Posts Tagged 'alemanha'

dcpv – dia acht – berlim – visitando a ilha dos museus e comendo o melhor currywurst

23/03/2016

Dia acht – Berlim – Visitando a ilha dos museus e comendo o melhor currywurst.

Broncolhaço! Esta é a verdadeira definição pra este dia.

dsc03615

Resolvemos tomar café no museu Pergamon, um vez que ontem tentamos visitá-lo mas não conseguimos (a fila estava muito grande).

dsc03616

Pegamos um táxi e zarpamos, em plenas 10:00 hs pra Ilha dos Museus.

dsc03494

A fila pra compra de ingresso até que estava pequena (juro que tentei pela internet, mas o site somente em alemão dificultou bastante).

dsc03496

O grande problema aconteceu na hora de entrar no museu. A quantidade de gente nem era muito grande, mas a inabilidade dos guardas que tomavam conta era imensa.

dsc03617

Resultado? Ficamos quase uma hora e meia na espera e num frio considerável.

dsc03618

E tudo isso pra dizer que o Pergamon é um museu muito bom, mas não tem muita coisa imperdível, não!

dsc03622

Quanto ao nosso café da manhã, dançamos.

dsc03647

O museu não tem café e tivemos que improvisar comprando capuccinos e pretzels em plena chuva.

dsc03651

Como complemento, compramos o ticket conjunto, com direito a entrar também em outro museu vizinho e bacana, o Neues.

dsc03637

A atração maior dele é o busto de Nefertiti.

dsc03642

Enquanto você não chega a ele, se delicia com a arquitetura do prédio. Ela é espetacular.

dsc03645

A coleção nem tanto, já que quem já foi ao Louvre (como nós) nada surpreende.

dsc03644

E na verdade, a grande surpresa é justamente não poder tirar foto alguma da grande superstar, a Nefertiti.

dsc03652

Mas, pelo menos, conseguimos ver e fotografar o famoso chapéu dourado.

dsc03648

Saímos de lá, praticamente insatisfeitos e resolvemos nos satisfazer com a especialidade da casa, comida.

dsc03654

E fomos atrás do melhor currywurst de Berlim. Pegamos um táxi e rumamos pro Konnopke’s.

dsc03653

Se você quiser o melhor currywurst (que nada mais é do que uma excelente salsicha com um bom ketchup e batatas fritas), vá lá.

dsc03658

E a praticidade deles é incrível (coisa que não aconteceu nos museus). Você entra numa fila, faz o pedido e em segundos, voilá, está tudo na sua mão.

dsc03662

Eu e a Re pedimos o curryworst normal. A Dé pediu com salada de batatas.

dsc03655

E pra acompanhar, uma boa cerveja alemã. Tudo perfeito.

dsc03661

Depois desta magnânima refeição, pegamos um táxi outra vez e fomos conhecer o Sony Center.

dsc03666

Ele fica na Potsdamer Platz e tem uma cobertura com uma estrutura que é simplesmente incrível.

dsc03668

Como o frio reinava, resolvemos tomar um expresso e comer um donut, pois não somos de ferro.

dsc03673

O restante da tarde foi passear pela Friedrischstrase …

dsc03680

… e comprar alguns sapatos alemães.

dsc03683

Pronto!

dsc03682

Só nos restava o jantar.

dsc03679

E resolvemos encerrar a nossa temporada germânica num lugar típico: o italiano Bocca di Bacco. rs

dsc03689

Esta foi uma dica do grande Eymard. E a noite foi perfeita.

dsc03690

Primeiro, que o lugar parece mesmo com um restaurante italiano.

dsc03692

Depois que a comida combina perfeitamente com o ambiente.

dsc03703

Pedimos uma entrada pra dividirmos, uma burrata com pomodorini.

dsc03694

A Re, que estava sem fome, foi de Sopa de batata com cebolas.

dsc03699

A Dé, um papardelle com ragu de pato e funghi porcini.

dsc03697

Eu, um ravioli com ragu de vitela, purê e crispy de prosciutto.

dsc03696

Tudo maravilhoso e ainda mais acompanhado dum tinto do Gaja, o Promis 2013. Prontíssimo.

dsc03701

A despedida berlinense foi realmente em grande estilo, e melhor, estávamos a 10 minutos das nossas caminhas.

dsc03704

Guten abend!

Veja os outros dias desta viagem:

dcpv – dia elf – Frankfurt – alalaô, ô, ô, ôôô.

07/06/2014

Dia elf – Frankfurt – Alalaô, ô, ô, ôôô.

Frankfurt se abrasileirou.

DSC04046

Afinal de contas, marcar 33°C em plena primavera não é mole, não.

DSC04027

Iniciamos o dia acordando um pouco mais tarde e indo tomar o ótimo (talvez o melhor da viagem) café da manhã do hotel.

DSC04006

Resolvemos seguir as dicas do concierge e dar uma passeada pela região.

DSC04013

Primeiramente fomos conhecer a Unterman-Schweizer Str.

DSC04014

Ela é uma rua cheia de restaurantes, …

DSC04016

… mercados de rua …

DSC04022

… e lojas bacanas.

DSC04018

Tão bacanas que a Dé se entusiasmou e comprou algumas peças de roupa na LEMLI.

DSC04017

Depois de lá, passamos novamente pelo centro pra comer mais duas salsichas e tomar uma caneca de chopp numa daquelas barracas de rua.

DSC04044

Aproveitamos a proximidade pra conhecer o Kleinmarkthalle, um mercado bem ao estilo do nosso Mercadão, só que muito melhor!

DSC04054

Segue o minifotoblog do lugar:

DSC04031

DSC04032

DSC04036

DSC04038

DSC04040

E como diziam que lá é servido o melhor curryworsth de Frankfurt, aproveitamos pra comer uma outra salsicha, só que desta vez acompanhada por uma taça de Riesling.

DSC04050

Olha, quem falou que a salsicha de lá é a melhor, acertou. Ainda passamos pela catedral, a Dom que é imensa e muito bonita.

DSC04057

Depois de fazermos os três desejos, …

DSC04061

… resolvemos que era hora de voltar pro hotel e fazer uma happy hour.

DSC04066

E tome duas flutes de Louis Roderer rosé pra apaziguar o calor que, a esta hora, era insuportável.

DSC04065

Incrível, já era hora de jantar. E pra encerrar o nosso tour, seguimos novamente o concierge do hotel que nos indicou um lugar tipicamente alemão e (segundo ele) romântico.

DSC04067

Era tudo o que precisávamos. O Gerbermühle é bem antigo e muito alemão.

DSC04068

E pior, chegamos com uma má impressão já que o lugar era estranho, a beira do rio e com areia no chão. Parecia um pouco um daqueles pega-turistas desavisados.

DSC04073

Mas como tinha um montão de famílias alemãs acreditamos nas possibilidades e não erramos. A comida é muito boa.

DSC04079

A Dé pediu uma salada de aspargos com camarões, salmão defumado e uma tortilla de batatas. Tudo espetacular.

DSC04081

Eu fui no popular schnitzel com batatas ao forno e bacon. Mais uma delícia!

DSC04085

Acompanhamos tudo com champagne e vinhos alemães.

DSC04076

E ainda tivemos a oportunidade de ver o belíssimo cair da noite …

DSC04087

… com o skyline de Frankfurt ao fundo.

DSC04088

Claro que pra finalizar realmente a viagem, ainda teríamos uma manhã na cidade.

DSC04095

Como estava um calor danado, aproveitamos pra pegar o ônibus de turismo e dar uma volta pelos principais pontos.

DSC04102

Descobrimos o óbvio; que Frankfurt não é uma cidade muito turística.

DSC04105

Mas aproveitamos pra conhecer a parte nevrálgica da cidade, o distrito financeiro, a Ópera e a Estação Central.

DSC04103

Resumo da viagem: qual é a diferença entre Viena, Budapeste e Praga?

DSC03861

Viena nos pareceu bem clássica, com atrações distantes uma das outras e extremamente plana; em Budapeste, as atrações são mais próximas e uma parte da cidade é plana e outra, não e em Praga, todas as atrações são bem próximas com o terreno sendo um pouco irregular.

DSC03534

O que isso significa? Significa que realmente o ideal é o que todo mundo faz: visitar as três na mesma viagem e assim tirar as suas próprias conclusões, pois as três são espetaculares.

DSC03026

Até a próxima.

Acompanhe os outros dias desta viagem:
Dia eins – Viena – Conhecendo a terra da Sissi.
Dia zwei – Viena – Sississiricando.
Dia Negy – Buda cabra da peste.
Dia ot – Budapeste –Ô cidadezinha bacana. Egêszségédre!
Dia sest – É uma Praga!
Dia sedm – Praga – Isto sim é que é uma cidade.
Dia osm – Andando de Segwen, ops, Segway em Praga.
Dia devét – Praga – Vsechno nejlepsi, má lasko.
Dia zehn – Frankfurt – A terra da salsicha.

 

.

 

dcpv – dia zehn – frankfurt – a terra da salsicha.

06/06/2014
Dia Zehn – Frankfurt – A terra da salsicha.

Dia de troca de país é um dia perdido, certo? Quase.

DSC03932

Acordamos cedo, porque as 9:00 hs o nosso transfer nos pegaria pra nos levar ao aeroporto de Praga.

DSC03908

O voo seria as 12:00 hs …

DSC03917

… e somente uma hora depois chegaríamos em Frankfurt.

DSC03940

O que a princípio seria somente uma conexão do nosso vôo para o Brasil, se transformou numa escala de duas noites.

DSC03920

Isto está se transformando em regra.

DSC03919

Cada vez que temos uma passagem aérea com conexão, procuramos ficar pelo menos uma noite neste lugar a fim de conhecê-lo melhor, e quem sabe, retornar. Vamos ver se isso acontece com Frankfurt?

DSC03942

Chegamos e fomos direto para o hotel Rocco Forte Villa Kennedy.

DSC03930

Ele fica num casarão antigo e é muito bonito.

DSC03926

Os quartos são muito confortáveis …

DSC03925

… e, com a ajuda da Teresa Perez, continuamos comemorando o níver da Dé.

DSC03924

Pra nos situarmos, e como era cedo, saímos pra bater pernas e conhecer o centro da cidade e …

DSC03951

… consequentemente, o Rio Main.

DSC03946

Andamos bastante.

DSC03948

Passamos pela rua dos museus, …

DSC03939

… vimos cenas muito bonitas …

DSC03943

… tendo o rio Main como participante …

DSC03947

… conhecemos a praça principal

DSC03950

… e terminamos na rua Zeil, a famosa zona comercial da cidade (a estrutura deste shopping, o MyZeil é demais).

DSC03968

Ainda compramos vários condimentos numa loja incrível, a Schuhbeck.

DSC03954

É claro que demos uma sentada pra aproveitar da salsicha e da cerveja local!

DSC03958

Como andamos muito, voltamos de taxi pro hotel.

DSC03970

E continuamos com a regra desta viagem para os jantares na primeira noite: seria feito no restaurante do próprio hotel, o Gusto.

DSC03982

É um ítalo-germânico perfeito/perfecto!

DSC03974

Pra melhorar, ainda tinha um show de música ao vivo de primeira qualidade.

DSC03978

Começamos os trabalhos com duas flutes de Louis Roderer (germânicas, off course).

DSC03976

Como entradas, a Dé escolheu aspargos com batatas, além de queijo parmesão.

DSC03983

Eu fui no meu preferido, um polvo alemão com batatas. Ambos perfeitos!

DSC03985

Louve-se que comer neste horário e com o sol praticamente a pino, favorece e muito as fotos, né?

DSC03994

Pedimos um vinho branco Gavi di Gavi DOCG e os principais chegaram.

DSC03987DSC03988

Pra Dé, um gnocchi de manjericão com molho de burrata e berinjela.

DSC03989

E pra mim, Penne all’a Matriciana com guanciale, tomate, chili e pecorino. Ambos muito bons novamente.

DSC03991

Ainda tomamos dois expressos cortos, ouvimos mais algumas músicas e só nos restou dormir o sono dos justos.

DSC03993

Olha, Frankfurt está caindo nas nossas graças (mesmo porque ela se parece mais com uma boa cidade grande como São Paulo, Milão e Madri).

DSC03963

Wo ist mein Zimmert?

Acompanhe os outros dias desta viagem:
Dia eins – Viena – Conhecendo a terra da Sissi.
Dia zwei – Viena – Sississiricando.
Dia Negy – Buda cabra da peste.
Dia ot – Budapeste –Ô cidadezinha bacana. Egêszségédre!
Dia sest – É uma Praga!
Dia sedm – Praga – Isto sim é que é uma cidade.
Dia osm – Andando de Segwen, ops, Segway em Praga.
Dia devét – Praga – Vsechno nejlepsi, má lasko.

 

.

 

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.428.403 hits
novembro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Atualizações Twitter