Posts Tagged 'adashiro'

dcpv – dia kyu – japão – kyoto – estátuas diferentes, templos diferentes: mesma emoção!

17/07/2019 (vivido em 12/04/2018)

Dia kyu – Japão – Kyoto – Estátuas diferentes, templos diferentes; mesma emoção!

Acordamos excitados.

Depois de ontem, estávamos esperando muito de Kyoto.

E ela nos entregou.

Com esta belíssima paisagem, …

… tomamos o nosso frondoso café da manhã …

… e fomos pro lobby encontrar o Mickey, o nosso sensacional guia japonês.

Como novidade, o tempo estava bom.

Hoje iríamos conhecer toda a região de Arashiyama.

Logo no passagem, vimos a ponte Togetsukyo

… ou melhor, a atravessamos andando.

A vegetação da montanha próxima a ela é muito bonita …

… e conseguimos imaginar como tudo ficaria com a explosão de cores do outono.

Logo após, rumamos para o templo Tenryuji.

A construção em si é muito interessante …

… rodeada de mini templos onde moram os monges e suas famílias …

… mas o jardim é especial.

De qualquer ângulo que você o vê, …

… descobre paisagens harmoniosas.

Certamente foi projetado por um monge inspirado.

Andamos um pouco …

… por entre flores …

… e cerejeiras, …

… até que chegamos a atração principal do lugar.

A floresta de bambus é realmente reconfortante,…

… tanto para os olhos, …

… como especialmente, …

… para a mente.

Lá você respira ar puro, …

… e purifica o seu espírito …

.. apesar de todo o crowd existente.

Como curiosidade, no fim da trilha, …

… conhecemos o templo que protege pra que os cabelos não caiam.

Por via das dúvidas, comprei um charm pra guardar em casa (e um pro Deo também!)😀

Continuando o tour, passamos numa região próxima …

… muito bonita …

… onde compramos lembranças feitas com casulos de seda.

A parada seguinte foi no Adashiro Nenbutsu-ji Temple, …

… onde são encontradas mais de 8000 pedras …

… que representam os mortos do local.

Resumindo, é um cemitério…

… onde você sente uma paz …

… e uma tranquilidade jamais vistas.

Voltamos pro carro e o Mickey nos reservou uma surpresa.

Fomos tomar um saquê rústico e doce …

… numa casa tipicamente japonesa.

Foi demais!

A última parada antes do almoço foi no Otagi Nenbutsu-ji.

A atração principal são mais de 1200 figuras Rakan …

… que foram esculpidas por trabalhadores …

… que oravam pela prosperidade do templo.

O lugar é muito curioso …

… e você sente o maior alto astral …

… ao ver uma quantidade imensa de estátuas …

… que são, as vezes, muito engraçadas.

Você fica o tempo todo tentando imaginar o que a pessoa quis expressar.

Almoçamos ali perto mesmo.

Não me pergunte o nome do lugar porque eu não sei. 😊

Foi uma indicação do Mickey e muito boa, por sinal.

Só sei que o príncipe do Japão almoçou lá e gostou muito.

O lugar é extremamente japonês …

… e serve noodles muito bons.

A Dé e o Mickey pediram um acompanhado de tempura de camarão …

… e eu, um sobá com tempura de legumes e frutos do mar.

Realmente, estava delicioso.

O programa pós-almoço seria conhecer o pulmão gastronômico de Kyoto.

Nishiki Market é grande e muito bom.

Na verdade ele é fisicamente muito comprido, …

… praticamente uma rua só, …

… e tem um sem fim de lojas, …

… com tudo o que você imaginar sobre ingredientes …

… e comidas prontas genuinamente japonesas.

Este, definitivamente, vale o foto blog:

Como curiosidade, visitamos a loja de facas do Aritsugu, …

… onde compramos, eu e a Dé, …

… as nossas, com os respectivos nomes em japonês, …

… gravados nelas. Um must!

Como bônus, o Mickey nos levou pra conhecer mais uma região onde moram as Gueixas, …

… ops, as Gueikos.

Miyagawa-cho é uma rua muito bonita, …

… e conseguimos ver tanto uma Gueiko mãe, …

… como uma Gueiko …

… e até, uma Maiko, que é a gueixa aprendiz.

Foi sorte de principiante, mas sorte tem quem merece.

Dali, fomos pra ultima parada do tour.

Sanjusangendo Hall é um templo imenso, …

… especialmente no comprimento, …

… onde você terá uma grande surpresa impactante.

As fotos não podem ser tiradas, …

… mas ao entrar lá, você se depara  com 1001 estátuas da Kannon, a deusa da misericórdia …

… e sente uma aura muito boa no ambiente.

Incrível, a quantidade de detalhes que podem ser vistos e sentidos.

Ou seja, é imperdível.

Voltamos pro hotel …

… e ainda visitamos a casa de chá …

… pra beber um tantinho de sakê …

… e curtir um digestivo Banchá.

Como estávamos muito cansados, …

… optamos por petiscar e “beberiscar” no próprio bar do Four Seasons.

Batatas fritas, …

… salada de salmão …

… e presunto Joselito com queijo manchego, …

… além dum vinho branco francês Sancerre …

… fizeram a nossa alegria nesta noite fria.

Ainda bem que tinha uma lareira bem ao nosso lado e a apenas alguns passos da nossa caminha.

O daiji ni!

Veja os outros dias desta viagem:
dia um/ichi – Dubai/Tóquio – As coisas maravilhosas que o homem, mais conhecido como sheik, faz. E o Japão.
dia Ni – Japão – Tóquio – A primeira sakura a gente nunca esquece.
dia San – Japão – Tóquio – Hakone e o Inhotim nipônico.
dia Shi – Japão – Tóquio – Shibuya e Meijin Jigu, multidões japonesas.
dia Go – Japão – Kanazawa – Os primeiros Shinkansen e Ryokan, a gente nunca esquece.
dia Roku – Japão – Yamashiro Onsen – Gueixas, samurais e cerejeiras, tudo a ver.
dia Shichi – Japão – Kyoto – Uma flor japonesa desabrochando só pra nós.
dia Hachi – Japão – Kyoto – Um dos dias mais sensacionais de todos os tempos.

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.425.746 hits
outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios