Posts Tagged 'ceviche'

Lima – Mercado de Surquillo e a aula

camu-camu? aguaje? tumbo?
18/10/09

Lima – Mercado de Surquillo e a aula.

Mais uma atividade do nosso mini-roteiro gourmet no Peru: conhecer o mercado municipal de Lima, o Surquillo e degustar vegetais e frutas  diferentões além de comprar ingredientes pra aprendermos a fazer o nosso próprio ceviche.

Vamos por partes:

I – A Visita guiada ao Surquillo

O nosso guia, o Adrián Macedo, nos mostrou (literalmente) todos os sabores do Peru.

Bancas com frutas exóticas …

… legumes malucos  (não são pézinhos!)…

 e pimentas (ajis) doidas; …

… milhos deliciosos, …

 

… batatas dos mais variados tipos …

… açougues um tanto quanto malucos …

… e peixarias mais ainda já que não existia refrigeração alguma.

Vamos aos melhores momentos do SPFW dos FLV:

Pitajaya – esta é conhecida por aqui.

Aguaymanto  – a famosa physallis. 

Aguaje – parece uma manga dura.

Sachatomate – é um tomate japonês.

Lúcuma – parece uma abóbora seca, bem seca.

Chirimoya – parente da fruta-do-conde.

Granadilla – quase um maracujá.

Tumbo – é quase uma maracujino. Ou seria um pepicujá?

Pepino – engraçado, mas é quase um melão.

Yacón – quase uma batata doce com bastante líquido.

Huaypo – não tenho a menor idéia. Parece uma esponja pra tomar banho!!

Rocoto – um pimentão mais apimentado.

Moraya ou chuño – são simplesmente batatas desidratadas.

É ou não é um espetáculo?

II – A compra

Logo depois, o Adrian nos deu 50 Soles  (~R$ 35), uma lista de ingredientes e 10 minutos pra comprarmos o necessário pra fazermos um bom ceviche: linguado, cebola roxa, ajis amarelo e vermelho, limões verdes, batata doce e milho.

Gastamos 10 Soles ou seja, R$ 6,00 . É  claro que demos uma “yapa” ou seja, uma bela chorada e ganhamos mais alguns ingredientes além de termos ficado com o troco. 

III – A aula

Continuamos o tour saindo do mercado e indo pro restaurante Señorio de Sulco onde teríamos a nossa aula.

 

Tomamos os nossos Pisco Sour, vestimos os nossos aventais (um brinde) e começamos a trabalhar duro! rsrs

Aprendemos alguns belos truques pra se fazer um ótimo ceviche (e fizemos!):

1 – A cebola roxa cortada deve ficar um tempo de molho em água fria.

2 – O peixe tem que ser extremamente fresco.

3 – Ele deve ficar um tempo somente em contato com sal fino (bastante).

4 – O limão tem que ser espremido na hora de servir o prato pra evitar a oxidação.

Também fizemos causas que são, basicamente, purê de batatas temperados com ajis e montadas de várias maneiras intercalando recheios (camarão, frango, carne, vegetais) e com palta (o nosso famoso abacate).

Continuamos a aula, aprendendo a fazer Lomo Saltado, uma carne cortada em tiras e salteada com vários ingredientes (tomates, cebolas, ajis, alho, shoyo, vinagre, azeite, caldo e batatas fritas) numa wok. 
É um prato com uma grande influência chinesa.

IV – O almoço

Não vale a pena ter uma aula deste tipo onde o aluno come a lição?

E ainda como bonus, um belo Suspiro de Limeña.

Uau, quem me dera que todas as escolas fossem assim!

Enfim, um passeio agradável, saboroso, instrutivo e claro, imperdível!

 

Hasta.

.

Anúncios

pescados capitales – lima – peru

10/10/09
que belo trocadilho!

Pescados Capitales – Lima – Peru

Que é  um  bom trocadilho, ah, isso é mesmo! Pescados Capitales!

DSC02131-2

Além de um belo trocadilho, um grande nome prum restaurante (mais uma reserva de primeira feita pela agência especializada Gouté) que  serve excelentes pratos de frutos do mar com a temática dos  7 pecados capitais.

DSC02124-2

O menu e o site fazem referência aos pecados. Tudo relaciona os pratos com os pecados.
É um tal de luxúria, vaidade, gula ( este, dificílimo de não seguir) que em alguns momentos, você se sente com vontade de pedir alguma penitência pra escapar dos tais “pescados”.

DSC02126-2

O lugar é extremamente simples. Mais parece um daqueles restaurantes de praia que são muito despojados. Super bem iluminado, com cadeiras confortáveis e um astral único!  E os pescados/pecados de fazer qualquer um cometer vários pecados mesmo.

DSC02151-2

O próprio garçon te atende com um : Vamos pecar ?

DSC02150-2

Nós dissemos: é claro! E começamos com 2 belos Pisco Sour…

DSC02130-2

 … e um agrado do chef, um fingerfood, um sushi de polvo.

DSC02128-2

Resolvemos radicalizar ( que isso não seja um pecado!). Pedimos 3 entradas.

DSC02135-2

Uma, a castidade. Uma causa de camarão de batata amarela ayacuchana que tenta controlar os luxuruosos camarões chegados de Ocaña. Uma cama de maionese de coral suporta o conflito. O abacate e o o vinho dão fé  que esta é uma nobre causa. Veja se esta descrição do cardápio é ou não perfeita ??

DSC02132-2

A outra entrada foi  a humildade em forma dum polvo em lâminas humildes que se banham em azeite de oliva. A azeitona, soberba como ela só, se apresenta em dois molhos diferentes. Na verdade, é uma batalha entre a humildade ( do polvo) e a soberba ( da azeitona). Realmente é de pecar !!

DSC02136-2

E após esta luta, mais uma rodada de Piscos pra toda a mesa ( eu e a Dé!).

DSC02147-2

Finalmente, na terra do ceviche, pedimos um deles. Classificado como pecado original, eles são feitos com cremes e lá nos Pescados, eles resgatam e ressaltam a natureza deste prato tão simbólico. Tenha em conta que ele é feito com linguado fresco, bom limão (limão peruano), cebola roxa a viva e um ponto de aji.

DSC02139-2

Acompanhado de milho (que milho!), batata doce  e alface pra decorar. Espetacular !

DSC02141-2

Pronto e como tínhamos um compromisso à tarde ( experimentar várias sobremesas num lonche!), pedimos a conta, tomamos uns expressos e nós sentimos extremamente leves.

DSC02146-2

Nada como tirar uns pescados, ôpa, pecados da consciência !!

PS – Só pra tirar todas as dúvidas (nós também a tivemos!), os 7 pecados capitais são : ira, gula, inveja, orgulho, avareza, preguiça e luxúria.

Cometemos os seguintes pecados no Pescados:

Ira – estávamos  zangados por termos que ir embora do Pescados .
Gula – este não precisa nem justificar.

DSC02125-2

Inveja – de quem mora em Lima e tem um Pescados à disposição.
Orgulho – de ter comido num lugar tão legal.
Avareza – este também é fácil. Pagamos bem pouco por lá.

DSC02156-2

Preguiça – de levantar da mesa e ir embora.
Luxúria é isto mesmo. Dá vontade de comer tudo o que tem no cardápio.

Hasta!

.

dcpv – fomos para…

09 a 19/10/09
incas não venusianos

Fomos para

machupicchu0008-g-3

e …

machupicchu0007-g_home-3-3

e …

dsc08127-3

… que não somos de “fierro”!

Hasta!

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 659 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.420.048 hits
agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios