dcpv – final de semana de holambra ao epice, com os loguercio

Final de semana de Holambra ao Epíce, com os Loguercio.

Aproveitamos a vinda dos sócios pra São Paulo pra fazermos uma série de reuniões neste final de semana.

Já no sábado, fomos pra Holanda brasileira, a cidade de Holambra (120 km da praia) pra, além de experimentar a comida típica do País Baixo, também dar uma passeada pra conhecer a cidade (incrível, nunca tínhados ido).

Encontramos a Lourdes e o Eymard em Campinas e rumamos juntos pra lá.

O destino seria o Old Dutch, um restaurante tipicíssimo.

É o tipo de restaurante caseirão, com pratos grandes e de apresentação tradicional, mas com comida muito saborosa.

Resolvemos, com o auxílio do proprietário, experimentar quase tudo que estava no cardápio.

Como entradinhas, minicroquetes com maionese e catchup (é junkie food da pesada) …

… e uns pasteizinhos assados (quase umas samosas) muito bons.

Olhamos tudo e vimos o quão natural e interessante é o lugar.

Experimentamos também um Rund (filé mignon em molho, maçã, cebola, cerveja e temperos típicos, purê de batatas, purê de maçã e arroz), …

Kassler met rookworst (a famosa costeleta de porco defumada) …

… e o indefectível salsichão com batatas.

Mostardas? Muitas !

É claro que tomamos uma cervejinha, a 86 …

… e não poderíamos esquecer dum excelente pão caseiro acompanhado por um bom patê de alho.

Sobremesas? Fomos de peras com calda de chocolate

… e torta de maçã.

Conta paga, aproveitamos a tarde pra conhecer Holambra.

Passamos em duas tremendas docerias, a Zoet en Zout (ops, não implique com a placa) …

… e a Martin Holandesa.

Doces comidos e comprados, fomos conferir as plantas que tanto representam a cidade.

É claro que levamos flores pra casa, …

… dos mais variados tipos e, …

… inclusive, uma incrível orquídea azul.

A loja é muito bacana …

… e ainda tivemos a oportunidade de ver um belíssimo por do sol na nossa volta pra SP.

Corta pro almoço de domingo. Muito mais contemporâneos, resolvemos retornar e apresentar aos sócios um dos restaurantes mais marcantes de SP, o Epice do chef Alberto Landgraff. Adoramos tudo da primeira vez em que estivemos lá.

Chegamos no horário da reserva (que são feitas regularmente) e (Re inclusa na troupe) fomos experimentando o excelente couvert.

Note que a regra da água mineral estar incluída no preço ainda está valendo(seja natural ou gasosa).

Conversamos mais um pouco, admiramos o lugar (que com a visão dos donos Lara e Pedro, prospera a olhos vistos ) e fizemos o pedido do vinho e da entrada.

A idéia foi experimentar o prato de charcuterie, já que tudo é feito na própria cozinha.

E ao mesmo tempo, confirmar a evolução do conjunto todo.

Quanto ao vinho, fomos no branco Chardonnay Roux Père & Fills Bourgogne, aí sim, uma premonição do que acontecerá brevemente. Devemos experimentá-lo in loco.

A Dé escolheu um robalo sauté, farofa de amêndoa, purê de limão, alho porró, cerefólio e molho Vierge.

A Re foi de entrecôte “Aberdeen Angus”, purê de batatas, cenoura amanteigada, molho de foie gras e vinho tinto.

Eu, adivinhem, de polvo grelhado, batata fondant, tomate confit, vinagrete de jerez com pinholes e catalônia.

A Lourdes de paleta de cordeiro sauté, tatin de cebola roxa, queijo de cabra empanado, batatas novas e creme de salsinha.

O sócio, imaginem novamente, magret de pato, lentilhas de Puy, cebola caramelada, couve manteiga e jerez.

Note que todos os pratos eram tão bonitos como deliciosos.

As sobremesas não ficam pra trás.

Cada família pediu uma (o que não impediu que todos experimentassem tudo). Os Loguercio escolheram a Pera (peras sauté, pain d’epices, mousse de chocolate e sorbet de pera) …

… e os Luz, Morango (ele macerado, vinagre de mel, chá verde, panacotta de chocolate branco e sorvete de morango).

Não preciso nem dizer que tudo esteve fantástico.
Bom, da última vez que estivemos no Epice , nem placa na porta ele tinha.

Agora, além de placa, ele já é uma realidade na cena gastronômica paulistana.

Dizem que o almoço executivo de lá é de babar! À conferir.
Hasta.

.

Anúncios

10 Responses to “dcpv – final de semana de holambra ao epice, com os loguercio”


  1. 1 eymard março 31, 2012 às 8:02 am

    Que fim de semana maravilhoso! Na excelente companhia dos Luz fomos da Holanda ao Apice! Sim, o ‘Epice é o ‘apice! Faz tempo que queriamos levar o casal ao Old Dutch, em Holambra. Sr. Roberto, o proprietário, cuida pessoalmente de tudo. A comida é muito saborosa, mas nossa memória dizia que era ainda mais saborosa do que a experimentada naquele sábado. Tudo de muito. Pratos generosos. Saborosa mesmo estava a companhia e, como sempre, muito papo e muitas risadas. A Torta de maça é receita da mama holandesa. O Sr Roberto nao revela. Quanto ao ‘apice, ops, ‘epice, o lugar é para voltar. A comida e o serviço tiraram nota 1000 no longluzchelin!

  2. 3 Marcia lube março 31, 2012 às 10:42 am

    Depois deste post incrível, não temos a menor dúvida de que vamos lá conferir !

  3. 4 Drix abril 2, 2012 às 7:58 pm

    Adoro salsichao com batatas. Fiquei morrendo de vontade. Vendo o pedido de Eymard e Edu pensei comigo mesmo: tudo bem, por mim eu so comeria filet a milanesa, mas eles tambem so comem pato e polvo! :- )

    Lembrei-me de que meu primeiro comentario no DCPV, em 2008, foi de terras uruguais. Citei Mario Benedetti. Hoje, de novo no Uruguai, lendo um de seus livros vi uma frase que me lembrou nossos encontros (como esse retratado neste post): “Se despidieron y en el adiós ya estaba la bienvenida.” Certamente por isso nao sentimos o tempo que separa os encontros da turma do ISB.

  4. 5 eduluz abril 3, 2012 às 1:01 pm

    Sócio, o final de semana foi perfeito. E o Epice foi realmente o Ápice!!
    Tem mais, descobrimos que a orquídea azul contém anil!! 🙂

    Marcia, precisamos fazer este programa quando estiverem por aqui.

    Lu, o mesmo pra você e o Mike. Precisamos ir ao Epice!!

    Drix, daqui pra frente vamos pedir polvo e pato a milanesa! rs
    E estamos prontos pra reunião peruana!

    Abs dutchosos e temperados pra todos.

    • 6 Drix abril 3, 2012 às 4:31 pm

      Pato ainda da para imaginar, mas polvo a milanesa… Sei nao,.. è quase um pleonasmo de textura :- )

      Que venga el lomito saltado… Bien cocido, por supuesto. ¡Hasta jeuves! Besos.

  5. 7 Juliana Maasdijk abril 4, 2012 às 10:10 am

    Adorei as fotos e os comentários, você faz de forma a explicativa e incentivadora a connhecer o lugar! Estou tentanto convencer meu marido holandês a ir visitar este lugar incrível.

  6. 8 eduluz abril 12, 2012 às 1:24 pm

    Drix, dá pra milanezar tudo. Até polvo! 🙂

    Juliana, vá sim e nos conte o que o teu marido achou.
    Abs dutchinianos pra todos

  7. 9 Pati Venturini - De Garfos e de Quartos abril 13, 2012 às 11:36 pm

    Dica preciosa esse Epice. Achei impecável a apresentação de todos os pratos, e quanto ao sabor não tenho dúvidas! Mais um para a listinha de São Paulo, ao que parece, um final de semana será pouco…

  8. 10 eduluz abril 20, 2012 às 6:54 pm

    Pati, e o Epice está fazendo um menu degustação que dizem ser uma maravilha.

    Abs vacosos pra todos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 644 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,353,894 hits
março 2012
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: