Posts Tagged 'Miami'

dcpv – day sixteen and final – usa – seattle/miami – iluminando e finalizando a viagem em grande estilo.

29/11/2019 (vivido aquaticamente em 04/11/2018)

Day Sixteen and Final – USA – Seattle/MiamiIluminando e finalizando a viagem em grande estilo.

Passamos a noite voando de Seattle para Miami.

Chegamos cedo, …

… pegamos a máquina alugada (e que máquina) …

… e fomos pro hotel East.

Ele fica em downtown e …

… dentro do Brickell City Centre.

O nosso quarto era simplesmente maravilhoso …

… com uma tremenda vista do mar.

Demos uma rápida olhada em tudo …

… e fomos bater pernas no shopping.

Incrível como esta zona de Miami está bonita …

… e com muitas atrações.

Aproveitamos pra almoçar frugalmente …

… na filial do Casa Tua.

O menu? Caprese, pulpito …

… e fritas.

Caiu uma chuva leve, …

… mas logo estava sol de novo …

… e escureceu maravilhosamente.

Beliscamos no jantar …

… ali mesmo no shopping …

…. e fomos dormir.

A descompressão era necessária.

Acordamos com um belo nascer do sol …

… e em Miami, go shopping.

Passamos no nosso preferido, …

… o Village of Merrick Park …

… e por falar em preferidos, …

… fomos almoçar galinhas do mangue …

… no Joe’s Stone Crab.

Que delícia!

O calor …

…e o sol estavam abrasadores …

… ou seja, retornamos pro hotel pra dar uma descansada …

… e fomos encontrar com a Ana (minha MAninha), o Mauro e o Gringo, um amigo deles que logo virou nosso também …

… pra jantar no Fointanebleu.

Companhia agradável, mas comida cara e meia-boca. 🙂

De qualquer forma, marcamos um passeio de dia inteiro pra amanhã com eles.

Mais um amanhecer bonito, …

… mais um bom café da manhã …

… e iniciamos o dia …

… passeando com o pessoal todo, conhecendo o apê do Gringo..

O ponto alto foi o tour de lancha que ele nos proporcionou.

A princípio estavamos um pouco preocupados porque a Dé enjoa em qualquer barquinho, …

… mas ela tirou de letra. 🙂

E o negócio todo foi um espetáculo.

Este vale o necessário fotoblog.

E vimos um dos melhores …

… e mais dramáticos pores do sol …

… das nossas vidas.

Tudo muito potente …

… e num formato simplesmente perfeito.

Pra encerrar com chave de ouro, …

… a turma toda foi jantar …

… no queridinho dos queridinhos, o Estiatorio Milos.

Entradas reconfortantes, …

… peixes fresquíssimos, enfim, tudo perfeito.

Estiatorio Milos é realmente demais!

Só nos restou dormir, …

… dar uma ultima passeada por Miami …

… e pegar o caminho do Castello di Luce.

Esta foi mesmo uma viagem completa!

Vancouver sempre nos encantou.

Seattle entrou no rol das preferidas.

E Miami , ainda mais com esta companhia ilustre, é a nossa eterna queridinha.

Hasta la vista, baby!

Veja como foram os outros dias desta viagem:
day One – USA/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.
day Two – Canadá – Vancouver – Fazendo city tours, inclusive de hidroavião.
day Three – Canadá – Vancouver – Voando na NBA.
day Four – Canadá – Vancouver – Passeio por Granville Island/.
day Five – Canadá – Vancouver – Nem só de sol vive o turista.
dia Six – Canadá – Vancouver – Capilano/Grouse/cervejas: tripleta duca.
day Seven – Canadá – Vancouver – Sea to sky sobre rodas e que rodas!
dia Eight – Canadá – Vancouver – Sea to Sky, ô nominho verdadeiro e bonito!
day Nine – Canadá/USA – Vancouver/Seattle – Atravessando a fronteira num boa e legalmente.
day Ten – USA – Seattle – Conhecendo a fundo a exuberancia da Bainbridge Island.
day Eleven – USA – Seattle, a terra dos Seahawks.
day Twelve – USA – Seattle – Boeing e Starbucks Roastery Reserve: o dia das grandes descobertas.
day Thirteen – USA – Seattle – Dia tecnológico: MoPop, Miicrosoft e os Gates.
day Fourteen – USA – Sseattle – Um grande passeio guiado pela cidade incluindo o incrível museu do vidro.
day Fifteen – USA – Seattle – Em busca das folhas de outono perfeitas.

.

 

 

 

 

 

dcpv – day one – usa/canadá – como chegar em vancouver após divertidas 43 horas.

14/09/2019 (vivido em 27/10/18)

Day One – Usa/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.

A Dé é apaixonada por Vancouver (e eu também).

E foi ela que insistiu que precisaríamos retornar a esta bela cidade canadense.

Estivemos lá em 2005, por apenas 3 dias e adoramos.

Aproveitei que tinha pesquisado um pouco …

… e acrescentei Seattle no roteiro.

Afinal de contas a terra do rock, ou melhor do grunge, e da chuva não poderia ficar de fora.

O problema seria como chegar lá?

Voo direto não existe.

Aproveitamos que estávamos com muitos pontos e compramos passagens para Miami.

E pra não dar zebra pra pegar o outro voo, optamos por ficar 10 horas por lá.

Foi um verdadeiro happening.

Aluguei um Mustang (pela Hertz) e aproveitamos um montão.

Reservamos um day use no Sheraton do aeroporto …

… e fomos passear por downtown.

Iniciamos fazendo uma visita ao museu de Ciências Frost.

É muito interessante, …

… pois tem um belo aquário, …

… com muitas coisas bacanas, …

… um tremendo planetário …

… e é uma construção maravilhosa.

Cá pra nós, o centro de Miami está um espetáculo.

Depois passeamos (tudo foi motivo pra curtir o carrão) …

… pelo renovado Design District, …

… onde constatamos como são bonitos os estacionamentos de lá.

Sim, os parkings são espetaculares!

Como estava muito calor, …

… passamos em Wynwood.

Olha, o lugar também está maravilhoso.

Tem grafites sensacionais pra onde você olha…

… um mais bacana do que o outro.

Wynwood Walls está de cair o queixo.

Este realmente merece um fotoblog.

Era chegada a hora do almoço.

E só poderia ser no nosso queridinho, o Milos, que fica em South Beach.

Continua excelente e muito carismático.

Pedimos a usual e ótima salada grega acompanhada de fresquissimas sardinhas portugas …

… e um peixe branco com aspargos al dente…

… com um ótimo vinho branco grego.

Que maravilha!

Na volta pro hotel, demos uma revisitada no prédio ícone da Bacardi.

Pronto, era chegada a hora do nosso voo pra Seattle.

Passamos um bom tempo no avião …

… e chegamos por volta da meia noite.

A ideia foi pegar o carro na Sixt, …

… dormir no Crowne Plaza que fica lá perto, …

… acordar cedo e zarpar pra Vancouver.

Foi o que fizemos.

O dia amanheceu lindamente com direito a vista do Mt Rainier …

… e das primeiras cores das folhagens de outono, …

… outra das maravilhas da natureza.

Acho que vamos tirar zilhões de fotos destas cores tão vivas.

No caminho pra Vancouver, demos uma parada no Premium Outlets.

É um ponto de compras muito bom e com vistas muito legais.

Uma hora depois cruzamos, pela primeira vez, a fronteira.

Foi muito tranquilo …

… e você só não pode esquecer que é necessário um visto comum pra atravessá-la.

Daí pra frente, foi só passear, …

… continuar nos maravilhando com as autumn falls …

… e chegar ao hotel Shangri La.

Que por sinal é muito bem localizado …

… e tem o nosso perfil (né, Marcello Brito?).

Adoramos hotéis com acento asiático.

O quarto é imenso …

… e tem vistas muito interessantes da cidade.

Aproveitamos pra dar uma situada …

… e fomos caminhar em direção ao Canadá Place …

….onde vimos mais um daqueles …

… memoráveis pores do sol …

… com direito a pouso de hidroavião.

Retornamos pro hotel …

… e fomos nos preparar pra jantar no Market, o restô do JG, o badalado Jean Georges, que fica no hotel.

Ele é moderno …

.. e clássico ao mesmo tempo.

Iniciamos os trabalhos tomando duas flutes da Viuvinha …

… e degustando um pão muuuuuuito crocante.

A Dé pediu um halibut como principal …

… e eu, um veal muito macio acompanhado dum ótimo purê de batatas.

Harmonizamos com um branco da NZ e um tinto italiano, um Barbera D’Asti, ambos espetaculares.

Aí foi só subir 9 andares (de elevador, claro!) …

… e dormir o merecido sono dos justos e cansados.

Até amanhã que, efetivamente, começa a viagem. Ufa, chegamos!

See U!

.

 

dcpv – nada a ver com nada. ou tudo a ver com tudo (pós-miami).

número 377
04/02/2014

Nada a ver com nada. Ou tudo a ver com tudo (Pós-Miami)

Estávamos voltando duma curta viagem pra Miami.

DSC00291

E a grande dificuldade seria fazer o corriqueiro, ou seja, utilizar o que foi comprado na viagem para criar o menu desta noite.

DSC00292

A menos que eu conseguisse bolar alguma coisa utilizando roupas, eletrônicos, etc. 🙂

DSC00304

O jeito foi dar uma boa olhada no freezer, na despensa e correr atrás do Santo Google à procura de receitas que tivessem um jeitão de verão, já que o calor por aqui está senegalesco.

DSC00314

Será que a coisa toda decola?

Entrada – Salada de peito de peru com molho agridoce.

Com esta “lua”, uma saladinha vai bem, né?

DSC00324

E pra preparar, basta fazer um molho com 2 colheres de sopa de suco de limão, 1 e ½ colher de vinagre, 1 e ½ de mel, ½ colher de chá de pimenta calabresa e 3 colheres de sopa de azeite, misturando bem com um fouet, até ficar homogêneo. Tempere com sal e pimenta.

DSC00317

Numa saladeira, misture cenoura cortada em tiras finas (use um descascador, de preferência comprado em Miami), rabanete também cortado no mesmo formato e alface.

DSC00296

Tempere com o molho e junte peito de peru fatiado e cortado em tiras. Finalize com amêndoas tostadas.

DSC00321

Ficou saborosíssimo.

DSC00325

Acompanhamos com um bianchetto argentino, o Q (favor não usar a forma portenha de falar!! rs) Zuccardi Chardonnay 2012 que foi “lemonado, guei, maestro, jaqueiro”.

DSC00323

Principal – Risotto de verão com costeletas de cordeiro.

Risotto (minha especialidade) já é bom. Imagine, de verão.

DSC00343

Pra fazer este, basta executar a sequencia normal …

DSC00330

… e colocar, na metade do tempo de cozimento, milho verde e pimentão vermelho cortados em cubinhos.

DSC00332

Finalize com manteiga e parmesão.

DSC00334

Enquanto isso, tempere as costeletas de cordeiro com alho, …

DSC00308

… ervas (gastronômicas!), sal e pimenta do reino.

DSC00313

Grelhe-as numa frigideira bem quente e com um pouco de azeite, uns 4 minutos de cada lado.

DSC00328

Prontíssimo! O prato ficou muito bom.

DSC00340

Tomamos (apesar do calor) um vinho tinto espanhol,  o Trempanillo Esencia de Fontana 2012, que caiu muito bem com a carne e que achamos “fauchon, … di Trevi, baunilha, zagueiro”.

DSC00348

Sobremesa – Sorvete de limão.

Este é diretamente proporcional. É tanto fácil de fazer, quanto gostoso.

DSC00294

Esta receita eu peguei do Vitor Hugo (do excelente blog PratoFundo) e basta você misturar no liquidificador 1 lata de leite condensado, 200ml de iogurte natural, 175ml de creme de leite fresco e o sumo de 3 limões Taiti.

DSC00293

Leve à sorveteira e … abraços. Foi uma verdadeira briga a provável repetição, já que a quantidade feita desta beleza não foi muito grande (e a parte da D Anina já estava separada).

DSC00356

Eis o que os cubanos acharam da noite:
Simples e saboroso. O sorvete foi de mil e uma noites. (Edu)
Comida maravilhosa, a melhor sobremesa da minha vida. (Mingão)
Espetáquila! O ice cream foi caso a parte; indescritível, delicioso, soberbo! (Deo)

DSC00326DSC00346

Bom, é isso.

DSC00353

Quem não tem cão, caça com Google.

DSC00338

E com este calor, de maiô! 🙂

DSC01537

Tchau.

.

dcpv – miami V – esta casa já é nossa.

Miami VEsta casa já é nossa.

O restaurante Casa Tua é o que podemos chamar de oásis italiano em plena South Beach.

DSC00204

Afinal de contas, fica difícil pensar num lugar tão encravado no coração de Miami e ao mesmo tempo, tão respeitoso às tradições italianas de se alimentar.

DSC00329

Não é a toa que toda vez que viajamos pra cá, visitamos esta potência a fim de sentir o verdadeiro sabor da Bota.

DSC00044

Chegamos (o tempo estava chuvoso) e fomos alojados na parte externa da casa.

DSC00196

Antes tomamos duas flutes de champagne no bar (incrível a quantidade de brasileiros que já descobriram esta maravilha).

DSC00178

Optamos por dividir uma cremosa burrata …

DSC00184

… e pedimos os principais.

DSC00183

A Dé escolheu o risotto a parmegiana com trufas pretas …

DSC00189

… e eu, um talharim com ragu de cordeiro.

DSC00188

Ambos, maravilhosos.

DSC00187

É claro que não deixaríamos de pedir o melhor Tiramisu que comemos nas nossas vidas.

DSC00193

E ainda bem que não observamos nenhuma novidade: ele continua leve e saboroso, ou seja, maravilhoso.

DSC00181

Só nos restou, pedir os nossos expressos e constatar que o Casa Tua está não só na cidade errada, como no país errado.

DSC00198

Ou seria o certo?

DSC00077

PS  – Por falar em clássico, desta vez exagerámos e fomos 2 vezes ao Joe’s Stone Crab.

DSC00153

Pra quem gosta de patas enormes de caranguejo, este é o lugar pra se ir.

DSC00164

Bye.

.

dcpv – miami IV – comparando o barton g com o milos. restaurantes diferentes na cidade?

Miami IV – Comparando o Barton G com o Milos. Restaurantes diferentes na cidade?

Este post foi feito pra indicar novos lugares pra se comer em Miami.

DSC00089

Um deles, o Barton G, que se autointitula modestamente de “the Restaurant”.

DSC00006

Soa e parece ser uma pretensão. E é.

DSC00029

O lugar é bastante over.

DSC00024

Desde a decoração, até a apresentação bem esquisita dos pratos (alguns vem com garfos enormes, outros com peixes grandes em madeira).

DSC00023

Iniciamos o trabalho tomando duas flutes de champagne.

DSC00005

E logo fomos alojados na nossa mesa. Como percebemos que os pratos eram enormes, resolvemos pedir somente os principais, acompanhados dum ótimo vinho branco californiano.

DSC00012

A Dé escolheu uma massa trufada, um Strigoli que estava bom.

DSC00019

Eu resolvi dar mais uma chance ao salmão e obviamente me arrependi.

DSC00016

Foi mais uma apresentação estrambólica com um resultado ruim, com o peixe sendo escoltado por batatas insonsas, vagens crocantes e um molho de limão que não combinava nada com a comida.

DSC00015

Resumo da ópera bufa: nota 7.

O outro, o grego Milos é o que podemos chamar de formidável.

DSC00124

A decoração é super moderna e a comida acompanha o visual.

DSC00095

Muito azeite, muito fogo e muito vinho grego.

DSC00101

Ah! Nada de pratos quebrados (só quando o garçom tropeça).

DSC00104

Tomamos um espumante grego e …

DSC00098

… um Chardonnay da mesma nacionalidade.

DSC00113

Pedimos uma salada grega com tomates doces e tenros como se espera de uma; …

DSC00115

… um tzatziki fantastico formado por iogurte grego espesso e pepino; …

DSC00112

… um ceviche grego que estava muito bom (a Dé adorou) …

DSC00110

… e um carpaccio de polvo espetacular (eu adorei).

DSC00116

Encerramos a noite com uma baklava inesquecível.

DSC00122

Enfim, só faltou a vista dramática de Oia.

DSC00271

Resumo da tragédia grega: nota 9,9.

Demos 10 na outra visita que fizemos nesta mesma viagem.

DSC00277

E pudemos observar melhor todo o belo ambiente, …

DSC00091

… o balcão de peixes frescos …

DSC00273

… e os novos pratos que pedimos, …

DSC00286DSC00288

… além de repetirmos o melhor ceviche que comemos nas nossas vidas.

DSC00280

Portanto, estando em Miami, vá conhecer o Milos.

DSC00266

Bye.

 

dcpv – miami III – passeando novamente de segway

Miami IIIPasseando novamente de SegWay.

O planejamento da viagem indicava que hoje seria o dia de fazermos uma das coisas mais gostamos: passear de Segway (aquelas maquininhas de duas rodas).

DSC00470

E o que foi prometido, foi entregue.

DSC00471

A empresa Bike&Roll funciona perfeitamente. Basta fazer a reserva pela internet, se apresentar no local e curtir o tour.

DSC00416

Foi o que fizemos.

DSC00426

Como já tínhamos feito o circuito da Art Deco, desta vez optamos pelo que passa pela Biscayne Bay.

DSC00465

E foi muito interessante, já que neste passeio, nos foi mostrada uma boa parte da história de Miami.

DSC00473

Recomendamos e muito.

DSC00457

Veja o fotoblog do tour:

DSC00458

DSC00461

DSC00462

DSC00464

DSC00466

DSC00469

DSC00472

DSC00476

DSC00482

DSC00485

DSC00491

Ainda tivemos uma cena inusitada: em dado momento, a maquininha da Dé acabou a bateria e o único jeito foi ela pegar a do guia (ele se chama Oasis e é muito bom) e ele passou o final do tour empurrando o SegWay da Dé.

DSC00479

No final (pelo menos pra nós) deu tudo certo.

DSC00494

E tão certo, que resolvemos conhecer pela primeira vez uma rede de restaurantes que tem muito a ver com um filme que adoramos, o Forrest Gump.

DSC00497

É, comemos no Bubba Gump. Foi divertido, mas a comida é apenas aceitável.

DSC00502

Experimentamos a especialidade da casa, camarões e em vários formatos: frios, empanados e cobertos com coco.

DSC00500

Em suma, é um programa bem legal fazer este tour pela Biscayne Bay.

DSC00504

Só aconselho fazer de SegWay e não correndo como o legítimo Forrest faria.

DSC00496

Bye.

 

miami II – mais um jogo da NBA. ops, mais um jogaço.

26/01/2014

Miami II – Mais um jogo de NBA. Ops, mais um jogaço.

DSC00336

Quando vi a tabela da NBA e percebi que continha o jogo do Miami Heat contra o San Antonio Spurs, pensei: temos que assistir.

DSC00368

E aproveitei pra marcar a nossa viagem exatamente nesta data.

DSC00332

Pronto! No domingo, 26/01, lá estávamos nós (a Dé e eu) prontos pra nos deleitar com um espetáculo imperdível, e melhor, valendo pela temporada regular.

DSC00400

Foi uma grande exibição de LeBron James, Cris Bosh, Dwyane Wade e cia.

DSC00385

Tão boa que Tim Duncan, Manu Ginobilli e Tony Parker terminaram o passeio do Heat em pleno banco.

DSC00388

Veja o foto blog do espetáculo que terminou 113×101 pro Heat.

DSC00335

DSC00343

DSC00349

DSC00352

DSC00353

DSC00355

DSC00359

DSC00362

DSC00365

DSC00369

DSC00372

DSC00380

DSC00392

DSC00393

O negócio foi tão bom que tomamos uma verdadeira Moet Chandon no intervalo.

DSC00370DSC00371

Ou seja, não perca a oportunidade de assistir a qualquer jogo quando estiver nos USA.

DSC00396

Você se divertirá como nunca.

DSC00375

PS – Fica uma dica caso você vá de carro a um jogo do Miami Heat no espetacular American Airlines Arena. Estacione no BaySide Marketplace, o Shopping que fica ao lado do ginásio.

DSC00402

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 657 outros seguidores

Blog Stats

  • 1.441.473 hits
abril 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Atualizações Twitter