dcpv – da feira à mesa

número 301
16/08/11

Da feira à mesa.

Pense nesta situação: você está num supermercado fazendo as suas compras de frutas e verduras. De repente, uma senhora uniformizada e atenciosa te aborda. Ela está com alguns folhetos na mão e eles contém receitas com produtos que são vendidos por lá e que certamente estão entre os promocionados.
Talvez a sua primeira reação seria falar “obrigado. Não estou interessado!”

Pois o meu conselho, pelo menos neste caso, é: pegue os folhetos, compre os produtos e faça as receitas. Você não vai se arrepender.

É claro que isto não aconteceu comigo exatamente no formato que estou relatando. Mas poderia ter acontecido e numa das lojas dos supermercados Veran (é, o jabá está comendo solto aqui no dcpv).

É justamente por termos este serviço por lá que estas receitas acabaram aparecendo na minha biblioteca gastronômica (a Dé traz, de vez em quando, algum trabalho pra casa).
E, pra variar, bolei um menu completo com elas.

Você quer ver como elas ficaram? Vamos lá.

Entrada – Jiló à parmegiana

Quando eu olhei pra esta receita, vi grandes possibilidades. Seria muito interessante experimentar jiló (um ingrediente quase que inédito por aqui). E pelo jeito, esta oportunidade era perfeita pra tal.

Pra fazê-la, basta lavar 12 jilós, retirar os cabos e cortar em rodelas.

Misture 3 ovos levemente batidos, sal, pimenta, orégano e deixe as fatias de jiló neste molho por pelo menos uma hora. Passe as rodelas em farinha de rosca, novamente na mistura e depois mais uma vez na farinha de rosca. Frite em bastante óleo quente até ficarem douradas.

Num refratário (usei 4 pequenos), coloque as fatias de jiló, cubra com um bom molho de tomate (by D Anina), …

… molho branco (fiz o meu na Bimby), …

… fatias de muçarela (gostou, sócio?) e termine com queijo ralado.

Leve ao fogo pra gratinar e sirva bem quente.

Olha, ficou muito bom mesmo. Só as rodelas de jiló à milanesa já seriam suficientes.

E a “lasanha” do legume ficou crocante, úmida e com uma perfeita casquinha superficial. Enfim, viva o jiló!

Aproveitamos pra limpar a geladeira e tomamos meia garrafa (estava pela metade) do nosso querido Jacobs Creek que foi “always, absorvente, sempre livre“.

 ”

Principal – Porco atolado na mandioquinha com molho de pimenta e mel

O segredo desta receita não está no título. É o falso caviar de agrião.

Eu preciso (todos precisamos) aprender a utilizar sagu saborizado (o Claude não para de fazer o dele).

Neste caso, bastou juntar sagu cozido, …

… com suco de agrião (1 maço de agrião batido no liqüidificador com 400 ml de água e coado), …

… e deixar de um dia pro outro na geladeira.

Já pro porco, deixe 500g de lombo do bicho cortado em cubos médios numa marinada formada por suco de limão, vinho branco, alecrim, sal e pimenta por pelo menos 2 horas.

Tire o lombo da marinada e frite-o em pouco azeite até dourar.

Junte cebola e alho picados a gosto, pimenta dedo-de-moça picada e misture bem até dourar.

Acrescente 2 tomates sem sementes picados, 500 g de mandioquinhas descascadas e cortadas em cubos e 1 litro de caldo de carne (feito em casa, please!).

Cozinhe por 30 minutos em fogo médio, mexendo de vez em quando. As mandioquinhas vão derreter e virar um creme.
Daí surge o tal atolamento do lombo.

Para dar mais um charme e melhorar o produto final, fiz também um molho de pimenta e mel (cozinhe azeite, pimenta, mel, suco de laranja e tempere).

Puxa, ficou lindíssimo (acho que um prato desses custaria uns 50 Euros no Berasategui) …

… e absolutamente saboroso.

Conselho de amigo: passe no Veran, pegue esta receita e faça em casa! (sem corporativismo).

Tomamos mais um resto (0,66 garrafa) de um tinto espanhol, o Murviedro Reserva 2007 que estava “cortado, encaixado, floral“, segundo os xepeiros, nós mesmos.

Sobremesa – Torta de maçã

Mais uma pra aproveitar já que as maçãs estão sempre em promoção. Tá dado o motivo pra fazer esta dulcíssima sobremesa.

A massa é formada por farinha de trigo, açúcar, manteiga, gema e leite. O recheio de leite condensado, leite, gema, manteiga, amido de milho e maçã. E a cobertura de gelatina, água e povilho doce.

Muito bom e concretizou bem o nosso dinner.

Veja a opinião dos presentes (registrado novo forfait do Déo):
É verdade. Os grandes menus também estão onde menos se espera! (Edu)
Simples, porém maravilhoso! (Domingos)

É isso! Esta idéia do Depto de Marketing do Veran (por sinal, da sua bela e maravilhosa diretora, a Dé) é muito boa.

E a pesquisa da Paula foi tão bacana quanto já que através dela, nos foram apresentadas estas receitas.

Da próxima vez que vocês estiverem fazendo compras, lembrem-se de pegar os folhetos qua a demonstradora vai lhe oferecer, certo?
Até e bons menus.

.

Anúncios

9 Responses to “dcpv – da feira à mesa”


  1. 1 Marcie setembro 13, 2011 às 7:35 am

    Se desse, porfa, para abrir uma filial do mercado perto da minha casa… 😉

  2. 2 marina mott setembro 13, 2011 às 8:37 am

    Passar por aqui é sempre um deleite! Maravilhoso, como sempre!
    PS não conheço esse mercado, vou já pesquisar! Beijos!

  3. 3 Carolina Dallape setembro 13, 2011 às 10:25 am

    Eduuuu
    Amei!!!
    Estou querendo imediatamente fazer o porco atolado e colocar lá no bouquet!!! Parabéns, pela parceria e pelo resultado, ficou mto bacana!!!
    Beijos

  4. 4 Beth setembro 13, 2011 às 8:12 pm

    Edu
    Vc ainda vai conseguir me enfiar na cozinha!
    Gostei do Veran…
    Mas que família deliciosa vcs consegiram formar!
    Bjs.

  5. 5 Flavio Federico setembro 14, 2011 às 3:15 pm

    Boa Edu!!! Ideia Show mesmo; parabéns. Vai ter receita de doces? Se precisar conte comigo. Tenho algumas legais aqui. hahaha. bjs

  6. 6 Ameixinha setembro 14, 2011 às 4:13 pm

    Franchising aqui em Portugal com todos esses produtos que só se encontram aí. Adorava provar jiló, parece não ser consensual 🙂

  7. 7 eymard setembro 18, 2011 às 8:22 am

    Edu, receita by Flavio? Pegue logo a da compota da Ana Maria. Vai bombar no Veran!!!

  8. 8 eduluz setembro 21, 2011 às 8:19 am

    Marcie, em NY? É pra já. Ou seria em Paris? Ou em Roma? rs

    Marina, gracias. Eu conheço o mercado e ele é muito bom.

    Carol, estes “parceiros” são demais. O valor do patrocínio é altíssimo! 🙂
    Já fez o porco?

    Beth, gostei desta pseudo-promessa. Acho que o Dodô também. 🙂

    Flávio, topado desde já. Imagine o upgrade que será dado ao projeto com a tua assinatura?
    A bela diretora de marketing também topou.

    Ameixa, boa a proposta. Próxima parada: Vila Nova de Famalicão.
    Será que se eu mandar jilós, eles chegam inteiros?

    Sócio, a Ana Maria é boa de compotas e de vinhos!!

    Abs barraqueiros e pastelados pra todos

  9. 9 Sugel setembro 25, 2011 às 1:58 pm

    Seu tempo de cozimento pode ser um pouco maior..Recheio .Molho de tomate.Legumes assados abobrinha cebola roxa pimentao abobora tomate cereja .Mozarella.Oregano. Hummm..Manteiga de alho .Ingredientes.Manteiga sem sal.2 dentes de alho esmagado.Sal pimenta.Selecao de ervas frescas como salsa tomilho alecrim opcional.Salgadinhos de queijo .Ajustes a massa de pizza rapida de acordo com as instrucoes abaixo . Reduzir a farinha sem gluten para 250g. Adicione 1 colher de cha de mostarda em po aos ingredientes secos. Reduzir Creme Fraiche a 200 ml. Adicionar 50 ml de iogurte natural. Aumentar a 150ml de leite. Aumente o fogo do forno para 220 C.Siga o modo da fazer da receita de rapida pizza adicionando a mostarda aos ingredientes secos..Prossiga ate a fazer uma massa macia. Quanto a farinha sem gluten eu usei da marca Doves farm pois queria acabar com um restinho que tinha em casa mas pode usar qualquer outra farinha ou uma das misturas de farinha sem gluten que postei .. .Bolo salgado de couve-flor Sem Gluten.Ingredientes .1 couve-flor media 650g- 700g.1 cebola roxa grande descascada. xic de azeite de oliva. colher de cha de alecrim picado.10 ovos medios.20g de manjericao picado.2 colheres cha de salsa picada.180g de farinha sem gluten.2 colher de cha de fermento em po sem gluten.220g de queijo parmesao ralado ou outro queijo curado. Azeitona picada a gosto e opcional . Sal e pimenta do reino nao usei .Manteiga para untar.2 colheres de sopa de sementes de gergelim.Preparo .Aqueca o forno a 180C.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 639 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,343,766 hits
setembro 2011
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: