Arquivo para 7 de novembro de 2019

dcpv – day thirteen – usa – seattle – dia tecnológico: mopop, microsoft e os gates.

07/11/2019 (vivido em 01/11/2018)

Day thirteen – USA – SeattleDia tecnológico: MoPop, Microsoft e os Gates.

E não é que o tempo prometia melhorar?

A previsão, que é infalível, previa.

E nós acreditamos.

Tanto que fizemos um programa respeitando as variações climáticas.

Iniciamos o dia tomando um lauto café da manhã …

… numa loja em frente ao hotel.

Voltamos pro hotel, pegamos a máquina …

… e zarpamos pra conhecer o MoPop.

Que é o museu de cultura pop.

E que espetáculo!

Começa que a arquitetura dele é simplesmente maravilhosa (é de verdade, pessoal!).

Mais um trabalho do genial Frank Gehry …

… que sempre parece fazer mais do mesmo …

… mas sempre faz o mesmo do mais.

É incrível como você consegue se maravilhar com as curvas das suas obras de arte.

E neste caso, a parte interna harmoniza completamente com o formato externo.

Este museu nasceu da ideia do Paul Allen …

… sócio do Bill Gates na Microsoft.

E ele divulga todas as artes pops possíveis, especialmente o rock.

Logo na entrada, a escultura formada por guitarras e violões …

… impressiona demais!

Dali você sobe prum estúdio onde experimenta tocar muitos instrumentos, tais como bateria, …

… teclado, …

… pedais e até cantar.

Adivinha se eu e a Dé não fizemos um tremendo dueto?

E melhor, cantando “Não se Vá”, no melhor estilo Jane&Herondy (hahaha).

Em seguida, vimos a exposição especial da Marvel.

Caramba!

Tudo foi feito duma forma muito didática …

… e especialmente cenográfica …

… onde todos os super-heróis estão à disposição …

… pra tirarmos fotos …

… interessantes e engraçadas.

Esta vale o mini fotoblog.

Seguimos pra mostra do Nirvana, …

… que é um ícone seattliete.

Ver memorabilias do Kurt Kobain, do Kris Novoselic …

… e do Dave Grohl foi demais.

Muitos documentos foram mostrados e te deixam com aquela sensação do que teria acontecido se o Kurt ainda estivesse vivo?

Como não lembrar daquele álbum ao vivo e acústico, além da emoção de ver a foto original da capa do Never Mind (valeu, Ricardo)?

De lá, fomos pra expo de outro ícone seattliete.

Pearl Jam …

… com o seu condutor, Eddie Webber.

Mais uma mostra imperdível e com uma cenografia fantástica, …

… além de vários pontos pra ouvir todos os hits destes caras.

Como não se emocionar, ouvindo Stay Alive ao vivo …

… vendo a reprodução do estúdio onde ela foi gravada?

E como é que eu saberia que o Eddie tem uma letra tão bonita?

Continuamos pela música e por mais um fora de série que nasceu em Seattle.

…  Jimi Hendrix.

A sua mostra é bem concisa, mas interessante.

Além de que ouvir o grande mestre das guitarras …

… é sempre um prazer.

Ainda vimos um Hall de Fama …

… que mais mostrava memorabilia …

… dos grandes sucessos do cinema, …

,.. além de uma mostra sobre filmes fantásticos …

… e outra sobre ficção científica.

Ufa!

Conseguimos terminar este prazer imenso que foi visitar o MoPop …

… e acreditamos que você não tem como gostar de coisa pops, especialmente música …

… e não se emocionar ao ver tanta coisa bacana junto.

Sem contar que ao sair, …

… se continua admirando …

… aquelas curvas perfeitas boladas pelo Frank Gehry.

Ainda demos uma boa observada na parte externa, …

… onde existe um parque infantil …

… muito interessante.

Saímos do MoPop com fome …

… e como já tínhamos reservado, …

… fomos direto pro Cutters CrabHouse …

… onde comeríamos as famosas “mangrove chicken”, ou seja, caranguejos.

E apesar de diferentes dos nossos, …

… eles são muito saborosos.

Ficamos um tempão apreciando …

… e nos divertimos muito.

Pra aproveitar o dia, …

… que estava espetacular …

… e dar um toque mais tecnológico a tudo, …

… optamos por conhecer a Fundação Melinda&Bill Gates.

Sim, os milionários têm uma fundação que cuida pra deixar o mundo muito melhor …

,.. usando os bilhões que o casal amealhou com a sua empresa.

Muito bacana esta atitude.

O passeio é gratuito …

… e lá, você fica sabendo …

,.. tudo o que eles andam fazendo pra cumprir com a sua promessa.

É muito inspirador.

E já que estávamos falando do Bill, …

,.. fomos visitar a empresa dele, a Microsoft.

Lá eles têm uma parte somente para os escritórios, …

… e outra, reservada para visitantes.

E melhor, de graça.

Você fica uptodate com todas as novas tecnologias …

… e participa de algumas brincadeiras …

… muito interessantes.

Tais como, saber qual seria a sua idade a partir duma foto (gostei do resultado), …

… até a se informar sobre qual raça de cachorro você hipoteticamente seria (a minha não resultou em vira-lata)..

Engraçado, não? (eles acertaram a idade da Dé!)

A lojinha da Microsoft é bem bacana …

… e dificilmente você sairá sem chumbo de lá.

Como estava sol e o parque era no caminho, …

… aproveitamos pra passar no Kerry Park …

… e ter uma das mais belas visões …

… do belíssimo skyline de Seattle.

É claro que tiramos a famosa foto da Space Needle …

… focalizada bem no meio da obra de arte.

Mas, como percebemos que o sol se poria um pouco mais pra frente, …

… fomos até lá …

… e vimos um daqueles inesquecíveis.

Toda a paisagem ajudava, mas o conjunto era harmonioso demais.

Pronto, com o dia praticamente acabado, só nos restava jantar bem.

E aí pensamos: porque não repetir a nossa magnífica visita à especial Starbucks Roastery Reserve?

Cancelei a reserva no restô Terrabrava feita pelo OT …

,.. e fomos pra Roastery.

Que espetáculo!

Tomamos dois expressos curtos, …

,.. coisa raríssima de se ver por aqui …

… e fomos comprar algumas coisinhas na espetacular loja.

Depois disso, fizemos a nossa refeição noturna.

Salada Caprese pra Dé, …

… uma pizza ao taglio pra mim, …

… e duas taças dum buoníssimo bianco Antinori.

Perfeito!

Enfim, voltamos pro hotel …

… e conversamos sobre como Seattle entrou pela porta da frente nas nossas vidas.

Certamente podemos colocar 4 dos passeios desta viagem entre os dez melhores que já fizemos: o da Boeing, o da Bainbridge Island, o do MoPop e o da Microsoft.

Ah, esqueci do Starbucks Reserve que é simplesmente imperdível.

Hey I, oh, I’m still alive!

Veja como foram os outros dias desta viagem:
day One – USA/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.
day Two – Canadá – Vancouver – Fazendo city tours, inclusive de hidroavião.
day Three – Canadá – Vancouver – Voando na NBA.
day Four – Canadá – Vancouver – Passeio por Granville Island/.
day Five – Canadá – Vancouver – Nem só de sol vive o turista.
dia Six – Canadá – Vancouver – Capilano/Grouse/cervejas: tripleta duca.
day Seven – Canadá – Vancouver – Sea to sky sobre rodas e que rodas!
dia Eight – Canadá – Vancouver – Sea to Sky, ô nominho verdadeiro e bonito!
day Nine – Canadá/USA – Vancouver/Seattle – Atravessando a fronteira num boa e legalmente.
day Ten – USA – Seattle – Conhecendo a fundo a exuberancia da Bainbridge Island.
day Eleven – USA – Seattle, a terra dos Seahawks.
day Twelve – USA – Seattle – Boeing e Starbucks Roastery Reserve: o dia das grandes descobertas.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.431.098 hits
novembro 2019
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Atualizações Twitter