dcpv – dia IV – itália – costiera amalfitana – almoçamos em capri e jantamos em positano. sempre com a companhia dos faraglioni. plus? a gruta azul!

24/08/2019 (vivido maravilhosamente em 07/06/2018)

Dia IV – Itália – Costiera Amalfitana Almoçamos em Capri e jantamos em Positano. Sempre com a companhia dos Faraglioni. Plus? A Gruta Azul!

Hoje seria de, finalmente, conhecer Capri.

Acordamos e tomamos um magnífico café da manhã …

… com uma visão estonteante do mar …

… e de Positano.

A ideia seria ir até (torna) Sorrento …

… pegar um barco rápido …

… e chegar na fantástica ilha de Capri as 11:00 hs, …

… pra fazer um tour guiado com o pessoal da Nessea …

… que nos mostraria o que que essa ilha charmosa tem.

Tudo bem que tivemos um pequeno stress porque, pra variar, chegamos em cima da hora …

… e o estacionamento próximo da Marina não tinha vagas.

Sorte ou não, achamos um valet do lado do embarque …

… e chegamos em Capri no horário.

A nossa guia estava nos esperando e iniciamos o passeio.

Subimos de funicular (2€ o trecho) …

… e acabamos vendo um lado muito interessante desta famosa ilha.

É claro que conhecemos a Piazzetta (que é mesmo uma Piazzetta) …

… mas, saímos do trajeto “caótico” …

… e fomos conhecer o lado mais “raiz” da cidade.

Andamos por pequenos becos, …

… visitamos uma igreja muito “particolare” …

… ficamos sabendo o significado do nome do hotel mais querido dos trends brasilianos, …

… o Quisisana.

Ele era um hospital e o Quisisana é justamente o lugar onde se curavam as pessoas.

Qui-si-sana (aqui se cura). Hahaha

Descemos para o Giardini di Augusto …

… lindíssimo …

.. e onde se tem uma vista especial,…

… tanto do mar, …

… como dos dois morros marítimos, …

… os Faraglioni.

O jardim todo é encantador …

… e a quantidade de flores …

… e de frutos bacanas …

… é imensurável.

Ainda deu tempo de conhecermos o museu, mais conhecido como Certosa, …

… um antigo e interessante mosteiro …

… que se transformou em museu …

… em homenagem ao grande artista alemão, o Karl Diefenbach.

Ele era um homem além do seu tempo, visto que além de pintar obras muito interessantes …

… já era, naquela época, próxima de 1900 …

… um defensor de alimentação natural e de muitas outras coisas consideradas modernas demais para a época.

Terminamos o tour lamentando, …

… porque foi muito interessante …

… e fomos almoçar no Il Geranio, …

… um restô que fica bem em frente ao mar …

… e melhor, dos Faraglioni.

Não bastasse a paisagem ser belíssima, …

… a comida era proporcionalmente espetacular.

Iniciamos com um carpaccio de peixe fresquissimo.

Emendamos com um vinho branco da região …

… e a Dé pediu a especialidade da casa, o ravióli caprese.

Eu fui num molhado arroz de frutos do mar, mais conhecido como um lambe lambe caprinoso.

Ambos excelentes e muito italianos.

Ou seja, comemos muito bem e alimentamos todos os nossos sentidos.

Aproveitamos que o clima e o horário eram propícios …

… e descemos até o porto pra fazer o tão esperado passeio na Gruta Azul.

E foi incrível.

Compramos o tour na hora, saímos do Porto …

… e em meia hora, …

… chegamos na entrada da Gruta.

O negócio parece bagunçado, mas não é.

Quando menos se espera, …

… vc está num botezinho a remo …

… e pronto pra entrar na Gruta.

E o choque é imenso.

Ela é muito azul …

… e a sensação que se tem …

… é que alguém acendeu uma lâmpada azulada no seu fundo.

É realmente incrível e imperdível.

Ainda tivemos a sorte de que o nosso piloto do barco era um exímio cantor …

… e se a gruta azul já é linda e envolvente, …

… imagine com uma trilha sonora maravilhosa, tal como Torna Sorrento?

Vc fica muito pouco lá, mas é tão bonito que parece que o tempo parou.

Voltamos pra Marina e como tínhamos tempo (sempre ele) …

… pegamos o funicular novamente …

… e retornamos para a Piazzetta.

Estranhamos bastante porque a multidão praticamente tinha desaparecido.

Ou seja, Capri era praticamente só nossa.

Aproveitamos pra ver as lojinhas, …

… passeamos pelos parques, …

… comemos um sorvete delicioso no Bonocuore …

… e pronto.

Estava na hora de pegar o ferry de volta pra Sorrento.

Ainda deu tempo pra tomar um Aperol Spritz …

… antes de atravessar o mar.

Pra completar este belo dia, …

… fiz uma reserva pro jantar no restaurante La Tagliata, em Positano.

Ele fica bem fora do centro da cidade, mais precisamente na parte altíssima.

E é muito particular, …

… já que é uma casa da nona, …

… e se comporta como tal.

A vista é matadora …

… e o menu é fixo.

Entradas tradicionais, …

… bruschettas, mozzarella de búfala, …

… tudo foi servido igualmente pra todos os clientes.

Nem carta de vinhos eles tinham, se escolhia entre o branco e o tinto da casa (saca os copos).

Pra complementar, massas diversas …

… e carnes diretamente da parrilha.

O clima era tão descontraído que até um papagaio falante (e com palavrões em italiano) fazia a sua parte.

Resumindo, foi incrível e recomendamos fortemente quando da sua visita usando estiverem por essas belíssimas plagas.

Quando fomos perceber, já era quase 11:00 da noite.

Ah,esqueci de falar que os Faraglioni estavam firmes no horizonte da vista sensacional do La Tagliata.

Acho que vamos sonhar com eles.

Que belo sonho teremos,

Arrivederci.

Acompanhe o que aconteceu nos outros dias desta magnífica viagem:
dia I – Itália – Caserta – Iniciando a Costiera Amalfitana com história!
dia II – Itália – Costiera Amalfitana – Maiori e Minori, tem nome mais bacana pra colocar em cidades? De quebra, Ravello e Positano.
dia III – Itália – Costiera Amalfitana – Tarantella do crioulo doido: templos gregos, mozzarella de búfala e vinhos.

.

.

 

 

 

Anúncios

2 Responses to “dcpv – dia IV – itália – costiera amalfitana – almoçamos em capri e jantamos em positano. sempre com a companhia dos faraglioni. plus? a gruta azul!”


  1. 1 Renata agosto 24, 2019 às 10:31 am

    Caro Edu e família, sou muita grata por vcs compartilharem estes momentos incríveis que adornam a minha memória e se mesclam com minhas próprias experiências nestes lugares maravilhosos. Parabéns ! Vocês são top!

    • 2 eduluz agosto 24, 2019 às 7:44 pm

      Oi, Renata.
      Que legal ver que alguém ainda lê e curte os nossos posts, nestes tempos em que ninguém consegue fazer isto.
      E que bom saber que vocês gostaram muito da Costa Amalfitana também.
      Abs caprinos pra vcs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.423.561 hits
agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: