dcpv – piemonte – decimo e ultimo giorno – o emocionante il coriandolo.

07/11/2010

Piemonte – Decimo e  Ultimo Giorno – O emocionante il Coriandolo.

Último dia da viagem.

E normalmente este último dia é praticamente perdido. Arrumação de malas, organização de tudo, expectativa da volta pra casa; enfim tudo te faz dar uma desanimada e querer acabar logo com este negócio de peso das malas+aeroporto+avião+ freeshop.

Mas coroando uma excelente viagem, ainda aproveitamos e bem este domingão. Afinal de contas, o vôo seria somente as 20:00 hs.
E olha que o dia começou broncolhão e chuvoso.

Mesmo assim, fomos dar uma volta pela região do Duomo…

… e de lá, seguimos pra Coin, onde além de um montão de coisas, ainda existe uma filial do sex shop ideal, o Eataly.

Adivinhem se não compramos um montão de coisas novamente (pastas, vinhos, azeites, etc)?

Voltamos a tempo de passarmos no hotel pra descarregarmos tudo e comermos num lugar indicado pelo nosso mestre Juscelino: o Il Coriandolo, um restaurante especializado em frutos do mar e localizado na região de Brera, ao ladinho do hotel.

Ele, o Juscelino, tinha nos dito na noite anterior que comeu lá o melhor spaghetti com vôngole da vida dele e que tinha se emocionado e, inclusive, lembrado da família.

Não precisa nem dizer que eu e Eymard pedimos o tal Vero Spaghetti al Vôngole. Que por sinal é de emocionar mesmo. A pasta é cozida al dente e o sabor dos vôngoles é de tirar qualquer um do sério.

As meninas pediram  um tagliolini com tomates e queijo pecorino que não ficou atrás das nossas quanto ao sabor.

Um branco do nosso amigo Angelo Gaja, um Rossj Bass 2009 (como são baratos os vinhos por aqui!) acompanhou tudo e …

… após 3 sobremesas e 4 colheres nos despedimos realmente da cozinha ítalo/piemontesa.

Ainda demos uma última passadinha na La Rinascente e bye, bye, Milano!

Ficam os seguintes ensinamentos:

a – Todos os italianos são grandes gourmets e muito bem-humorados.

B – A comida de toda esta região é imperdível.

C – Todos os ingredientes utilizados são de primeira qualidade.

D – Os vinhos são demais.

E – O outono é muito lindo por aqui.

F – Todos os chefs estavam em seus restaurantes e melhor, conversando com todos os clientes pra saber sobre o seu produto final, a comida.

G – Tivemos um guia que foi muito mais um companheiro (pelo menos não fomos ao Crippa) nos acompanhando o tempo todo e com um conhecimento que potencializou todos os ótimos momentos.

H – As trufas. Ah! As trufas.

Enfim, a satisfação foi garantita. E controlatta.

Arrivederci.

PS – Satisfação garantida também foi fazer este tour (de force) com os amigões Lourdes e Eymard. Sabe aqueles entrosamentos perfeitos em que parece que já viajamos juntos tantas vezes que nem percebemos que foi a primeira vez e garantimos aguardar ansiosamente pelas próximas!

Serviço especial – Os links dos outros dias da viagem estão abaixo:

Primo – https://eduluz.wordpress.com/2010/11/16/piemonte-primo-giorno-o-dia-agitado-so-turim-combal-zero-eataly/
Secondo – https://eduluz.wordpress.com/2010/11/18/piemonte-secondo-giorno-andando-muito-em-turim/
Terzo – https://eduluz.wordpress.com/2010/11/25/piemonte-terzo-giorno-voce-sabe-o-que-e-uma-cornucopia/
Quarto –  https://eduluz.wordpress.com/2010/12/01/piemonte-quarto-giorno-o-mundo-e-um-pisello/
Quinto – https://eduluz.wordpress.com/2010/12/09/piemonte-quinto-giorno-gaia-now-for-the-rain-is-falling/
Sesto – https://eduluz.wordpress.com/2011/01/07/dcpv-piemonte-sesto-giorno-um-coppo-cheio-de-trufas/
Septimo – https://eduluz.wordpress.com/2011/01/20/dcpv-piemonte-septimo-giorno-cabras-e-outros-bichos-ate-estrela-da-musica-pop/
Ottavo – https://eduluz.wordpress.com/2011/01/25/dcpv-piemonte-ottavo-giorno-il-luogo-di-aimo-i-nadia-que-lugar/
Nonno – https://eduluz.wordpress.com/2011/02/05/dcpv-piemonte-nonno-giorno-o-reencontro-com-velhos-amigos-maria-franco-e-leonardo/

.

Anúncios

16 Responses to “dcpv – piemonte – decimo e ultimo giorno – o emocionante il coriandolo.”


  1. 1 eymard fevereiro 22, 2011 às 10:39 am

    Eu estava me recusando a comentar esse grand finale! (In)conscientemente para que ele não acabasse.
    Realmente o pessoal do restaurante deve ter achado que brasileiro é igualzinho a italiano. Passional! Que emoção esse Spaghetti al Vôngole! E nossos pratos, ao final? Voltaram para a cozinha limpos. Não é força de expressão. Voltaram limpinhos mesmo. Recebemos até os parabéns do pessoal da limpeza! (rs).
    Viagem inesquecível.
    Entrosamento perfeito. Para nós também ficou a sensação de que essa era uma de muitas viagens que já tínhamos feito juntos. Certamente foi! Não das que fizemos, mas das que faremos!
    Ah, gostei da reunião dos posts. Facilita a consulta desta espetacular viagem.

  2. 2 SueliOVB fevereiro 22, 2011 às 1:18 pm

    Snif, snif!
    Eu que não fui estou emocionada, imagino vocês.
    Muito fantástica essa viagem!!
    Lembranças pra se guardar do lado esquerdo do peito.
    Parabéns, queridos, por essa memorável experiência.
    Que muitas outras oportunidades assim tão linda surjam pela vida.
    Beijos

  3. 3 eduluz fevereiro 24, 2011 às 12:03 pm

    Sócio, já falei muito como esta viagem foi legal.
    Segui o teu conselho e coloquei todos os links dos outros dias neste último post.
    A próxima: China? Madagascar? Tunísia? BH? 🙂

    Sueli, não chore pois não é necessário! 🙂
    As oportunidades aparecerão: Malawi? Turks&Caikos? Tasmânia? FV?

    Abs piemontrufados pra todos.

  4. 4 Mara fevereiro 24, 2011 às 10:19 pm

    Edu, o restaurante tá anotado e o pratos também, sobretudo o das meninas.Me diga uma coisa, o que é aquela sobremesa que lembra o formato de um pudim, panacota(escrita em português mesmo, viu?)? Tava boa?
    A viagem foi maravilhosa. Quando vai ser a próxima?
    Pergunta idiota a minha, ne?
    Abraçao p/ voce e Dé

    Lembrei-me da panacota de côco que a Sueli diz ser muito boa.Alguém sabe a receita?

  5. 5 SueliOVB fevereiro 24, 2011 às 10:49 pm

    MARA

    A “minha” panacota é ridícula de fácil, mas o resultado é surpreendente:

    Bata no liquidificador 1lata de creme de leite, 1vidro de leite de coco integral, 1 lata de leite condensado e 1 pacote de gelatina sem sabor, hidratada em 1/4 de xícara de água e dissolvida em banho Maria, ou no microondas, por 30 segundos.
    Enformar ou colocar em tigelinhas individuais. Cobrir com um vidro de geléia de frutas vermelhas, ou outra a gosto, depois de gelada e desenformada.
    Beijo

  6. 6 eymard fevereiro 25, 2011 às 7:46 am

    Mara,
    era uma pannacota sim! Classica e deliciosa. Mas a de chocolate, neste caso, bateu todas as outras.
    Um lugar despretensioso com uma comida deliciosa (diga-se que é bem pertinho do Scala).
    A proxima? Estamos em planejamento (rs)

  7. 7 Mara fevereiro 25, 2011 às 9:56 pm

    Queridos candangos, encantada com a gentileza da resposta, obrigada.
    Sueli, essas receitas ridículas de fáceis e de resultado surpreendente são sucesso na certa, vou fazer neste final de semana.
    Eymard, planejamento? Ainda?
    Pra mim o “template” já teria sido até escolhido!!!!

  8. 8 HELIO JR fevereiro 28, 2011 às 10:29 pm

    EDU,

    Seus relatos pelo Piemonte são mesmo inspiradores! Estou começando a delinear minhas férias de duas semanas em outubro próximo e decidi que ela passará por essa região da Itália. Mas a verdade é que estou perdido! Não sei por onde passar nessas duas semanas. As duas últimas noites gostaria de passar em Paris, mas isso pode ser alterado, já que prefiro viagens sem muita correria. O que poderia ser visto, o que vale a pena ser visto neste período? Milão, Verona, Veneza, Bolonha? Vocês teriam alguma dica?

  9. 9 eymard março 1, 2011 às 9:46 pm

    Helio,
    2 semanas dá para fazer uma bela viagem pela Italia.
    Vc ja conhece algum lugar na Italia ou será tudo novidade?
    Das grandes cidades, acho Milao e Roma imperdíveis.
    Das classicas, Florença (pelo conjunto que ela abriga) e Veneza (porque é Veneza!).
    Na Toscana: Siena e regiao de Chianti.
    Se tiver oportunidade e coincidir data, uma Opera em Verona!
    Tudo depende, tambem dos teus interesses e de como voce gosta de viajar. Defina isso primeiro. Depois faça o roteiro.
    abs, eymard.

  10. 10 HELIO JR março 1, 2011 às 10:00 pm

    Eymard,

    Não conheço a Itália. Por isso mesmo penso em conhecê-la aos poucos. Meus avós são de Padova (3 dos 4), o que torna sua inclusão no roteiro obrigatória. Teatros no roteiro também são inclusões obrigatórias, um prazer que descobri influenciado por você e que pretendo aprimorar. Até mesmo os livrinhos da Folha estou comprando! Mas voltando a Italia, imaginei uma viagem pegando as cidades do norte, de Veneza a Milão. Quais cidades seriam interessantes nesse trajeto? E por quantos dias?
    abs, Hélio.

  11. 11 eduluz março 2, 2011 às 6:24 pm

    Mara, vá lá, pois este lugar é muito bom. Não espere luxo.
    As sobremesas estavam boas (o sócio já falou), mas o espaguete com vôngole… Mamma mia!
    Próxima viagem? Não sabemos ainda, mas será pruma zona vinícola (óbvio!).

    Sueli, receita de pannacota anotada.

    Sócio, eu não lembro direito porque estava inebriado pelo espaguete ( e pelo Gaja também) 🙂

    Mara, eu não sou candango, mas espero que esteja encantada com a minha resposta também.

    Hélio, já te mandei um e-mail. Mas resumindo, não perderia a Emilia Romagna por nada!

    Sócio, discordo levemente. Este teu roteiro está parecendo aquelas excursões da Abreu! rs

    Hélio, voltando ao assunto. Milão, Monza, Modena, Parma, Bologna, Padova e Veneza. Fora as passadas pelas cidadezinhas pequenas e interessantes. Xiii, tá parecendo as excursões da Abreu.

    Abs tartufados pra todos.

  12. 12 Sandra maio 15, 2011 às 3:11 pm

    Olá Edu,
    demos umas fotos do seu blog como dica de viagem da Goudé no blog do Divina Itália (com links e créditos), ok?
    Abraços e parabéns pelo blog! Lindo e rico em informaçoes.
    Abs
    Sandra
    http://divinaitaliapraia.com.br/wordpress/?p=1913

  13. 13 eduluz maio 21, 2011 às 5:53 pm

    Oi, Sandra. Pode usar a vontade. Ainda mais no teu blog que é muito bom. Vou linká-lo aqui.

    Abs trufescos.

  14. 14 Célia Regina Novaes abril 22, 2015 às 7:43 pm

    Como seria Piemonte em maio? seria possivel as trufas?
    Célia

  15. 15 eduluz maio 14, 2015 às 6:00 pm

    Célia, o Piemonte é bonito em toda época do ano. Mas trufas brancas você só encontrará no final do ano e um pouco no começo, especialmente em outubro e novembro.

    Abs trufados pra vc.


  1. 1 dcpv – pós-piemonte e trufado « Da cachaça pro vinho Trackback em março 16, 2011 às 10:16 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 644 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,353,895 hits
fevereiro 2011
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: