Posts Tagged 'ameixa'

17° Inter Blogs – Canela moída (Ameixinha) no DCPV

número 218
17/06/09

17° Inter Blogs Canela moída (Ameixinha) no DCPV

Que grande prestígio ser convidada para participar no Inter Blogs. A minha sugestão de menu será relacionada com a região onde nasci e onde vivo: o Minho, no norte de Portugal“.

DSC09283-2

Pois é! Uma das blogueiras/foodies mais atuantes e mais populares, a Marta, a Ameixa Seca, a Ameixinha  do blog Canela Moída é a participante deste 17°  Inter Blogs ( quer saber o que é e como funciona ?)

DSC09328-2

Ela, como boa portuguesa que é, uma verdadeira famalicense,  escolheu um menu totalmente “minhoso” ( será isso mesmo?).

130px-Pt-vnf3 130px-VNF1

Não faltarão ingredientes/receitas tradicionais como azeitonas, bacalhau em forma de bolinhos e do jeito Zé do Pipo, caldo verde, polvo e doces conventuais.

DSC09292-2 DSC09306-2

E como a Ameixa é efetiva e participante! Se fizermos uma pesquisa, o Instituto DCPV verificará que ela comenta em quase todos os nossos posts. E melhor, comentários pertinentes e normalmente com um tremendo bom humor.

DSC09333-2

Resumindo, a Ameixa é uma visita indispensável  no DCPV. É praticamente uma sócia e nós todos gostaríamos muito que ela estivesse por aqui jantando conosco. A Dé, inclusive, aproveitou pra montar a mesa para 5 pessoas pois após esta convivência internética, achamos que a Ameixa deveria e mereceria estar presente !

DSC09274-2

Bom, vamos lá!
Vamos enfrentar a comida Minhota da Ameixinha que preenche o 17° capítulo do Livro dos Inter Blogs .
Quem sabe, não façamos uma das festas de lançamento justamente em Portugal e no Minho ?

DSC09247-2

Aperitivos

Nada mais Minhoto do que azeitonas verdes marinadas em alho e ervas aromáticas.

DSC09211-2 DSC09217-2

E nada mais agradável do que uma bela caipiroska de lima da Pérsia com manjericão roxo.

DSC09264-2

A noite promete !

DSC09249-2

Tira GostoBolinhos de Bacalhau

Como a própria Ameixa escreveu ” o bolinho de bacalhau para muitos é o prato principal com um arroz de feijão, mas para mim e tantos outros, é uma entrada acompanhada de um bom vinho”.

DSC09245-2

Não podemos desobedecer a Ameixa! Portanto, comecemos com o tinto Alabastro Reserva 2004 Alentejo que foi “picante, quentão, suflair, airoso” segundo os gajos, nós mesmos.

DSC09276-2

Já o bolinho de bacalhau é feito da seguinte maneira, segundo a Ameixinha :
Cozem-se 200 g de batatas com a casca, descascam-se e reduzem-se a purê.
Cozem-se 250 g de bacalhau demolhado, escorre-se, limpa-se de peles e espinhas e esfrega-se muito bem num pano limpo e grosso, até ficar completamente desfeito e sem fios. ( o bacalhau, não o pano. hehehe)
Numa tigela, junta-se o purê de batata, o bacalhau, 1/2 cebola e 1 colher de salsa picadas finamente, 1 cálice de vinho do Porto e tempera-se com sal, pimenta e noz moscada.
Incorpora-se os ovos, que são 4, um a um, ligando intimamente ( uiiii!) a massa até esta apresentar uma consistência ideal ( nem muito líquida, nem muito grossa).
A quantidade dos ovos depende do tamanho deles e da qualidade da batata.
Moldam-se os pastéis com a ajuda de duas colheres de sopa e fritam-se em óleo abundante e quente
“.

DSC09237-2

Deu pra perceber que as receitas além  de bem explicadas são extremamente divertidas, como a própria Ameixa. E estes bolinhos são tão bons que o nosso  próximo projeto será  a abertura do Boteco DCPVMinho.

DSC09300-2

Sopinha – Caldo-verde à Minhota

Esta veio sobre encomenda. Ainda mais com o frio que está fazendo aqui no país tropical!
E justo caldo verde, que a Dé tanto adora! Ameixa, você acertou no alvo !

DSC09225-2

Uma tremenda “sopaça” feita de batatas,cebola e alho cozidos, amassados e esmagados rusticamente. Adicionei couve cortada finíssimamente e coloquei uma rodela de chouriço ( na verdade, um fuet catalão!) no fundo de cada prato.

DSC09269-2

Pra acompanhar e ao mesmo tempo, permitir uma bela “molhada”,  fatias de broa de milho !

DSC09304-2

Momento-testemunho : eu não gosto de caldo verde ( na verdade, sou traumatizado pois a minha mãe fazia e me “obrigava” a comer! rs), mas este é um verdadeiro manjar. Excelente !

DSC09297-2

Aproveitamos e continuamos com o Alabastro.

DSC09277-2

Principal – Bacalhau a Zé do Pipo e Arroz de Polvo

Como prato principal escolhi o incontornável bacalhau e um prato de polvo, o arroz malandrinho” disse a Ameixa.

Olha aí, bacalhau e a Zé do Pipo ( já que os Zés do Pipo, os da barriga de quem come e bebe bem, são representantes famosos da região).

DSC09221-2

Comprei postas respeitáveis de um bom bacalhau na feira do Pacaembu e fiz o que a Ameixa e a receita mandam: demolhei o tal, cortei em postas e levei a cozer ( acho que estou ficando afetado!) com leite.

DSC09233-2

Piquei cebolas e murchei  no azeite com louro, sal, pimenta e um pouco do leite que cozeu o bacalhau. Coloquei as postas numa forma, deitei (olha!) as cebolas sobres elas e cobri com maionese. Contornei com purê de batata e levei pra gratinar.

DSC09228-2

DSC09243-2

Este é um clássico. Um Benfica x Porto. Um Palmeiras x Corinthians. Um Corinthians x Barcelona na final do mundial de 2010 (ainda mais depois dos 2 x 0 contra o Inter). Ôpa, vamos voltar pro Inter Blogs.

DSC09325-2

 Acompanhamos com um belo arroz malandrinho que se origina do polvo, aquele bicho que às vezes cisma de ficar borrachento. Não foi neste caso, pois usei um polvo que já estava pronto desde a última utilização e então, fiz uma refogado com azeite e cebola picada e juntei o octopussy devidamente esquartejado.

DSC09241-2

Coloquei tomates cortados em cubos, temperei com sal e deixei cozer por 10 minutos, conforme a mestra Ameixa indicou. Reguei com vinho branco e somei salsa e um dente de alho. O último passo foi acrescentar o arroz que pra facilitar, já estava pronto também. Só coloquei um pouco de vinho branco, o suficiente pra ele ficar molhadinho, ou seja, malandrinho.
Saboroso, cremoso ( lembra um daqueles belos risotos bem líquidos) e um parceiro perfeito pro Bacalhau.
Assim, viraremos verdadeiros Zés do Pipo.

DSC09242-2

Pra acompanhar esta farra Minhota, nada melhor do que outro tinto português, o Meia Encosta Dão 2003 que disse em bom e velho sotaque luso: “bão, grapposo, simidão eu bebo, serigrafesco”.

DSC09308-2

E pra ilustrar um pouco, se perguntarmos pra alguns “experts “se o copo de um vinho é tinto ou branco, eles pensarão um tempo  pra responder e confirmarão que não são tão “experts” assim (viu, Renatão!!).
Mas se fizerem a mesma pergunta prum português, ele responderá : Cheio !!
Esta foi a
Ameixa que contou. rs
E é muito boa!

Sobremesa – Pudim à Abade de Priscos

Esta sobremesa tem história. O Abade de Priscos, Manoel Joaquim Machado Rebelo, pároco da freguesia de Priscos por 47 anos, foi um dos maiores cozinheiros portugueses do séc XIX e preparou grandes e suntuosos banquetes pra homenagear reis, príncipes, prelados, ministros, núncios apostólicos e figuras eminentes da aristrocracia, da política, das artes, das letras e inclusive, de Ferraz de Vasconcelos assim como nós, do DCPV.

DSC09226-2 DSC09234-2

Este pudim é feito com ovos, açúcar, toucinho, vinho do Porto, casca de limão e um pau de canela.

DSC09232-2

É cozido em banho-maria em forma canelada (usei uma de silicone mesmo) barrada de caramelo como indicou a Abadesa do Minho, a Ameixa.

DSC09240-2

Este pudim é muito, mas muito bom mesmo. A impressão de que o toucinho deixaria algum rastro é totalmente dissipada quando o experimentamos. Parece um pudim de leite condensado sem aquele açúcar todo.

DSC09338-2

É leve, saboroso e simplesmente diferente ( não precisa nem dizer que os fominhas comeram mais de uma vez).

DSC09343-2

Como a proximidade nos indicava, um belo vinho do Porto encerraria com chave de ouro este banquete

DSC09231-2

Aproveitamos a oportunidade pra agradecer a simpatia, o alto astral ( caso raro de se encontrar)  e a frequencia com que temos contato com a Ameixa, além, é claro, desta participação tão regional. Na verdade, nos sentimos como se estivéssemos em plena Vila Nova de Famalicão, conversando e nos divertindo num grande e fraterno bate-papo.
Seguem as nossas já populares flores virtuais:

DSC09252-2

Eis a opinião dos Minhotos desde pequenininhos sobre este sarau gastronômico:

DSC09303-2

Comida Minhota + Canela Moída = Grandes Momentos . (Edu)
É uma comida portuguesa e maravilhosa com certeza!! (Mingão)
Soberbo jantar ! (Déo)

DSC09310-2

Valeu Ameixa !

PS – E já estamos no aguardo do próximo Inter Blogs, o Húngaro em julho.
É, a Odete do blog Páprika na Feijoada e o húngaro Georges, o esposo dela mandarão receitas magiares pra nós manjarmos ( ê, Zeca Baleiro!).

Até !

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.425.505 hits
outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios