dcpv – évdomi iméra – grécia – mykonos – a nossa balada foi histórica e em delos.

31/10/2019 (dançado em 01/10/2019)

Evdómi iméra – Grécia – Mykonos – A nossa balada foi histórica e em Delos.

Hoje seria o primeiro dia inteiro na badalada ilha de Mykonos.

Ela é conhecida por ser baladeira.

E nós não nos encaixamos exatamente neste perfil.

Mas gostamos muito da cidade de Mykonos Town, …

… também conhecida como Chora.

Ela é charmosa e …

… tem muitos cantinhos bastantes charmosos.

Uma das suas atrações é fora de lá.

É um passeio pra histórica Delos, a ilha dos Deuses.

Reservamos com o Get Your Guide …

… tomamos o nosso lautísssimo …

… café da manhã  no hotel (ai que saudades do Bill & Coo) e …

… perto das 10:00 hs estávamos a postos …

… no antigo porto de Mykonos …

… pra fazer o tal tour.

O problema é que os gregos não são, …

… digamos assim, …

… muito organizados. Hahaha

A fila estava uma zona e …

… o jeito foi o barco sair com meia hora de atraso.

Entramos na embarcação, …

… nos divertimos muito, …

… pois o trajeto todo …

… foi muito interessante …

… e quando percebemos, …

… estávamos tendo uma aula de história, …

… com H maiúsculo e …

… ao vivo, bem na nossa frente.

Incrível como tudo está tão perfeito …

… e fácil de ser compreendido.

Com exceção da nossa guia …

… que falava um inglês incompreensível e …

… demorava muito em cada uma das paradas.

Foi quase uma tragédia grega. 🙂

O negócio foi desertarmos do tour guiado e …

… fazer um por conta própria.

Sábia decisão!

Aproveitamos muito, …

… vimos um montão de construções interessantes, …

… como o teatro, …

… a casa do Dionísio e …

… melhor, sentimos realmente a aura do lugar.

Passamos também no museu, …

… onde estão as raridades encontradas na ilha, …

… tais como estátuas, …

… utensílios, …

… cabeças das estátuas e …

… os famosos leões.

Ah, o sol estava abrasador …

… então resolvemos vir embora um pouco mais cedo.

Doce ilusão.

O barco retornava somente às 13:30 e …

… tivemos que esperar por quase uma hora, ainda bem que na sombra.

A viagem de volta também foi muito boa.

Fomos curtindo a paisagem, …

… recebendo uns refrescantes pingos de água no rosto …

… que voavam por causa do mar agitado e …

… novamente, …

… quando percebemos, …

… tínhamos chegado.

Zarpamos rapidamente …

… (antes cruzamos com os pelicanos …

… famosíssimos em Chora, viu Marcie?) …

… porque tinha feito uma reserva pro almoço …

… no Nikos Gallop …

… que fica perto de Platys Gialos.

Esta foi uma dica da Cecilia (Vancouver by Locals).

E foi uma daquelas certeiras.

Mas, no caminho, fizemos uma descoberta muito interessante: …

… o supermercado Flora.

Ele é incrível e …

… completamente conectado com a tal experiência de compra.

Começa que ele tem os melhores produtos gregos e internacionais.

A sua programação visual é vibrante e moderna, além de ….

… usar bastante neon e iluminação diferenciada.

E estando em Mykonos, terra das baladas, o som ambiente só poderia ser …

… eletrônico. Tuc-tuc-tuc!

Sim, até DJ eles tem.

Confesso que a princípio estranhamos, …

… mas logo entramos no contexto e achamos demais.

Andamos mais um pouco e chegamos ao Nikos Gallop.

A vista nem é tão espetacular assim (hahaha), mas a comida é greguíssima e muito boa.

Devido ao calor, optei por tomar uma legítima Mythos.

E experimentamos algumas coisas, tais como hommus com pão pita, …

… polvo grelhado (delicioso) …

… sardinhas grelhadas (deliciosas) …

… e sea bass com uma batata num ponto (delicioso).

Enfim, foi um almoço delicioso. 🙂

Como estávamos perto, optamos por conhecer algumas praias próximas.

A primeira foi Scorpios.

As estradas pra chegar lá são bem boas, …

… mas confesso que fiquei um pouco decepcionado com a falta de dramaticidade do que vimos.

Estava esperando alguns despenhadeiros e vistas estonteantes do mar.

Scorpios é bastante escondida e descobrimos o mistério.

Uma boa parte dos frequentadores são nudistas. Hahaha

Saímos de lá e fomos pra baladeira Paradise.

Juro que ainda não consigo entender uma praia em que …

… as pessoas ficam dançando ouvindo aquele tuc-tuc-tuc o dia inteiro!

E além do mais, também não achamos nada muito diferente também.

Mais uma boa andada, …

… pelas paisagens áridas da ilha e …

… chegamos ao que seria uma praia paradisíaca, Elia Beach.

É bacana, mas não tão paradisíaca assim.

Toda a superfície da areia está tomada por cadeiras e ombrelones com a direção de diversos Beach clubes.

Como já desconfiávamos, as praias daqui não batem muito com o nosso gosto …

… então resolvemos, voltar pro hotel pra curtir o que adoramos …

… e que é uma especialidade da Grécia e nossa: o por do sol!

É um momento solene do dia e não nos abandonou nesta viagem.

Um mais bonito do que o outro e …

… este não decepcionou.

Babe neste maravilhoso fotoblog:

Depois de quase duas horas de verdadeira adoração ao sol …

… fomos jantar e …

… num lugar que adoramos na ilha, …

… na bonitíssima Mykonos Town.

Tínhamos feito uma reserva no restaurante Interni.

E não deu certo.

Andamos, procuramos, perguntamos, chegamos na frente de alguma coisa escrita Interni e estava fechado.

Baita profissionalismo!

Só nos restou escolher outro, …

… meio ao sabor do vento e acertamos.

O m.eating é bem bonito, …

… fica bem onde todo mundo passeia e a comida é helênica.

Como não estávamos com muita fome, a Dé pediu uma salada grega (que novidade) …

… e eu, uma massa fresca com queijo feta, azeitonas e tomates (mais uma novidade).

Ambas perfeitas (9.3 no MicheLuz) e acompanhadas de flute de Champagne e cerveja, respectivamente.

Voltamos caminhando por esta belezura e apreciando o charme do lugar …

… além de sentir o cheiro agradável que a maioria das lojas exalam.

Esta é a nossa verdadeira Grécia.

Antío!

Veja os outros dias desta admirável viagem:
Proti iméra – Grécia/Suíça – Vitznau – Que cachoeira e que hotel!
Defteri iméra – Grécia – Suíça – Lucerna e Lauterbrunnen, a dupla Lu-La perfeita.
Tríti iméra – Suíça/Grécia – Vitznau/Santorini – Do primeiro para o terceiro e maravilhoso mundo grego.
Tetarti iméra – Grécia – Santorini – Oia, Oia, Oia e acabamos “fondo”.
Pémpti iméra – Grécia – Santorini – Red Beach, Santo Wines e o legítimo poente em Oia.
Ékti iméra – Grécia – Santorini/Mykonos – A melhor estrada entre estes dois paraisos gregos.

.

 

0 Responses to “dcpv – évdomi iméra – grécia – mykonos – a nossa balada foi histórica e em delos.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.302 hits
outubro 2020
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: