Arquivo para 19 de março de 2011

dcpv – florida – day two – orlando – pastor harry potter e o universal

09/02/11

FlóridaDay Two Orlando –  Pastor Harry Potter e o Universal

O dia estava lindo e muito ensolarado.

O que colaborou demais com a luz matinal. Tivemos direito a nascer do sol e tudo o mais.

Isto tudo visto da nossa varandinha do Grand Floridian. Ou Grand Flo como a nossa guia, a Re, o chama.

Estávamos por conta dela durante todo o período. Toda a programação era secreta e só esperávamos que não incluísse muitas montanhas russas! 🙂

Tomamos um lauto café da manhã no próprio hotel (e no nosso andar. Nada como ser bem relacionado com a cúpula disneyniana) e zarpamos pra Universal. O parque.

Foi meio a contragosto da nossa guia, já que ela é uma disneymaníaca convicta. Mas ao mesmo tempo, ela tinha que nos mostrar a nova sensação de Orlando: o parque do Harry Potter.

Chegamos quase que na abertura e deu pra perceber que a grande temporada já tinha passado (segundo a nossa guru e o namorado dela, o Hugo, o Magic Kingdon bateu no nível 4 no Ano Novo. Ou seja, ninguém entra enquanto alguém não sair!).

Tudo estava bastante tranqüilo e vimos novamente como os americanos conseguem nos encantar com os seus templos!

Ah! Não se esqueça de incluir no seu planejamento o aluguel dum carro, pois ele será imprescindível pra sua locomoção por toda a Florida, em especial em Orlando e Miami.

Cruzamos toda a área do CityWalk e compramos ingressos com desconto (mais uma dica da nossa guia que tinha passe anual).

Fomos direto pro Universal propriamente dito. E pro novo brinquedo dos The Simpsons (tô parecendo o Chacrinha!). Um grande simulador que mais parecia uma montanha russa disfarçada onde o palhaço Crusty apronta um montão de coisas.

Dali, passeamos e além de tomarmos um ótimo sorvete da Benny&Jerry, assistimos a um show dos Blues Brothers em plena rua. Tudo bem que o Jake e o Elwood eram falsificados, mas como o padrão é norte-americano, foi fantástico!

 

Continuamos rodando por lá e fomos ao Men in Black Alien Attack. Outro brinquedo bacana em que você tem que atirar em Aliens e ao mesmo tempo, fazer os outros carrinhos rodarem.

Mais fotos (ô lugarzinho fotogênico), …

 

… outros tantos personagens.

 

Mas e o Harry? Calma-te, disse a guia. Vamos conhecer na hora do almoço que é mais tranqüilo.

Comemos mais alguns trecos, passamos na nova montanha –russa, a Hollywood Rip Ride Rockit que tem uma curiosa característica: a sua subida é em 90 graus! Além de que você escolhe a sua trilha sonora particular.

Estávamos na fila quando o brinquedo pifou (ôpa. Um milagre! ). É, até por aqui estas coisas acontecem! Resultado: fomos pro Harry e mais tarde voltaríamos (se tivéssemos tempo).

 

E no programa oficial constava um almoço com pratos típicos da turma da Griffinoria.

Andamos um pouquinho (o templo fica no Islands of Adventure, ao lado do Universal propriamente dito) e entramos.

Pra se chegar lá, você tem que atravessar a parte antiga e quando chega, é um baque. Primeiro que está lotado.

Segundo que é um negócio muito bem feito (que novidade!).

A cenografia é envolvente e não tinha uma só pessoa que não consumiu mais do que devia.

São sacolas e mais sacolas de tudo o quanto é produto imprescindível pra vida da pessoa: varinhas mágicas, vassouras, pomos de ouro, capas e até guloseimas.

Como a cerveja amanteigada e várias outras coisinhas.

Conforme o programado, almoçamos no restaurante das 3 vassouras. Mais uma ambientação perfeita e uma comida que beirou ao absurdo (tamanha a quantidade).

Pedimos um prato típico pra quatro.

Espigas de milho, frango, batatas assadas, costelinhas de porco e legumes cozidos formavam o quitute.

Brindamos (pela primeira vez e oficialmente) com cervejas e águas e comemos muito, especialmente o nosso magro (não quis dizer mago!) co-guia Hugo.

Quer saber duma coisa? Não sobrou quase nada.

Passeamos bastante pelo parque. Fomos ao simulador (fantástico) duma verdadeira corrida sobre vassouras e …

… assistimos a uma incrível apresentação dum workshop intitulado: Como fazer a sua varinha mágica. É claro que compramos um monte delas. Além duma réplica da legítima v2000.

Fomos embora já com saudades de todo aquele clima tão bacana e ao mesmo tempo, tão sombrio (como toda coisa referente a Pottermania tem que ter).

Ainda retornamos a Universal, pois a promessa de darmos uma volta na Rock It tinha que ser cumprida. Foi um pequeno suador, mas a minha trilha individual compensou. Ouvi Born to be Wild do Steppenwolf o tempo todo! Manja o Peter Fonda em Sem Destino?

Comemos um ótimo cheesecake …

…e demos uma boa curtida no por-do-sol.

Em pleno Universal.

A guia foi implacável: tomar um banhozinho rápido e vamos nos encontrar na Disney Downtown. O programa? Comer o melhor sanduba de Orlando e fazer algumas comprinhas em lojas diferentonas.

Os sandubas foram devidamente deglutidos no Earl of Sandwich.

E são muito bons mesmo. Experimentamos quatro! Com destaque prum, o Hawaian Barbecue (eleito pelo guia Luz’s como o melhor) de  abacaxi, molho barbecue, frango num ciabatta crocante.

Muito bom e nos surpreendeu pelo caráter natureba do lugar.

Logo ao lado, um mini sex shop muito bom. O Mickey’s Pantry com tudo o que é coisa pra cozinha envolvendo o ratinho além de ingredientes de altíssima qualidade (sais, chás, temperos, etc).

Também passamos na Team Mickey, uma outra loja diferenciada com (podemos chamar assim) produtos pret a porter by Disney.

Pronto! Foi um dia mágico e místico. Como todo bom dia em Orlando deve ser.

Até amanhã!

 .

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.425.149 hits
março 2011
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios