Arquivo para 27 de maio de 2020

dcpv – secondo giorno – itália – puglia – fasano – você sabe como se faz burrata? já foi na grotte di castelana?

27/05/2020 (vivido em 15/05/2019)

Secondo Giorno – Itália – PugliaFasano – Você sabe como se faz burrata? Já foi na Grotte di Castelana?

Este seria efetivamente o primeiro dia genuinamente pugliese.

Acordamos ainda meio atordoados (fuso de 5 horas não é fácil) …

… e fomos tomar o café da manhã incluído na diária do …

… excelente Masseria Torre Maizza.

É claro que o café também é excelente.

Assim como todo o hotel.

Zarpamos pra Martina Franca, …

… onde faríamos um passeio na Masseria Cappella, …

… pra descobrir como são feitos alguns dos melhores queijos da Puglia.

Fechei este passeio com a Poliana, uma brasileira simpática que mora por lá.

Se quiser fazer uma reserva, fale com ela no Destino Puglia.

O caminho todo é muito bonito, …

… apesar do tempo estar bem broncolhão, ….

… se bem que pela manhã, estava muito ensolarado e aberto.

Eu sei que estamos há pouco tempo por aqui, mas o clima pugliese nos pareceu bem maluco.

Passamos por Locorotondo e chegamos na Masseria no horário.

Quer dizer, o Wase disse que chegamos, mas na verdade ele nos largou no meio do mato.

Corrigimos o erro e a Poliana estava nos esperando.

Masseria Cappella é muito bonita …

… e está totalmente preparada pra receber turistas (ela tem quartos também).

Fizemos o tour com mais um casal de russos, ou seja, nos entendemos bem. 🙂

O nosso guia italiano, o Ferdinando nos mostrou o início de tudo.

As vacas e …

… como é feita a ordenha.

É claro que elas são criadas soltas …

… e tem uma alimentação muito natural.

O resultado é que o leite tem uma tremenda qualidade e vai rapidamente para a área de preparação dos queijos …

… onde é usado fresquíssimo.

Passamos também pela produção de biscoitos e pães.

E depois, fomos para a área de produção dos queijos.

A partir daí, um dos proprietários, o Vincenzo, assumiu o tour …

… e nos mostrou todos os bastidores.

Ficamos sabendo como são feitos todos os tipos de mozzarella desde aquela de nozinho …

… até a que participa ativamente das Capreses que a Dé tanto adora, bem como a burrata …

… e a estrela dos queijos da Puglia, o Caciocavallo.

Ainda vimos o local onde os queijos ficam curando; é quase que um paraíso.

Demos mais uma passeada pelo local …

… e terminamos com aquilo que estávamos aguardando: a degustação.

Sentados no restô, experimentamos um prato com frios, queijos, …

… bruschettas de tomate e um bianchetto feito pelos avós do Vincenzo.

Ele nos explicou que tudo que estava naquela mesa, com exceção da água, foi produzido lá orgânica e artesanalmente.

Objetivo atingido, nos despedimos da Poliana (o tour é ótimo) …

… e resolvemos, apesar do frio (fazia 11°C) …

… passar em Martina Franca.

Primeiro, tentamos ir ao mercado settimanale, a famosa feira livre.

Ele tinha terminado. Hahaha.

Aí passamos no Caseificio Pioggia, …

… uma loja de queijos e embutidos muito bacana e moderna.

Compramos algumas coisinhas …

… e resolvemos voltar para o hotel pra pegar blusas, pois precisaríamos pro programa da tarde.

Que seria conhecer a Grotte di Castellana.

Fizemos isso e retornamos pra lá.

Como o tour completo seria às 16:00, …

… aproveitamos pra ver um filme em 3D sobre a evolução do universo.

Alguma coisa a ver com a Puglia? Nenhuma. 🙂

No horário, iniciamos a grande caminhada pela gruta.

Confesso que achava que seria legal, mas não tinha noção do quanto.

O lugar é simplesmente maravilhoso.

Você inicia o tour descendo uma escada com mais de duzentos degraus …

… e chega numa imensa caverna …

… com toques de cenografia da Disney.

Só que tudo feito pela mamãe natureza.

É chocante.

A partir daí é um sem fim de cavernas impressionantes e …

… com zilhões de estalactites e estalagmites …

… das mais variadas cores.

O tour só tem um pecado.

Não é permitido fotografar, o que acreditava ser uma grande besteira.

Respeitamos as regras e ao final, percebemos que nenhuma foto seria capaz de reproduzir o que se vê por lá.

Enfim, se for à Puglia, faça este passeio.

É simplesmente maravilhoso.

Como ainda tínhamos um tempo até o jantar, resolvemos dar uma passada na famosa Polignano a Mare.

E o sol colaborou.

Justamente quando estávamos na famosa ponte Monachile, …

… ele apareceu e …

… a grande modelo posou.

E como! Foi uma verdadeira Fashion Week Pugliese.

Ainda demos uma passada pelo centro histórico …

… e ficamos de boca aberta com tudo o que vimos.

Ainda bem que retornaremos com mais tempo amanhã …

… pra curtirmos muito este que foi apenas um aperitivo.

É, a coisa toda promete mesmo.

Chegou a hora do jantar.

Reservei o restaurante mais descontraído do Borgo Egnazia, o hotel mais chic desta região.

La Frasca é bastante italiano …

… e tivemos um jantar exemplar.

Pães e taralli saborosos foram servidos.

Escolhemos taças dum bianchetto de Gargano …

… e resolvemos dividir uma entrada e um principal.

Esta é uma boa receita pros pratos muito bem servidos na Puglia.

Iniciamos com um orecchiette com cebola, couve flor, pancetta e pangratato que estava dos deuses.

Continuamos com um bacalhau com cebolas, batatas e alcachofras que estava divino.

Finalizamos com dois expressos curtíssimos que foram a pá de cal.

Uau! Que jantar e que dia!

Foi aventura e êxtase o tempo todo.

Se a coisa continuar deste jeito, acho que moraremos por aqui.

Arrivederci.

Acompanhe o primeiro dia desta maravilhosa viagem:
Primo giorno – Itália – Puglia – Um sonho.

.

 

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se aos outros seguidores de 654

Comentários

Blog Stats

  • 1.448.714 hits
maio 2020
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter