Posts Tagged 'atenas'

dcpv – dékati ékti e teleftaía iméra – grécia – atenas, uma pequena demonstração da histórica Acrópole.

10/10/2019

Dékati ékti e teleftaía iméra – GréciaAtenas, uma pequena demonstração da histórica Acrópole.

A única coisa que não fechou legal …

… neste espetacular giro grego …

… foi este finalzinho.

Por causa de um compromisso, tínhamos que voltar na quinta e …

… isto significava ficar somente uma noite em Atenas …

… e pior, menos que 24 horas.

Pelos nosso antecedentes, tinha certeza que gostaríamos, …

… ou melhor, amaríamos a cidade.

Ela tem tudo o que apreciamos.

É bem cosmopolita, …

… super histórica, charmosa …

… sem contar o temperamento dos gregos e o tempero da sua saborosa comida mediterrânea.

Se foi ruim ficar pouco, …

… por outro lado foi ótimo, …

… porque nos prometemos voltar o mais rápido possível …

… pra degustá-la como se deve.

Acordamos bem cedo, …

… tomamos o nosso ótimo café da manhã …

… by Irmãos Campana …

… tiramos algumas fotos …

… da rainha Acrópole …

… iluminada pelo sol e …

… fomos pro tour.

A grega, que aprendeu a falar português através de novelas brasileiras, a Mariana …

… nos proporcionou 4 horas de puro ensinamento …

… da história universal.

Encontramos com ela no lobby do New Hotel e …

… fomos andando até o Museu da Acrópole.

Passamos pelo bairro de Plaka e …

… apesar de estar tudo fechado, …

… deu pra sentir o clima alto astral desta vizinhança.

Chegamos no museu e …

… nos surpreendemos com o seu prédio.

Extremamente moderno, …

… didático e …

… com um conteúdo obviamente invejável.

Tudo nos foi explicado nos mínimos detalhes.

Desde os achados de utensílios que datam de 1500 AC …

… passando pelas estátuas originais …

… que foram protegidas no próprio museu …

… para que não se perdesse este registro histórico.

Também ficamos sabendo de onde surgiram …

… “n” palavras que usamos diuturnamente e …

… que se originaram ou na mitologia …

… ou através de atos heroicos dos grandes gregos.

A Mariana nos mostrou muito didaticamente e …

… com sabedoria …

… pois foi quase uma aula de preparação …

… para encararmos a subida até a real Acrópole …

… e sentir, ao vivo, …

… tudo o que ela nos explicou.

E confesso que é muito impactante …

… ver tudo na sua cara.

Começa que você vai subindo e …

… os monumentos vão surgindo.

O palácio da Nike, …

… o teatro de Dionísio e …

… outros menos votados.

A subida toda é incrível.

Passamos também no Odeão do Herodes Ático, anfiteatro de pedra onde …

… o Foo Fighters fez aquele show memorável (assista aqui,por favor!).

Aí quando se chega no topo é que a coisa pega de vez.

Uma multidão está andando por lá, …

… mas é quase como se estivéssemos sozinhos. Encantador! 

Passamos pelo Propileu.

É como entrar em outra dimensão.

Além de que as vistas de Atenas de lá de cima são impressionantes.

Logo no canto, está o Erecteu.

É lá que estão as cariátides, …

… as mulheres gregas que estão no lugar dos pilares (a Dé adorou!).

E pro Grand finale, está ele, o Paternon.

Soberbo, único e impressionante.

Esqueci de dizer que no Museu e com vista pro Paternon, …

… fica uma réplica dele com a mesma dimensão (escala 1×1) e …

… com o jeitão que ele teria se não tivesse sido destruído e …

… pilhado tantas e tantas vezes.

E quando se está lá em cima, na sua frente …

… não tem como não olhar pra baixo e …

… lembrar de tudo o que aprendemos.

É realmente incrível!

Descemos felizes …

… com tempo suficiente (olha o anfiteatro aí de novo) …

… pra dar uma última olhada em Plaka, …

… desta vez, lotada de turistas (mal sabíamos) e …

… comprarmos as penúltimas coisinhas deste tour helênico.

No resto foi pegar o transfer, …

… voar o primeiro trecho até Zurich …

… curtir a janelinha …

… com um derradeiro por do sol …

… daqueles …

… gregões da gema.

Chegamos na bela cidade suíça, …

… com mais um tempinho pra free shop e …

… embarcamos com destino à capital paulista, mais precisamente pra Nova Toscana..

Resumo da tragédia grega?

Gostamos muito de Atenas e já estamos planejando uma viagem turística-histórica Roma/Atenas (será inesquecível).

E também gostamos de todas as ilhas que visitamos.

Santorini é realmente um espetáculo, …

… com muitas atrações e …

… por do sol em Oia que é absurdamente lindo.

Mykonos é bem menos atrativa (pro nosso gosto) e salvou-se por causa da charmosa Chora, a Mykonos Town …

…e o hotel Bill&Coo, que gerou um samba enredo cujo início da letra é: …

ai que saudades do Bill&Coo.

Kefalonia valeu especialmente pela espetacular Melissani Caves …

… e pela charmosa Myrtos Beach.

Zakynthos nos surpreendeu pela vegetação, …

… especialmente pela enorme quantidade de oliveiras muito mais antigas que Jesus e …

… pela indescritível azulada praia de Navagio.

Enfim, foi uma “puta” viagem.

Ef’charistó, Grécia!

Opa!

Veja os outros dias desta admirável viagem:
Proti iméra – Grécia/Suíça – Vitznau – Que cachoeira e que hotel!
Defteri iméra – Grécia – Suíça – Lucerna e Lauterbrunnen, a dupla Lu-La perfeita.
Tríti iméra – Suíça/Grécia – Vitznau/Santorini – Do primeiro para o terceiro e maravilhoso mundo grego.
Tetarti iméra – Grécia – Santorini – Oia, Oia, Oia e acabamos “fondo”.
Pémpti iméra – Grécia – Santorini – Red Beach, Santo Wines e o legítimo poente em Oia.
Ékti iméra – Grécia – Santorini/Mykonos – A melhor estrada entre estes dois paraisos gregos.
Évdomi iméra – Grécia – Mykonos – A nossa balada foi histórica e em Delos.
Ogdoi iméra – Grécia – Mykonos – Pequenas cidades e a maravilhosa Chora.
Enati iméra – Grécia – Mykonos/Kefalonia – Direto da Grécia mauricinha pra raiz.
Dékati iméra – Grécia – Kefalonia – Depois da tempestade vem a bonança em forma de magnífica caverna.
Endékati iméra – Kefalonia – Praias paradisíacas. Meu nome é Kefa, Kefalonia.
Dodékati iméra – Grécia – Kefalonia – Zakynthos – Do paraíso para o paraíso.
Dékati triti iméra-grecia – Zakynthos – O lado B e chuvoso de Zante existe.
Dékati tétarti iméra – Grécia – Zakynthos – Ouros verde e azul: azeite e Navagi
Dékati pémpti iméra – Grécia – Zakynthos – Atenas – Repetindo as greguices que mais gostamos e melhor com sol. Ah, Acrópole!

dcpv – dékati pémpti iméra – grécia – zakynthos/atenas – repetindo as greguices que mais gostamos e melhor, com sol. Ah, Acrópole!

26/12/2020 (vivido em 09/10/2019)

Dékati Pémpti Iméra – Grécia – Zakynthos/AtenasRepetindo as greguices que mais gostamos e melhor, com sol. Ah, Acrópole!

Voltamos à máxima.

Dia de viajar de avião e mudar de hotel é dia perdido, certo?

Totalmente errado.

Pelo menos no caso, …

 

… em que o voo é curto, …

… especialmente entre uma ilha grega, Zakynthos e a capital Atenas.

E pra melhorar, este voo de menos de uma hora aconteceu no horário do por do sol …

… o que sobra um bom tempo útil do dia pra curtirmos o melhor de Zakynthos.

Portanto, acordamos até que cedo (ooooooooommmmmm), …

… tomamos o refestelante café da manhã no hotel …

… e zarpamos.

Ah, esqueci de dizer que o sol estava a pino.

Ou seja, tudo propício pra vermos a cor original desta belezura, …

… o famoso azul profundo e poético.

Comecemos pelo começo.

Tivemos um estalo e resolvemos ver Zakynthos Town de cima.

Então fomos até o Venetian Castle …

… que fica bem no alto do morro.

Demos uma passada bem rápida, …

… mas nos encantamos mais com a vista próxima de uns barzinhos …

… ao lado de uma igreja.

Continuamos o nosso mini tour dos preferidos …

… nos redimindo …

… de uma opinião negativa …

… que proferimos ontem.

A praia de Porto Roxa ensolarada … 

… é maravilhosa.

Na verdade, mais que maravilhosa!

De lá, fomos pra Porto Limnionas.

Passamos lá quando estava super nublado e gostamos.

Imagine com sol?

É simplesmente espetacular …

… ver piscinas naturais …

… com vários tons de verde …

… e cavernas …

… misturadas a uma vegetação colorida …

… e muito viçosa.

A próxima atração que repetiríamos a visita …

… seria simplesmente “a” atração.

Sim, senhores.

Navagio novamente e …

… com sol a pino.

Antes de mais nada, deixa eu tentar explicar a história …

… de como o navio encalhou no meio da areia.

Dizem que ele estava com contrabando (bebidas, cigarros, mulheres, etc) e …

… pra fugir da polícia …

… acabou encalhando na praia.

Cá pra nós, ele escolheu uma belíssima praia pra afundar e …

… se notabilizar.

Este lugar é tão especial …

… que acredito que jamais tivemos …

… uma vista tão impactante.

Simplesmente, única!

Após este banho de beleza …

… optamos por retornar ao hotel, …

… mas antes demos uma parada em Alykes …

… pra observar a praia e …

… dar uma beliscada.

Escolhemos o Porto Paradiso …

… onde pedimos uma salada greguíssima, uma Caprese, …

… queijo feta assado …

… e singelas batatas fritas.

Ah, uma Mythos (sem piadinhas, pufavô!) acompanhou tudo.

Podemos chamar da comida perfeita para o momento.

Agora, sim.

Retornamos de vez pro hotel, …

… demos uma breve descansada, …

… fomos pro aeroporto, …

… devolver o carro …

… e voar para Atenas.

O voo foi rápido, …

… um pouco mais de meia hora, …

… com muitas vistas do por do sol.

Ou seja, encantador.

Aterrissamos em Atenas, …

… pegamos o nosso transfer …

… e logo chegamos ao New Hotel.

Ele é muito bem localizado e …

… tem uma característica singular: …

… toda a sua decoração foi feita pelos Irmãos Campana (grato, Marcello Britto).

Isto corresponde a genial.

Sinta só …

… como é …

… o nosso …

… quarto.

Tomamos um banho rápido e …

… como de praxe, …

… fomos jantar no restô do hotel.

O restaurante  é modernoso …

… feito by Campanas too e …

… tem uma vista matadora da Acrópole.

Até pedimos um SeaBass pra Dé e …

… um hambúrguer pra mim …

… mas o impacto foi muito forte.

Fomos dormir com a expectativa de que …

… amanhã desvendaremos melhor o fenômeno Acrópole.

Opa!

Veja os outros dias desta admirável viagem:
Proti iméra – Grécia/Suíça – Vitznau – Que cachoeira e que hotel!
Defteri iméra – Grécia – Suíça – Lucerna e Lauterbrunnen, a dupla Lu-La perfeita.
Tríti iméra – Suíça/Grécia – Vitznau/Santorini – Do primeiro para o terceiro e maravilhoso mundo grego.
Tetarti iméra – Grécia – Santorini – Oia, Oia, Oia e acabamos “fondo”.
Pémpti iméra – Grécia – Santorini – Red Beach, Santo Wines e o legítimo poente em Oia.
Ékti iméra – Grécia – Santorini/Mykonos – A melhor estrada entre estes dois paraisos gregos.
Évdomi iméra – Grécia – Mykonos – A nossa balada foi histórica e em Delos.
Ogdoi iméra – Grécia – Mykonos – Pequenas cidades e a maravilhosa Chora.
Enati iméra – Grécia – Mykonos/Kefalonia – Direto da Grécia mauricinha pra raiz.
Dékati iméra – Grécia – Kefalonia – Depois da tempestade vem a bonança em forma de magnífica caverna.
Endékati iméra – Kefalonia – Praias paradisíacas. Meu nome é Kefa, Kefalonia.
Dodékati iméra – Grécia – Kefalonia – Zakynthos – Do paraíso para o paraíso.
Dékati triti iméra-grecia – Zakynthos – O lado B e chuvoso de Zante existe.
Dékati tétarti iméra – Grécia – Zakynthos – Ouros verde e azul: azeite e Navagio.

.

dcpv – énati iméra – grécia – mykonos/kefalonia – direto da grécia mauricinha pra raiz.

14/11/2022 (vivido em 03/10/2019)

Énati iméra – Mykonos/Kefalonia – Direto da Grécia mauricinha pra raiz.

Hoje seria o dia da máxima, …

… “dia de troca de hotel é dia perdido?”.

Sim, porque pegar dois voos domésticos não é fácil.

Iríamos de Mykonos, …

… que fica nas Ilhas Cíclades …

… para Kefalonia, que fica nas Jônicas.

E para tanto, sairíamos de Mykonos, …

… fazendo uma conexão em Atenas, …

… pra chegar em Kefalonia por volta das 15 horas.

E claro que tudo foi muito divertido.

Afinal de contas, …

… voos curtos entre ilhas …

… tendem a ser muito interessantes, quase panorâmicos.

Além do show de cores …

… existe o de geografia, onde você fica tentando adivinhar o que está vendo?

Com este espírito, embarcamos no aeroporto (??) de Mykonos …

… que é um verdadeiro cubículo.

E chegamos cedo pra caramba.

Foi bom, pois esquecemos algumas coisas no hotel; deu tempo do pessoal do Bill & Coo (ai que saudades) mostrar o nível do seu serviço e nos trazer tudo no próprio aeroporto.

Este hotel é bom demais (ai que saudades de novo)!

O voo de Mykonos pra Atenas foi tranquilo.

Na verdade, não deu nem tempo de curtir …

… porque foi muito rápido, …

… mas também muito bonito.

Ficamos quase duas horas em Atenas numa conexão.

As malas foram direto e …

… aí a coisa melhorou, …

… porque o aeroporto da capital grega é de respeito.

Demos uma boa pesquisada nas lojas, pois passaremos lá na volta.

Quando menos esperávamos, já tínhamos embarcado.

Ah, esqueci de falar sobre o avião.

É daqueles de 4 lugares por fileira e com hélice. Hahaha

O voo foi mais uma vez redundantemente bonito e…

… apesar do tempo estar um pouco nublado …

… a vista das mais variados recortes …

… do litoral foram encantadoras.

Aconteceram algumas turbulências, …

… mas nada excepcional.

Chegamos no aeroporto internacional (???) …

… pegamos o nosso magnífico Fiat 500 e …

… rumamos pro hotel.

Kefalonia é uma ilha bem grande.

Só pra ter uma ideia rodamos quase 1,5 hs do aeroporto (que fica no sul) até o hotel Emelisse (que fica bem no norte).

O trajeto é até bacana, …

… mas não se tem muita visão das praias.

Se bem que a visão mais marcante é a da Myrthos Beach.

Ela é simplesmente maravilhosa.

Aproveitamos que estávamos lá e …

… descemos pra conhecer a praia.

Ela é linda mesmo.

A água é de um azul transparente, …

… inebriante e …

… cultural (seria As Ilíadas?).

Demos uma olhada rápida, pois voltaremos, …

… e retornamos pro nosso caminho.

Lá em cima, ainda existe …

… um belvedere …

… onde se tem a exata dimensão de tudo. É fantástico!

Chegamos ao hotel e …

… percebemos o óbvio.

O downgrade aconteceu.

Emelisse tem resort no nome …

… e no estilo.

O nosso quarto é bacana, …

… mas um pouco datado.

A vista do mar é bonita, …

… mas um pouco encoberta.

O serviço é médio, …

… mas poderia ser bom.

Ou seja, gostamos, …

… mas poderíamos achar muito melhor (ai que saudades).

Mesmo porque tem potencial.

A Emblisi Beach, …

… que é muito bonita, …

… é quase que dentro do hotel.

Ela é pequenininha …

… pero cumpridora.

Já o hotel tem uma bonita piscina …

… de borda infinita …

… onde fica o restô que jantaremos.

Demos uma boa explorada na região.

Os jardins são exuberantes e …

… eles têm alguns locais com cadeiras …

… pra ser observar o possível por do sol.

Possível?

Sim, porque ele se põe atrás das montanhas e …

… não se pode vê-lo até o seu final (gênios, estes arquitetos).

Uma pena!

Curtimos um pouco, mesmo assim e …

… fomos comer.

Estranhamos, pois estava relampejando muito.

O restaurante é frugal e bem grego.

Até a música ambiente é, digamos, um pouco brega.

E a comida não ficou muito atrás.

Pedimos uma entrada com camarões gigantes empanados pra dividir, …

… a Dé, um peito de frango bem úmido …

… e eu, um linguini aos frutos do mar que estavam razoáveis (acho que eu vi o corpo destas cabeças em algum lugar 🙂 ).

Voltamos rapidamente pro quarto, pois estava ameaçando cair o mundo.

E, pra adiantar, só posso dizer que caiu!

Kali nychta e Opa!

Veja os outros dias desta admirável viagem:
Proti iméra – Grécia/Suíça – Vitznau – Que cachoeira e que hotel!
Defteri iméra – Grécia – Suíça – Lucerna e Lauterbrunnen, a dupla Lu-La perfeita.
Tríti iméra – Suíça/Grécia – Vitznau/Santorini – Do primeiro para o terceiro e maravilhoso mundo grego.
Tetarti iméra – Grécia – Santorini – Oia, Oia, Oia e acabamos “fondo”.
Pémpti iméra – Grécia – Santorini – Red Beach, Santo Wines e o legítimo poente em Oia.
Ékti iméra – Grécia – Santorini/Mykonos – A melhor estrada entre estes dois paraisos gregos.
Évdomi iméra – Grécia – Mykonos – A nossa balada foi histórica e em Delos.
Ogdoi iméra – Grécia – Mykonos – Pequenas cidades e a maravilhosa Chora.

.

 

 

 

 

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.302 hits
outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter