dcpv – dia set – champagne – dia de Veuve Cliquot. ou melhor, de viuvinha.

15/10/14

Dia set – Champagne – Dia de Veuve Cliquot. Ou melhor, de viuvinha.

Pronto. Estávamos na região de Champagne.

DSC06208

O hotel, o Le Royal Champagne é muito bom e a localização não poderia ser melhor.

DSC06685

Ele fica entre Reims e Epernay (mais perto dessa), mais precisamente na cidadezinha de Champillon.

DSC06539

Acordamos cerdo, tomamos um ótimo café da manhã no hotel …

DSC06331

… e zarpamos pra conhecer os pontos turísticos mais famosos de Reims.

DSC06194

Um deles é a catedral de Notre Dame de Reims, …

DSC06165

… erguida no século 13 e tombada pela Unesco, …

DSC06171

… exibe 2300 estátuas, entre elas uma que ficou conhecida como o anjo sorridente.

DSC06170

Olha, é impressionante ver o tamanho desta catedral e a o opulência que as autoridades quiseram dar a este verdadeiro monumento.

DSC06179

Sem contar, toda a história que está impregnada no ambiente.

DSC06177

Vamos lembrar ainda de quantas vezes ela foi reconstruída após bombardeios, incêndios e outros tipos de acidentes.

DSC06174

Ao lado dela, fica o Palácio de Tau, antiga residência do arcebispo.

DSC06184

É mais um prédio bonito e representativo de uma época.

DSC06182

Voltamos ao estacionamento (até que é bem fácil arranjar vagas por aqui) …

DSC06167

… e resolvemos dar umas voltas de carro pra conhecer melhor a cidade.

DSC06196

Reims é bem bonita e tem várias rotatórias interessantes.

DSC06164

Aproveitamos também pra ir próximo onde fica a mítica Veuve Clicquot.

DSC06185

Tínhamos um tour reservado (somente pot Internet) na Viúva.

DSC06199

E foi interessante demais.

DSC06201

Logo de cara, a guia explica toda a história da Madame Ponsardin. E depois disso, vem a visita propriamente as caves.

DSC06202

Que são mais conhecidas como Les Crayeres.

DSC06216

São adegas subterrâneas de gesso e curioso, …

DSC06245

… elas tem 25 metros de profundidade …

DSC06219

… e 25 km (isso mesmo!!) de extensão.

DSC06223

Lá a temperatura é a ideal (10 a 12°C) …

DSC06226

… e, tivemos acesso a todo o processo de fabricação deste precioso líquido.

DSC06233

É claro que finalizamos com a degustação de uma taça da Grand Dame.

DSC06262

Final mais feliz não poderia haver.

DSC06265

Dali, resolvemos passear mais um pouco por Les Crayeres.

DSC06268

Passamos também pela Taittinger (tentamos fazer um tour, mas não tinha mais vagas) …

DSC06269

… e então, decidimos voltar ao centro pra comer alguma coisa.

DSC06195

Foi aí que começou a chover a píncaros.

DSC06277

E como chuva é vida, entramos no primeiro lugar que achamos bacana, o Bistrot du Forum.

DSC06276

Ele é um daqueles simples bar a Vin francês e que, como sempre, tem os seus segredos.

DSC06270

Fomos bem frugais e pedimos uma tábua de queijos …

DSC06272

… e duas taças de Taittinger Brut.

DSC06271

Taí um refeição bem equacionada e prazerosa. Voltamos ao hotel, com a chuva apertando muito.

DSC06154

Como consequência, tivemos a possibilidade de ver a vista do nosso quarto em dois formatos completamente diferentes. O de ontem, com um por do sol radiante.

DSC06283

E o de hoje, com a chuva imperando.

DSC06278

Ambos são lindos e necessários pra que as uvas maturem com serenidade e criem vinhos inesquecíveis, como vários champanhes que saem daqui.

DSC06336

Estávamos prontos pro jantar. Que seria no restaurante do próprio hotel, o Le Royal Champagne (Nota da redação – o hotel está fechado para reformas e só voltará a funcionar em 2017).

DSC06311

A escolha foi excelente porque a chuva continuava a cair. E foi certamente a melhor refeição que fizemos até hoje, nesta viagem.

DSC06306

Tudo bem que o lugar é daqueles antigões e ultratradicionais. Mas é como que um resumo do que a legítima cozinha francesa pode representar.

DSC06312

Chegamos, escolhemos tudo (até a sobremesa) e a grande dúvida seria optar pelo champagne entre os zilhares que constavam na carta.

DSC06301

Optei por pedir ajuda aos universitários, ou melhor, ao sommelier e não me arrependi. A indicação dele foi soberba, já que o Vincent D’Astrée esteve impecável.

DSC06302

Quanto aos pratos, a Dé escolheu um blanquette de lotte au safran, petits legumes et sob emulsion ioder.

DSC06309

Eu fui de Filet de bar a l’unilaterale enbeurré de vitelotes fumées et emulsion de poivres rouge a la vanilla de Madagascar. Tudo lindo e absolutamente perfeito.

DSC06307

Como sobremesa, pedimos a especialidade do chef, um souflé du Royal et sob sorbet au champagne rosé. Certamente foi o melhor e mais leve suflé que comemos nas nossas vidas.

DSC06315

Pra melhorar, encerramos com alguns docinhos (que macaron!).

DSC06317

Olha, se você estiver na região de Champagne e resolver jogar o barco nas videiras, ops, nas pedras, este é o lugar. Nós recomendamos.

DSC06240

Bom, depois disso tudo só indo dormir o sonho dos justos, logo ali, no nosso quarto.

DSC06322

Ademã, que nós vamos de leve e devidamente borbulhados.

Veja os outros dias desta viagem:
Dia one – A caminho da Irlanda.
Dia two – Dublin – Bebedeira à vista: Guinness e Jameson.
Dia three – Passeio gastronômico em Dublin.
Dia four – Dublin – City tour free. É legal?

.

 

6 Responses to “dcpv – dia set – champagne – dia de Veuve Cliquot. ou melhor, de viuvinha.”


  1. 1 Lucia julho 25, 2015 às 8:46 am

    Deliciosas dicas.
    Obrigada!

  2. 2 Evandro Barreto julho 27, 2015 às 11:39 am

    Edu, beber champagne é a maneira mais sábia de tirar partido das pressões..

  3. 3 Ludmila Sobral julho 27, 2015 às 1:43 pm

    Edu fiz essa viagem ano passado em maio e foi maravilhosa!! Que saudade de Reims!!!!!abração para vocês

  4. 4 Eymard julho 28, 2015 às 8:39 pm

    Adorei o post; a viuva; os santos que a iluminaram e o impagavel Dodo!!! Fiz como o post: demorei para aparecer!!

  5. 5 Kely julho 30, 2015 às 4:36 pm

    Que demais!
    Sonho conhecer esses lugares!
    É possível conciliar as vinícolas a visitar com a viagem, ou acaba sempre ficando alguma par trás?

  6. 6 eduluz julho 30, 2015 às 7:04 pm

    Lucia, estas foram deliciosas mesmo! Provamos in loco.

    Caríssimo Dodô, você continua o mesmo. Ou seja, inteligente e com tiradas da melhor qualidade. Muita saude pra você.

    Ludmila, também estamos com saudades. Apesar de não ser um lugar muito divulgado, aquela região é adorável.

    Sócio, adoramos muito a Viuva. Especialmente quando ela vem em forma líquida!🙂 Ah, antes tarde do que …

    Kely, se você planejar conhecer duas por dia, certamente cumprirá o que se prometeu. Mais do que isso é bastante complicado, mesmo porque ficará difícil de dirigir (hic!). rs

    Abs borbulhados para todos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 625 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,306,308 hits
julho 2015
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: