Posts Tagged 'futebol'

dcpv – dia uno – orlando/miami – aqui não tem nada de miami vice. só timão campeão.

04/07/2012

Dia uno – Orlando/Miami Aqui não tem nada de Miami Vice. Só Timão Campeão.

Primeiro dia de viagem. E ele prometia.

Afinal de contas, passaríamos por Orlando pra matar as saudades da Re (puxa, já faz um mês!) e depois, iríamos pra Miami de carro (quase 3,5 hs).

O voo da TAM foi noturno, tranquilo e rápido.

As 9:00 hs da matina estávamos na terra do Mickey.

Pegamos o carros na Hertz (desta vez o modelo combinado estava reservado) e rumamos pro Vista Way, o local onde os “trabalhadores” da Disney “descansam”.

Vimos a Re (ela está bonita como sempre e mais magra, além de usar este belíssimo uniforme) e fomos a Best Buy pra comprar algumas coisinhas.

Como ela só entraria no trabalho as 15:30hs, tivemos tempo de conversar bastante e até almoçar.

Fomos ao Brio, um bom e pretenso restaurante toscano no Mall at Millenia.

Como o tempo estava virando (ameaçava cair o mundo), resolvemos levar a Re no trabalho …

… e zarpamos pra Miami.

Até choveu um pouco pelo caminho, mas não foi nada assustador.

Chegamos em Miami por volta das 19:30 hs e o grande dilema foi encontrar onde assistir ao jogo da final da Libertadores.

É claro que o hotel W South Beach (excelente como sempre, diferente do de Paris) tinha inúmeras opções de canais esportivos de tv, mas nenhum que transmitisse o jogo.

Com uma hora de atraso no fuso, a peleja começaria as 21:00 hs.

Até nos arrumarmos, tomamos banho e tais; o primeiro tempo começou. Assistimos (se é que podemos dizer isso) através do minuto a minuto do UOL. Ô sofrimento, sô!

Decidimos descer até a recepção e descobrir se existia algum bar que estivesse passando o jogo.

Após uma consulta, o concierge (gratíssimo) nos indicou um pub irlandês, o The Playwright, na Washington Ave, 1265. Foi o tempo de pegar o carro (a cidade estava comemorando o 4 de Julho) …

… arrumar um lugar pra estacionar e quando menos esperávamos, estávamos sentados no bar, tomando umas cervejas e vendo o Timão pleonasticamente jogar certinho e ser campeão.

Surpreendentemente, das 8 tvs no local, apenas 3 estavam transmitindo o jogo. O restante, passava um jogo de rugby!!!

Mas e pra variar, os corinthianos eram a maioria absoluta (na verdade, 4 e conosco!).

E foi uma emoção só.

Ver os gols do grande Emerson Sheik (ô, Mano, vê se convoca o homem! rs) e comemorar em pleno Estados Unidos foi inesquecível. Ainda mais com a quantidade de fogos de artifício que foram soltos que mais nos davam a impressão de que toda a torcida corinthiana estava por aqui.

O Japão que nos aguarde.

PS – Sabe que é muito bom ver jogos deste jeito? Você pode falar alto e até soltar alguns palavrões que ninguém fala  nada. Nós recomendamos.

PS2 – E não é que tivemos a premonição desta final e do resultado quando da nossa última viagem pra Buenos Aires?

Hasta Tóquio (é claro que vamos!).

See U e amanhã começa a viagem real (porque ganhar a Libertadores invicto foi surreal)

.

Anúncios

primeiro dia – buenos aires – socorro, o dromedário e a mochila sumiram… será que foram ver o vélez?

21/03/2012

Primeiro dia – Buenos Aires – Socorro, o dromedário e a mochila sumiram… Será que foram ver o Vélez?

Iniciamos o nosso tour por Buenos Aires de uma maneira tradicional.

O voo foi bem ruinzinho, com o serviço bastante estranho e muita turbulência.

Chegamos com uma hora de atraso, mas o suficiente pra vermos como a cidade continua bacana.

Fizemos o checkin no ótimo Casa Sur Art Hotel, estrategicamente bem localizado na Recoleta.

Observamos a espaçosa suite, …

… com quartos confortáveis e na hora de arrumar tudo, tivemos a grande surpresa: a nossa mala de vinhos (vide WineFit) foi trocada na esteira e estávamos com uma outra igualzinha, mas dum casal de Goiás (é nesta hora que dá pra ver o quanto é importante a tag de identificação).

Após quase uma hora de telefonemas pra Central da TAM, chegamos ao paradeiro do pessoal que estava com o nosso dromedário e enfim, descobrimos que eles também estavam hospedados na Recoleta e melhor, a 5 quadras do nosso hotel.

Ligamos pra eles, pegamos um taxi e em meia hora, o imbroglio foi resolvido.

Só sobrou tempo pra jantar no restaurante do próprio hotel, o Bengal.

Ele é filial do tradicional do Centro e tem uma proposta bastante curiosa de oferecer culinária italiana e indiana. Ao mesmo tempo!

Aparentemente elas não tem nada em comum, mas o resultado final foi muito bom.

O restaurante é bem pequeno e optamos, por sugestão do garçom, fazer um mini-menu degustação pra todos (estávamos com pressa, pois queríamos acompanhar o jogo do Timão na Libertadores).

Iniciamos com mariscos a la plancha, …

… continuamos com caneloni de 3 carnes

… e um curry de cordeiro com arroz basmati açafronado.

Tudo muito saboroso, especialmente o curry.

O garçom, um excelente vendedor, ainda nos convenceu a experimentar um mix de sobremesas bem competente.

Foi isso; cansados, fomos dormir pra de manhã iniciarmos a descoberta da Recoleta.

E acordamos relativamente tarde (8:00 hs).

Fomos experimentar o bom café da manhã do hotel.

A intenção seria passear pela região próxima.

Iniciamos o percurso, indo até a  Basílica Nuestra Señora Del Pilar

… e ao Cemitério da Recoleta.

Como já tínhamos visto o túmulo da Evita em outras vezes (e imagino que ele não tenha saído do lugar) …

… saímos e rumamos pra conhecer La Isla, …

… que é um bairro muito tranquilo e …

… com paisagens pra lá de interessantes.

Passamos pelas Plaza Mitre e …

… pela Plaza Francia, onde registramos a turma toda.

Como estávamos a poucos passos, fomos rever o lugar que toda mulher adora (confesso que eu também), o Shopping de coisas pra casa, o Buenos Aires Design.

São lojas e mais lojas …

…de apetrechos pra casa que você está sempre precisando.

Paramos pra descansar no Café Martinez e tomamos água e frapuccinos de doce de leite.

E aí morou o perigo. Deixei a nossa mochila bem atrás da minha cadeira e enquanto o meu sogro estava conversando comigo, dois gatunos portenhos passaram por trás de nós, e sem que percebêssemos, levaram a mochila com algumas coisas pessoais (blusas, guias, etc) e carteiras com cartão de crédito.

Foi uma tremenda vacilada, mas ao mesmo tempo, tenho que confessar que foi coisa de “hermanos” profissionais. Resultado? Perdemos um bom tempo conversando com os policiais e tentando entender o que “pasou”.

Como estávamos com fome, resolvemos almoçar no famoso e histórico café La Biela.

O lugar é muito tradicional…

… e aproveitamos pra experimentar milanesas, …

paillard de frango, …

salada completa

… e um conhecido vinho branco, o Pinot Grigio Grafignano 2010.

Tudo perfeito.

Assim como os sorvetes a base de doce de leite da Un’Altra Volta que tomamos.

Voltamos ainda “putos” com a perda dos nossos pertences, mas a tempo de nos prepararmos pra ver um jogo da Libertadores: Vélez Sarsfield x Deportivo Quito.

Assistir a um bom jogo de futebol é sempre uma grande oportunidade de aprender como é a cultura de um povo.

E lá fomos nós 4 (nós dois mais a D Vera e o Sr Antônio) junto com outras quatro pessoas (2 americanos e 2 equatorianos) para o estádio José Amalfitani, que fica a uns 40 minutos do centro de BsAs, no bairro de Liniers.

Chegamos no horário (o jogo começou as 19:45) e apesar da grossura dos dois times (são tão ruins que dá vontade de torcer pro Timão pegar um deles nas próximas fases da Libertadores), o divertimento foi garantido.

Iniciamos comendo um sanduba gourmet, o superpancho, que nada mais é do que um cachorro quente dos mais simples (pão+salsicha).

A torcida foi, certamente, o melhor do jogo. Eles cantam o tempo todo e o resultado é tão contagiante que você se vê obrigado a torcer por eles.

E todo este esforço deu certo já que o Vélez fez o único gol já próximo do final do jogo. Também, num time em que o grande Sebá (ex-Timão) é o destaque! 🙂

Foi uma explosão de toda a torcida e ficamos felizes com este resultado que praticamente classificou o Vélez, que se auto-denomina a 3ª melhor equipe do mundo.

Voltamos pro hotel, tratamos de tomar bebidas quentes (a noite esteve muito fria) e comer uns sandubas no Café Monet, que fica bem na esquina da Callao x Quintana.

Foi um dia verdadeiramente excitante.

Ainda mais com todos os acontecimentos extra-viagem. Mas apesar destes, foi muito divertido.

Hasta.

.

copa do mundo 2010 – brasil x holanda; alemanha x argentina

world cup?
28/06/10

Copa do Mundo 2010 – Brasil x Holanda; Alemanha x Argentina.

É tempo de Copa do Mundo. Melhor do que isso, é tempo de decisão de Copa do Mundo.

Os jogos melhoraram um pouquinho (Paraguai x Japão? rs). Os clássicos aparecem. A emoção começa realmente. Começa mesmo?
E deixa eu falar uma coisa: alguém por aí aguenta aqueles pretensos cronistas/comentaristas esportivos destilando besteiras sem qualquer limite? Estatísticas inúteis, reportagens mais ainda; não dá uma sensação de que mandaram muita gente pra lá?

E pra não fazer nada  a não ser mudar de opinião de acordo com cada desempenho da seleção canarinho.
Mas mesmo assim ainda sobra algumas emoções, né Betão? E por falar nelas, que transmissão é esta?
Totalmente espetacular com detalhes que te permitem ver tudo!! Dá até pena em pensar como será a do Campeonato Brasileiro!!

Pensando nestes prováveis jogões da Copa, eu procurei homenagear os grandes clássicos que se aproximam.

Teremos Brasil x Holanda, Alemanha x Argentina.  

Por enquanto, vou me contentar em fazer pratos com receitas destes países.

Será a Copa DCPV, onde  certamente os vencedores seremos nós.

Au revoir Le Bleu!!  Ciao, Squadra Azzurra!! rs

Pré-Entrada –  Tomates desidratados e patê de terrine de foie.

Uma singela homenagem aos nossos amigos franceses e italianos que deixaram esta Copa tão cedo!! rs

Alemanha – Entrada – Sopa Alemã.

Espero que esta sopa não determine uma qualidade da defesa Panzer.

Receita simples demais. Faça um legítimo caldo de galinha. Esquente, junte 2 xícaras de repolho picado e um macarrão pequeno (usei um orzo). Cozinhe o tempo necessário pra que o macarrão fique al dente. Acrescente 4 salsichas aferventadas e cortadas em rodelas. Tempere e sirva.  Fiz uma graça com as mostardas (Alemanha!) …  

… e a sopa caiu como uma luva (de goleiro).

A Dé achou que ela parece com uma daquelas que tomávamos na merenda escolar (ô saudade!). Ralinha e saborosa!

E como alemão gosta de beber e nós também, entornamos um tinto Casa de Ilana Bobal, Tempranillo, Syrah 2006 Espanha (ôpa mais um esquadrão que continua na Copa) que foi “se canta, se ride, laranja mecânica, prazeiroso“.

Gute!

Brasil – Acompanhamento Arroz Biro-Biro.

Grande homenagem a um grande craque: Biro-Biro, que um dia foi chamado de Lero-Lero pelo filósofo contemporâneo Vicente Matheus.

A receita é a seguinte: coloque óleo numa panela e deixe aquecer. Junte bacon bem picado e frite. Coloque dois ovos  batidos e mexa bem. Junte arroz branco pronto e salsinha. Termine temperando e adicionando batata-palha.

Vamos lá, Brasil!

Holanda – Principal – Varkensribbetjes

O nome é complicado, mas a receita é descomplicada. 

As tais Varkensribbetjes são costelinhas de porco. E douradas numa frigideira com algumas gotas de óleo. Acrescente e na sequência,  dentes de alho, cebola triturada, cominho, coentro, shoyo e noz-moscada. Tudo à gosto. Coloque um pouco d´água e cozinhe até ficarem macias.

Este prato é otimo pra se comer assistindo a um clássico. Costelinhas macias, descem fácil e tem um sabor bem marcante. Acho que será com estas sensações  que ganharemos da Holanda.

E pra melhorar tudo, ainda tomamos um argentino. Um tinto Los Perdices Cabernet Sauvignon 2006 que nos hablou, soy  “finalista, perdimos la Copa, los achados“.

Argentina – Sobremesa – Helado de Dulce de Leche.

1 lata de creme de leite
a mesma medida de doce de leite
450 ml de leite

Pronto: esta é a receita do sorvete de doce de leite. Tomara que o futebol da Argentina seja do tamanho desta receita!! rs

Mas estava bem bueno!!  Neste caso estamos com os hermanos: é o melhor sorvete do mudo.

Eis a opinião dos copólogos/copistas sobre a noite ludopédica:

 

A Copa do Mundo é nossa! Com brasileiro não há quem “poça”! (Edu)
Maravilhas contemporâneas. (Mingão)
Nota da redação – O Deo faltou de novo. Está bem próximo do jubilamento. Acho que abriremos uma vaga de sócio-remido. Alguém se candidata? rs

Estou torcendo fervorosa e literalmente pra que tudo melhore nesta Copa. E parece que  isto acontecerá.

Afinal de contas, são grandes clássicos em que a tradição futebolística prevalecerá.  A nossa previsão (com resultados e tudo o mais) já está feita.

Vou revelá-las após a realização deste jogos. E você? Qual será afinal a sua final?

Doei, laranja mecânica.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 661 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.417.858 hits
julho 2019
S T Q Q S S D
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios