dcpv – quinto giorno – itália – puglia – ostuni, o branco total radiante!

06/05/2020 (italianado em 18/05/2019)

Quinto Giorno – Itália – PugliaOstuni, o branco total radiante!

A Puglia é tida como o lugar onde as belas cidadezinhas são brancas e parecem um conto de fadas.

Bom, hoje seria o dia de conhecer mais a fundo a rainha delas, Ostuni.

Mas, antes disso fomos tomar aquele lautíssimo café da manhã no hotel …

… e partir pras nossas incursões puglísticas.

A primeira parada foi uma repetição.

Martina Franca parecia merecer ser vista sem chuva e …

… foi o que fizemos.

Tudo bem que o tempo não contribuiu muito novamente, …

… mas ainda bem que retornamos.

A cidade é muito bacana e …

… tem muitos formatos interessantes.

Desde casinhas brancas, …

… passando por bairros muito antigos e …

… vários palácios lindíssimos.

Esta variedade toda se deve ao fato …

… de que a cidade prosperou sem ter nobres “beneméritos” específicos …

… que explorassem a população.

Ao contrário, o Franca do seu nome vem justamente …

… do fato dela não cobrar impostos durante um bom tempo …

… e assim, atrair muitas pessoas que queriam investir …

… e não queriam pagar altas taxas.

Qualquer semelhança com a nossa situação brazuca não é mera coincidência.

A seguir, dirigi por mais uma mezza horeta …

… e chegamos a Ceglie Messapica.

Taí outra cidade muito interessante.

Ela tem um centro histórico muito bacana, …

… movimentado e …

… com cara de cidade pugliese da “chema”.

A quantidade de restaurantes é muito grande e …

… é um passeio divertido.

Como tínhamos horário marcado para o almoço, …

… zarpamos pra atração do dia, Ostuni.

Antes de chegar na cidade, passamos na via panorâmica e…

… tivemos a primeira visão da cidade branca.

E sabe por que Ostuni é denominada deste jeito?

Porque há muito tempo, com a peste atacando todo mundo, …

… alguém teve a ideia de pintar a cidade toda com cal.

Daí pra frente, a tradição vingou (imagine o constraste com estas máquinas?) e …

… anualmente, todos pintam as suas casas de branco.

É uma verdadeira atração turística.

Chegamos, …

… demos uma breve passeada …

… e fomos pra Osteria del Tempo Perso.

O lugar é praticamente uma caverna e …

… muito bonito.

E a comida não fica atrás.

Fomos acomodados e …

… pedimos, como entrada, flores de abobrinhas fritas recheadas com ricota e ervas.

Uma delícia.

Como principais, a Dé, pediu um peixe cozido e …

… eu, um spaghetti com vôngole e flores de abobrinha.

Tomamos um Verdecca Talo da casa e …

… tudo estava tão bom, que não recusamos as sobremesas.

A Dé escolheu sorvete de amêndoas e …

… eu, um sorbet de creme e pistache.

Olha, foi simplesmente perfeito.

Pagamos a conta, …

… demos mais uma voltinha e …

… fomos encontrar a Maria, a nossa guia italiana, …

.. que faria um tour conosco …

… explicando como foi que aconteceu o desenvolvimento desta belíssima cidade branca.

Foram duas horas de muita informação, …

… onde percorremos muitos cantos inexplorados pela maioria dos turistas.

Esta realmente merece o mini fotoblog:

Nos despedimos da Maria tomando ótimos sorvetes ostunianos.

Ainda continuamos dando uma passeada e aproveitamos pra comprar azeites.

Estava na hora de voltar pro hotel.

Aproveitamos pra ver as torres que os ostunianos construíram na praia …

… coma intenção de transformá-las num sistema de alarme …

… contra invasões.

Conhecemos a de Santa Sabine, …

… o farol de Torre Canne e …

… pronto, mais um dia daqueles estava terminando.

Pausa pra mais um dramático anoitecer.

Demos uma volta pelos jardins e registramos o máximo possível.

Incrível!

Resolvemos jantar no próprio hotel.

E a comida até que esteve boa.

Tomamos um biancheto do Gaja e …

… optamos por comer frugalmente.

Pedimos um peixe feito na crosta de sal. …

… vagens crocantes, …

… além de batata doce cozida.

Foi tudo tão perfeito, …

… que escolhemos um Tiramisu muito bom como sobremesa.

Depois de um dia cheio, …

… só nos restou ir pra cama e …

… contar oliveiras antigas (que é o que mais vemos por aqui).

Arrivederci.

Acompanhe os outros dias desta maravilhosa viagem:
Primo giorno – Itália – Puglia – Um sonho.
Secondo giorno – Itália – Puglia – Fasano – Você sabe como se faz burrata? Já foi na Grotte di Castelana?
Terzo giorno – Itália – Puglia -Piacere, io sono polignano a mare!
Quarto giorno – Itália – Puglia – Locorotondo e Cisternino, que nomes bonitos de bonitas cidades.

.

 

0 Responses to “dcpv – quinto giorno – itália – puglia – ostuni, o branco total radiante!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se aos outros seguidores de 654

Comentários

Blog Stats

  • 1.448.714 hits
junho 2020
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: