Fogão de lenha no dcpv.

26/02/2013
número 343

Fogão de lenha no dcpv

“Edu, o fogão de lenha, para nós, mineiros, representa um estado de espírito.
É a certeza de que, enquanto se cozinha o feijão, se ferve o leite e se assa o pão-de-queijo, o tempo pode parar e esperar a conversa dos amigos .
É assim que me sinto, desde que conheci a cozinha do dcpv que, generosamente, se abre para os amigos do mundo”.

DSC02573

Não precisa nem dizer que esta dedicatória foi feita pela Drix.

DSC02559

E num livro, o Fogão de Lenha, Quitandas e Quitutes de Minas Gerais, da Maria Stella Libanio Christo (editora Garamond) que ela, gentilmente, nos deu de presente.

DSC02536

Pois não é que ele tinha ficado no apê da praia e justamente neste final de semana, resolvi folheá-lo novamente.

DSC02594

Começa que ele é muito bem escrito, contendo fatos inusitados e até menus de refeições feitas nos idos de 1800. Mas o objetivo principal da autora foi catalogar o máximo possível de receitas daqueles cadernos que passam de mãe para filha.

DSC02595

E o resultado é uma leitura pra lá de agradável, como o próprio livro indica ser uma refeição típica mineira.
Vamos lá, então, experimentar estes quitutes e estas quitandas, sô.

DSC02517

Como diria a Maria Stella, cheguem-se, a casa é sua!

Bebidinha – Caipirinha.

Como pensar numa comida tipicamente mineira, sem a legítima caipirinha, aquela de limão.

DSC02545

Principal – Um almoço mineiro.

Não estranhe. Desta vez vou seguir os preceitos do livro e servir uma refeição mineiraça.

DSC02535

Arroz, feijão, carne, angu, legumes e verdura. Estes são os componentes deste jantar. Todos servidos ao mesmo tempo e no mesmo prato.

DSC02583

Arroz branquinho e o feijão bem temperado foram feitos pela Flora.

DSC02501

Já a carne tem que ser de porco. Então escolhi um Lombo à Mineira.

DSC02493

Pra fazer, basta deixar um lombo magro temperado (uns 2 kg) numa vinha d’alhos (alho, cominho, gotas de pimenta, pimenta do reino, louro, sal e vinagre) durante umas 3 horas.

DSC02496

Coloque o lombo numa assadeira untada e leve ao forno brando.

DSC02503

De vez em quando, borrife com água pra que asse bem. Quando estiver macio, deixe corar.

DSC02504

Pra acompanhar este lombo, uma simples farofa de manteiga .

DSC02568

Já pro angu, dei uma leve sofisticada (também sou filho de Deus, sô) e fiz uma polentinha básica.

DSC02542

O legume escolhido foi a abóbora.

DSC02505

Corte-a em pedaços, misture 1 colher de chá de tempero mineiro (alho, cebola, cebolinha, pimentão verde, sal e salsa) e esquente o óleo numa frigideira.

DSC02506

Quando tiver bem quente, refogue e deixe cozinhar lentamente, pingando água.

DSC02508

Finalizando, optei pela couve a mineira, …

DSC02552

… cortada fininha e refogada numa frigideira junto com bacon derretido.

DSC02557

É claro que o prato todo montado ficou uma belezura, uai e …

DSC02577

… tivemos que nos contentar em experimentar mais um pouco quando ele terminou.

DSC02590

Foi difícil acompanhar/harmonizar tudo com um vinho, mas o rosé Inurrieta Mediodia não decepcionou. O achamos “mineirim, sôzim, boazim, gostosim”.

DSC02580

Sobremesa – Bolo Moça Chique.

Tá na cara que este bolo foi feito pra e pela Dé. Como sempre a receita é simples e uma delícia.

DSC02528

Bata 1 xícara de chá de manteiga com 4 gemas e 2 xícaras de chá de açúcar.

DSC02510

Em seguida junte 3 xícaras de chá de farinha, 1 colher de sobremesa de fermento em pó e 1 pires de coco ralado.
Adicione 4 claras batidas em neve.

DSC02513

Coloque numa forma untada de manteiga e asse em “forno esperto”!

DSC02522

Nós ficamos espertos e achamos o bolo muito bom mesmo.

DSC02529

Valeu até tomar um anisetinho da D Anina pra comemorar.

DSC02592

Eis o que os mineirins acharam de tudo:
Tremendo jantar, sô! Comidim mineirim das boa, uai! (Edu)
Ó Minas Gerais, ó Minas Gerais! Quanta comida maravilhosa você me traz! (Mingão)
Coisim boim dimais, sô! Nem trem é; expressim !! (Deo)

DSC02551DSC02585

E antes que você pergunte, os quitutes são as comidas de sal: o dourado lombo de porco com a  farofa , a lingüiça fumegante, o leitão pururuca, o tutu de feijão com rodelas de ovo, o torresmo torradinho, o frango caipira com quiabo e angu e outras delícias que só em Minas se encontram.

DSC02581

As quitandas substituem o pão no café da manhã e no lanche da tarde. São elas o célebre  pão de queijo, as gorduchas roscas da rainha, o bolo de fubá, os sequilhos, os crocantes biscoitos de polvilho, entre ourtas especialidades das sinhás mineiras.

DSC02562

Portanto, se tiver a oportunidade, compre o livro Fogão de Lenha. Você certamente terá tempo pra conversar com os seus amigos enquanto faz uma lauta refeição, né Drix?

DSC02578

Inté.

16 Responses to “Fogão de lenha no dcpv.”


  1. 1 Raquel Benjamin maio 9, 2013 às 9:58 am

    Sou mineiríssima e por isso posso falar com conhecimento de causa: tudo ficou muito bonito e com certeza cheiroso e gostoso. Pessoalmente não sou fã de lombo porque acho uma carne muito seca. Dá próxima vez experimente o pernil de porco. É uma carne bem saborosa e é mais “molhadim”. Abraço

    • 2 vivian munhoz novembro 14, 2013 às 11:09 am

      Eu asso o lombo coberto com um pacote de várias folhas de papel alumínio bem fechado; despejo a vinha d’alho (vinho branco seco, limão, louro, alecrim, cebolinha, salsa, alho, pimenta do reino branca e preta, pimenta rosa) dentro e só retiro o papel depois de três horas de forno brando, para dourar. O lombo fica bem suculento ou, como diz você, “molhadim”!

  2. 4 Clau e Gil maio 9, 2013 às 1:39 pm

    Olá Edu, como mineira só tenho a dizer que deve ter ficado uma delícia!
    Parabéns e abraços.

  3. 5 Eymard maio 9, 2013 às 8:11 pm

    Os minerim invadindo Ferraz! Jantar celestial. Receitas da mãe do Frei Beto. Comida mineira, caseira, gostosa….comida para comer com os amigos e a família. Não tem casa mineira sem lombo de porco!

  4. 6 Drix maio 9, 2013 às 8:28 pm

    Edu, para ser perfeito só faltou eu estar ai! :- ) A foto do prato completo me fez salivar. Já disse aqui no DCPV que arroz, feijão, abóbora, couve e linguiça têm sabor de infância feliz. Essa é a “comidinha gostosa” dos sábados de minha infância. Ainda hoje, é assim que eu, minhas irmãs e meu irmão nos referimos a ela. Algumas vezes a linguiça é substituída por lombo ou pernil, como no seu prato.

    Quando nascemos e vivemos em um lugar, aprendemos a perceber suas características através do olhar dos amigos. Só fui perceber o sotaque mineiro, quando trabalhei um ano em Brasília. Só observei como as ruas de BH são arborizadas, quando amigos me chamaram a atenção para esse detalhe. Foram também os amigos que me fizeram ver como realmente gostamos de contar casos (ou escrevê-los, no meu caso… rs). Quando se está à beira de um fogão de lenha, tirando lascas de um queijo da Canastra para acompanhar o cafezinho então… Vai-se a noite, vai-se o queijo, mas os casos… esses não acabam nunca.

    O sabor de comidinha gostosa; o som do trem saindo da estação; o cheiro do pão de queijo no forno; a paisagem das montanhas; minhas mãos tocando as mãos de minhas irmãs, meu irmão, primas e primos na brincadeira de passar o anel, no fim de tarde na fazenda. Esses são os sentidos de minha infância. Você aguçou todos eles com seu post.

  5. 7 Mô Gribel maio 9, 2013 às 11:32 pm

    Edu,

    Lá venho eu e minhas perguntas bestas…..rs
    Por que vocês sentam todos do mesmo lado da mesa?
    Tem sempre ‘alguém’ na cabeceira e todomundojuntodoladoumdooutro a direita…rs

    Isso sempre me intrigou porque aqui eu ponho os lugares em frente uns aos outros. Fico imaginando se é porque na parede em frente tem uma tv e vocês jantam às quartas-feiras assistindo futebol! Hahahahah

    Não me leve a sério!! Beijo!

  6. 8 Evandro Barreto maio 10, 2013 às 10:05 am

    Depois… deitar na rede, reler um conto do Guimarães Rosa e adormecer sem sentir ao som de Milton Nascimento.
    Abraço do carioca com coisas de mineiro,
    Dodô

  7. 9 Drix maio 10, 2013 às 10:11 pm

    Eymard, o filho – Frei Betto- também já passou pela mesa do DCPV. Edu fez um jantar a partir do livro “Comer como um frade”, que dei para ele, se não me engano, aqui em BH.

  8. 10 Eymard maio 10, 2013 às 10:43 pm

    Isso mesmo Drix.
    Mô Gribel, que observadora!!! Mas o encontro semanal é as terças….não as quartas…portanto a explicação há de ser outra (rs). Esse “alguém na cabeceira”, advinhe quem é?
    Agora voce também aguçou minha curiosidade…..rs

  9. 13 eymard maio 10, 2013 às 11:57 pm

    Mô Gabriel, ora pois! A Drix é muito lógica! Mas nesse caso eu acho que há, mesmo razões mais obscuras….e… nem serão desvendadas, creio eu!

  10. 14 eduluz maio 11, 2013 às 1:34 pm

    Raquel, faça este lombo porque ele ficou bem úmido e gostoso. De qualquer forma não deixaremos de experimentar um bom pernil.

    Clau e Gil, ficou bom mesmo, sô!

    Drix, na verdade, você esteve (tamanha as vezes que falamos de você). Só faltou experimentar a comida de verdade! rs

    Sócim, esta comidim ficou boa demais

    Mô, você está certa em parte. Começamos as reuniões as quartas e como tinha futebol, comíamos vendo os jogos (se bem que na maioria das vezes, nem olhávamos pra Tv).
    Continuamos com a mesma formação depois de mudarmos pras terças e nem sabemos bem o porquê? Acredito que por estarmos acostumados com as conversas deste jeito, além de ficar melhor pra Dé tirar as fotos.

    Caro Dodô, e olha que nem apelamos pra cachacinha!! rs

    Sócio, Drix e Mô – acho que a resposta foi dada acima.

    Abracins pra todos.

  11. 15 Drix maio 11, 2013 às 8:08 pm

    Edu, espero que tenham falado bem :- ) Beijos e obrigada pela revisão.

  12. 16 eduluz maio 16, 2013 às 7:03 am

    Só falamos bem, sô!

    Beijins.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 633 outros seguidores

Blog Stats

  • 1,322,669 hits
maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: