dcpv – terzo giorno toscano – uma verdadeira puxada (curva) até urbino.

01/06/2013

Terzo giorno Toscano –  Uma verdadeira puxada (curva) até Urbino.

Hoje seria aquele dia maluco na Toscana.

SONY DSC

Por enquanto, o sol só apareceu em pequenos momentos.

DSC04407

E pela manhã não foi diferente.

DSC04398

Tomamos o nosso lauto café da manhã no hotel e nos preparamos pra tremenda overdose de carro que teríamos.

DSC04406

O objetivo seria conhecer Urbino, uma verdadeira cidadela que fica na região de Marche, vizinha da Toscana.

SONY DSC

O que eu não imaginava (e ao mesmo tempo, desconfiava) é que bateríamos o recorde mundial de dirigir em estradas com curvas.

DSC04412

Saímos todos lampeiros e rumamos pra Urbino.

DSC04417

A descrição dela no guia é a seguinte: “esta cidade simpática floresceu sob o patronato do duque Federico da Montefeltro. Sua universidade atraiu pintores, arquitetos e matemáticos de todas as partes, a exemplo de Piero della Francesca

SONY DSCSONY DSC

“O imenso Palazo Ducale, com a Galeria Nazionale delle Marche é o destaque de Urbino. A graciosidade das Torres que emolduram a sacada dos aposentos privativos do duque camuflam o poderio duma força militar invicta. No seu tempo, era a maior construção da Europa“.
Me fala se é ou não tentador?

DSC04430

Portanto, voltemos as curvas.

DSC04423

Foram um pouco mais de 100 km até chegarmos lá.

DSC04426

E se eu tivesse contado a quantidade de curvas fechadas que fizemos (e das paisagens bonitas também), certamente teria perdido a conta.

DSC04428

Em compensação, foi muito bacana ver a transformação da paisagem bucólica da Toscana, por outra também, mas com característica própria.

DSC04484

Chegamos lá por volta das 13:00 hs e o baque foi total.

DSC04431

A cidade toda fechada por muralhas e o Palazo Ducale são de deixar o queixo caído, …

SONY DSC

… tanto pelo tamanho, como pela beleza da arquitetura.

SONY DSC

Se existe uma construção que te faz diminuir de tamanho, é esta.

DSC04432

Passeamos bastante lá dentro.

DSC04445

Fomos conhecer o museu e o Palazzo tambem.

DSC04448

E apesar da dificuldade de estacionamento, esta visita é mais do que recomendada.

DSC04481

Almoçamos lá mesmo no Caffè del Corso.

DSC04455

A Dé comeu uma salada de farro, mozzarella de búfala e tomate (uma ótima variação de caprese) …

DSC04460

… e eu, um veraci espaguete ao vôngole,

DSC04462

… além de tomarmos uma jarra dum vinho branco da casa muito bom.

DSC04456

Voltamos felizes e não contando cada uma das curvas que fizemos (detalhe: a Dé passa mal nelas e quando são muito fechadas, ela precisa fechar os olhos!).

DSC04492

Mesmo assim, ela definiu o lugar como “encantador”.

DSC04465

Aproveitamos a volta pra conhecer Sansepolcro, mais uma cidade bonita …

SONY DSC

… e conhecida como o lugar onde nasceu Piero della Francesca.

DSC04495

Aproveitamos pra tomar um sorvetinho (nota 8 no MicheLuz)…

DSC04507

… e presenciar (mais) um casamento, coisa comum nas nossas viagens.

DSC04503

Chegamos ao hotel por volta das 19:00hs e a tempo de ver como o sol da Toscana é realmente avassalador.

DSC04513

Aproveitamos pra saciar a nossa fome numa Taverna, a Pane e Vino que fica bem no centro de Cortona.

DSC04520

Esta foi bem mais fácil de encontrar que a Osteria de ontem.
E como upgrade, tinha uma festa medieval bem na praça, na frente do restô.

DSC04519

É, esses italianos sabem se divertir.

DSC04512

Voltando ao jantar, o lugar é muito interessante, já que é praticamente um porão etrusco.

DSC04547

O menu é o de sempre, mas incrível como tudo é muito bem feito e com ingredientes de qualidade superior.

DSC04546

A Dé pediu com entrada, mortadela (ela é viciada). E esta foi servida dum jeito bem especial: enrolada num grissini.

DSC04535

Eu optei por duas bruschettas: uma com pomodoro e outra com alho e azeite. Simples e deliciosas.

DSC045371

Como principais, a Dé foi de Papardelle com ragu de 3 carnes (ótimo) …

DSC04541

…  e eu, de Pici com farinha de rosca, anchovas e pimenta. Mais uma delícia.

DSC045421

Tomamos meia garrafa dum Brunello de Montalcino (estávamos treinando) que foi servida dum jeito simples e inteligente: a atendente traz uma inteira e despeja o vinho numa meia garrafa que tem uma marca indicando o nível. Simples assim.

DSC045291DSC04532

E que vinho!

DSC045281

É claro que pedimos cantuccini com vin Santo, pra fechar a noite com chave de ouro.

DSC04545

É, estes italianos sabem mesmo se divertir.

DSC04510

Arrivederci.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Primo giorno toscano – De FV pra Toscana, ou melhor, Cortona.
Secondo giorno toscano – Voltando a Chianti e ao castelo de Volpaia.

.

Anúncios

8 Responses to “dcpv – terzo giorno toscano – uma verdadeira puxada (curva) até urbino.”


  1. 1 Eymard julho 2, 2013 às 7:55 am

    Só digo uma coisa: esses ferrarenzes sabem mesmo se divertir!!!!

  2. 2 Luciana Betenson julho 2, 2013 às 3:38 pm

    Que lindeza esta região mesmo. Os campos de papoulas são um show! Eu também presenciei dois casamentos em Siena, como estes italianos casam haha! Que cara boa as comidas da Pane e Vino. E a festa na praça, que delícia 🙂 A Toscana não cansa nunca… bjs

  3. 3 Vianney Menezes julho 2, 2013 às 10:20 pm

    Acho que quem sabe se divertir são esses Corinthianos que vão à Toscana, descobrem os melhores lugares e contam pra gente ! Aloha! Aguardem-nos em Mendoza! Vianney

  4. 4 Evandro Barreto julho 4, 2013 às 3:02 pm

    Como disse – e desenhou – Oscar Niemeyer, a beleza mora nas curvas.

  5. 5 eduluz julho 5, 2013 às 9:43 pm

    Sócio, nós todos bem sabemos!! 🙂

    Lu, sabe que até agora estamos tentando descobrir o nome destas flores vermelhas que dão em tudo o que é lugar por lá?

    Vianney, corinthianos se divertem em qualquer lugar. E que venham os vinhos!!

    Dodô, neste caso a menor distância entre dois pontos é uma curva!!

    Abs curvos pra todos.

  6. 6 Carlton N. Pierce julho 10, 2013 às 1:24 pm

    Parada no tempo em povoados da Sicília ou cosmopolita em Milão, urbana em Gênova ou romântica em San Gimignano, a Itália é terra para todos os gostos e sonhos. De bicicleta ou de carro pelos campos da Toscana, de barco ao longo de seu belo litoral ou a bordo de um possante esportivo pelas curvas da Costa Amalfitana, curta as grandes e pequenas atrações e estando de carro pare onde lhe der na cabeça e viva um país maravilhoso.

  7. 7 Marilda Carvalho Turrini julho 11, 2013 às 10:30 am

    Conhecem ou já ouviram falar de uma cidade chamada Vigevano,próxima de Milão, é outra coisinha única e maravilhosa.Sou apaixonada por este país.Aprendi a cozinhar com esta gente.Quando faço algum prato italiano e digo que este é o vero, me falam que vero não existe; eu nem discuto, estas coisas são pra quem vive e sente este mundo, quem está de fora nem imagina o que verdadeiramente bom. Eu aprecio e me identifico muito com vocês, que bom, assim não me sinto um peixe fora d’agua.Aproveitem bem este país maravilhoso.

  8. 8 eduluz julho 11, 2013 às 6:31 pm

    Carlton, é isso aí!

    Marilda, não conhecemos (ainda), mas já está anotada!
    E você está certa: o vero existe! 🙂

    Abs italianíssimos pra todos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 644 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,353,894 hits
julho 2013
S T Q Q S S D
« jun   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: