulo na adega que fica no subsolo  (mais de 28000 garrafas), descobrimos uma sala de maturação de parmegiano, …

… outra de prosciutto,…

… mais uma de culatellos, …

… um restaurante pequenininho que ainda estava atendendo …

 … e  com o fato positivo de podermos escolher qualquer  vinho e o tomarmos pelo preço de venda na gôndola.

Brindamos e tomamos um sublime Dolcetto que compramos pela bagatela de 18 Euros. Comemos uma tábua de queijos DOP …

… além de dois hambúrgueres e …

… dois “buoníssimos” gnocchis .

Tudo esteve excelente com exceção dum tiozinho que estava ao nosso lado e que brigou tanto com a mulher dele que chegou a mandá-la “vaffanculo” a plenos pulmões.
Coisas de italianos, estes passionais. rs
Ah! Fechamos o estabelecimento (este foi um de tantos durante a viagem).

Até amanhã quando finalmente conheceremos o tão famoso Piemonte.

E as trufas brancas!

Ave.

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 661 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.415.875 hits
novembro 2010
S T Q Q S S D
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios