Archive for the 'Lista de blogs' Category

dcpv – paladar de frio

número 245
23/02/10

Paladar de Frio

É duro voltar de 13 dias em Paris (no meu caso, engordando como um ganso!) e pensar em comida. Ainda mais pela comparação.

Mas como uma das missões do DCPV é também apresentar novos cardápios, resolvi novamente apelar pro amigão Paladar.

E não é que ao folhear todos os jornais acumulados no período, me deparei com mais um Guia de Receitas,  coma enquanto está frio (pratos pra aplacar o calor).

Todas as C.N.T.P.  indicavam que a coisa iria dar certo: as receitas da Fabiana Badra Eid, a praticidade e rapidez de execução e o principal, o calor infernal reinante na grande FV.

Em dias de alta temperatura, o negócio é simplificar a vida e manter os pratos frios – ou no máximo, em temperatura ambiente. Por isso, esta edição especial Paladar Guia de Receitas traz uma seleção de entradas, pratos e sobremesas que aliam frescor e simplicidade de preparo. Vamos deixar as receitas mais elaboradas pra próxima estação?”.

Vamos!

Bebidinha – Pra não perder o pique, uma caipiroska (com a Absolut Vanilia) de Clementines.

Afetado, mas gostoso.

Vichyssoise de agrião

Esta sopinha é deliciosa e refrescante. Não preciso nem dizer que a Dé adorou.
Cozinhe uma batata pequena em pedaços, uma cebola picada, duas xícaras de caldo de galinha (de preferência, feito em casa) e uma xícara de creme de leite fresco em fogo baixo até a batata ficar macia.

Junte 4 xícaras de agrião cortado grosseiramente, cozinhe mais um pouquinho e bata tudo no liquidificador. Tempere.
Deixe esfriar e leve à geladeira por duas horas.
Sirva e delicie-se. Ainda fritamos alguns quadrados de pão sírio pra acompanhar. Bom, bom e bom.

Fez uma ótima dupla com a Mussarela com pesto de pimenta.

Simples  mussarelas de búfala cortadas em fatias e temperadas com um pesto formado por pimenta dedo-de-moça, azeitonas pretas, salsinha, casca ralada de limão siciliano e azeite.

Não vou dar as proporções pois  acredito que cada um tenha que encontrar as suas. Eu, por exemplo, não gosto muito de  azeitona preta e só a utilizei pra aromatizar.

Monte o prato distribuindo o pesto sobre a mussarela e salpique a legítima flor de sal (viva!).

Pra melhorar, só acompanhando com um vinho rosé Gran Feudo Edición 2008 Navarra que foi “fresco, verde, greengay, magnifique” segundo os ursos polares.

Cumbuca de siri com arroz de leite de coco

Eu tinha certeza que existia siri nas profundezas do nosso freezer.
Ledo engano. Mas nada que eu não pudesse consertar substituindo-o por patas de galinha-do-mangue, mariscos e vôngole.

 

Refoguei-os com cebola no azeite, juntei tomates sem pele e sementes picados, suco de limão e coentro.

Coloquei em belas formas refratárias e polvilhei farinha de mandioca.

Levei ao forno até a farinha dourar e servi junto com um belo arroz (basmati) feito com leite de coco.

Prontíssimo: um prato lindo e super-saboroso. Parece uma moqueca-limonada e o contraste com o docinho do arroz foi perfeito. Até a Dé, que normalmente passa o prato principal, comeu tudo. Não precisa nem falar do Déo e do Mingão, né não?

Acompanhamos com um velho companheiro pós-viagens, o vinho branco australiano Jacobs Creek 2008 Vintage que foi “untuoso, suntuoso, nicole`s creek, fantastique” segundo os sorbets, nós mesmos.

Smoothie de papaia, gengibre e hortelã

Este nem precisa de muita explicação.
Bata papaia, cubos de gelo, iogurte natural, mel, gengibre, suco de limão siciliano e água.

Faça como no pesto: crie a sua proporção.

Extremamente refrescante e um smoothie pra  tomar a qualquer hora.

Eis a opinião dos saudosos confrades sobre a noite:

Cardápio equilibrado e com uma tremenda cara de inverno no verão. (Edu)
Deliciê, sensacionê e espetaculê!!! (Mingão)
Nous avons le “printemps” no verão bresilien ! (Deo)

Bom, é isso aí! Mais uma vez o grande Paladar salvou a noite.

Pô, pessoal do Estadão, já passou da hora deste caderno virar uma bela revista gastronômica.

Até.

.

blind date no le marais bistrot

29/08/09
uh! la! la!

Blind date no Le Marais Bistrot

Ôpa ! Não é o que você está pensando. Foi muito mais um blind meeting do que qualquer outra coisa.
A Luciana Betenson ( do Rosmarino e Prezzemolo) e o esposo dela, o Mike vieram pra São Paulo e marcamos de nos encontrar no restaurante francês Le Marais Bistrot (Rua Jerônimo da Veiga,30, Itaim Bibi, 30712873) pra experimentarmos a nova cria da dupla Ida Maria Frank e o chef  Paulo de Barros (donos do Due Cuochi) além de ter o excelente Wagner Resende pilotando os fogões.

DSC00870-2

O restaurante está fazendo o maior sucesso e pra conseguir reservas ( o horário limite prelas é 20:30 hs ) você tem que sofrer um pouquinho. Paciência! É o preço do sucesso !

DSC00890-2

Reservei na segunda-feira  e tudo certo. Precisamente às 20:30 hs do sábado, estávamos lá! Eu, a Dé, a Lu, o Mike e a  cozinha do Wagner.
Tudo muito bacana. Um salão retangular  com vista da brigada trabalhando através da adega climatizada …

DSC00864-2

… e um belo vitral no teto. Enfim, um ambiente agradável e bem intimista !! 

DSC00865-2

O pãozinho ( como o próprio Gourmet Blasé disse) é um verdadeiro acinte de tão bom. Crocante, leve e um belo parceiro pra se degustar os diversos molhos do cardápio.

DSC00867-2

Começamos o tal blind, transformando-o rapidamente num clear tamanha a empatia entre todos. Conversamos sobre tudo: gastronomia, viagens, filhos, viagens, vinhos, viagens, etc

Escolhemos um vinho tinto Sangiovese IGT, quase um super Toscano e engatamos a entrada.

DSC00872-2

Começamos com ravioli de vieiras ao molho de espuma de limão siciliano. Leves, delicados e saborosos. Fiquei sabendo posteriormente que o ravioli não consta do cardápio  e que é feito com vieiras frescas de Santa Catarina. Eles são tão bons que eu apostaria que as vieiras vieram do criatório que tem em frente ao Ponta dos Ganchos

DSC00875-2

Luciana foi de costeletas de cordeiro grelhadas na manteiga, dente de alho, tomilho e servidas com um molho feito de ossos de cordeiro . Ela gostou bastante e achou o ponto da carne perfeito.

DSC00880-2

A Dé foi de camarão assado com molho de laranja e um tagliatelli feito com gengibre na manteiga, sálvia e alho poró frito. Foi certamente o prato mais bonito de todos e pra variar, gostoso demais.

DSC00886-2

O Mike foi de entrecote com molho de queijo roquefort. Uma bela carne marmorizada e com pedigree que segundo o Mike e a Luciana, estava super macia e saborosa.

DSC00878-2

 E eu, de peito e coxa de pato servidos em dois tempos ( que na verdade escolhi ser um só) e que estavam desmanchando na boca acompanhados por um belo molho de pimenta . Repare que parece  que  eles foram envernizados !!

DSC00876-2

Acabamos fazendo, por tabela, uma degustação de guarnições ( só o prato da Dé não tinha) com batatas rústicas, gallete de batatas e cogumelos com alhos.

DSC00883-2 DSC00881-2 DSC00882-2

Já conversávamos às claras e nos divertíamos bastante, quando resolvemos pedir 2 degustações de mini-sobremesas. Cada prato continha um creme brulée, petit gateau de chocolate, sorvete de baunilha, mil folhas e uma delícia de cupuaçu.

DSC00889-2

Um encerramento perfeito pruma noite também  e a certeza de que o Le Marais é o lugar ideal não somente para blind dates e sim, pra qualquer situação em que você necessita de comida confortável e muito bem feita.

DSC00873-2

E neste caso, os pré-requisitos ajudaram já que a companhia foi extremamente agradável. Cafezinhos, chazinhos e docinhos deram o tom da despedida!
Quem sabe um novo encontro no Pinguim e/ou no La Pyramide em Ribeirão Preto?

DSC00891-2

Até a próxima.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 639 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,343,974 hits
agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter