dcpv – santareunião no santovino.

03/09/2011

Santareunião no Santovino.

O conselho do conglomerado tinha que se reunir. Afinal de contas, decisões necessitavam ser tomadas e melhor, precisávamos definir o planejamento estratégico de curto prazo (como por exemplo, o que fazer em novembro em terras “dordognesas”?).
Pra que isso acontecesse, agendamos uma reunião na praia, mais precisamente no novo restaurante italiano dos Jardins, o Santovino.

Ele fica na Al Lorena, 1821 (tel 30618797), onde era a tabacaria Davidoff e é um lugar muito bonito, aconchegante e com cadeiras bastante confortáveis.

A parede composta de tampas de caixas de madeira de vinhos, apesar de não ser nenhuma novidade, é muito interessante.

Reservei pelo telefone (eles fazem as tais, mas por enquanto somente até as 20:30 hs) e quando chegamos (atrasados devido ao trânsito da sexta a noite), o sócio já estava lá e tomando um Manhattan (ê, vício!).

Fomos alojados (a Lourdes infelizmente não estava por aqui) e iniciamos oficialmente o meeting.
Antes de qualquer coisa mais séria, escolhemos um vinho. E siciliano em homenagem a epopéia vivida pelos Loguercio na sua última viagem.
O couvert corretíssimo (pães variados, manteigas aromatizadas, beringelas e tomates confitados) foi servido junto com o Nero D’Avola Regaleali 2008.

E aí tivemos que tomar (literalmente) uma decisão: o que fazer com o vinho, já que ele tinha uma cor mais pra alaranjada e um gostinho meio que uma mistura de Campari com Biotônico Fontoura? 🙂
Ou seja, não estava nada bom. A sommelier Clara Mei percebeu que tínhamos achado alguma coisa estranha, se aproximou e perguntou se poderia experimentá-lo? É claro que liberamos e ela ao degustá-lo, afirmou que realmente não estava bom.

Foi à adega (que não visitamos, mas dizem ser maravilhosa) e simplesmente trouxe outra garrafa do mesmo vinho, abriu e esta sim, estava uma beleza. Resumo: ponto pro Santovino (e pra sommelier) por resolver este caso que normalmente é enrolado, duma maneira clara e rápida.

Depois do pequeno “imbroglio”, passamos pra fase de leitura do menu e escolha dos pratos. Como as massas são feitas quase que exclusivamente na casa, optamos obviamente por elas.
O sócio foi de Ravioli de queijo Brie e tomates rústicos, aspargos grelhados e fatias de presunto de Parma.

A Dé escolheu um básico Gnocchi de batata com molho de  tomate caseiro e queijo pecorino Brigante.

Eu quase optei por um prato com polvo, mas resolvi ser solidário e experimentar o Ravioli de lagostim e mostarda de Cremona, erva doce, manteiga e páprica doce.

Como todos experimentaram tudo, a aprovação foi unânime e ficou patente a utilização de ingredientes de procedência em todos os pratos. Conversamos e deliberamos muito, se bem que a coisa mais pareceu uma happy bour.
E como a hora era feliz, chegou a vez dos docinhos.
Optamos por 3 colheres e uma degustação de sobremesas que continha um canolo siciliano, bomba tiramisu, terrine de chocolate belga, semifreddo al torrone e frutas vermelhas com suspiros e fromaggio branco.

Foi perfeita e fechou com chave de ouro a reunião (extra)ordinária das organizações LongueLuz no restaurante Santovino que tem as suas panelas comandadas brilhantemente pela Soraia Barros. Ele promete e muito.

As suas santapastas são pecaleguminosas! Arrivederci.

.

Anúncios

5 Responses to “dcpv – santareunião no santovino.”


  1. 1 meloso setembro 30, 2011 às 10:53 am

    Esta sossiedade etsá enchendo?

  2. 2 eymard outubro 1, 2011 às 8:09 am

    Pois é. Continua a incompatibilidade do IPAD com os comentários. Em sendo assim passei dias querendo comentar e…nada! De fato o registro muito positivo para o Santovino. Uma noite fria em Sao Paulo. Um jantar com tudo certo: companhia; comida; vinho. Ponto alto para a sommelier. Além de ter sido direta e objetiva, nos incentivou a permanecer com o vinho (pois sugerimos trocar). Quando trouxe a nova garrafa pudemos perceber, de imediato, a diferença. Outra coisa que me chamou atençao: a chef retirou do cardápio pratos com pancetta. Ah, o Manhatan também estava otimo e pude perceber que o restaurante já tem adeptos frequentes (que chegam, cumprimentam o barista, pedem o “de sempre”).

  3. 3 eduluz outubro 6, 2011 às 6:13 pm

    Meloso, não sege tão … rsrs (Preciso responder a altura, inclusive no Português! rs).
    “Abrasso especial pra você”. 😉

    Sócio, esta reunião foi excelente. Certamente as ações da LongueLuz subiram bastante após este aporte.

    Abraços (com cedilha) pra você.

  4. 4 Madá outubro 12, 2011 às 1:20 pm

    Edu, esse ravioli parece muito especial. Visitei a Almaviva esse ano e fiquei encantada com a historia desse simbolo.

  5. 5 eduluz outubro 18, 2011 às 7:29 am

    Madá, os ravioli são muito bons mesmo. Comprou algum Almaviva ?

    Abs enodivinos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,336,498 hits
setembro 2011
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: