Arquivo de agosto \29\UTC 2015

dcpv – dia neuf – e viva Dom Perignom.

17/10/14

Dia neuf – ChampagneE viva Dom Perignon.

Hoje seria o nosso último dia na região de Champagne.

DSC06505

E optamos por conhecer a área mais próxima ao hotel.

DSC06510

Acordamos cedo e tomamos o nosso ótimo café da manhã (destaque para os queijos franceses).

DSC06747

Logo após, rumamos pra conhecer Champillon, tecnicamente a cidade onde fica o nosso hotel.

DSC06506

É uma cidade até que moderna para os padrões franceses, …

DSC06507

… e a sua rua principal, a rue du Paradis, que atravessa as videiras, descreve bem o que ela realmente é.

DSC06516

Além do mais, Champillon oferece grandes vistas panorâmicas de todo o vale do rio Marne.

DSC06511

Na seqüência, fomos conhecer Hautvillers.

DSC06564

Ela é conhecida como o berço do champanhe …

DSC06570

… e a sua abadia é uma referência mais do que indicada.

DSC06530

Foi nela que Dom Perignon viveu e onde criou, segundo a lenda, todo o processo de fabricação do champagne.

DSC06535

Inclusive, dizem que quando provou pela primeira vez o resultado das suas experiências, ele gritou: “estou bebendo as estrelas!”.

DSC06538

Vimos também o túmulo deste grande “inventor”.

DSC06534

Outra coisa curiosa, são as placas de ferro que descrevem o que os moradores das casas originalmente faziam.

DSC06547

Eis um fotoblog com uma boa quantidade delas.

DSC06548

DSC06551

DSC06554

DSC06556

DSC06557

DSC06558

DSC06559

DSC06560

DSC06562

DSC06567

DSC06568

Aproveitamos pra conhecer o Au 36, um bar à champanhe que fica exatamente na rue Dom Perignon, no número … 36!

DSC06571

Experimentamos 6 flutes de champanhe (pela ordem, Chardonnay, Meuniére, Pinot Noir, Millesime, Assemblage e Rosé) …

DSC06576

… além dum prato com comidas típicas da região.

DSC06581

Dali, partimos para Epernay

DSC06589

… e sua Avenue du Champagne.

DSC06592

Segundo Churchill, é a “avenida mais bebível do mundo”.

DSC06588

E um lugar que tem Moet Chandon, Perrier Jouet, Pol Roger, Martel e Mercier só pode ser descrita deste jeito mesmo.

DSC06590

Estima-se que existam mais de 200 milhões de garrafas de champagne nos 110 km de armazenamento subterrâneo existente por aqui.

DSC06593

E pra conhecer como são estas caves (e compará-las com as Crayéres de Reims ) resolvemos fazer o tour pela Mercier, já que os tíquetes podem ser comprados na hora.

DSC06594

O tour é bastante comercial, mas não deixa de ser interessante.

DSC06599

Você vai até as caves (são 30 metros de profundidade …

DSC06597

… e 18 km de extensão), …

DSC06616

… pega um trenzinho e dá uma volta pelas profundezas do champanhe.

DSC06619

Eles tiveram a manha de colocar algumas obras de arte no caminho, …

DSC06610

… além de explicarem todo o processo de fabricação.

DSC06629

Isso tudo com a ajuda dum áudio guia que optamos ser em português!

DSC06621

Resumindo, faça este tour e você não se arrependerá, …

DSC06631

… muito menos pela degustação final dum champagne Blanc de Blanc e dum outro rosé (você escolhe a quantidade de flutes que quer beber. Podem ser de 1 a 3).

DSC06633

Aproveitamos que estávamos por lá, pra conhecer o centro da cidade.

DSC06639

Demos umas boas voltas, comemos doces, …

DSC06642

… sandubas de baguete …

DSC06648

… e resolvemos voltar ao hotel pra arrumar as coisas.

DSC06653

Como esta arrumação poderia esperar, decidimos dar mais uma voltinha de carro pelas pequenas cidades próximas.

DSC06664

E foi aí que conhecemos lugares pacatos, bonitinhos e lídimos representantes da região da Champanhe.

DSC06669

Fomos a Saint-Imoges, …

DSC06655

,.. Romery, …

DSC06667

… Comoyeux …

DSC06671

… e Fleury-la-Riviere.

DSC06682

Com o cair da noite e mais este esplêndido por do sol …

DSC06689

… nos preparamos pra jantar que seria no restaurante da l’Abbaye D’Hautvillers, aquela mesma que fomos visitar hoje e onde Dom Perignon está enterrado.

DSC06532

Seria, porque chegamos no horário reservado (21:00hs) e a atendente veio nos informar que a última reserva era pras 20:30hs. E sabe que achamos bom, porque o restaurante pareceu bem caído e acho que não comeríamos bem por ali.

DSC06696

Resumo da coisa? Tivemos que zarpar pra Epernay pra tentar arrumar um lugar pra jantar, sem reserva e as 21:30hs. O Sr Joaquim do GPS nos meteu num caminho maluco, em que a estradinhas cortavam as videiras.

DSC06698

Acabou sobrando o restaurante La Banque novamente. Ele é o único estabelecimento aberto a esta hora e disponível para clientes sem reservas como nós (fica esta dica).

DSC06699

Ainda bem que a comida é muito boa e o ambiente agradável.

DSC06701

A Dé pediu um Filet de Turbot acompanhado de Fetuccini …

DSC06706

… e eu, um Bouef de Veau com batatas fritas.

DSC06709

Tudo isso estava excelente e ficou melhor ainda acompanhado dum Milesime do J M Goubillard et Fills.

DSC06705

Ainda deu tempo de passarmos novamente por L’avenue de Champagne

DSC06732

… que fica extremamente charmosa a noite …

DSC06722

… com os seus casarões iluminados.

DSC06718

Só nos restou retornar pro hotel, arrumar as coisas e correr pra Paris amanhã cedo.

DSC06734

Mesmo por que, ficaremos pratica e somente um dia por lá.

DSC06801

É muito pouco, mas faremos o possível.

DSC06772

Afinal de contas, é Paris.

DSC06777

Au revoir.

Veja os outros dias desta viagem:
Dia one – A caminho da Irlanda.
Dia two – Dublin – Bebedeira à vista: Guinness e Jameson.
Dia three – Passeio gastronômico em Dublin.
Dia four – Dublin – City tour free. É legal?
Dia set – Champagne – Dia de Veuve Cliquot. Ou melhor, de viuvinha
Dia ouit – Champagne – Visitando mais um ícone, a Ruinart.

 

.

 

 

 

dcpv – voou? nadou? grelhou!

Número 399
15/09/2014

Voou? Nadou? Grelhou!

Eu tenho uma edição antiga do Paladar (5 a 11/08/2010) que guardo com devoção.

DSC05391

Nela são apresentadas 101 receitas para fazer na sua grelha.

DSC05428

E como estamos reformando a nossa cozinha, apelei pra churrasqueira.

DSC05392

“Aqui estão ideias grelhadas que valem a pena experimentar. A grande maioria leva pouco tempo de preparo. Algumas tem ingredientes comuns e oferecem poucas surpresas. Mas fiz questão de apresentar também sugestões com ingredientes pouco usuais na churrasqueira que surpreendem em sabor e textura. Você vai acabar querendo colocar qualquer coisa na grelha. É só começar”.

DSC05397

É assim que o famoso Mark Bittman apresenta as suas sugestões. Vamos à elas!

Entradas: Tomates com Mussarela e Guacamole grelhado.

As descrições das receitas são as seguintes: Tomates com Mussarela.

DSC05403

Grelhe tomates bem maduros até que estourem.

DSC05426

Borrife azeite, tempere com sal e pimenta …

DSC05431

… e sirva com mussarela …

DSC05438

… e pão grelhado.

DSC05429

É uma bruschetta grelhada incrível.

DSC05441

Guacamole grelhado:

DSC05432

Corte o abacate ao meio, tire o caroço …

DSC05400

… toste ligeiramente e retire a polpa.

DSC05404

Grelhe uma cebola roxa cortada ao meio. Pique, junte ao abacate, adicione tomates, limão e alho picado.

DSC05407

Este guacamole é bem diferentão e ainda dei um toque de coentro.

DSC05440

Pra upgradear, tomamos um vinho tinto, o Zinfandel Niles que foi “rio, amazonis, sanfranciscus, tiétes“, segundo os chamuscados, nós mesmos.

DSC05436

Principal – Bife de 6 minutos (talvez 4).

Salgue os bifes …

DSC05415

… e grelhe-os rapidamente.

DSC05448

Cubra com queijo fresco, …

DSC05452

… cebola roxa cortada em rodelas muito finas (se quiser, grelhe-as antes) …

DSC05454

… e caldo de limão grelhado.

DSC05419

Absolutamente perfeito.

DSC05457

É claro que pra Dé teria que fazer uma outra receita. E fiz o frango com parmesão.

DSC05455

Bata os bifes de frango bem fino.

DSC05412

Cubra com fatias de tomate, mussarela e parmesão; …

DSC05414

… enrole e prenda com um palito e grelhe por alguns minutos de cada lado (daí o 6, talvez 4).

DSC05417

Quer saber? Não ficou tão bom quanto a carne.

DSC05446

Tomamos mais um vinho tinto, o Teliani Valley Georgia 2011 que foi “pestebuda, on my mind, sofia, stoikowichy“, segundo os bombeirinhos.

DSC05450

Sobremesa – Doce de batata-doce e caçarola à italiana (by D Vera).

Com o advento da reforma da cozinha, os doces da nossa segunda pastissieur, a D Vera, estão imperando por aqui.

DSC05393

Desta vez, servi doce de batata-doce misturado com o vermouth (ou seria um quinado?) Punta y Més que deixou tudo com um gostinho de Biotônico Fontoura …

DSC05463

… e a legítima caçarola italiana, que se parece bastante com uma queijadinha da Bota.

DSC05464

Eis a opinião dos queimadinhos:
Grelhamos quase tudo! E mesmo com o frio reinante, a comida esteve quente! (Edu)
Que guacamole! Que beleza. (Mingão)
Chama o bombeiro. (Déo)

DSC05444DSC05459

Bom, foi isso!

DSC05434

Aproveite a sua churrasqueira e faça as experiências que Mr Bittman indicou.

DSC05398

Grelhe tudo o que puder e nos mande quais foram os ingredientes/receitas que mais caíram bem.

DSC05385

Até.

.

 

dcpv – dia ouit – champagne – visitando mais um ícone, a ruinart.

16/10/14

Dia ouit – ChampagneVisitando mais um ícone, a Ruinart.

Mais um dia broncolhão.

DSC06323

Não nos apertamos e fomos passear.

DSC06338

O café da manhã do hotel, pra variar, é muito bom.

DSC06328

Aproveitamos dele e resolvemos ir conhecer as cidades bacanas que fazem parte da rota turística da Champanhe.

DSC06343

Começamos passando em Ay, uma cidade bem pequena, …

DSC06348

… mas charmosa …

DSC06349

… e um grande centro de produção de grandes champanhes.

DSC06351

Só aqui são 3,7 km2 de vinhedos classificados como Grand Crus.

DSC06336

Dá pra imaginar o quanto em dinheiro existe acumulado nas suas caves?

DSC06346

Passamos também em Avenay-Val-d’Or, esta minúscula e também muito charmosa.

DSC06354

Atravessamos a região da grande Montagne de Reims.

DSC06369

Além de ser uma mata espetacular …

DSC06350

… é ali que estão plantadas as melhores videiras usadas pra produção do Champagne.

DSC06363

Sem contar que as cores do outono na vegetação …

DSC06384

… transformam estes passeios em verdadeiros devaneios.

DSC06365

No caminho, cruzamos com Germaine, …

DSC06373

Ludes

DSC06382

… e terminamos o tour em Verzenay, …

DSC06400

… com os seus curiosos moinho …

DSC06404

… e farol (???) incrustados no meio de videiras de pedigrée.

DSC06402

Seguimos direto pra região de Les Creyeres em Reims, pois tínhamos um tour agendado (faça uma reserva pela Internet) na lendária produtora Ruinart.

DSC06410

Chegamos e notamos a imponência do lugar.

DSC06411

Toda a sede é muito chique …

DSC06416

… o que aumentou e muito a nossa curiosidade.

DSC06422

Éramos em 10 pessoas (8 americanos e 2 brazucas, nós mesmos).

DSC06421

Começamos com a história do champanhe e de Dom Ruinart.

DSC06420

Logo depois, entramos na cave propriamente dita.

DSC06427

Pra variar, é de ficar impressionado.

DSC06430

São 8 km lineares de cavernas de gesso em dois níveis, sendo um a 24 m de profundidade …

DSC06428

… e outro a 42 metros da superfície.

DSC06447

Tudo isso com temperatura e umidade perfeitas pra fabricação e maturação deste néctar.

DSC06450

Ficamos sabendo dum montão de curiosidades sobre este processo …

DSC06458

… e finalizamos o tour fazendo uma tremenda degustação.

DSC06459

São dois Champanhes Ruinart (um branco e um rosé) …

DSC06471

… e dois Dom Ruinart no mesmo formato.

DSC06467

Olha, este é mais um passeio imperdível e que você tem que fazer quando estiver em Reims.

DSC06478

Tudo é impressionante, especialmente estas paredes que tem quase 9000 garrafas cada uma!

DSC06448

Volto a pensar em quanto dinheiro está acumulado nestas caves?

DSC06454

Saímos de lá e voltamos pro hotel.

DSC06685

No caminho, paramos numa loja de vinhos pra comprar algumas garrafas de Champagne.

DSC06479

Aproveitamos pra conhecer produtores que nem chegam ao Brasil e que são excelentes.

DSC06481

Faremos este esforço (tomar as garrafas) pra explicar pra vocês se eles são realmente bons ou não?  (Nota da redação – já tomamos todos e eles são demais).

DSC06482

Estávamos morrendo de fome (não sei se perceberam, mas nós não almoçamos).

DSC06331

O negócio foi aguardar pelo jantar que seria no restaurante Le Theatre, em Epernay.

DSC06502

Não precisa nem dizer que ele fica justamente ao lado do teatro municipal.

DSC06501

O ambiente é bem teatral mesmo.

DSC06500

E como estávamos com fome, pedimos a comida rapidamente.

DSC06485

A Dé escolheu um peixe, o Filet de Turbot aux pousses d’epinards et pequillos.

DSC06499

Eu fui em double cote de porc aux petit légumes.

DSC06496

Ambos muito saborosos e perfeitos (como quase tudo aqui na França).

DSC06491

Tomamos 1/2 garrafa dum champagne local, o H Goutorbe …

DSC06492

… e duas taças de vinho, um branco pra Dé e um tinto local pra mim, que mostrou que as uvas daqui foram produzidas pra vinificar somente champagne. 🙂

DSC06495

Enfim, o jantar foi muito bom e nos mostrou que comer acima da média aqui na França é uma moleza.

DSC06497

Au revoir.

Veja os outros dias desta viagem:
Dia one – A caminho da Irlanda.
Dia two – Dublin – Bebedeira à vista: Guinness e Jameson.
Dia three – Passeio gastronômico em Dublin.
Dia four – Dublin – City tour free. É legal?
Dia set – Champagne – Dia de Veuve Cliquot. Ou melhor, de viuvinha.

.

 

 

dcpv – reformar é viver (com perigo).

Número 398
09/09/2014

Reformar é viver (com perigo).

É, resolvemos reformar o santuário aqui de casa. Sim, a nossa cozinha está em plena renovação de mobiliário e equipamentos.

DSC05201

Portanto, aguarde grandes novidades e comidas ainda mais bacanas por estas plagas.

DSC05212

Enquanto isso, vamos improvisando, inclusive, com o material que surgiu quando da grande movimentação da despensa e do freezer.

DSC05186

Tudo bem que as condições técnicas atuais não são as melhores possíveis, mas só o visual e o luar já valeriam a pena.

DSC05184

Vamos lá, então, ao dcpv em reforma.

DSC05190

Em tempo, devemos ficar pelo menos mais um mês nestas condições. Haja criatividade!!

Entrada – Zuppa di Fagioli Bianco

Esta é a receita em que o ingrediente imperou. Encontrei um pacote de fagioli bianco na despensa e fui ao Santo Google pra descobrir como fazer. Daí surgiu esta minestra, esta sopa, que é uma delícia.
Para fazer, basta deixar o feijão de molho durante a noite. Cozinhe na água até ficar macio.

DSC05172

Junte 5 tomates sem pele e sem sementes (eu coloquei uma lata de polpa italiana) …

DSC05174

… e 150g de lingüiça calabresa (by Veran) cortada em rodelas.

DSC05173

Esquente um pouco de azeite e refogue 1 cebola e 1 dente de alho cortados finos.

DSC05176

Jogue no caldo de feijão.

DSC05178

Tempere com folhas de sálvia, manjerona, sal e pimenta. Salpique com cebolinha picada.

DSC05220

Ficou excelente.

DSC05206

Ainda mais com o vinho tinto Garnacha/Syrah Care 2012 que foi “pueril, be …, saudável, home …”.

DSC05210

Principal – Escalope de lombo, com molho de damasco e risotto.

Se era pra apelar pra facilidade, nada com um bom risotto.

DSC05223

E os escalopes de lombo estavam no freezer há um bom tempo.

DSC05215

Foi só o trabalho de fazer o risotto no formato usual, esperar ficar al dente, …

DSC05225

… e enquanto isso, fritar os escalopes até ficarem dourados.

DSC05218

O molho é simples. Corte damascos secos em tiras …

DSC05188

… e junte creme de leite fresco.

DSC05192

Dê uma fervida e sirva tudo junto e misturado.

DSC05195

Taí mais um lídimo representante da comfort food.

DSC05228

Tomamos mais um vinho tinto, o Mo Monastell, que foi “mozinho, …rtadela, mo…rreu, mozão“.

DSC05227

Sobremesa – Pout Pourri de Doces da D Vera.

Aí a apelação foi total. Só fiz o favor de juntar todos os magníficos doces (goiaba, mamão e abóbora) que a minha sogra, a D Vera, fez magistralmente …

DSC05231

… com um bolo de baba de moça, que ela também fez.

DSC05233

Todos comeram muito, porque estava realmente delicioso.

DSC05236

Eis a opinião dos desalojados:
Saudosa maloca… Que sopa! (Edu)
A cabocla arrasou. (Mingão)
Na favela, regabofes legal. (Deo)

DSC05211DSC05229

Pronto!

DSC05169

Prepare-se que um mês passa rápido!

DSC05208

Pelo menos pra vocês que não estão no olho do furacão!! J

DSC05199

Bye.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,336,363 hits
agosto 2015
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Atualizações Twitter