36º IB – Frango com Banana no dcpv

número 281
25/01/10

36º IB Frango com Banana no dcpv.

Legenda azul = Rê e Fran. Preto = dcpv

Edu, juro que não nos esquecemos de vc! Voltamos de viagem na última quinta e estava vendo com a Fran os últimos ajustes.

Eu sei disso, Rê e Fran. Assim como eu também não esqueci de passar no excelente Frango com Banana, o blog descontraído e muito bacana que vocês fazem.
É que , as vezes, temos tanta coisa pra fazer que parece que o dia não tem 24 hs, né não?

E olha que foi há mais de um ano (exatamente em 18/11/2009) que eu perguntei pra você, , se queria participar do 36º IB  (quer saber o que é?) e você além de responder sim, ainda disse:

Olha, eu sou jornalista, como você sabe, portanto, uma farsa!!! Mas fiquei super lisongeada pelo convite, ainda mais que 36 é o meu número da sorte… :))

Por falar nisso, porque 36 é o seu número de sorte?

Na verdade, eu estava com fixação em lhe enviar uma das receitas mais típicas de Tatuí que é o arroz com suã. Ela é a minha cara, simples, prato único. Mas como é mega pesada, não conseguimos casar o cardápio com algo mais elaborado. Ficaria muito “simprão”…

Fora que a aparência não agrada tanto, como vc pode comprovar (http://www.frangocombanana.com/2008/09/arroz-com-su.html).
Tem uma versão mais leve e tb típica, arroz com frango (http://www.frangocombanana.com/2010/07/arroz-com-frango.html).

Fica aí para vc testar com sua tchurma. É muito bom.

Prometo que testaremos, mesmo porque ainda não passou por aqui alguma coisa considerada pesada pro nosso estômago.

Bom, daí sugeri para a Fran pensar em algo com outra coisa típica tatuiana, o mingau de milho verde. E ela inventou um petit gateau, espero que agrade.
Nós pensamos em um cardápio caipira, com alimentos simples: milho, carne de porco, frutas… sem grandes salamaleques.

Caipira? É com “nóis memo!” 

Só uma coisa muito importante. Fique à vontade para nos sugerir outros pratos, se algum não lhe agradou ou se já existe algo parecido nos 35 IB anteriores — O número 36, apesar de ser meu número da sorte, tem lá suas complicações. Pode palpitar, de verdade.

Pra dizer a verdade, eu sugeri, sim. Uma outra entrada que a Re me mandou o mais rápido possível ( a da polenta). Vamos lá:

ENTRADAS

Salada de pêra grelhada e tapenade com figo seco.

 Ô pratinho gostoso. Não dá nenhum trabalho pra preparar, mas o contraste da pera grelhada com o aceto é uma belezura, além do frescor dos miniagriões vindo diretamente no nosso futuro patrocinador. 

Não esqueçamos da  “diferentice” da tapenade.

O que usar:
Para a salada:  1 maço de mini-agrião, queijo meia-cura ralado, lâminas de pêra grelhadas no balsâmico*,  flor de sal.

* Deixe as lâminas de pêra por 5 minutos de molho no vinagre balsâmico. Em seguida, grelhe a pêra.

Para a tapenade: -1/2 xicara de azeitonas verdes, 1/2 xícara de azeitonas pretas, 1 colher de sopa de alcaparras, 1/2 xícara de figo seco, 1 latinha de anchovas.

Pique tudo. Se preferir use o processador, pois a textura deve ser de uma pastinha.

Montagem: Em uma cumbuca faça uma cama de agrião, distribua algumas lâminas da pêra, o queijo, faça uma quenele da tapenade e coloque sobre as peras.

Bocaditos de polenta aos tres gostos.

O que usar:  200 g de polenta pronta para cozinhar, sal, 125 g de parmesão ralado, 3 tomates, 1 dente de alho, pimenta do reino, 3 colheres de azeite, 1 abobrinha, ½ pimentão amarelo, ½ pimentão vermelho, vinagre balsâmico, 5 fatias de presunto cru, 5 bolinhas de mussarela de búfala, ervas a gosto (salsinha, manjericão…).

Como fazer: Junte 500 ml de água salgada com a polenta, deixe repousar alguns minutos.
Adicione o parmesão. Espalhe a mistura em uma assadeira fazendo com que fique com uns 2 cm de altura, deixe esfriar.

Corte a polenta fria em 15 quadrados, pincele azeite, leve ao forno para dourar.

Enquanto isso, pique os tomates, sem semente e sem pele, em cubinhos, tempere com sal e pimenta e ervas.

Separadamente, corte a abobrinha e os pimentões em tiras finíssimas.

Aqueça no azeite, refogue a abobrinha e o pimentão e tempere com vinagre balsâmico.

Montagem: Divida a polenta em 3 grupos.
No primeiro coloque sobre a polenta o tomate com ervas.

No segundo, o presunto, a mussarela e uma erva, pince com palito para segurar.
No terceiro, o refogado da abobrinha e pimentão.

Caramba, 3 movimentos em busca do paraíso.

Formaram um conjunto perfeito (por favor, pronuncie esta palavra com um “erre” bem puxado. Como se você morasse em Piracicaba! Ou em “Tatuir”. rs)

Tomamos (o Déo, pra variar, faltou. Está pertinho do jubilamento)  um vinho branco Chardonnay Bodega Etchart 2009 que foi “personalidade, tatuino, rubinoso” segundo os matutos.

PRATO PRINCIPAL

Petit gateau de mingau de milho verde com costelinha de porco

Petit gateau de mingau de milho verde? Salgado? Esta nós queríamos ver. E principalmente, comer.

Mingau:

O que usar :  5 espigas de milho (que renderão 0,5 litro de caldo de milho), 1/2 litro de água, 1/2 colher de sopa de manteiga, 1/2 cebola picada, 1 dente de alho picado, 1 tablete de caldo de galinha, sal e pimenta a gosto.

Como fazer:  passe a faca na espiga e com o mínimo de água, bata o milho no liquidificador. Peneire. Se você achar que ficou ralo demais, junte uma colher da mistura que ficou na peneira ao líquido. Reserve.

Derreta a manteiga e refogue o alho e a cebola. Depois junte o tablete de caldo de galinha e 1 litro de água.

Quando a água estiver quase fervendo, junte o caldo de milho aos poucos. Mexa sem parar por cerca de 30 minutos.
Tempere com sal e pimenta

Petit Gateau:

O que usar:  400 ml de mingau de milho, 200g de manteiga, 4 ovos, 4 gemas, ¾ xic de farinha de trigo.

Como fazer : derreta a manteiga no microondas. Junte o mingau com a manteiga.

Bata os ovos, as gemas, a farinha de trigo e por último, a mistura do mingau no liquidificador.

Adicione o petit gateau em forminhas untadas com manteiga e um pouquinho de farinha. Congele.

Para assar, pré-aqueça o forno a 180 graus por 15 minutos. Coloque a forminha por cerca de 5 minutos.

Dica: Ao olhar dentro do forno o centro do bolinho tem que estar cremoso e as bordinhas assadas, na hora de desenformar passe uma faca ao redor para desgrudar da forminha e gire com cuidado no prato!

Aqui aconteceu um pequeno stress: o tal do petit gateau ficou no forno por 5 minutos, mas não assava! Insisti mais um pouco e o danado resolveu ficar dourado. Apesar de ter ficado com uma cara de souflé, resultou delicioso.

Costelinha de porco na brasa.

Sabe que nunca fizemos nada na churrasqueira em todos os IBs?

Bom, sempre existe uma primeira vez, né Rê e Fran?

E aproveitei pra fazer exatamente igual ao prescrito abaixo.

O que usar :  1 peça de costela de porco, limão taiti, sal, alho laminado (Para cada prato, use 2 costelinhas).

Como fazer: tempere a peça e envolva a costela no papel alumínio com a gordura para baixo e a coloque na churrasqueira com carvão.

Deixe por 1 hora, depois vire a peça e deixe mais 1 hora. Desenrole do papel alumínio, deixe dourar por 15 minutos e corte a costela em ripas.
Sirva com petit gateau de milho.

E por incrível que pareça, ficou tão bom que até  a  Dé comeu!

Façam, pois ficou como se estívessemos comendo “aquela” leitoa!  (no bom sentido)! 🙂

Entornamos um vinho tinto Garnacha Evohé 2009 Bajo Aragon Espanha que foi “aperol, renato, livia” segundo os adoradores do Tonico&Tinoco, nós mesmos. 

SOBREMESA – Banana e Queijo Coalho ao Melado de Cana e CanelaO que usar: 1 banana da terra, 2 queijo coalho no espetinho, 4 colheres de sopa de melado de cana, 1 xícara de chá de água, 2 canelas em pau, 2 colheres de sopa de açúcar, 1 colher de chá de manteiga sem sal.

Como fazer: retire o queijo do espeto e grelhe até ficar dourado.

Descasque a banana e corte ao meio (como uma barquinha).

Em uma frigideira, aqueça a manteiga e frite rapidamente a banana. Retire e reserve.

Na mesma frigideira adicione a água, o açúcar, o melado e a canela. Deixe ferver por 8 minutos, volte a banana nesta calda e aqueça por mais 5 minutos.

Depois de pronta, arrume em um prato a banana e o queijo por cima. Regue o queijo e a banana com a calda que ficou na frigideira.

Caramba! Já fizemos uma sobremesa parecida (alguém se lembra quando?), mas esta ficou especial.

Cremosa, doce, saborosa e apetitosa (né, Mingão?).
Que regabofes, Rê e Fran. Foi tão “bão”, mas tão “bão” que nos sentimos como se estivéssemos pescando e contando causos na beira do rio!

Eis a opinião dos caipiraços:

Comida especiar! Completamente especiar! Tatuir em Ferraiz. Tudo perfeito. E especiar! (Edu)
Espetacular, parabéns Frango com Banana e agradecimentos especiais ao Déo pela falta (sobrou mais de tudo). Maravilhoso. (Mingão) 

E as nossas flores virtuais que só poderiam ser do campo:

Na verdade são do nosso jardim e advindas de sementes genuinamente italianas .

Gratíssimo, Re e Fran, pela participação, pela troca de informações e pela oportunidade de divulgarmos mais ainda a bela gastronomia brasileira. 

Se quiser trocar figurinhas, se quiser alguma modificação, se tiver dúvidas, estamos à sua disposição.

Bjão e desculpe-me pela demora!!!

Demora? Demora nenhuma. Bjão de todos pra vocês também.

Inté!

 PS – O próximo IB, 0 37º será com o cientista gastronômico Vitor Hugo do excelente blog PratoFundo. O que será que acontecerá? (dica: esfregue as mãos como aqueles cientistas dos filmes).

.

9 Responses to “36º IB – Frango com Banana no dcpv”


  1. 1 eymard janeiro 31, 2011 às 8:35 am

    Uai so, mais esse trem foi bao dimais!!!!! A foto da De, devorando a costelinha esta especial! Aposto que o Mingao repetiu a sobremesa (só a sobremesa?). Olha, senti o perfume e o gosto desta costelinha daqui (rs). Fiquei na duvida se o petit gateau funcinou como tal (cremosinho por dentro; derretendo….) ou se ficou mais para “bolinho”. De qualquer forma gosto de pratos com milho (salgados ou doces) e a idéia é muito boa. Janeiro é temporada de milho, nao é? Pamonhas, pamonhas, pamonhas…pamonhas de Pi…(deixa pra la)! Abraços e boa semana.

  2. 2 eymard janeiro 31, 2011 às 8:37 am

    ah, quanto ao proximo (pratofundo), nao é que o template dele é um pisello?? (rs) Isso vai dar samba!

  3. 3 Renata janeiro 31, 2011 às 9:14 am

    Edu, ficou muito bacana o post! Obrigada!

    As fotos ficaram lindas e os pratos, pelo que parece, bem apetitosos. O petit gateau realmente não ficou um petit gateau. Acho que a Fran vai ter de fazê-lo e nos convidar! 😉

    A polentinha ficou linda e a tapenade om figo, eu já sei, é muito saborosa.

    A costelinha farei em breve!

    Mais uma vez, obrigada pela oportunidade.

    Bjs e boa semana pra vc.

  4. 4 Fran janeiro 31, 2011 às 11:22 am

    Olá Edu!!
    Ainda não tinhamos conversado diretamente, só atraves da Re!!
    Mas eu não podia deixar de dizer que você “regeu” o menu com muito maestria..rs! Arrasou!!
    Ficou tudo com uma cara muito boa e, você captou todas as receitas perfeitamente!
    Prometo que vou fazer o petit gateau e postar no blog..rs
    bjs
    Fran

  5. 5 Ameixinha fevereiro 1, 2011 às 7:13 pm

    Ando desaparecida daqui mas gostei muito deste menú. Vidrei foi na primeira entrada… adoro pêras e balsâmico, deve ficar super especial 🙂

  6. 6 Márcia Lefouet fevereiro 1, 2011 às 8:50 pm

    Edu, meu caro,

    a sobremesa parecida não teria sido a cartola, no IB de que eu participei?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Continuo acompanhando tttuuuu-dddoooo por aqui – e fiquei estarrecida com a Dé comendo “churrasco”, hein????
    Bjs a todos, meus e de Guigão!

  7. 7 eduluz fevereiro 6, 2011 às 6:31 pm

    Sócio, foi muito bom (petit gateau à parte, se bem que o souflé ficou uma delícia).
    Quanto ao Prato Fundo, o Vitor já mandou o cardápio. Está uma beleza e faremos na volta!

    Rê, grato pela preciosa participação. Só o fato da Dé comer um pouco de carne já valeria a pena.
    Faça a costela. Ela é uma delícia.

    Fran, então aguardaremos o petit gateau.
    O maestro só atrapalha um pouco o andamento da orquestra quando o bolinho com recheio úmido sai do forno! 🙂
    Foi o maior prazer ter vocês por aqui.

    Márcia, é claro que é a cartola que você indicou no teu IB.
    Eu só queria saber se você continuava passando por aqui. rs
    A Dé está de cama até agora! rsrs
    Daqui a pouco o Guigão é que estará comentando, né não?

    Abs penosos pra todos.

  8. 9 eduluz fevereiro 24, 2011 às 11:42 am

    Chopp, belos e galináceos. Ou seriam bananosos?

    Abs espumantes (e sem colarinho)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.428.403 hits
janeiro 2011
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: