Arquivo para 1 de novembro de 2019

dcpv – day ten – usa – seattle – conhecendo a fundo a exuberância da bainbridge island.

31/10/2019 (vivido em 26/10/2018)

Day ten – USA – Seattle – Conhecendo a fundo a exuberância da Bainbridge Island.

Chegamos em Seattle ontem.

O normal seria fazermos um city tour pra conhecer e nos situar na cidade. Seria!

Acontece que descobri o AirBnB Experiences.

Lá são oferecidos vários tours e me interessei pelo História e Vinho de Bainbridge Island.

E o único dia que seria oferecido era no sábado.

Fechei e passei o nosso city tour pra segunda.

Mas isto é outra história.

Hoje, acordamos, tomamos um café básico no hotel

… e as 9:00 hs, lá estava o Daniel, o nosso guia, nos esperando.

Entramos na van dele, buscamos mais um casal que também participaria da experiência …

… e zarpamos, literalmente, pro ferry …

… que faria a travessia entre Seattle e Bainbridge Island.

Tudo é muito pitoresco.

Aproveitamos pra dar uma volta pelo convés …

… e curtir as paisagens …

… que surgiam.

Tudo bem que estava frio, …

… e um pouco nublado, …

… mas a natureza compensava.

Chegamos na ilha e o Daniel nos levou diretamente pra Bloedel Reserve.

Ela é uma reserva florestal, …

… onde os milionários Prentice e Virgina Bloedel viviam, …

… e foi transformada numa fundação.

O lugar todo é de uma beleza indescritível.

Cheio de jardins temáticos …

… e com uma mansão incrível dentro do terreno.

A caminhada (de uns 3 km) …

… é extremamente prazerosa.

Praticamente meditamos durante todo o percurso, …

… tamanha a beleza …

.. e a concentração que dispensamos a todo o entorno.

Neste caso, o mini fotoblog é mais do que obrigatório.

As passadas pelo jardim japonês …

… e pela piscina refletiva …

… são de uma beleza imensa.

Certamente foi o melhor reflexo na água …

… que vimos em todas as nossas vidas.

Passeamos mais um pouco, …

… aprendemos a esfregar uma folha duma planta especial na mão …

… e musgo numa outra, e sentir cheiro de chocolate branco com menta quando juntamos as duas!

Até fotos debaixo desta árvore nós tiramos.

Louve-se que o sol estava nos brindando com um espetáculo de luz …

… e a coisa toda aumentou numa exponencial beleza (sinta a nova eco logomarca do MacDonalds).

.

Enfim, a visita à Bloedel Reserve é imprescindível.

Resolvemos almoçar depois deste verdadeiro deleite.

E o almoço veio numa forma inusitada.

Faríamos um picnic à beira da praia.

O Daniel trouxe várias comidinhas …

… e enquanto ele preparava a nossa mesa ao ar livre, …

… aproveitamos pra nos sentir como verdadeiros americanos.

Sabe aqueles filmes que as pessoas estão na praia com frio e vestidas com blusas?

Foi o que fizemos e foi muito divertido, …

… além que o visual todo auxiliava demais.

Como a comida estava na mesa, …

… sentamos e apreciamos …

… a salada, o macarrão e o frango que o Daniel trouxe.

Tudo estava brilhante (menos este refrigerante que era bem ruinzinho!).

Saímos da praia diretamente para o Bainbridge Island Japanese American Memorial.

Ele foi construído em homenagem aos japoneses que foram obrigados a abandonar …

… as suas casas abruptamente (durante a Segunda Guerra) …

… somente por serem japoneses. Ridículo!

Mas os governantes americanos pediram perdão aos nipônicos…

… e construíram o memorial, …

… somente pra lembrar pra todos que este ato vexatório aconteceu …

…e que nunca mais acontecerá. Tocante!

Seguimos iniciando a visita às vinícolas.

Seriam 3 e a primeira, a Bainbridge Vineyards não decepcionou.

Eles fazem vinhos ali mesmo …

… e com propriedade.

Experimentamos 4 deles, …

… compramos alguns …

… e saímos pra próxima.

Foi quando vi um lugar que parecia uma plantação de abóboras.

Deixa eu fazer um parêntesis: com a aproximação do Halloween, …

… a maioria dos lugares estão enfeitados com abóboras …

… com os tamanhos e formas mais variáveis que você possa imaginar.

E o conjunto todo é harmonioso …

… e fotograficamente, único.

Adoramos conhecer a feira de abóboras, …

… tanto que até fotos inusitadas tiramos.

Continuamos nos dirigindo pra segunda vinícola.

Desta vez seria a Eleven.

Um lugar muito moderninho, …

.. com várias bicicletas penduradas na parede, …

… e uma gente muito descolada bebendo, conversando e assistindo a um show.

Enfim, mais um lugar imperdível.

Finalizamos o tour de vinhos na Fletcher Bay Winery

… uma vinicola mais tradicional …

… e que nos ofereceu um flight de 4 vinhos.

A Dé escolheu o de brancos e eu, o de tintos.

Degustamos queijos que o Daniel trouxe e que estavam muito bons.

Pronto!

O tour tinha quase terminado.

Porque quase?

Porque o Daniel nos apresentou o pequeno Centro Comercial da cidade.

E foi somente conhecer a primeira loja, pra ficarmos por lá mesmo, …

… e não ver mais coisa alguma, de tão interessante que era.

Foi super proveitoso.

O tempo urgia …

… e no ferry de volta a diversão foi garantida.

A iluminação estava perfeita …

… e desembarcamos absolutamente no horário.

Como já tinha lido por aí, …

… a vista do skyline de Seattle …

…. um dos mais bonitos do mundo, …

… é imperdível.

E apesar do frio, Seattle não se fez de rogada e distribuiu imagens de primeira.

Que beleza!

Só nos restou passar no hotel, …

… dar mais uma boa olhada na icônica Space Needle …

… e ir jantar.

Desta vez reservei o Sitka & Spruce que fica no moderninho Melrose Market, …

… um lugar com vários estabelecimentos com ingredientes de procedência.

Sitka & Spruce também é bem modernoso.

A Dé pediu um Halibut excelente.

Eu fui de peito de pato, também muito bom e suculento.

Tomamos duas taças de vinho, branco pra Dé, um Pouilly Fussé e um Cabernet Sauvignon Walawala de Washington, pra mim, também muito bons.

Ufa, terminamos este belo dia com a sensação de missão cumprida …

… e certamente indicando o passeio por Bainbridge, feito pelo Daniel.

É imperdível, importante e imprestável, como diria o grande Vicente Matheus😁.

See U.

Veja como foram os outros dias desta viagem:
day One – USA/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.
day Two – Canadá – Vancouver – Fazendo city tours, inclusive de hidroavião.
day Three – Canadá – Vancouver – Voando na NBA.
day Four – Canadá – Vancouver – Passeio por Granville Island/.
day Five – Canadá – Vancouver – Nem só de sol vive o turista.
dia Six – Canadá – Vancouver – Capilano/Grouse/cervejas: tripleta duca.
day Seven – Canadá – Vancouver – Sea to sky sobre rodas e que rodas!
dia Eight – Canadá – Vancouver – Sea to Sky, ô nominho verdadeiro e bonito!
day Nine – Canadá/USA – Vancouver/Seattle – Atravessando a fronteira num boa e legalmente.

.

 

 

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.431.114 hits
novembro 2019
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Atualizações Twitter