Posts Tagged 'lagarde'

dcpv – mendoza – dia tres – vinícolas catena zapata e achaval ferrer com almoço na lagarde

09/08/13

Mendoza – Dia Tres – Vinícolas Catena Zapata e Achaval Ferrer com almoço na Lagarde.

Outro dia mendocino.

SONY DSC

E desta vez muito mais típico pruma região praticamente desértica.

SONY DSC

Afinal de contas, acordar com uma paisagem …

SONY DSC

… e iluminação destas da Cordilheira dos Andes não é pra qualquer um, né não?

SONY DSC

Depois deste verdadeiro deleite, …

SONY DSC

… nada como se deleitar com um bom café da manhã ao lado de grandes amigos.

SONY DSC

Saímos na corrida pra conhecer (em alguns casos, rever) a mais do que icônica vinícola Catena Zapata.

SONY DSC

A arquitetura por si só já é cinematográfica.

DSC07306

Afinal de contas, tudo ali parece pertencer a um outro continente.

SONY DSC

Certamente, a Catena Zapata poderia estar localizada em qualquer lugar da França e da Itália e não faria feio.

SONY DSC

Iniciamos o tour pelo coração da vinícola.

SONY DSC

Passamos pelo berço dos barris de vinho da melhor qualidade …

SONY DSC

… continuamos no lugar onde as garrafas descansam por mais dois anos (com a maioria delas custando por volta de U$ 300 cada) …

SONY DSC

… voltamos pra sala de degustação mais espetacular que já vimos, …

SONY DSC

… com direito a sentar na célebre mesa feita com tábuas exclusivas e que pesa aprox 700kg…

SONY DSC

… subimos pela maravilhosa escada …

SONY DSC

… até termos a vista mais estonteante que um ser pode ter na combinação videiras+Cordilheira.

SONY DSC

Descemos do prédio que se assemelha muito a uma pirâmide …

SONY DSC

… e fomos fazer a tão esperada degustação.

SONY DSC

A sommelier Tatianna nos ensinou como degustar um bom vinho do jeito correto.

SONY DSC

E experimentamos 3 deles, todos Angélica Zapata; um Chardonnay, um Cabernet Sauvignon e obviamente, um Malbec.

SONY DSC

É claro que passamos na lojinha, totalmente extasiados pela magnitude da visita.

SONY DSC

Saimos de lá, pensando no almoço que seria na vinícola Lagarde.

SONY DSC

Na verdade, faríamos uma visita também, mas devido ao adiantado da hora, resolvemos só comer.

SONY DSC

E a surpresa foi grata, já que esperávamos uma refeição mais frugal e quando percebemos estávamos  num lugar muito bacana e muito bem bolado.

SONY DSC

O menu todo aconteceu no formato degustação com cinco tempos e os correspondentes vinhos da própria Lagarde.

SONY DSC

Iniciamos com as indefectíveis empanadas (que desta vez vieram assadas e pareciam com pastéis de carne) , …

SONY DSC

… harmonizadas com um Blanc de Noir 2012, mais conhecido como Rosé.

SONY DSC

Continuamos com rolls de zuchinis grelhados, ricota fresca, manzanas e hinojo sobre crema de rúcula. Uma verdadeira delicia refrescante.

SONY DSC

Mais uma harmonização, agora com o branco Viogner 2012. Perfeita.

SONY DSC

Logo depois chegou uma sopinha, um locro de trigo mote blanco y alubias cubierto de queso de cabra fundido. Estava gostoso, mas um pouco pesado.

SONY DSC

Já o vinho equilibrou bem. O Lagarde Cabernet Sauvignon 2012 deu conta do recado.

SONY DSC

O último prato salgado foi um filé con vegetales al rescoldo y chimichurri de tomates secos. Estava bom também, mas certamente nenhum ser humano agüentaria tanta comida, e nós não fomos diferentes.

SONY DSC

E o vinho tinto Guarda Cabernet Franc esteve tão bem que até a Márcia e o Vianney aproveitaram o embalo pra comprar um.

SONY DSC

Terminamos e adoçamos tudo com uma trufa de chocolate amargo y biscuit perfumado com naranjas, também muito boa.

SONY DSC

Coisa que não ocorreu com o espumante Altas Cumbres Extra Brut que pareceu fraquinho e aguado demais.

SONY DSC

Bom, no geral foi um bom almoço e pra variar, muito divertido.

SONY DSC

Saímos correndo de lá pensando em dar uma passada na Achaval Ferrer, mas quando chegamos, estava fechada.

SONY DSC

Só nos restou voltar pro hotel e aproveitar o tempo livre pra dar uma volta de bicicleta.

SONY DSC

Lá fomos nós, Lourdes, Madá, Dé e eu dar um rolê pelas dependências do hotel

SONY DSC

… e ter uma visão diferente do entorno dele.

SONY DSC

Pra coroar o dia, ainda tivemos um belo por do sol …

SONY DSC

… por sobre a Cordilheira.

SONY DSC

Correndo mais um pouquinho, nos preparamos pra dar uma passada em Mendoza e conhecer a loja Sol y Vino, onde acontecia uma degustação de azeites…

SONY DSC

… da empresa da famîlia da sommelier que nos atendeu hoje cedo na Catena Zapata. A degustação foi rápida, mas bem informativa.

SONY DSC

É claro que o objetivo seria jantar num lugar legal.

SONY DSC

E fomos ao Nadia O.F., um restaurante charmoso e pertencente a esposa do dono da vinícola O.Fournier, a própria Nádia.

SONY DSC

O ambiente é bem aconchegante e ficamos numa sala separada do restante do pessoal.

SONY DSC

O esquema funciona no formato degustação (são seis passos) com direito a algumas escolhas. Os aperitivos são fixos e todo mundo experimentou os ótimos tempura de zuchinni y palta em emulsion de limon

SONY DSC

… e camote cocinado al vácuo con manteca de cenizas de berenjenas. Ambas excelentes e muito fotogênicas.

SONY DSC

Além do mais foram muito bem acompanhadas pelo Sauvignon Blanc BCrux 2012.

SONY DSC

Como entradas tínhamos que escolher. Alguns optaram pela “harira” (uma sopa marroquina de tomates) com garbanzos e filet salteado, que era muito bonita e com um charme, servida em dois tempos.

SONY DSCSONY DSC

Outros, pelo nido de papa com hongos y huevo cocinado a baja temperatura al aceite de trufa negra.

SONY DSC

Continuamos tomando o Sauvignon Blanc.
Como principais as opções eram o risotto de hinojo y naranja em  bufanda de puerro (pedido pela Márcia, pela Lourdes, pelo Álvaro e pela Dé), …

SONY DSC

… o sorrentino de ragout en su demi glace con salsa de aceitunas (pedido pela Madá e pelo Vianney) …

SONY DSC

… e o bife de lomo con guarnicion de papas aplastadas y mojo rojo (pedido por mim e pelo Eymard).
Todos estavam bons, mas e pra variar, neste momento da refeição, pareciam grandes demais.

SONY DSC

Em compensação, tomamos um ótimo tinto varietal da linha BCrux (Tempranillo + Malbec).

SONY DSC

Calma aí que as sobremesas (sim, são duas) ainda não tinham chegado. Uma, o curd de mandarina foi “curdo” e rápido. Uma espuminha de mixirica bem leve e muito fácil (gracias) de comer.

SONY DSC

A outra, um postre de manzana y crema de yogurt com infusion de tabaco.
Ambas refrescantes e praticamente digestivas.

SONY DSC

Conta paga (como é difícil de ser aceito qualquer cartão de crédito com pin por aqui), voltamos felizes pro hotel e com a certeza de que a natureza é muito pródiga nesta região, especialmente nos dias ensolarados.

SONY DSC

Pra terem uma idéia, vimos nesta noite um dos céus mais bonitos das nossas vidas.

SONY DSC

Hasta.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Santiago do Chile – Bocanáriz, olhos e ouvidos; Puerto … Fuy!
Mendoza – Dia uno – Cavas Wine Lodge, que hotel!
Dia dos – Mendoza – Vinícolas Familia Zuccardi (com almoço) e La Rural.

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 663 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.413.213 hits
maio 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios