Posts Tagged 'chelsea market'

dcpv – ninth day – usa – nyc/boston – do muito frio para o muitíssimo frio.

14/08/2021 (vivido em 17/01/2020)

Ninth Day – USA – NYC/BostonDo muito frio para o muitíssimo frio.

Hoje seria dia de mudar de cidade (NY para Boston) e …

… consequentemente, de hotel.

Como só iríamos sair às 12:00 hs pro aeroporto …

… resolvemos dar uma ultima passeada …

… pelo querido Meatpacking (que lugar!).

E claro, um café da manhã de despedida …

… na nossa queridinha Starbucks Reserve Roastery.

Quando será que uma destas pintará na praia, heim?

Se bem que depois da verdadeira esculachada que deram no Eataly SP

… não sei se é bom torcer pra que isto aconteça.

Como estávamos do lado do Chelsea Market …

… a Dé aproveitou pra suprir as suas necessidades básicas …

… na ótima Anthropologie.

Na volta, ainda demos uma breve entrada na loja conceito da Samsung …

… onde além de participarmos de várias  experiências interativas …

… ainda verificamos que o S10 está imbatível, …

… especialmente no quesito máquina fotográfica (dá uma olhada na bela modelo da foto), …

… coisa que adoramos muito.

Pronto!

Pegamos o transfer e …

… com o tempo maravilhosamente lindo, rumamos pra Laguardia.

As obras de atualização deste aeroporto estão a todo vapor, mas mesmo assim, ainda falta terminar um montão de coisas.

Chegamos lá, fizemos o nosso checkin e …

… embarcaríamos numa parte já reformada do aeroporto.

Que maravilha!

Tudo moderno, amplo e com uma visibilidade incrível.

Ainda deu tempo de comermos uma tremenda pizza na Rossi e …

… com uma experiência de compra incrível.

Tudo é feito através de iPads e até a conta você paga lá mesmo, através dele.

O voo atrasou um pouco, esta Delta é meio devagar mesmo, …

… mas foi o suficiente pra aproveitarmos toda a paisagem.

Inclusive, uma vista legal e sombreada de Manhattan.

Como a distância é curta, o voo foi praticamente panorâmico.

Muita paisagem litorânea, …

… muito por do sol e …

… quando percebemos, já estávamos aterrissando em Boston …

… com um entardecer incrível e um frio mais incrível ainda.

Fomos rapidamente do aeroporto …

… pro XV Beacon, o mesmo hotel que ficamos na semana passada, …

… só que num quarto maior e com vista da Beacon St.

O quarto continua ótimo.

Com toda a coragem do mundo, nos vestimos aceboladamente (muitas camadas) e …

… fomos até a Macy’s que fica bem pertinho, …

…só pra ver que ela continua uma bomba, toda desorganizada. 🙂

Voltamos rapidinho pro hotel e resolvemos jantar no restô de lá mesmo.

Comemos frugalmente.

Uma boa salada de alface da casa, a americana, com um molho muito gostoso, …

… sopa de couve flor pra Dé, …

… um bisque de lagosta pra mim, especialidade da região e …

… duas taças de um ótimo espumante, mais conhecido como Champagne.

Pronto, a nossa caminha aquecida estava a 6 andares e amanhã exploraríamos Boston. Brrrrrr!

See U!

Veja os outros dias desta interessante viagem:
First day – USA – Boston – Sem piadinhas, por favor!
Second day – USA – Boston/NYC – Um contraste incrível e uma constatação mais ainda. Incrível mesmo é o The Vessel.
Third day – USA – NYC – A cidade que nunca dorme. E nós também.
Fourth day – USA – Nova York – Varejando, passeando e comendo bem na Big Apple.
Fifth day – USA – NYC – Conhecendo o The Vessel, o vaso chic por dentro.
Sixth day – USA – NYC- Tem NBA, estamos lá!
Seventh day – USA – NY – Mistura bombástica: compras e Psycho Killer.
Eighth day – USA – NYC – Misturando história com filmes e cores. Já o Seu Jorge!

.

dcpv – days ten/eleven and last – usa – uma nba gelada em ny!

29/02/2019 (curtido em 20, 21 e 22/01/2019)

Days ten, eleven and last – USAUma NBA gelada em NY!

Iniciamos o domingão dum jeito que ele merecia.

Afinal de contas, estava muito frio mesmo …

… e a Starbucks Reserve Roastery era logo ali pertinho.

Café da manhã tomado …

… demos uma passada na Anthropologie

… pra Dé dar uma abastecida  no guarda roupa …

… e nas velas lá de casa.

Fomos de Uber até a Sacks 5th Avenue, …

… uma loja de deptos …

…  multifacetada …

… e bastante interessante.

Com o frio e a chuva reinantes …

… foi um jeito bom pra passar o tempo.

Nos divertimos por lá, …

… mas não compramos quase nada …

… e fomos almoçar no Armani.

O clima broncolhaço …

… e friozaço pedia um italiano.

Foi o que fizemos.

Pãezinhos supergostosos iniciaram a nossa refeição.

Um polvo cozido à perfeição abriu os trabalhos.

A Dé pediu um tagliatelle à bolonhesa …

… e eu, um espaguete à carbonara.

Tudo ótimo …

… e acompanhado de taças dum também ótimo Vermentino.

Continuamos babando na escada da loja …

… e fomos pra fora, sentir o drama.

Olha, fazia quase -20°C.

Mesmo assim, demos mais uma secada na fachada maravilhosa …

… da Louis Vuitton …

… passamos na Nike novamente (com o mesmo péssimo atendimento) …

… e resolvemos retornar …

… pois o por do sol prometia e foi uma belezura (sim, o tempo mudou muito rapidamente)!

É claro que o vento atrapalhava muito …

… deixando a sensação térmica …

… próxima dos -30ºC, …

… mas foi perfeito.

Simplesmente perfeito!

Terminamos a nossa tarde …

.. tomando uns bons drinks …

… no nosso queridinho …

… o Starbucks.

Aproveitamos pra comprar o nosso jantar: …

… pizzas …

… que seriam degustadas no calorzinho do nosso quarto assistindo às finais de conferência da NFL e muito bem acompanhadas.

Acordamos também um pouco mais tarde na segunda.

O frio continuava.

O café foi tomado no primo pobre, …

… o Starbucks convencional, …

… já que o Reserve estava fechado pra manutenção.

Por sorte, tínhamos comprado ingressos …

… pra ver o jogo da NBA …

… e finalmente, …

… conhecer o Madison Square Garden.

Pra variar, foi muito divertido assistir a um jogo, …

… ainda mais com atletas do tamanho …

… do Russel Westbroock.

Sim, o OKC não negou fogo.

O problema foi o NY Knicks.

Ô timinho ruim, sô!

Deu até vergonha.

Ver os coitados dos torcedores sofrendo …

… pra ver um time que não acerta uma.

Resultado?

Uma lavada do OKC …

… que só não foi maior …

… porque eles se desinteressaram do jogo.

Voltamos pro hotel …

… e engatamos uma visita à Container Store …

… (que loja) …

…e a Bed Bath & Beyond.

Até que não compramos muita coisa desta vez …

… e resolvemos dar mais uma passada estratégica …

… no Chelsea Market …

… pra fugir do frio.

Acabei marcando um jantar bem próximo ao hotel …

… no hyppado asiático Buddakan.

E o lugar é surpreendentemente bonito.

Todo cenográfico …

… e com uma mesona coletiva espetacular.

Pedimos somente coisinhas pra repartir, além de duas flutes duma Louis Roderer.

Dumplings de edamame, …

… bolinhos de couve flor, …

… bolinhos de camarão e frango …

… e rolinhos primavera.

Tudo muito competente, …

… mas realmente o que se sobressaiu, …

… foi o visual.

Atravessamos a rua e estávamos prontos pra dormir.

O último dia foi trivial.

Último café da manhã  …

… na Starbucks Reserve Roastery  (que novidade), …

… com um nascer do sol incrível.

Nos despedimos da nossa queridinha.

Fomos até perto da Union Square …

… e passamos na Body Works …

…. na Whisky …

… e retornamos pra região do hotel.

A intenção era, …

… apesar do frio, …

… dar uma olhada na nova coleção da Story (nota – esta loja não existe mais. Ela foi comprada pela Macy’s)

Só para lembrar, é aquela loja que pretende ser como uma revista …

… ou seja, troca tudo o que está a venda de 3 em 3 meses.

Olha, achei um pouco de enrolação, porque mudou um pouco a decoração, mas os produtos, não.

Pronto!

A nossa viagem/trabalho estava terminando.

A conclusão é que vale muito a pena misturar lazer com negócios …

… desde que você saiba fazer um bom roteiro.

Foi o que fizemos.

Ah, ainda fomos brindados …

… com mais um tremendo por do sol …

… em pleno voo de volta.

See U.

Veja os outros dias desta viagem:
day One – USA – New York, New York.
day Two – USA – Andando muito nas lojas diferenciadas de NY.
days Three and Four – USA – Varejando por NY.
days Five and Six – USA – Supermercadeando por NY, parte I.
day Seven – USA – Supermercadeando por NEY, a vinganca. Já ouviu falar do Vertical Horizon?
dia – Eight – USA – Conhecendo a periferia de NY.
day Nine – USA – Vendo o verdadeiro lado B de NY.

.

 

dcpv – day nine – usa – vendo o verdadeiro (?) lado b de ny.

11/02/20 (obscurecido em 19/01/2019)

Day nine – USAVendo o verdadeiro (?) lado B de NY.

Este dia parecia complicado.

A previsão do tempo informava que haveria uma nevasca, seguida duma tempestade.

Isso seria o suficiente pra amedrontar qualquer um.

Menos os Luz.😁

Acordamos com um pouco de neve (a Starbucks Roastery Reserve estava estranhamente fechada)…

… e fomos tomar o nosso corriqueiro café da manhã no Starbucks também.

Às 10:00 estávamos no lobby do hotel …

… para encontrar o Marcelo, do VPNY, o Vá Para Nova York.

A ideia seria fazer um tour com ele por lugares manjados de NY (Central Park, 5th, Brooklyn, etc) …

… mas tendo uma visão mais lado B destes campeões de audiência …

… que já conhecíamos na sua maioria..

Partimos em direção ao Central Park, …

… mais precisamente ao edifício Dakota, aquele onde John Lennon foi assassinado.

Só não contávamos com uma passeata das mulheres contra o Trump, …

… que paralisou toda aquela área.

Tentamos pegar alguns desvios, mas não deu certo.

Decidimos por descer …

… e curtir a Washington Square …

… onde fica o arco homônimo.

Sábia decisão …

… já que ao chegarmos lá …

… topamos com uma pessoa tocando piano …

… maravilhosamente bem …

… e nos fez pensar em como a vida é maravilhosa.

Agradecemos muito …

… e aproveitamos a “fominha” …

… pra comer uma boa fatia de pizza do Joe’s

… e um cupcake da Molly’s.

Excelentes!

Passamos por Wall Street (touro incluso)…

… e pelo Battery Park …

… pra ter uma visão bacana …

… de toda a área …

… e da Estátua da Liberdade.

Estávamos nos dirigindo pro Brooklyn …

… quando o Marcelo deu a ideia de pararmos …

…pra tirar umas fotos das pontes do Brooklyn …

… e de Manhattan vistas da ilha.

Só não contávamos que estávamos na frente da loja conceito italiana, …

… a 10 Corso Como, aquela mesmo de Milão.

Ela é novinha …

… e o seu design é simplesmente espetacular.

Esta vale o mini fotoblog.

Depois de nos extasiarmos com a loja …

… fomos efetivamente pro Brooklyn, …

… mais específica e novamente, …

… pra DUMBO.

É claro que tirei novamente a famosa foto da ponte de Manhattan …

… mas desta vez, tivemos mais tempo …

… pra nos maravilharmos …

… com vistas magníficas da própria.

Uma mais bonita …

… do que a outra.

Aproveitamos pra tomar um chocolate quente no Jacques Torres …

… e continuamos pelo píer …

… pra ver melhor ainda todo o skyline …

… e conseguir colocar a estátua da Liberdade no seu devido lugar.

Retornamos e o Marcelo nos deixou no Soho (apesar do esforço dele, o passeio foi médio) …

… porque queríamos continuar o nosso tour particular de lojas transadas.

Iniciamos pela 45R

… um estabelecimento cool que vende roupas muito bacanas.

Continuamos pela Kith 

… que é multimarcas …

… e estava simplesmente lotada.

Passeamos pelo Soho todo, …

… um grande prazer …

… e chegamos a LululemonLab.

Que lugar!

Tudo muito moderno ….

… e com roupas feitas com materiais incríveis …

… além de um layout arrebatador.

Mais um pouquinho …

… e chegamos a Allbirds.

Ela é uma loja de sapatos ultra confortáveis (certamente os mais do mundo e atuais queridinhos de todos os Luz) …

… e com um conceito incrível.

Toda a experiência de compra …

… é encantadora …

… e dificilmente você sairá de lá sem comprar ao menos um par de sapatos.

Próxima parada, a Stance, …

… que vende as meias mais confortáveis (esta foi uma descoberta da Re) …

… e bonitas de todos os tempos.

Taí outro lugar imperdível.

Mais um pouquinho e chegamos à Sonos.

Ela é especializada em home theaters e a sua loja tem uma série de cômodos pra você experimentar os incríveis produtos deles.

São sistemas de som da mais alta qualidade …

… e você pode ficar o tempo que quiser numa destas casinhas se deliciando com as alternativas pra deixar a sua sala como um autêntico cinema.

Ainda tivemos duas tentativas frustradas.

Uma na Lip Lab onde se fazem batons personalizados, que não tinha horário disponível …

… e outra, na Dominique Ansel Bakery, …

… onde além de ter uma tremenda fila, os famosos cronuts (mistura de croissant com donuts) tinham acabado (eles sempre acabam).

Só nos restou voltar pro hotel, …

… comer umas coisinhas no Chelsea Market …

… e zarpar pro Lincoln Center …

… onde assistiríamos a um espetáculo de folclore chinês, o Shen Yun.

Tudo bem que era proibido tirar fotos, …

… mas o show foi bem chatinho.😁

A parte visual era bem legal, …

… mas tudo foi muito repetitivo.

Sabe quando dá aquele torpor? Deu até pra dar uma cochiladinha. Hahaha

Saímos de lá com a neve e a chuva de gelo prometida.

Acabamos demorando um pouco pra conseguir um táxi …

… mas, chegamos e …

… tivemos a certeza de que nunca merecemos tanto dormir (na verdade, complementar) o sono dos justos.

See U!

Veja os outros dias desta viagem:
day One – USA – New York, New York.
day Two – USA – Andando muito nas lojas diferenciadas de NY.
days Three and Four – USA – Varejando por NY.
days Five and Six – USA – Supermercadeando por NY, parte I.
day Seven – USA – Supermercadeando por NEY, a vinganca. Já ouviu falar do Vertical Horizon?
dia – Eight – USA – Conhecendo a periferia de NY.

.

 

 

dcpv – days three and four – usa – varejando por ny

29/01/2020 (andado em 13 e 14/01/2019)

Days Three and Four – USAVarejando por NY.

Eu já falei que o propósito desta viagem à Big Apple …

… foi uma feira de varejo, a NRF, né?

Pois, por isto mesmo, estes dias não apresentaram …

… muitas coisas turísticas.

Como tivemos algumas exceções, …

… vou listá-las por aqui.

Acordamos cedo, …

… tomamos um café da manhã no queridinho Starbucks …

… e tivemos o nosso primeiro contato …

… com legítimos flocos de neve.

Por causa deles, pegamos um táxi …

… e fomos pro Jacob Javits Center.

NRF estava lotada.

Passamos a manhã inteira …

… ouvindo palestras sobre inovação …

… e principalmente, no nosso caso, …

… de como o varejo físico não irá acabar.

É claro que não teremos mais supermercados no formato que estamos acostumados, …

… mas os clientes ainda gostam muito de ter contato físico …

… com o que eles estão acostumados.

Aproveitamos a hora do almoço, …

… pra sair da feira e ir conhecer um restô bastante interessante, …

… o Legacy Records.

Como era domingo, aproveitamos pra brunchar!

E foi ótimo.

Iniciamos com uma bella focaccia com mortadela italiana.

Pedimos duas taças dum Sauvignon Blanc francês e chegaram os principais.

A Dé escolheu ovos que mais pareciam nuvens, acompanhados de pancetta.

Eu fui num espaguete básico, mas com um molho vermelho bastante apimentado e totalmente al dente.

Enfim, é um lugar pra voltar.

E por falar em, retornamos pra feira.

Mais uma série de palestras interessantes a tarde …

… e aproveitamos o ótimo clima, …

… pra curtir o High Line.

Que espetáculo!

Ainda mais com um por do sol daqueles.

Apesar do frio, …

… curtimos muito todos os prédios espetaculares …

… que estão sendo construídos, …

… e os que já foram.

NY continua um verdadeiro canteiro de obras …

… e como estava no caminho, …

… fomos conhecer uma estabelecimento que merece a sua visita.

A Story é uma loja conceito (atualização. Aparentemente, ela foi vendida pra Macy’s)..

… e muito divertida.

Ela é montada como se fosse uma revista, ou seja, com várias reportagens ou ambientes, …

… e todo o seu acervo se modifica pelo menos 4 vezes por ano.

Certamente voltaremos, mesmo porque a loja vai mudar totalmente na outra segunda feira.

Voltamos andando, …

… demos mais uma passada pelo Chelsea Market …

… e fomos nos preparar pra ir jantar com dois amigões nova-iorquinos nossos: a Marcie e o Ciro.

E seria num restô toscano da gema, o Pepolino. É um lugar muito divertido e canastrone ao máximo, ou seja, italianaço.

Fomos logo escolhendo várias massas, conversando muito, (nada de “calar” a noite inteira, né, Ciro?) …

… e quando percebemos, já tínhamos que ir embora.

É claro que o papo foi tão bacana que não tiramos nenhuma foto, mas o por do sol e o High Line foram tão legais que preencher estes espaços com suas fotos foi até um prazer.

Já o outro dia, amanheceu também ensolarado.

E frio, como de costume.

Por causa disso, optamos por tomar café da manhã no bar do hotel.

E sabe que até que foi bonzinho?

Fomos pra NRF de Uber …

… e ficamos a manhã inteira …

… enfurnados e recebendo ótimas infos sobre …

… para onde se encaminhava o futuro do varejo.

Além do mais, recebemos altas dicas de lojas diferenciadas …

… que estão vendendo experiências para os seus clientes. Elas proliferam por aqui.

Aproveitamos o horário do almoço pra conhecer o Ivan Ramen.

Pra quem não lembra, ele era o tema de um dos episódios do Chef’s Table.

E a comida é especial.

É claro que pedimos ramen. Hahaha

A Dé, um veggie …

… e eu, um legítimo de Tokyo.

Os sabores são muito marcantes e a visita foi muito auspiciosa.

Voltamos pro Javits Center …

… com um vento gelado cortando as nossas peles.

Mais um período com palestras e visitas à feira …

… e retornamos pro hotel pra dar uma passeada pela próspera região do Meatpacking.

E ela é demais.

Demos mais uma parada na Starbucks Roastery Reserve …

… aproveitando pra tomar cafés, …

… comer um docinho …

… e admirar mais uma vez …

… este fantástico lugar.

Mais um pouquinho e …

… fomos visitar a loja conceito da Samsung, a Samsung 837.

Que é mesmo totalmente diferentona.

Primeiro, que ela não vende nada.

Segundo que lá você tem realmente …

… um monte de experiências,…

… tais como ver uma telona formada por celulares, …

… desenhar sobre uma foto tirada por você mesmo, …

… achar que está descendo uma montanha de neve …

… ver um tremendo telão com imagens do mundo inteiro …

… além de muitas outras coisinhas mais.

E tudo isso de graça.

Passamos também no que seria um pretenso concorrente do Chelsea Market, …

… o Gasenvoort Market mais parecia um “curuca” desta categoria.

Estávamos quase prontos pro jantar.

Que seria no Charlie Bird, um restô indicado pela restaurateur Cris Beltrão.

E que lugar!

Estava lotado em plena segunda a noite (faça reserva).

Pedimos coisas pra compartilhar, tais como excelentes batatas fritas, …

… beterrabas muito bem temperadas com nozes e pistaches crocantes, …

… farro com especiarias e hortelã …

… e uma burrata com abóbora.

Tudo absolutamente perfeito.

Voltamos pra casa pensando em como seria legal misturar o sono real com o sonho virtual.

See U!

Veja os outros dias desta viagem:
day One – USA – New York, New York.
day Two – USA – Andando muito nas lojas diferenciadas de NY.

.

 

dcpv – day one – usa – new york, new york.

22/01/2020 (trabalhado em 11/01/2019)

Day One – USANew York, New York.

E lá fomos nós pra NY.

O motivo principal seria participar da maior feira de varejo do mundo, a NRF, a National Retail Federation  …

… e assim, nos informar sobre tudo o que de mais moderno acontece/acontecerá no nosso ramo.

Mas é claro que aproveitaremos da situação pra dar uma boa passeada pela Big Apple. 🙂

Saímos de SP na quinta à noite …

… e chegamos de madrugada em NY.

Desta vez, ficamos em pleno Meatpacking.

E no hotel Dream Downtown, …

… um lugar hyppado …

… e modernoso.

Gostamos muito do nosso quarto, …

… espaçoso …

… coisa rara por aqui …

… e extremamente bem localizado.

Pelo menos, pro que gostamos.

Tanto, que nem tivemos tempo de dar uma descansada …

… e já zarpamos pra nova, grande e bela …

… Starbucks Reserve Roastery.

Ela é grande mesmo, …

… lindíssima …

… e nos lembrou muito a de Seattle.

Tomamos um ótimo café da manhã por lá…

… e tivemos a certeza que retornaremos inúmeras vezes.

Voltamos pro hotel …

… e já partimos pro Soho, …

… pra dar uma passeada …

… e comprar roupas de inverno …

… porque estava frio demais.

Fomos direto pra Uniqlo, onde adquirimos camisetas, ceroulas, meias e até cuecas térmicas. Hahaha

Passamos em lojas de óculos …

… na Nike Lab …

… e fomos almoçar no La Mercerie.

O lugar é, …

… como diria a Hebe, uma gracinha.

Todo francesinho …

… com floricultura, …

… uma loja transada …

… além do restô, que é marcante …

… e com uma cozinha excelente.

Tomamos duas taças de ótimos vinhos brancos, …

…a Dé pediu uma massa recheada com alcachofras e trufas negras …

… enquanto eu, fui de aliche com torradas e manteiga de baunilha.

Tudo absolutamente perfeito.

Nos deliciamos com toda a cenografia …

… e zarpamos pro World Trade Center.

No caminho vimos uma manifestação dos little Gilets Jaunes. 🙂

E fomos mais precisamente praquela maravilha …

… de obra, o Oculus

… projetada pelo gênio, …

… Santiago Calatrava.

O que é aquilo, …

… minha gente?

Que ideia ,…

… que projeto …

… e que construção!

Lá mesmo, …

… conhecemos o Westfield, …

… com suas lojas …

… e um destaque especial …

… para o Eataly

… imenso ….

… e muito bem cenográfico.

De lá, para o Brookfield Place, …

… um mall bacana …

… é um pulinho.

E vimos o espetacular …

… por do sol …

… com todas as suas cores …

… e possíveis nuances.

Mais outra maravilha, como a Estátua da Liberdade!

Tanto, …

… que não nos cansamos …

… de tirar fotos, …

,.. e melhor, …

… de curtir muito tudo o que as nossas retinas …

… poderiam ver.

Ainda comemos cupcakes da Springle …

… passeamos pelo Eataly francês, …

… o Le District …

… e continuamos adorando o por do sol…

… que a esta hora, …

… já era um tramonto de primeira linha.

Retornamos pro hotel …

… e como estávamos literalmente pregados, …

… optamos por dar uma passada …

… no Chelsea Market, …

… que fica bem em frente …

… e comer algumas coisinhas no Starbucks Reserve Roastery , …

… tais como uma baguete de azeitonas, ….

… um pedaço de pizza de 5 queijos …

… e tomar Aperol Spritz, …

… simplesmente perfeitos.

Retornamos andando pro hotel …

… falando sobre …

… a tremenda sacada da Starbucks.

Isto é uma verdadeira experiência de compra.

See U!

.

dcpv – ny – dia three – linha alta; high line. e fiiiiiiiiiiiiígaro.

15/10/2013

NY – Dia threeLinha alta; High Line. E Fiiiiiiiiiiiiiígaro.

Acordamos meio que não sabendo exatamente o que fazer.

DSC08522

Até que o Eymard indicou pra tomarmos café no hotel Standard.

DSC08514

Ele é bem diferentão, hyppado e fica no Meatpacking (perto do The High Line).

DSC08519

Depois dali, aproveitamos pra andar pela vizinhança e fomos conhecer o Chelsea Market.

DSC08524

Uau, que lugar.

DSC08528

Pode pensar em qualquer coisa excelente na área gastronômica que você encontrará por lá.

DSC08531

Este vale o fotoblog:

DSC08526

DSC08530

DSC08532

DSC08534

DSC08540

DSC08544

DSC08547

DSC08549

DSC08550

Saímos e entramos no High Line.

DSC08557

Pra quem não conhece, é um parque suspenso que foi construído sobre uma linha de trem elevada que estava desativada.

DSC08577

É muito legal, pois você anda por sobre a cidade, …

DSC08581

… cruzando ruas …

DSC08589

… margeando edifícios (ah, o voyerismo)…

DSC08559

… e ao mesmo tempo, tendo uma vegetação exuberante ao seu lado.

DSC08565

Enfim, é uma grande ideia (não, não acredito que dê pra fazer alguma coisa parecida no nosso Minhocão).

DSC08582

Vale mais um minifotoblog.

DSC08560

DSC08561

DSC08562

DSC08568

DSC08575

DSC08584

DSC08588

Saímos do The High Line na 32 (como se anda por aqui!) e passamos pela região atacadista de flores:

DSC08598

DSC08599

DSC08603

DSC08604

Mais um pouquinho e …

DSC08596

… chegamos em outra maravilha nova-iorquina, o Eataly (este nome/trocadilho é sensacional, né?).

DSC08616DSC08625

Esta loja italiana de alta gastronomia propicia compras incríveis e melhor, comidas irresistíveis.

DSC08623DSC08624

É claro que sentamos no balcão da seção de frios …

DSC08619

… e pedimos mozzarella di búfala, …

DSC08635

… salumi, …

DSC08638

… saladas, …

DSC08634

… formaggio, …

DSC08637

… e azeitonas, …

DSC08640

… além dum espumante Ferrari Brut bem geladinho.

DSC08627

Pegamos um taxi, voltamos pro hotel e fomos nos concentrar pra Ópera.

DSC08646

Iríamos ao MetOpera pra assistir ao espetáculo Norma.

DSC08651

Olha, a experiência é inesquecível.

DSC08652

Além da arquitetura externa …

DSC08654

… e da interna …

DSC08660

… o MetOpera é especial e borbulhante.

DSC08669

Uma pena não podemos tirar muitas fotos, mas ficou a sensação de que este mundo operístico tem que ser melhor explorado por nós.

DSC08670

E tem mais, a Sondra Radvanovsky, a solista, canta demais.

DSC08682

Dali, aproveitamos pra fazer uma boquinha no Bar Bouloud. Ele fica bem na frente do Met.

DSC08685

E é a casa mais tranquila do conglomerado Boulud.

DSC08699

Devido ao adiantado da hora, fomos frugais nos pedidos. Sopas de abóbora pra Lourdes, …

DSC08694

… de beterraba pra Dé …

DSC08695

… e hambúrgueres gourmets (afinal de contas, tem a grife Boulud) pra mim e pro Eymard, com as batatinhas mais crocantes que eu já comi.

DSC08696

Tudo isso acompanhado por um vinho tinto Côte du Rhône muito bom, o L’Elementaire.

DSC08691DSC08688

Bom, foi isso! Podemos classificar este dia como 5 estrelas. Chelsea Market, …

DSC08538

… High Line, …

DSC08583

… Eataly …

DSC08618

… e Ópera. Todos espetaculares! Bravo!

DSC08664

Bye.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Dia one – New York, niu iorque.
New York – Dia two – Eeeeeéééé touchdown.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.283 hits
outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter