dcpv – piemonte – ottavo giorno – il luogo di aimo e nadia: que lugar!

05/11/10

Piemonte – Ottavo Giorno –  Il Luogo di Aimo e Nadia: que lugar!

Depois de ficarmos praticamente despreocupados quanto a programação, voltamos a ser responsáveis por ela.

E uma vez estando em Milão, nada melhor do que caminhar.

Iniciamos o dia tomando um lauto café da manhã no hotel. Logo em seguida, fomos passear  e rumamos sentido Duomo.

Passamos pelo lendário Teatro alla Scala, palco de grandes espetáculos e vimos um pessoal literalmente carregando o piano.

Atravessamos a Galleria Vittorio Emanuel II, uma maravilha da arquitetura italiana e…

… um lugar muito charmoso.

Mais uma pequena andada e estávamos no Duomo, talvez o lugar mais representativo da cidade.

Ele é altamente impactante tanto externamente …

… quanto internamente.

Visto por baixo se tem uma boa impressão de como ele é …

… e da cobertura, te dá a absoluta certeza do porque dele ter demorado tanto tempo pra ser construído.

É impressionante a quantidade de detalhes e …

… fica mais fácil ainda imaginar a pesquisa,  o trabalho e o sacrifício que foram feitos pra finalização do projeto..

Pra harmonizar mais um pouco, passeamos ao som duma banda de fuzileiros com direito a exposição de aviões e …

… viaturas das mais antigas. Curioso!

Fomos almoçar numa trattoria legitimamente milanesa, a Milanese.

E degustamos alguns bons exemplos da culinária local: ossobuco com risoto a milanesa,…

… troffie com vagem e pesto e …

… ravioli ao molho de burro.

Um vinhão da casa e …

… a mais absoluta certeza se abateu sobre nós: não é a toa que os nossos irmãos italianos valorizam tanto uma boa refeição.
Continuamos o tour passando pela Ladurée (o Eymard não resistiu, viu pessoal do Conexão Paris), …

… pela Princi, uma padoca toda estilizada e …

… com um visual de fazer qualquer um perder a cabeça e a linha.

Seguimos de volta com o glamour do quadrilátero da moda: são lojas e mais lojas das grifes mais famosas do mundo na Via Montenapoleone.

Todas espetaculares e com preços proporcionais.

Mas Milão, especialmente nesta região, é um grande passeio antropológico pois se vê absolutamente de tudo. Carros, máquinas, malucos, turistas …

Voltamos ao hotel  pois faríamos o jantar de despedida do grupo (não se esqueçam: nós 4 e o Juscelino) no famoso restaurante Il Luogo di Aimo e Nadia.

Chegamos por lá com aquela sensação que acontece nestas situações: mais um jantar e se bobear, com os mesmos (bons) pratos italianos da gema.

O lugar é extremamente bonito. A estrutura é simples e chique. O toque especial é dado pela colocação de obras de arte coloridas nas paredes.

O Sr Aimo estava nos aguardando e vimos qual seria o nosso menu-degustação. Era curto pros padrões italianos (a Dé a e Lourdes adoraram), mas mostrava-se muito interessante.

É claro que os famosos grissini não poderiam faltar (Inlight Guides : 19,5).

Começamos com um piccolo: um caldinho com aliche fresco e um toque de pomodoro. Simples e um néctar.

Assim como o vinho branco Bussiolo 2005 do Aldo Conterno. Outra jóia!

Em seguida, uma sopa light (??) de bacalhau com feijão branco, grão de bico e tripa. Tripa? Sim e tão gostosa que a Dé comeu (só ficou sabendo depois!)  e eu aproveitei pra retornar este ingrediente à lista dos que eu aprovo.

A conversa rolava solta (o nosso amigo Juscelino estava terminando de nos contar a sua saga); o Sr Aimo passava constantemente na nossa mesa pra receber os louros por suas obras-primas. Foi  quando chegou a masterpiece: um spaghetti  di grano duro varietá senatore Cappelli ao cipolotto e peperoncino. Um espaguete com cebola e pimenta.

Olha, era só isso, mas de repente se descortinou aquilo tudo o que você sonha numa comida: conforto, sabor, carinho e memória.

Sabe aquele prato que você nunca comeu, mas que você tem quase certeza que já experimentou? E que gostou.

Um pratinho de frutos do mar chegou como um brinde, um agrado. Ôpa, o jantar frugal já não estava tanto assim.

Mais um vinho branco e evoluímos pruma rabada desfiada com purê de batatas que simplesmente complementou a excelência de tudo.

Por incrível que pareça e após comer bem em tantos lugares, viemos encontrar uma das melhores refeições de todas as que provamos aqui no Aimo.
Ainda experimentamos as sobremesas : um bolo, um hot pie de chocolate (todo mundo adorou) e…

… um sorbet de uva com chips de laranja que simplesmente relembrou todos os sabores que experimentamos neste tour.

Que noite! Que refeição! Só na Itália mesmo!

E como a ocasião merece, um brinde ao  D Nadia e o Sr Aimo por manterem  este amor e esta paixão pela nobre arte da gastronomia.

Nós todos agradecemos.

Arriverderci.

17 Responses to “dcpv – piemonte – ottavo giorno – il luogo di aimo e nadia: que lugar!”


  1. 1 eymard janeiro 25, 2011 às 12:14 pm

    Edu: até pé sujo (ou sujinho em alguns lugares) fica “chic” em Milao. O post de hoje esta de uma elegancia impar. A começar pelo template. Milao é imponente e voce disse tudo sobre Nadia e Aimo. A elegancia em pessoa. Simples e sofisticado. Quem ficar curioso com o macarrao pode conferir a receita que deixei escrita la no Comensais. Fui lendo o post e “salivando” com a sua descriçao e com as fotos da De (sempre perfeitas).

  2. 2 eymard janeiro 25, 2011 às 12:16 pm

    ah…e a Laduree? Nao resisti mesmo (Lina, me acuda!!!!) Foi como entrar na embaixada da França em conexao direta com Paris….(rs)

  3. 3 Dani janeiro 26, 2011 às 7:22 am

    O que eu acho legal na cozinha italiana é a simplicidade impactante das combinações e dos sabores. É genial por isso!
    Não conheço Milão, só passei certa vez indo de Verona a Roma, mas uma amiga de infância se mudou para lá. Quem sabe?

    Abs!

  4. 4 Kika Mello janeiro 26, 2011 às 12:02 pm

    Fiquei com muita saudade de Milão, e até de andar no maravilhoso telhado do Duomo protegida pelo olhar da Madonnina… Esplêndido!!
    Esta viagem é uma maravilha a cada canto:sabores, imagens,impressões.
    Deu muita vontade de conhecer a deliciosa comida italiana do Sr.Aimo e Sra. Nadia que, nas palavras do nosso querido connaisseur da Inlight Guides, ‘descortina conforto, sabor, carinho e memória’.
    Também adorei todas as máquinas fotografadas, especialmente a Panamera Turbo preta da via Montenapoleone… Ai, ai, ai …o endereço faz ela ficar ainda mais poderosa! E ainda mais desejada!
    Coincidência: a capa da revista RedReportt da TAM de dez/Jan 2011 justamente tem Milão como reportagem de capa…
    Um abraço .

  5. 5 Beth janeiro 26, 2011 às 10:09 pm

    Edu
    Viajei direto com vcs!
    24 horas na deliciosa e requintada Milão é tudo de bom!
    Gostei de tudo, das fotos e dos menus cuidadosamente escolhidos.
    Para ser bem honesta, mergulhei no texto e nas ilustrações e custei a sair…
    Que os amantes da Itália me perdoem, mas fico com Milão e não abro!
    Bjs.
    Beth

  6. 6 Sueli OVB janeiro 26, 2011 às 10:34 pm

    Edu,
    Que maravilha! Já virou lugar comum, mas dizer o quê?
    Tudo bom demais, bonito demais, ilustrado demais.
    Parabéns a vocês, por essa viagem, por essa amizade, por esse carinho e cuidado no mostrar as coisas boas da vida.
    Depois de babar muito no teclado, vou tomar um iogurtinho, porque ninguém é de ferro. Mas pensando, é claro, nesses macarons Ladurée. Snif…
    Beijos

  7. 7 eduluz janeiro 30, 2011 às 6:40 pm

    Sócio, foi um ótimo dia com a refeição sendo a cereja do bolo. Eu não me atrevo a fazer esta receita do jeito que está lá. Pra mim ela é irreproduzível. Mas prometo fazer uma adaptação! rsrs
    Quanto ao Ladurée, você mais parecia uma criança indo pra Disney.

    Dani, é isto mesmo. É tão simples e tão bom que só pode ser inesquecível. Vá pra Milão. É uma São Paulo com classe!

    Kika, nós andamos (com exceção dum integrante! rs) no telhado e ficamos bem pertinho da Madonina.

    Beth, concordo e discordo. Ficamos com Milão e com a Itália inteira também.
    Ficamos mais dois dias em Milão. Fomos no Gold.

    Sueli, vocês só pensam em macarons. Acho que isto é uma “conexite”. 🙂

    Abs milaneses par vocês.

  8. 9 eduluz fevereiro 24, 2011 às 11:37 am

    Facebook, nós também gostamos de você.

    Abs milionários.

  9. 10 Celia março 3, 2011 às 8:34 am

    Gostei muito da materia, mas… porque no titolo vc escreve Piemonte quando na verdade està falando da Lombardia??

  10. 11 eduluz março 6, 2011 às 11:37 am

    Celia, grato pela passagem. Na verdade este post faz parte da nossa viagem ao Piemonte. Daí a citação errônea.

    Abs lombardianos pra você

    • 12 Celia março 7, 2011 às 8:27 am

      opss!! Peço desculpas pela minha gafe, mas eu li sò os dois post onde vc descrevia a Lombardia e nào li os anteriores do Piemonte.. nào sou Italiana mas moro no Piemonte e me senti un pouco ofendida 😉 rsrsrs è um pouco como a eterna briga entre carioca e paulista, catarinense e gaucho… 😉

      Abs piemontese pra vc

  11. 13 eduluz março 10, 2011 às 7:44 pm

    Celia, sem problema. Deu pra perceber que nos tornamos fãs incondicionais do Piemonte, né não?
    Aproveitando a oportunidade, você não gostaria de indicar um menu piemontês pra nós e assim participar dos Inter Blogs, já que apesar do teu blog não ser gastronômico, é muito interessante?

    Abs ferrazenses pra vc.

  12. 15 eduluz março 15, 2011 às 12:30 pm

    Celia, já te mandei um e-mail com os detalhes e a data (janeiro/12).
    Ôba, comida piemontesa no pedaço!

    Abs tartufosos .

  13. 16 dehfive junho 13, 2012 às 2:32 pm

    Ei!
    Estou indo morar em Milão no próximo ano e queria dicas! 🙂

  14. 17 eduluz junho 18, 2012 às 6:19 pm

    Dehfive, ei: não tenho a mínima idéia de que tipo de dicas você quer!

    Cinco abraços pra você.


Deixe uma resposta para Sueli OVB Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 657 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.441.225 hits
janeiro 2011
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: