dcpv – dia ix – itália – florença – piove, pananananananam, piove.

28/11/2012

Dia IX ItáliaFlorença Piove, pananananananam, piove.

E a chuva continuou a cair.

DSC08709

E tão forte que chegamos até a pensar se o Rio Arno não poderia transbordar?

DSC08710

Fomos tomar café no restaurante do próprio hotel que estranhamente é do outro lado da rua.

DSC09061

E chovia muito.

DSC08714

O grande problema seria planejarmos os programas de hoje, já que um deles foi terminantemente cancelado.

DSC08712

Mesmo porque seria impossível andar de Segway com toda esta água. Talvez Jetsky, mas esta modalidade ainda não estava disponível.

DSC08711

Como estávamos muito perto, resolvemos conhecer, e debaixo d’água, o maior museu a céu aberto do mundo, a Piazza della Signoria.

DSC08715

Afinal de contas, onde você conseguirá ver e de graça, inúmeras obras de arte, tais como O Rapto das Sabinas, Perseu, a Fonte de Netuno, o Marzocco e até uma cópia genuína (???) do David de Michelangelo.

DSC08717DSC08720DSC08723

Aproveitamos a chuva pra conhecer o Palazzo Vecchio e o museu  da Torre.

DSC08724

Que por sinal, é muito interessante.

DSC08727

Ele foi a residência oficial dos Medici e inclusive, o Parlamento Nacional quando Florença foi a capital da Itália (de 1865 a 1871).

DSC08732

A visita é imperdível.

DSC08735

Primeiramente você é posicionado quanto a evolução geográfica de Florença.

DSC08729

E aí começa a subir a Torre, pra ter idéia de que era a vida dos manda-chuvas (ops) daquela época.

DSC08733

O salão imenso de recepções, …

DSC08736

… os tetos todos pintados por grandes artistas, …

DSC08738

… os móveis, …

DSC08744

… os ambientes, …

DSC08750

… e os estudos que levaram ao período criativo da Renascença.

DSC08756DSC08755

Voltamos ao hotel, …

DSC08761

… e resolvemos almoçar perto do museu que iríamos a tarde, a Galleria dell’Accademia.

DSC08810

Pra comer, optamos pelo Frescobaldi Wine Bar & Restaurant.

DSC08765

Que é uma belezura, …

DSC08764

… além de ser muito agradável.

DSC08769

O menu é altamente abrangente e os especiais indicavam opções com a utilização de funghi.

DSC08771

E tinha uma indicação mais bacana ainda: eles ofereciam vôos de vinhos. Mais especificamente, 3 tipos de cada um dos estilos de vinhos pra que você experimentasse.

DSC08777

A Dé foi num de Super Toscanos …

DSC08773

… e eu, num de Brunellos de Montalcino.

DSC08778

Como entradas, a Dé encontrou a Caprese perfeita, composta de mozzarella de búfala, basílico italiano e um pasta de tomate muito adocicada e saborosa. Ela deu nota 10.

DSC08781

Eu optei por um assortimento de Crostinis (fígado, vôngole, aliche e tomate). Perfeito!

DSC08779

Já nos principais, a Dé escolheu uma pasta recheada de ricota e com um molho muito apurado, …

DSC08787

…enquanto eu comi um filé com funghi espetacular.

DSC08791

Foi certamente o melhor (e maior) cogumelo que eu comi na minha vida.

DSC08792

Pedimos dois expressos e corremos pra chegar no horário marcado na Galleria.

DSC08795

Como fizemos a reserva dos ingressos pela internet (recomendo fortemente ), não esperamos nada na fila.

DSC08806

E quem diz que a Galleria dell’Accademia é o museu do David de Michelangelo; acertou!

DSC08812

O lugar é muito bacana (desculpe, mas fotos são proibidas. Que besteira!), cheio de mostras até que interessantes, tais como instrumentos musicais, …

DSC08809

… moldes para esculturas; …

DSC08815

… com pinturas muito bacanas, …

DSC08816

… mas é ele, o David quem manda em tudo. É impossível você passar por ele, …

DSC08818

… sem ficar pelo menos uma meia hora observando todos os detalhes desta maravilha que foi esculpida por Michelangelo aos 29 anos.

DSC08819

Você presta atenção realmente em tudo! 🙂

DSC08811DSC08798

Ainda aproveitamos pra dar uma olhada no Duomo, tanto interna, …

DSC08823

… quanto externamente.

DSC08826

Como a Piazza della Signoria ficava no caminho e era hora da happy hour, aproveitamos pra tomar um Nobile de Montepulciano …

DSC08833

… e observar a vista noturna da Torre do Palazzo Vecchio.

DSC08841

Mais uma beleza, ainda mais ressaltada pela chuva, que insistia em cair, o que deixava tudo mais romântico ainda.

DSC08830

Retornamos novamente ao hotel e …

DSC08839

… tínhamos reservado o interessante restaurante Acqua al 2 pro jantar.

DSC08844

Pelo menos a idéia de tudo parecia ser interessante. Você não gostaria de um  lugar em Florença onde pudesse fazer uma mini-degustação tanto de massas (são 5 tipos), como de carnes (são 3) por preços mais do que razoáveis?

DSC08848

Pois isso é o oferecido. Chegamos lá e estava cheio. Bom sinal.

DSC08846

Como tínhamos uma reserva, sentamos rapidamente. Estava tudo caminhando pra mais um acerto, quando a comida começou a chegar.
As pastas eram totalmente sem graça (penne ao pesto, nhoque, arroz com alcachofras, parafuso com berinjela e orecchiete com pimentas) e se não fosse a atendente especificar o que continham, não saberíamos explicar.

DSC08850DSC08856DSC08860

As carnes não ficaram atrás: um filé com molho de framboesa, outro com molho de aceto e uma esfihona bem dura com uma carne mal passada, quase um carpaccio, com rúcula e parmesão.

DSC08857

Enfim, uma comida muito fraca e com a impressão que foi esquentada no microondas! rs
Lamentável, ainda mais se tratando de Itália. Em compensação, a água era excelente.

DSC08866

Como tínhamos comido uma maravilha no almoço no Frescobaldi, não nos deixamos impressionar por este acidente de percurso.

DSC08874

Voltamos andando (e sem chuva) pro hotel, fazendo o nosso caminho habitual pela onipresente Piazza della Signoria.

DSC08878

Arrivederci.

Acompanhe os dias anteriores desta viagem:
Dia I – Verona – Itália – A terra da goiabada com queijo, ops, de Romeu e Julieta.
Dia II – Verona – Itália – Seguindo os passos dos amantes.
Dia III – Verona – Itália – Conhecendo o lago Garda.
Dia IV – Veneza – Itália – Quem vê o Canal Grande pela primeira vez e em grande estilo, jamais esquece.
Dia V – Veneza – Itália – O dia (e a noite) do misterioso fog.
Dia VI – Veneza – Itália – Tremenda dobradinha: Palácio dos Doges (e seu Itinerário Secreto) e passeio de gôndola.
Dia VII – Veneza – Itália – Aqui não tem nenhuma sonífera ilha (Murano, Burano e Torcello
Dia VII – Itália – Veneza/Florença – Uma luz no fim do túnel, ops, sobre viagem de trem.

.

Anúncios

3 Responses to “dcpv – dia ix – itália – florença – piove, pananananananam, piove.”


  1. 1 Eymard março 26, 2013 às 7:17 am

    Difícil, mas não impossível, encontrar um restaurante verdadeiramente inóspito na Italia! E a comida me pareceu bem sem brilho.
    Ja o Frescobaldi….ah, é covardia. Bom vinho e boa comida.
    O David é parada obrigatória!

  2. 2 Evandro Barreto (Dodô) março 26, 2013 às 4:59 pm

    Apesar das minhas suspeitas, alimentadas pelo noticiário de cada dia, Florença é um prova irrefutável de que há vida inteligente no planeta.

  3. 3 eduluz março 26, 2013 às 8:07 pm

    Sócio, conseguimos encontrar um restaurante brasiliense, ops, inóspito lá em Florença. E perceba que as fotos não tinham brilho nenhum.
    Ah! Viva o Frescobaldi!

    Caro Dodô, inteligente; cultural e gastronomicamente.

    Abs florentinos (ops) pra vocês.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 643 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,350,488 hits
março 2013
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: