Arquivo para 23 de outubro de 2019

dcpv – day seven – canadá – vancouver – sea to sky sobre rodas (e que rodas!).

23/10/2019 (muito bem vivido em 03/10/2018)

Day seven – Canadá – Vancouver – Sea to Sky sobre rodas (e que rodas!).

O tempo continuou melhorando.

Tudo bem que ainda não estava “aquele” sol, …

… mas só a falta de chuva já ajudava bastante.

Ainda mais que tínhamos atividades outdoor. 🙂

E que atividades!

Acordamos cedo, tomamos o nosso café da manhã diferentão (até dimsum eu pedi) …

… e nos preparamos pro que seria um acontecimento.

Iríamos fazer um passeio dirigindo carros esportivos.

Na verdade, carrões esportivos.

Descobri este tour pelo Santo Google (grazie!) e achei a ideia genial.

Você vai em direção a Squamish, a belíssima estrada que leva ao Sea to Sky, …

… e dirige 4 carraços, meia hora cada um.

Deixa eu explicar e mostrar melhor.

O pessoal da Scenic Rush veio nos buscar no hotel e as 10:00 hs estávamos a postos pra começar a aventura.

Ele nos dão um leve briefing e aí você pega no batente. 😀

No nosso caso, éramos em dois casais, sendo que somente os maridos iriam dirigir.

E escolhi iniciar o tour dirigindo um Audi R8.

Tremendo carro automático, cinza e superpotente.

Dirigir uma máquina destas é um prazer inenarrável …

… e te faz voltar a ser criança (gugu dadá).

Fizemos a primeira parada para descanso e troca de carros num hotel.

E o primeiro desafio chegou.

Eu iria dirigir um Porsche GT4 Azul e com câmbio manual.

Foi muito interessante, já que faz mais de 10 anos que não dirijo um (manual, claro! 🙂 ).

Mas tudo deu certo e o divertimento foi total.

O carro puxa muito e você realmente tem a sensação de controle total da máquina.

Pronto!

A próxima parada foi num posto de gasolina.

E além de iniciarmos a volta, eu pilotaria uma Corvette Z06 preta automática.

Que máquina, senhores!

Parece que você está dentro duma nave espacial.

E em todo o trajeto se sente a potência do motor.

Algumas puxadas foram especiais …

… e deu pra sentir que este carro é quase que um daqueles cavalos selvagens.

Mais uma parada, a última, numa região litorânea …

… e aproveitamos pra tirar uma foto oficial com todos os possantes.

Foi realmente demais!

E o grande momento se aproximava.

Afinal de contas, não é todo dia que se tem a possibilidade …

… de sentar numa Ferrari F430 2018 …

… e dirigir tranquilamente.

Olha, foi meia hora de puro prazer.

Incrível o charme que um ícone destes provoca …

… e, principalmente, o sentimento que o simples ato de dirigir transforma toda a sua rotina.

Todos os cavalos do “cavalinho rompante” aparecem como do nada …

… e transformam cada acelerada num prazer total.

E você sente fisicamente pois cada acelerada mais profunda …

… corresponde a quase que um coice do próprio cavalo. Incrível!

Além de tudo, não vamos esquecer que a estrada …

… é de uma cenografia exageradamente linda.

Pronto!

Fim do passeio e do encantamento …

… só nos restou voltar ao hotel e pensar em como uma ideia fantástica se transformou numa realidade espetacular.

Este tour merece cada uma das 5 estrelas dada a ele com unanimidade no TripAdvisor.

Como a coisa toda estava baseada em rodas, remarcamos o tour que não fizemos por causa do mau tempo na UBC.

Mais precisamente no Jardim Botânico da UBC e de Segway.

Chegamos lá as 2 da tarde e o nosso guia, o Chuck estava nos esperando …

… e preparado pra nos mostrar todos os recantos do lugar.

E melhor, com informações interessantes e bastantes curiosas.

O tour todo durou quase 2 horas …

… que passaram muito rapidamente.

Conhecemos o jardim dos cactos, …

… a horta comunitária, …

… o jardim das ervas medicinais, …

… atravessamos o parque, ..

… até chegar ao jardim Oriental …

… e terminamos na horta…

… que é espetacular.

Só o fato de vermos plantações tão bem cuidadas …

… e exuberantes …

… nos deram um enorme prazer …

… e vontade de agradecer pelo belíssimo dia.

Este passeio vale o minifotoblog.

Estava bastante frio, …

… mas isso não impediu que curtíssimos bastante as informações do Chuck.

Terminamos e pensamos em incrementar o dia…

… passando no Van Dusen Botanical Garden

… tentamos dar um upgrade no contato com a natureza.

Tomamos uma belo capucino, comemos uns docinhos …

… e quando fomos entrar, …

… estava próximo do horário do fechamento.

Tudo bem que eram 17:00 hs, mas a natureza foi sábia, pois fazia um frio duca.

Voltamos pro Shangri La, demos uma circulada pela região…

… e fomos nos preparar prum jantar em família.

Isto mesmo.

O nosso querido primo/sobrinho, o Thiago e a Bruna, a esposa dele também querida, estavam em Vancouver e aproveitamos pra fazer uma reuniãozinha básica.

Fomos ao The Flying Pig e foi extremamente divertido.

Um jantar super agradável era tudo o que precisávamos pra encerrar um dia tecnicamente perfeito.

Devo confessar uma coisa: foi difícil dirigir o nosso Volvo alugado após tamanho contato com verdadeiros bólidos.

Até amanhã e uma bandeira quadriculada pra todos nós.

See U.

Veja como foram os outros dias desta viagem:
day One – USA/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.
day Two – Canadá – Vancouver – Fazendo city tours, inclusive de hidroavião.
day Three – Canadá – Vancouver – Voando na NBA.
day Four – Canadá – Vancouver – Passeio por Granville Island/.
day Five – Canadá – Vancouver – Nem só de sol vive o turista.
dia Six – Canadá – Vancouver – Capilano/Grouse/cervejas: tripleta duca.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.431.105 hits
outubro 2019
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter