Arquivo para 22 de janeiro de 2011

dcpv – o mundo é um pisello. e o plural deles fica ali nos jardins.

o piemonte é aqui
22/12/2010

O mundo é um pisello. E o plural deles fica fica ali nos Jardins.

Alguém já se sentiu como se estivesse no filme Feitiço do Tempo (Groundog Day)?

Pra quem não lembra, é aquele em que o maluco do Bill Murray acorda todo dia no mesmo dia. E ele tem a oportunidade de ir melhorando em cada um dos dias até o transformá-lo, o dia,  no mais ideal de todos.E a si mesmo, claro!
Pois foi este tipo de sensação que tivemos ao juntarmos novamente o grupo que viajou ao Piemonte aqui no restaurante do nosso guia, o Juscelino do Piselli (grupo? Lourdes, Eymard, Dé e eu!).
Se bem que no nosso caso, já começamos praticamente no final do filme, ou seja, o dia já estava na fase ideal! rs

E incrível como mais uma vez (e parodiando o nosso guru) tudo foi maravilhoso. (ouça a música I got you babe by Sony &Cher)
Antes disso, na noite anterior, a Lourdes e o sócio já tinham dado uma passada na sede pra saber como tudo funciona. Fizemos a reunião de demonstrativo do balancete de todo o Conglomerado Longueluz e acertamos os detalhes pro lançamento das nossas ações na Bolsa, viu Kika e Madá!  

Como comemoração dos bons resultados, aproveitamos pra estender este meeting até a famosa praia, onde está localizado o Piselli.
Alguns participantes não puderam comparecer por motivos de força maior (a Mônica e o Duto), mas mesmo assim tivemos que nos “sacrificar”.

Chegamos lá e o Juscelino estava a postos e na  mesa número 4. Nos saudamos e atacamos o couvert sempre caprichado do Piselli: pães quentinhos, uma focaccia de primeira, a pasta de ervilhas (uma marca registrada) e a manteiga fresquinha.
E como falamos sobre o nosso tour mágico pelo Piemonte (ouça I got you babe.)
O Juscelino foi até a cozinha montar o nosso menu degustação (inclusive, com a boa memória de sempre se lembrou que a Dé não é uma grande fã das carnes vermelhas) e voltou logo pra retomarmos o nossso papo.

Enquanto isso, começava o paralelo desfilar de grandes vinhos. Um branco Roero Arneis 2007 Vietti (nosso companheiro de algum jantar piemontês) foi aberto e serviu de acompanhamento pra entrada, um tartar de granchio com uovo de aringa e insalatina que estava sublime (ouça I got you babe ).

Conversamos muito e sobre tudo. Viagens, comidas, negócios, amizades; só não falamos sobre a exposição de fotos que o Duto (gratíssimo) brilhantemente tirou lá no Norte da Itália.
Acho que teremos que marcar mais uma destas reuniões, né sócio? Continuamos o nosso tour com aspargos grelhados com fondutta de queijo Fontina que estavam de delirar de tão bons. A Dé que é uma admiradora incondicional deste legume, delirou mais ainda.

Harmonizamos com um Dolcetto d’Alba 2006 Roche dei Manzoni. Se combinou? Nada a declarar!

Mais conversas e mais uma especialidade piemontesa. Um ravioli recheado de gema caipira ( e que gema!), aspargos e queijo taleggio servido com crema de tartufo. Este só faltou a Cher, aquela, entrar no Piselli entoando o I got you babe.

Pra melhorar (se é que seria possível) um tinto Barbaresco Rabajá 2003 Giuseppe Cortese.  

Estávamos chegando ao final (calma que é da parte salgada) e a trufa della trufa surgiu: um carré de cordeiro assado na lenha e servido com o seu molho acompanhado dum risotto (al dentíssimo) de queijo Castelmagno. Como diria alguém conhecido, estava ma-ra-vi-lho-so.

É claro também que o Juscelino trocou o carré da Dé por um belíssimo bacalhau fresco. Não ficou atrás do cordeiro!

A esta hora, estávamos todos virando os olhos. Mas mesmo assim, não sofremos quando o Juscelino disse que a sobremesa estava vindo.
Um tiramisu di panetone (isto é que é festejar o Natal) delicioso e estiloso …

… com um Moscato d”Asti Moncalvina Coppo (este eu também trouxe) de colocar atrás da orelha de tão perfumado.

Presto! Relutamos um pouco, mas como foi o Juscelino que ofereceu e seria uma grande desfeita, aceitamos (eu e o Eymard) uma dose de grappa do Gaja.
Finito! Foi um jantar digno do Piemonte. Melhor, digno da nossa viagem ao Piemonte.

Só faltou uma coisa: um pocket show do UB40 & Chrissy Hinde (bem melhor que o original) tocando aquela música que vocês já sabem qual é …

Ciao.

PS – O Juscelino co-escreveu o guia Itália, pra comer e beber bem (a venda nas melhores livrarias), que é pocket e cabe no bolso, com grandes dicas de restaurantes em toda a Itália. É obrigatório em qualquer viagem à Bota! O nosso já está guardado e devidamente autografado.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.428.404 hits
janeiro 2011
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Atualizações Twitter