dcpv – miami – day eight – scarpetta, o “mafioso” latino!

  /02/11

MiamiDay EightScarpetta, o “mafioso” latino!

Mais um dia de pleno sol.

Mais um dia dedicado as compras.

Acordamos relativamente cedo (7:30 hs) e fomos tomar um café da manhã no Starbucks da Lincoln Drive. Foi muito bom, mas gastamos umas duas horas (time is shopping). A “Debra” não estava gostando nada disso!

É claro que não sobrou tempo pra passear pelo Duck Tours (e, gracias, evitamos um grande “mico”).

Resolvemos conhecer o Dadeland Mall, um shopping razoavelmente grande e com o predicado de ter a maior Macy’s de toda a Florida.

Resultado? Quase que o dia inteiro passado lá dentro com direito a aquisições das mais variaqdas coisas nos mais variados lugares (cá pra nós: se você for um cara disciplinado e seguir à risca a missão de deixar pra comprar por aqui tudo o que você evitou adquirir no Brasil; vai viajar, comer bem e ainda economizar um bom dinheirinho).

Passamos na volta e de tardezinha por Coconut Grove, na esperança de encontrarmos o Cafe Tu Tu Tango e assistirmos ao céu alaranjado do por-do-sol.

Pura ilusão, pois achamos o CocoWalk, um shopping a céu aberto bem mezza-boca e pior, com uma vizinhança mais meia-boca ainda. Ah! Não dançamos o  tal Tu Tu Tango por lá também.

Voltamos pro hotel a tempo de dar mais uma bela olhada nos ambientes dele.

O lobby é fantástico, …

… o bar mais ainda  e a piscina, iluminada pela luz da lua, aumentava ainda mais a boa aura do lugar.

Como tínhamos uma reserva pra comer no italiano do hotel Fontainebleau, ex-Hilton, subimos pra tomar banho e nos arrumarmos. Sempre observados pelo The Boss.

O Scarpetta  fica bem próximo do W (e é vizinho do ótimo chinês Hakkasan).

O lugar é bem bacana, apesar de escuro (incrível como os restaurantes de Miami tem esta “qualidade”) e o ambiente é muito agradável além de ser italianíssimo (é quase um Záccaro).

Logo após o bom couvert (pão italiano massudo, uma fogazza deliciosa e um ótimo azeite), pedimos duas entradas e o garçom gentilmente nos serviu os pratos já com a divisão de ambas pra que experimentássemos tudo.

Uma foi a Mozzarella in  Carroza (o queijo frito numa crosta de pistaches com tomates cerejas confitados) e …

… a outra, um Crispy Fritto Misto, uma frittata com frutos do mar, vegetais, ervas e limão.

Excelentes. Pedimos um conhecido piemontês, um branco Gavi de Gavi e partimos pros principais.
A Dé estava bem basiquinha e foi dum espaguete com molho de tomate e manjericão.

Eu, como não estava tão básico assim, experimentei o ótimo Scialatelli com camarões, vôngole e manjericão.

Tá escuro? Então tente imaginar com este magnífico prato um pouco mais bem iluminado.

O Scarpetta merece todos os A’s e os diamantes que lhe foram dados.
Dois expressos muito bem tirados depois e super alimentados (por favor, quando estiver em Miami vá tanto ao Scarpetta como ao Hakkasan), resolvemos ir pra “casinha” dormir.
Não sem antes dar uma passada pela Collins Ave e ver como andavam as coisas.

Pelo visto, a balada vai ser boa!

E o sol amanhã cedo também.

See U.

.

Anúncios

3 Responses to “dcpv – miami – day eight – scarpetta, o “mafioso” latino!”


  1. 1 eymard maio 31, 2011 às 8:42 am

    Edu: De fato…coincidencia ou nao Hakkasan, Scarpetta, Casa Tua…sao excelentes restaurantes e bem “escurinhos” (rs). Ate comprei um presentinho para voces lerem o cardápio, mas ainda nao enviei! (rs)

  2. 2 Mara maio 31, 2011 às 2:07 pm

    Sueli, tá demorando demais, lá vou eu, segundinha!

    Edu, abri uma pasta com suas indicações de restaurante, os de Miami, sobretudo, pois como lhe falei, estou sendo surpreendida a cada postagem, com a qualidade do que é servido por essas bandas, que eu não botava a menor fé.
    Já sei que vai falar que é porque não conhecia a dona Debra e seu Edu e tal. Quedo-me ao provável argumento!
    Mas, o que me deu deixou com gosto de quero mais foi quanto ao lobby do hotel, sou chegada nesses espaços bem transados, não precisa ter nem aura, e o que você mostrou foi pouco, quero mais.
    Assim, não se esqueça deste particular, na próxima.
    Tô ficando abusada, né não?
    See ya!

  3. 3 eduluz junho 2, 2011 às 10:25 am

    Sócio, espero que você nos dêo “presentinho” antes da próxima viagem! rsrs

    Mara, vá,sim, mas com este princípio: de que Miami ainda não e a meca da gastronomia, mas também não é a FV! rs
    Quanto ao hotel, pode deixar que ainda temos maia dois dias, se bem que fiquei traumatizado pelo “banho” não autorizado em um dos seus ambientes! 🙂
    Tá abusada, não!

    Abs darks pra todos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.423.453 hits
maio 2011
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: