Posts Tagged 'hautvillers'

dcpv – dia neuf – e viva Dom Perignom.

17/10/14

Dia neuf – ChampagneE viva Dom Perignon.

Hoje seria o nosso último dia na região de Champagne.

DSC06505

E optamos por conhecer a área mais próxima ao hotel.

DSC06510

Acordamos cedo e tomamos o nosso ótimo café da manhã (destaque para os queijos franceses).

DSC06747

Logo após, rumamos pra conhecer Champillon, tecnicamente a cidade onde fica o nosso hotel.

DSC06506

É uma cidade até que moderna para os padrões franceses, …

DSC06507

… e a sua rua principal, a rue du Paradis, que atravessa as videiras, descreve bem o que ela realmente é.

DSC06516

Além do mais, Champillon oferece grandes vistas panorâmicas de todo o vale do rio Marne.

DSC06511

Na seqüência, fomos conhecer Hautvillers.

DSC06564

Ela é conhecida como o berço do champanhe …

DSC06570

… e a sua abadia é uma referência mais do que indicada.

DSC06530

Foi nela que Dom Perignon viveu e onde criou, segundo a lenda, todo o processo de fabricação do champagne.

DSC06535

Inclusive, dizem que quando provou pela primeira vez o resultado das suas experiências, ele gritou: “estou bebendo as estrelas!”.

DSC06538

Vimos também o túmulo deste grande “inventor”.

DSC06534

Outra coisa curiosa, são as placas de ferro que descrevem o que os moradores das casas originalmente faziam.

DSC06547

Eis um fotoblog com uma boa quantidade delas.

DSC06548

DSC06551

DSC06554

DSC06556

DSC06557

DSC06558

DSC06559

DSC06560

DSC06562

DSC06567

DSC06568

Aproveitamos pra conhecer o Au 36, um bar à champanhe que fica exatamente na rue Dom Perignon, no número … 36!

DSC06571

Experimentamos 6 flutes de champanhe (pela ordem, Chardonnay, Meuniére, Pinot Noir, Millesime, Assemblage e Rosé) …

DSC06576

… além dum prato com comidas típicas da região.

DSC06581

Dali, partimos para Epernay

DSC06589

… e sua Avenue du Champagne.

DSC06592

Segundo Churchill, é a “avenida mais bebível do mundo”.

DSC06588

E um lugar que tem Moet Chandon, Perrier Jouet, Pol Roger, Martel e Mercier só pode ser descrita deste jeito mesmo.

DSC06590

Estima-se que existam mais de 200 milhões de garrafas de champagne nos 110 km de armazenamento subterrâneo existente por aqui.

DSC06593

E pra conhecer como são estas caves (e compará-las com as Crayéres de Reims ) resolvemos fazer o tour pela Mercier, já que os tíquetes podem ser comprados na hora.

DSC06594

O tour é bastante comercial, mas não deixa de ser interessante.

DSC06599

Você vai até as caves (são 30 metros de profundidade …

DSC06597

… e 18 km de extensão), …

DSC06616

… pega um trenzinho e dá uma volta pelas profundezas do champanhe.

DSC06619

Eles tiveram a manha de colocar algumas obras de arte no caminho, …

DSC06610

… além de explicarem todo o processo de fabricação.

DSC06629

Isso tudo com a ajuda dum áudio guia que optamos ser em português!

DSC06621

Resumindo, faça este tour e você não se arrependerá, …

DSC06631

… muito menos pela degustação final dum champagne Blanc de Blanc e dum outro rosé (você escolhe a quantidade de flutes que quer beber. Podem ser de 1 a 3).

DSC06633

Aproveitamos que estávamos por lá, pra conhecer o centro da cidade.

DSC06639

Demos umas boas voltas, comemos doces, …

DSC06642

… sandubas de baguete …

DSC06648

… e resolvemos voltar ao hotel pra arrumar as coisas.

DSC06653

Como esta arrumação poderia esperar, decidimos dar mais uma voltinha de carro pelas pequenas cidades próximas.

DSC06664

E foi aí que conhecemos lugares pacatos, bonitinhos e lídimos representantes da região da Champanhe.

DSC06669

Fomos a Saint-Imoges, …

DSC06655

,.. Romery, …

DSC06667

… Comoyeux …

DSC06671

… e Fleury-la-Riviere.

DSC06682

Com o cair da noite e mais este esplêndido por do sol …

DSC06689

… nos preparamos pra jantar que seria no restaurante da l’Abbaye D’Hautvillers, aquela mesma que fomos visitar hoje e onde Dom Perignon está enterrado.

DSC06532

Seria, porque chegamos no horário reservado (21:00hs) e a atendente veio nos informar que a última reserva era pras 20:30hs. E sabe que achamos bom, porque o restaurante pareceu bem caído e acho que não comeríamos bem por ali.

DSC06696

Resumo da coisa? Tivemos que zarpar pra Epernay pra tentar arrumar um lugar pra jantar, sem reserva e as 21:30hs. O Sr Joaquim do GPS nos meteu num caminho maluco, em que a estradinhas cortavam as videiras.

DSC06698

Acabou sobrando o restaurante La Banque novamente. Ele é o único estabelecimento aberto a esta hora e disponível para clientes sem reservas como nós (fica esta dica).

DSC06699

Ainda bem que a comida é muito boa e o ambiente agradável.

DSC06701

A Dé pediu um Filet de Turbot acompanhado de Fetuccini …

DSC06706

… e eu, um Bouef de Veau com batatas fritas.

DSC06709

Tudo isso estava excelente e ficou melhor ainda acompanhado dum Milesime do J M Goubillard et Fills.

DSC06705

Ainda deu tempo de passarmos novamente por L’avenue de Champagne

DSC06732

… que fica extremamente charmosa a noite …

DSC06722

… com os seus casarões iluminados.

DSC06718

Só nos restou retornar pro hotel, arrumar as coisas e correr pra Paris amanhã cedo.

DSC06734

Mesmo por que, ficaremos pratica e somente um dia por lá.

DSC06801

É muito pouco, mas faremos o possível.

DSC06772

Afinal de contas, é Paris.

DSC06777

Au revoir.

Veja os outros dias desta viagem:
Dia one – A caminho da Irlanda.
Dia two – Dublin – Bebedeira à vista: Guinness e Jameson.
Dia three – Passeio gastronômico em Dublin.
Dia four – Dublin – City tour free. É legal?
Dia set – Champagne – Dia de Veuve Cliquot. Ou melhor, de viuvinha
Dia ouit – Champagne – Visitando mais um ícone, a Ruinart.

 

.

 

 

 

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 661 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.417.858 hits
julho 2019
S T Q Q S S D
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios